Agora dá para fazer um investimento na Nubank em opções de renda fixa

ANÚNCIO

Você já pensou em fazer um investimento na Nubank? Se você acha que isso é complicado demais, pare agora mesmo. Na verdade, nessa conta digital você não tem que fazer nada, exceto deixar o seu dinheiro na conta corrente. Nada mais, mesmo.

O rendimento é diário e automático. Então, só o fato de deixar o dinheiro lá já é bom, entende? Agora, para quem já conhece a Nubank, saiba que há uma novidade: ela tem permitido rendimentos melhores, para quem tem flexibilidade com os prazos.

ANÚNCIO

Ficou curioso e quer saber mais? Continue lendo que a gente vai explicar tudo sobre essa novidade que se tornou interessante para muitos brasileiros.

A Nubank já tinha um investimento automático

Antes de qualquer coisa, vale lembrar que, como já explicamos aqui no blog, a Nubank criou o investimento em RDB (Recibo de Depósito Bancário). Assim, o cliente passou a ficar mais seguro justamente por ter a seugrança do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) por trás dos rendimentos.

Aliás, esse fato aconteceu porque antes disso o dinheiro da conta digital já rendia, porém, como não era um RDB, muitos correntistas ficavam desconfiados. Logo, a mudança trouxe a seguraçna que faltava.

ANÚNCIO

O rendimento do RDB da Nuconta, que acontece automaticamente quando o dinehiro está na conta, é de 100% do CDI e rende diariamente. Sendo assim, sobre isso nada muda. E se vocÊ quer saber mais sobre o RDB da Nuconta, leia a nossa matéria (Nubank cria investimento em RDB para dar ao cliente garantia do FGC).

Inclusive, por ser uma fintech muito focada em tecnologia e informações, a Nubank tem uma página que permite simular os investimentos. E também já falamos sobre isso. Quando quiser, você pode ler: aprenda como simular o investimento no Nubank.

Os novos ativos da renda fixa

A empresa lançou as opções e isso mexeu com o mercado todo. De modo geral, para quem investe em corretoras, dá para ver que não são ativos tão diferenciados assim. Por outro lado, para quem ainda está na poupança, há de se considerar uma opção incrível.

Tudo acontece através dos RDBs também. Porém, agora com prazos diferentes e taxas de rendimentos diferentes também. Por enquanto, a nova função se chama “Resgate Planejado” e está disponível para alguns clientes, devido a essa fase de teste.

Para saber se você tem direito a essa funcionalidade, saiba que ela fica em “Guardar Dinheiro”. Sendo que dá para escolher o antigo “disponível a qualquer momento” para ter liquidez diária e 100% do CDI ou outras opções.

Essas outras opções é que são as novas alternativas. Assim sendo, entre elas, tem a opção de rendimento de 118% do CDI para quem quiser resgatar só daqui a 2 anos.

Esses novos ativos valem a pena?

Inicialmente, a gente precisa considerar que eles podem sim valer a pena. Mas, não para todo mundo. Tudo vai depender de quem investe o dinheiro. Vamos explicar de uma forma mais breve para que fique bem claro de entender.

Se você está guardando o dinheiro para uma reserva financeira, então, o ideal é ter um resgate rápido, ou seja, com uma liquidez diária. O rendimento é menor, mas isso permite que você possa sacar quando quiser.

Por outro lado, se você tem a certeza de que não vai precisar do dinheiro em um prazo de 2 anos, então, dá para optar pela alternativa com rendimento melhor. Porém, você perde na liquidez, obviamente.

De qualquer maneira, a gente não pode deixar de saber que ambas são melhores do que a poupança. Isso porque atualmente a poupança rende apenas 70% do CDI. Enquanto que na Nubank, os rendimentos partem de 100% do CDI, o que dá uma boa diferença.

O CDI

Curiosamente, saiba que o CDI é o Certificado de Depósito Interbancário. Ou seja, é um índice que segue a nossa taxa básica de juros da economia, a famosa Selic. Infelizmente, do ponto de vista dos investimentos, o CDI está muito baixo hoje.

Porém, quando se fala em renda fixa, a maioria dos ativos segue esse índice. Então, ainda que seja pouco, saiba que a Nubank é melhor do que a poupança, que está bem ruim.

Por outro lado, se você quer ativos mais rentáveis, mesmo que seguros, saiba que as corretoras de investimentos podem filtrar as melhores opções do mercado. Na XP, por exemplo, você encontra CDBs que pagam mais de 150% do CDI, por exemplo.

Os tributos

Como foi descrito na Folha Capital, para o David Vélez, que é o presidente da Nubank, o ideal é que os investidores apliquem em um prazo superior aos 2 anos. A ideia é que a rentabilidade seja maior, já que isso faz com que o abatimento do imposto caia.

Mas, se você não sabe como são esses impostos nas aplicações da renda fixa, a gente explica. Afinal, isso é importante para quem vai fazer um investimento na Nubank. Basicamente, estamos falando da cobrança do Imposto de Renda.

investimento na Nubank

Assim, há uma porcentagem que incide sobre o que rendeu da aplicação – e não sobre o capital total, como muita gente imagina. E qual é essa taxa? Ela é regressiva. Por isso, quanto mais tempo o dinheiro fica aplicado, melhor é para o investidor. A tabela é simples:

  • 22,5%: até 180 dias;
  • 20%: 181 a 360 dias;
  • 17%,5%: 361 a 720 dias;
  • 15%: acima de 720 dias.

Logo, não há dúvidas de que o que David disse faz sentido. Afinal, quanto menor for a incidência do IR, menos o rendimento será corroído pelo leão da Receita.

ANÚNCIO