Investimento com renda mensal – conheça os 3 melhores

ANÚNCIO

Sabe aquela história de encontrar um investimento que seja suficientemente bom para gerar para você uma renda mensal a ponto de você não precisar mais trabalhar? Então, hoje vamos falar sobre o investimento com renda mensal. Afinal, nem todos possuem essa característica.

A ideia é que você note que são ativos que fazem o pagamento mensal de juros, ao passo que você não terá que esperar um ano ou mais para receber os seus rendimentos. Na lista, temos os mais seguros, especialmente do Tesouro, mas também ações, da bolsa de valores.

ANÚNCIO

Antes de começarmos com a lista é importante você saber que nada vai acontecer da noite para o dia. Então, não adianta você aplicar R$ 1 mil ou R$ 10 mil lá e achar que amanhã já vai ter uma ótima renda para sacar, ok?

Quando o assunto é o investimento financeiro, você sempre deve considerar a força que se tem ao combinar aportes mensais regulares, com o tempo e a taxa de juros. Tudo isso precisa caminhar junto e quanto mais leais, mais chances de viver de renda.

Os melhores investimentos com renda mensal

E como já anunciamos acima, vamos focar aqui em dar dicas variáveis, que são vistas como seguras e outras que são vistas como rentáveis. Obviamente, não são recomendações de aplicações. Mas, de todo modo, servem como alertas para você que quer viver com juros.

ANÚNCIO

1 – Tesouro com cupons semestrais

Atualmente, o Tesouro Prefixado e o Tesouro IPCA+ que pagam juros semestrais podem ter essa função de te dar rendas mensais. Ambos são garantidos pelo governo federal, através do Tesouro Nacional. Assim, considerados os investimentos mais seguros do país.

No caso do prefixado, o cuidado no fato de que se você fizer uma venda antecipada e houver um aumento da Selic, então, você pode ter prejuízos. Já no caso do IPCA, a diferença está no fato de que ele segue a inflação do país – e isso garante um ganho real ao investidor.

2 – Ações com dividendos

Saindo da renda fixa e decolando para a renda variável temos outra opção de investimento com renda mensal, que são as ações das empresas listadas na bolsa de valores. Obviamente, nem todas pagam os dividendos, mas uma boa parte sim.

A ideia é simples: algumas empresas dividem com os acionistas os seus ganhos. Assim, cada uma tem uma data para distribuir esse pagamento. E esses dividendos são chamados de dividend yield. Logo, além do lucro da ação, o investidor pode ganhar com dividendos, também.

Infelizmente, não dá para saber qual será o valor do dividendo, já que isso depende de vários fatores, como o poder público, o resultado da empresa, a política do país, etc. Porém, na internet a gente encontra a lista das melhores pagadoras de dividendos.

3 – Fundos imobiliários

Por último, podemos citar os fundos imobiliários, chamados de FIIs. Eles também são negociados na bolsa e podem ser ótimos para quem quer renda mensal de forma automática na conta – como se fosse um salário mesmo.

Ultimamente, eles têm sido escolhidos para quem quer ter uma carteira de investimentos mais diversificada e com possibilidade de ganhos. Porém, só pode ser comprado se pensarmos no médio ou longo prazo.

Inclusive, uma das vantagens é que eles são isentos do imposto de renda. Entre os FIIs mais conhecidos no Brasil, temos XP Malls, XP Industrial, Rio Bravo Renda Corporativa, Iridium Recebíveis, Vila Olímpia Corporate, etc.

Como ter um investimento de renda mensal?

Se você se interessou pelo assunto, deve considerar o que já falamos acima: é preciso tempo, regularidade e esforço para encontrar bons investimentos para o seu perfil. Não adianta você sair correndo para comprar uma ação, um FII e um título do Tesouro.

É preciso ir além disso e ter uma carteira bem diversificada, além de fazer aportes mensais ou períodos ao longo dos anos. Isso vai refletir daqui a alguns anos, quando você poderá viver de renda, da renda dos ativos. Mas, para isso, terá que ter um bom patrimônio acumulado.

A conta não é tão simples assim, mas a gente pode resumir e facilitar para você entender. Se você quer ter uma renda de R$ 3 mil por mês, então, precisa ter um rendimento de R$ 36 mil no ano, correto? Para isso, precisaria de R$ 360 mil investidos em ativos de 10% ao ano.

Claro que a gente deve considerar impostos e taxas. Mas, usamos um exemplo simples para você entender. Agora, não ache que R$ 360 mil é algo impossível de você juntar, viu. Lembre-se de considerar a taxa, os aportes e o tempo. Esse é o segredo.

Corretora!

E para fechar o artigo, saiba que pode ser mais viável ter uma conta em uma corretora de investimentos. Atualmente, a maioria delas são gratuitas e a grande vantagem é que você poderá acessar vários produtos de vários lugares.

No banco, você pode ter uma conta e investir, mas sempre vai estar “preso” aos produtos daquele mesmo banco – além de que poderá ter a cobrança de taxas, como de administração.

Investimento com renda mensal

Hoje em dia, a Rico, a Clear e a XP Investimentos são ótimas alternativas que se encaixam em “corretoras com serviços gratuitos”. Por isso, você não precisa ser um expert em investimentos ou gastar muito para começar a juntar dinheiro para no futuro viver de rendimentos.

ANÚNCIO