O instagram do Bruno Perini está em alta e muita gente quer saber onde ele investe

O Bruno Perini é um dos youtubers ou influenciadores digitais mais conhecidos no país. Inclusive, muita gente conhece a história dele, a esposa dele, a fama e se torna, rapidamente, um seguidor. Porém, além do instagram do Bruno Perini, é legal saber onde ele investe, não é?

Curiosamente, já vamos começar o texto falando de pontos interessantes. O primeiro é que ele começou a investir dinheiro quando ainda tinha 17 anos. Depois, aos 29 anos, conseguiu alcançar a meta de R$ 1 milhão. Foi então que largou o emprego no exército.

Como fez tudo isso é o que mais impressiona: ele aproveitou a alta da renda fixa dos anos de 2015 e 2016, além de comprar algumas ações baratas. Hoje, investe também em criptomoedas e imóveis físicos. Entenda mais disso tudo.

A diversificação do Bruno Perini

Assim como comentamos no artigo de ontem, da Mirna Borges, o Bruno Perini também divide a sua carteira na famosa fórmula dos 70% e 30%. Sendo assim, 70% fica na renda fixa para o curto e médio prazo enquanto que 30% vai para a renda variável, pensando no longo prazo.

E só para concluir esse início de tópico, saiba que além do salário do exército, ele também fez mais aplicações através de ganhos extras, em negócios online. Curiosamente, hoje se dedica a esses negócios, além dos investimentos.

O curto prazo

Nessa parte de curto prazo, Bruno fala em reserva de emergência. Assim, ele pensa em ativos de maior liquidez e segurança. Logo, ele tirou tudo o que tinha do Tesouro Selic e começou a aplicar apenas em CDBs com liquidez diária, no formato D+0 ou D+1.

Inclusive, a reserva dele é considerada a partir de 6 vezes o gasto mensal. Mas, nesse caso, ele considera todos os gastos, dos essenciais aos supérfluos e não apenas o custo de vida básico, que é considerado o mínimo para viver.

Uma outra curiosidade é que ele diz que também usa a reserva para aproveitar as oportunidades da bolsa. Obviamente, isso dá para ver que ele é um investidor agressivo.

O médio prazo

No caso do médio prazo, a parcela da carteira do Bruno está em títulos prefixados de médio prazo, que pagam rentabilidades melhores. Por exemplo, ainda que você não tenha visto no instagram do Bruno Perini, saiba que em 2016 ele pegou LCIs e LCAs pagando 16% ao ano.

Mas, ele também tinha parte da carteira em Tesouro Prefixado. Agora, ele não tem mais. De todo modo, ele já chegou a falar que o Tesouro Prefixado e o Tesouro IPCA possuem a marcação a mercado, que podem ajudar muito o investidor a lucrar.

O longo prazo

Então, como sabemos, 30% da carteira dele está focada o longo prazo, na renda variável. Assim, ele diz que investe em ações através da análise fundamentalista. Agora sim, você vai encontrar muita informação sobre isso no instagram do Bruno Perini.

Durante a entrevista que deu para o Primo Rico, ele chegou a dizer que mantém apenas 10 ações e faz compras novas considerando as mesmas ações. Até mesmo porque hoje em dia ele tem mais tempo para acompanhar a bolsa.

Mas, ele garante que não faz o day trade, que é aquela ideia de comprar e vender ações no mesmo dia para lucrar com elas. Na visão dele, vale mais a pena usar a sua atenção no seu trabalho para ganhar mais dinheiro e investir mais.

Então, onde o Bruno Perini investe?

Bom, mesmo que você curta e veja todos os vídeos do instagram do Bruno Perini pode ser que não sabia desses investimentos dele, não é mesmo? Sendo assim, esse material pode ter sido útil ou ao menos curioso para você.

instagram do Bruno Perini

Além do mais, se você segue o padrão dos 70/30, veja um resumo dos investimentos do Bruno:

  • Reserva – CDBs de liquidez diária
  • Médio prazo – títulos prefixados (LCIs e LCAs)
  • Longo prazo – ações (análise fundamentalista)

Com isso, a gente pode considerar que como boa parte dos digitais influencers, ainda que ele seja arrojado, mantém parte da carteira na renda fixa. Outra coisa é que dá para ver que há outra semelhança: a análise fundamentalista na hora de escolher e comprar ações.

Por último, não deixe de esquecer que a reserva financeira pode fazer toda a diferença nesse processo de enriquecimento. Inclusive, costuma ser o primeiro degrau da escada de quem quer subir a montanha do milhão.

Abaixo, a gente vai comentar um pouco mais dos cursos e da entrevista do Bruno Perini. Portanto, continue lendo.

As informações são da entrevista com o Primo Rico

Para quem ficou curioso em saber, considere que as informações aqui apresentadas não são do instagram do Bruno Perini, mas sim de uma entrevista que ele cedeu ao Primo Rico, que foi para o Youtube. Ela tem pouco mais do que 24 minutos e está disponível abaixo.

Curiosamente, considere que o Bruno trabalha hoje em vários mercados, mas especialmente no de finanças. Por exemplo, ele está cada vez mais atuante na internet e até lançou um curso, o Viver de Renda. Para saber sobre isso, você também pode ver a página online dele, o “Você Mais Rico”.

Sobre o curso, ele tem áreas bastante diferenciadas, no que diz respeito aos investimentos. Por exemplo, durante as 7 semanas, ele fala sobre mentalidade, poupança, renda fixa, renda variável, internacionais, empreendedorismo e simplificação.