Descubra 5 inspirações literárias para enriquecer em 2020

ANÚNCIO

Você que não gosta de ler, saiba que poderia aprender muito com os livros. E mesmo que não goste, saiba que tem algumas obras que são muito simples de serem compreendidas. E fogem da ideia de livro chato. Pensando nisso, temos aqui 5 inspirações literárias para enriquecer.

Se você tem essa meta para o próximo ano, com certeza, o melhor começo que você poderia ter é investindo na sua própria educação. E esses livros são ótimas referências porque partem de autores reconhecidos e de ensinamentos para a vida toda.

ANÚNCIO

Descubra 5 inspirações literárias para enriquecer em 2020

1 – O homem mais rico da Babilônia

George S. Clason é um autor que ficou famoso com essa verdadeira obra prima. E como ele fez isso é o que é o mais incrível. Ele escreveu várias parábolas que são baseadas na história da antiga Babilônia. E dá para aprender muito com esses relatos.

Veja um dos trechos: “O outro trabalha diligente e satisfatoriamente para o homem prudente que, possuindo-o, encontra para ele um emprego lucrativo. Assim, multiplica-o como os flocos de algodão no campo”.

ANÚNCIO

Se você não entende o que isso quer dizer, uma boa saída é ler o livro porque o autor explica de forma muito didática. Aliás, o livro é da década de 30, mas não tem uma daquelas linguagens impossíveis de serem compreendidas viu. Tanto é que está na lista dos livros mais vendidos do mundo.

No caso da área de finanças, Clason lista 7 soluções para enriquecer. Inclusive, há dicas de como se livrar das dívidas e resolver os problemas financeiros que você tem na vida.

2 – O milionário mora ao lado

Outro clássico que se transformou em uma das inspirações literárias para enriquecer é esse livro aqui. E o mais interessante é como o livro foi criado: a partir de uma pesquisa feita por mais de 20 anos com mais de 1 mil milionários americanos.

Entre os objetivos do estudo estava aquele de responder as seguintes perguntas: quem são os ricos de verdade, por que a gente não é tão rico como a gente gostaria de ser e será que algum dia vamos ser milionário.

Ao que tudo indica, o autor conseguiu, com muito êxito, ter essas respostas. Aliás, estamos falando de Thomas J. Stanley, que é o autor da obra prima. E não podemos esquecer de citar o seu amigo de estudo, né: William D. Danko.

O que a gente pode ler no livro é algo muito incrível, que mostra que existem hábitos comuns aos ricos. E isso é o que acaba criando um estilo de vida que os ricos tem e que qualquer pessoa que não é rica poderia ter também. Legal, né?

Veja um trecho: “Como é possível que pessoas de origem modesta se tornem milionárias no decurso de apenas uma geração? E por que tantas outras pessoas de formação socioeconômica semelhante nunca conseguem acumular nem mesmo uma riqueza modesta”?

Será que os livros são bons ensinamentos para quem quer investir dinheiro?

3 – Os segredos da mente milionária

Outro clássico que temos aqui é do autor T. Harv Eker. E o livro é tão famoso que quase todo mundo que começa a estudar as finanças ou buscar formas de enriquecer passa por essa obra literária.

Ao todo, são mais de 15 tópicos que focam no estudo da mentalidade das pessoas bem-sucedidas no mundo todo. E aí, o que temos como resultado é uma criação de técnicas e dicas que podem ser aplicadas no dia a dia de qualquer pessoa, rica ou não.

O livro mostra que nem sempre ter muito dinheiro vai significar que você será milionário. Isso porque é preciso ter uma mentalidade e uma capacidade de fazer a multiplicação do dinheiro. Obviamente, o primeiro passo é começar a pensar como quem é rico, né.

“A maioria das pessoas simplesmente não tem a capacidade de conservar grandes quantidades de dinheiro. E nem para enfrentar os desafios que a fortuna traz. E sobretudo por causa disso que elas não enriquecem”.

4 – Pai rico, pai pobre

A próxima das inspirações literárias para enriquecer é o escrito de Robert T. Kiyosaki, que é um livro de cabeceira de muita gente. Está entre os clássicos das finanças mais vendidos no mundo. E fala muito sobre investimento, mas de um jeito muito didático.

Robert conta parte da sua infância e adolescência. E, nesse relato ele ensina alguns valores que aprendeu com o pai rico (que é o pai do seu melhor amigo). E também as lições que vieram do seu pai biológico, o pai pobre.

Só aí já começa a diferença: entre ativo e passivo. E esse é o melhor caminho para quem quer enriquecer na vida, viu. “As grandes oportunidades não são vistas com os olhos, mas com a mente. Muita gente não ficará rica simplesmente porque não tem treinamento necessário para reconhecer as oportunidades”.

Descubra 5 inspirações literárias para enriquecer em 2020

5 – Como organizar sua vida financeira

Para terminar a lista de inspirações literárias para enriquecer, temos o nosso querido autor brasileiro chamado de Gustavo Cerbasi. Ele ainda não está entre os principais autores do mundo, mas já tem os seus best-sellers a serem considerados aqui no país.

Esse livro é um deles. “Ao contrário do que muitos pensam, o equilíbrio financeiro não está em ter as contas em dia, sem dívidas atrasadas e sem investimentos. O equilibro deste tipo de situação é muito tênue e pode se desfazer em qualquer imprevisto”.

Gustavo se tornou um autor conhecido aqui no país ao falar de maneira popular. Nesse livro, por exemplo, ele traz conselhos que podem ser usados no dia a dia e que podem mudar a vida das pessoas – para melhor. Tudo a partir de um planejamento financeiro simples e eficiente.

ANÚNCIO