Quanto dinheiro preciso ter para alcançar a Independência Financeira

ANÚNCIO

A maior parte das pessoas sonha com a independência financeira, mas poucas sabem como conseguir alcança-la. E há um motivo bastante explicito que mostra porque as pessoas querem conseguir a independência financeira: para conseguir viver apenas de renda e aproveitar melhor a vida que tem.

A independência financeira está totalmente ligada à geração mensal de um fluxo de renda que é suficiente para manter um padrão de vida por um tempo indeterminado. Para ter esse fluxo de renda mensal há várias formas: ter um trabalho que lhe pague muito bem (1), ter uma boa mesada para o resto da vida (2), ter vários imóveis alugados (3) ou investir dinheiro (4).

ANÚNCIO

1 – Ter um trabalho que lhe pague muito bem – esse pode parecer o 1º passo para a independência financeira, mas se você tem que trabalhar, então, não quer dizer que será independente. É muito comum vermos pessoas que ganham muito bem, mas usam boa parte do dinheiro para pagar itens de luxo, sem que isso signifique, de fato, aproveitar a vida.

2 – Ter uma boa mesada para o resto da vida – pode até ser que isso aconteça, como no caso de um príncipe, mas o reinado sempre acaba e se o jovem não souber fazer o dinheiro se multiplicar, pode ser que fique sem esse dinheiro no futuro. Logo, não há a garantia de um dinheiro mantido por tempo indeterminado.

3 – Ter vários imóveis alugados – os imóveis alugados sempre foram uma das melhores formas de ter independência financeira. Se você tem 5 casas alugadas e recebe 1 mil reais de cada uma, consegue ter um fluxo de renda de 5 mil reais por mês. No entanto, a oferta e demanda é quem vai posicionar esses aluguéis, além de gastos como IPTU, o que torna o investimento menos seguro do que parece.

ANÚNCIO

Investir em imóveis é ou não um bom investimento? Veja a resposta definitiva!

4 – Investir dinheiro Investir dinheiro é o que vai te fazer ter, verdadeiramente, a sua independência financeira. Porque nele você não precisará se preocupar se vai ter alguém para alugar o seu imóvel, nem se o dinheiro uma hora vai acabar (porque não vai se você manter parte dos recursos aplicados) e nem vai precisar ficar trabalhando 24 horas por dia.

Como Investir em Renda Fixa

Se não há dúvidas de que investir dinheiro pode levar qualquer pessoa à independência financeira, então por que a maioria não consegue ter esse sucesso? Porque elas não sabem se comportar como deveriam. É sobre isso que vamos falar nos tópicos a seguir.

Quanto dinheiro preciso ter para alcançar a Independência Financeira

A partir deste ponto, vamos focar apenas no 4º item, que foi citado acima, que é sobre investir dinheiro.

É muito difícil prever um valor que será investido para que a independência financeira seja alcançada porque isso vai depender de muitas outras informações, como: a renda mensal que é necessária, os juros das taxas básicas de juros, a inflação, rentabilidade.

Mas, se formos falar de suposição, alguns especialistas afirmam que uma pessoa consegue chegar à independência financeira quando consegue acumular 200 vezes o valor de gastos mensais que ela tem hoje.

Quanto dinheiro preciso ter para alcançar a Independência Financeira
Reprodução: Google

Portanto, se você tem um gasto mensal de 4 mil reais, você vai conseguir atingir a sua independência financeira quando tiver 800 mil reais em ativos financeiros. Esse valor será suficiente para te fazer ter um rendimento perpétuo de 4 mil reais mensais, se você souber escolher os melhores investimentos financeiros.

Fórmula de Perpetuidade: Como Viver de Juros com um salário de 2, 3 ou 5 mil reais mensais? É aquela velha e “platônica” história de “Viver só de Juros”, sabe? Pois é, com base nos cálculos da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, vamos mostrar quanto é preciso guardar de dinheiro por mês e por quanto tempo para viver de juros! Leia!

10 Comportamentos Simples para alcançar a Independência Financeira

Se você gostaria de viver de juros e atingir a independência financeira, observe se tem feito a coisa certa ou se ainda está muito fora do caminho…

1 – Organize-se

Não saber quanto recebemos e quanto gastamos de dinheiro é o maior erro para quem quer atingir a independência financeira. Esse descontrole financeiro é o que te faz ficar no vermelho e as consequências são imensas.

Para ter equilíbrio, o ideal é usar uma planilha do excel ou a técnica dos envelopes e registrar tudo que está entrando e saindo de dinheiro. Anote os gastos e faça com que as receitas sejam suficientes.

CONHEÇA A TÉCNICA DOS ENVELOPES -> Planejamento Financeiro Pessoal Simples e Eficaz Usando 10 Envelopes

2 – Dívidas

“Se você tem dívidas, é preciso quitá-las. A prioridade, a partir desse momento, é pagar todas as dívidas. Calcule quanto tempo e dinheiro serão necessários para quitar os seus empréstimos, começando pelos mais caros. E dívidas são todas aquelas que a obrigação foi contraída por impulso ou necessidade de status”, diz Bruno Ponciano, da Aequilibrium Investimentos.

https://youtu.be/mjgTFj_4MjM

“Não há problema em financiar um carro, mas tem de ser em 60 meses? Temos uma das maiores taxas de juros do mundo e quanto maior o prazo maior será o montante pago no final”, ele garante. (3 Motivos para “Pixar Fora” de Financiamento de Carro)

3 – Tenha um Planejamento Financeiro

“Principalmente para quem não tem intimidade com números e orçamentos, visualize o plano que vai ajudar na motivação para executá-lo, principalmente com as pequenas despesas mensais e aparentemente irrelevantes, mas que são as grandes vilãs do orçamento”, diz o assessor.

“Passamos em média 170 horas do mês trabalhando, por que não dedicar pelo menos 1 hora desse mês para os seus sonhos e o seu futuro”?, ele reflete.

4 – Tenha Metas e Objetivos

Se você já tem tudo em ordem e está organizado, resta saber aonde quer chegar. Perguntar-se: “Para que quero chegar a independência financeira”, pode ser um dos melhores hábitos que ter fará não desistir da caminhada. É a principal motivação.

E esses objetivos financeiros não precisam ser poucos ou curtos. Faça uma lista e programa-se para concluir cada um. Note que a meta “ficar rico” é muito genérica para o tanto de objetivos que cabe dentro dela. E é isso que você precisa fazer, defini-las.

5 – Ganhe Dinheiro

“Durante a busca pela independência financeira, muitas vezes colocamos nosso trabalho e desenvolvimento profissional de lado e isso está errado. Trabalhar com algo que você gosta ajuda nessa etapa. Invista em cursos de formação e especialização. Só assim será possível acumular patrimônio e juntar dinheiro para investir mensalmente”, comenta Bruno.

Saiba que é possível investir em capacitações sem gastar dinheiro. Um exemplo é o nosso workshop inteiramente GRATUITO sobre investir com risco zero. Clique e veja como é possível chegar à 1 milhão de reais se ter riscos de perdas… Faça o Curso Online e Gratuito!

“Por melhor investidor que você seja, no começo dificilmente a rentabilidade do seu investimento será maior do que a sua capacidade de guardar recursos. Por isso, seu principal foco deve estar em ganhar cada vez mais e gastar cada vez menos”.

6 – Defina qual valor será investido

“Defina com precisão os limites do seu orçamento e destine parte dele para aplicações financeiras que serão feitas regularmente. Se você for disciplinado, poderá fazer alguns luxos com o 13º salário ou soma-lo ao investimento. O melhor de um bom planejamento financeiro é a oportunidade que ele dá de gastarmos as sobras sem peso na consciência”, diz.

7 – Escolha bem os investimentos financeiros

Isso é importante, ein! Só economizar e guardar dinheiro não adianta, você tem que saber escolher as melhores aplicações financeiras. Não adianta vir dizer que tem dinheiro na poupança, isso já é um erro. A poupança é um erro.

Fato consumado: Renda Fixa é mais atraente do que a poupança e imóveis

Existem investimentos mais rentáveis, melhores. O Tesouro Direto está aí para provar isso. Além disso, tem as LCIs e LCAs que são isentas de imposto de renda. Ou as ações, que são mais agressivas.

Você precisa conhecer cada um desses investimentos para escolher o melhor e chegar à independência financeira.

8 – Diversifique os investimentos financeiros

“Você pode chegar à tão sonhada independência financeira de diversas formas e não há motivos para adotar uma única estratégia. Só imóveis ou renda fixa? Por que não ter todas as opções? Para os mais conservadores, a base dos rendimentos deve ser compostas por investimentos que garantam ganho real, ou seja, acima de algum índice de inflação”, declara Bruno.

9 – Estude

Benjamin Franklin foi um cientista e jornalista norte-americano conhecido por sua dedicação aos estudos. “O investimento em conhecimento é aquele que nos traz maiores retornos”.

Ou seja, a dica aqui é nunca deixar de estudar e de buscar conhecimento. O mercado, por mais conservador que seja, pode variar. Entra governo e sai governo e tudo muda. As taxas se alternam.

Por isso, o ideal é sempre se atualizar sobre os investimentos e as melhores opções de ganhar dinheiro. Antes, alugar imóveis era uma das melhores saídas, hoje não mais. E só percebe isso quem está atento ao mercado financeiro, às informações.

10 – Aproveite a Caminhada

“O caminho para a independência financeira tem que ser algo traçado em paralelo com a qualidade de vida. Trabalhar com algo bacana, divertir-se, viajar, curtir seus familiares e amigos, todas essas atividades estão relacionadas com ter qualidade de vida. De nada vai adiantar alcançar a independência financeira, se você se privou de tudo para juntar dinheiro”, finaliza Ponciano.

Os 3 estágios da Independência Financeira

O The Simple Dollar publicou um artigo mostrando quais os níveis da independência financeira e nós vamos compartilhar com vocês.

1 – Liberdade do Ciclo Salarial

Você tem independência financeira quando está livre do ciclo salarial, ou seja, quando consegue acumular uma reserva financeira suficiente para sobreviver por algum tempo mesmo que fique sem renda.

Não depene o período, o importante é que você não tenha problemas financeiros ou não se endivide se ficar sem alguma receita. Boa parte das pessoas consegue atingir essa independência financeira, mas não conseguem dar continuidade, veja nos próximos tópicos.

Aqui, é importante mante um padrão vida equivalente ao gasto mensal.

E ainda tem outro adendo, conforme o jornal, “se você é jovem e precisa dos seus pais, você está longe de conseguir essa independência financeira”. Primeiro, é preciso se declarar livre, financeiramente falando.

Para quem ainda não está nesse nível, é importante cortar despesas, viver com menos dinheiro possível e poupar todos os meses. Gastar menos do que se ganha é uma regra.

Quanto dinheiro preciso ter para alcançar a Independência Financeira
Reprodução: Google

2 – Liberdade do Emprego

Nessa independência financeira, a pessoa pode perder alguma das suas entradas de recursos e mesmo assim conseguir sobreviver com isso. O que você não pode é deixar de trabalhar para ter uma entrada de dinheiro, de alguma forma.

Pode ser, em alguns casos, que o salário do marido ou da esposa seja suficiente para bancar os dois, caso um perca o emprego. Então, essa é a liberdade do emprego.

Esse tópico é muito importante para quem quer mudar de carreira sem prejudicar a necessidade de sobreviver com o dinheiro.

E também vale notar que não importa da onde o dinheiro chega: da esposa, da venda de um livro, blog ou qualquer outra plataforma. O ideal é que esse dinheiro viesse de lucros de investimentos, mas é provável que ainda não tenha dado tempo de você acumular um bom patrimônio.

3 – Liberdade do Trabalho

É o último degrau para a independência financeira e quer dizer que você pode parar de trabalhar que mesmo assim vai conseguir sobreviver.

Neste ponto, normalmente, é quando a pessoa já recebe um bom dinheiro dos seus investimentos, como dividendos, rendimentos e isso permite investir um pouco mais, até que fique 100% livre da inflação.

25 Maiores Pagadoras de Dividendos do último ano

Nesse ponto, o investidor estará pronto para usar o tempo como quiser, sem ter a obrigação de trabalhar para ter uma receita mensal.

Com informações do cochfinanceiro e infomoney

ANÚNCIO