Ibovespa tem maior patamar dos últimos 2 meses e Petrobras sacode o Mercado de Ações

ANÚNCIO

O Ibovespa é o principal índice da Bovespa e avançou 0,82% (a 64.354 pontos) na última terça-feira (17), passando o alto patamar do dia 31 de outubro de 2016. Esse é o melhor resultado dos últimos 60 dias e tem como principal causador os ganhos dos bancos que ofuscaram a influência negativa da Vale. (Vamos falar mais sobre a Vale adiante). “Os bancos fizeram preço porque têm mais relevância para o índice”, afirmou Wagner Salaverry, da Quantitas.

Se a Vale caiu, assim como outras empresas da mineração e siderurgia, o petróleo, da Petrobras, foi bem. Os operadores citaram como fator de suporte a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que afirmou sobre as possíveis apostas em um novo corte de 0,75 ponto percentual na taxa Selic, prevista para o próximo mês.

ANÚNCIO

Veja as maiores altas do dia:

  1. Estácio e Kroton – 4%
  2. MRV – 2,87%
  3. Itaú Unibanco – 2,69%
  4. JBS – 2,36%
  5. Cielo – 1,74%
  6. Petrobras – 0,44%

Sobre as empresas citadas acima, vamos destacar a Petrobras. Confira.

Petrobras emite títulos de US$ 4 bi no Exterior

A operação havia sido precificada no início do ano, conforme adiantamento do Broadcast e na terça-feira (17) foi concluída a notícia da oferta de títulos no mercado de capitais internacional (Global Notes) no valor de US$ 4 bilhões e vencimentos de 5 e 10 anos. São US$ 2 bilhões com vencimento em 17 de janeiro de 2022 e o mesmo montante para 17 de janeiro de 2027.

ANÚNCIO
Reprodução: Google
Reprodução: Google

Segundo a empresa, a demanda foi de 5,1 vezes e 4,6 vezes superior ao volume final para os prazos de 5 e 10 anos, respectivamente. Entre os participantes estão os investidores dos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina.

15 notícias do Mercado Financeiro que você não pode deixar de ler

Os recursos serão usados para recomprar títulos antigos e outros recursos devem ser usados para fins corporativos gerais, incluindo o refinanciamento de dívidas a vencer.

Leia Também outras notícias sobre a Petrobras:

Prumo também dispara

As ações da Prumo Logística também avançaram nos últimos dias. Na segunda-feira (16), o avanço foi de 7%, após os controladores aceitar elevar para 10,51 reais o preço para a oferta pública que vai tirar a empresa do Novo Mercado da Bovespa, embora com condições.

A empresa opera no Porto de Açu, no Rio de Janeiro, e conforme carta recebida da norte-americana, a faixa de valor estaria entre 9,98 e 11,03 reais por ação, com média de 10,51 reais, ante o ofertado, que era de 6,69 reais. Atualmente, a EIG tem 76,7% do capital da Prumo e a Mubadala tem os outros 6,9%.

Os 3 melhores setores para investir na Bolsa de Valores em 2017

Apesar de não concordar, a EIG afirmou que acredita que é do melhor interesse da Prumo o cancelamento de registro, em razão da dificuldade de atração de recursos via mercado. “A EIG está em tratativas com Itaú e Mubadala e tem a intenção de continuar com a oferta pública ao preço de 10,51 reais por ação”.

Entre os argumentos, a EIG disse que para chegar ao valor justo indicado pela Brasil Plural, o laudo de avaliação indica que a companhia incorrerá em investimentos de capital em montante superior à 6 bilhões de reais.

Bolsa de Valores de São Paulo sai na Imprensa Internacional

O Diário Econômico Les Echos (o 1º jornal diário financeiro da França) citou os efeitos do corte da Selic no Brasil, na última segunda-feira (16). A decisão do Copom demonstrou que as autoridades perseguirão a meta de diminuir os juros com maior intensidade. Ainda segundo o jornal, a Bolsa de Valores terá ganhos significativos nos próximos meses.

“Os mercados comemoram a queda dos juros e o reflexo foi uma alta de 3,2% do Ibovespa em uma semana”, afirma o jornal. Na análise dele, o importante é destacar que a inflação está em queda no Brasil. “O presidente não esconde seu entusiasmo e já prevê que a taxa de juros vai recuar em breve para um dígito”.

Reprodução: Google
Reprodução: Google

As 16 ações brasileiras que mais se destacaram na Bolsa de Nova York (NYSE): Das brasileiras, a CSN foi a que teve melhor rentabilidade: 210%. A Vale ficou na segunda colocação, com retorno de 168%. No período, o volume médio diário da CSN foi de 6,30 milhões de dólares e da Vale foi de 48 milhões de dólares. Com apoio da Exame, descrevemos a lista das 14 empresas e 16 ações que fizeram parte das primeiras colocações. Leia.

Segundo informações do Les Echos, a mudança política econômica brasileira permitiu que a Bovespa registrasse uma alta de 39% em reais e de 69% em dólares. O ano de 2017 começa com boas perspectivas e a provável entrada de novas empresas, conclui o diário.

Frankfurt deve se tornar a capital financeira do mundo

Ainda falando em mercados internacionais, uma pesquisa apontou que existe um grande impulso para que aconteça a fusão entre a Deutsche Borse (Bolsa Alemã) e a Bolsa de Londres. E, com o voto do Reino Unido para deixar a União Europeia, os especialista estão prevendo que a economia local pode fazer com que Londres deixe de ser a capital financeira.

Letra de Câmbio… Já ouviu falar? Leia e entenda!

A pesquisa é convicta e afirma que a possível substituta seja a capital alemã. “Deustche Borse tem a oportunidade de ganhar uma importante participação nas áreas de negociação de juros se os participantes do mercado tiverem acesso sem restrições à plataformas comerciais superiores”, afirmou Dirk Schiereck, da Technische Universitat Darmstadt, organizadora da pesquisa.

Bolsas mais caras e mais baratas do mundo

Um levantamento feito pela consultoria alemã StarCapital apontou as bolsas mais caras e mais baratas do mundo. O Brasil está na 4ª posição entre as mais baratas, tendo um índice CAPE de 9,8. Em primeiro lugar está a Rússia, (5,9), seguida de República Tcheca (8,9) e Turquia (9,4). Já entre as mais ricas, estão: Dinamarca (33,3), Irlanda (31,2), Estados Unidos (26,4), Japão (24,9), México (21,5) e Suíça (21,5).

Como Investir na Bolsa de Valores

As recomendações de compra ou venda de ativos tem base em vários indicadores, que, quando conjugados, indicam o cenário de maior probabilidade positiva. Ter bons resultados na Bolsa de Valores é consequência de saber fazer a escolha certa no tempo certo. E, por ser um lugar de riscos, o investidor precisa ter em mente que a bolsa é volátil. Isso nada mais é do que: uma rentabilidade passada não é uma rentabilidade futura.

Já não é mais novidade que os bons resultados da Bovespa vêm caindo no gosto dos brasileiros (e estrangeiros), tanto é que essa opção está ficando cada vez mais acessível, inclusive para pessoas mais jovens. Entre junho e dezembro do último ano, houve um aumento de 25% da quantidade de investidores registrados na Bolsa, que tinha idade entre 16 e 25 anos.

Mercado de ações fecha ano com alta de quase 40% e investimento continua sendo indicado para 2017O mercado de ações brasileiro foi bem em 2016 e apresentou uma alta de 38,9% frente ao ano anterior. Alguns índices tiveram ainda porcentagens maiores, tal como o IDIV (Índice de Dividendos da Bolsa de Valores), que subiu mais de 60%. Com isso as ações continuam sendo o melhor investimento. Na visão de especialistas, os valores poderiam ser ainda melhores, mas a economia enfraquecida prejudicou essa esperança.

Como Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo

Assim sendo, fica óbvio que os investimentos desse mercado superam (e muito) outras aplicações financeiras mais populares, como a poupança e as Rendas Fixas. O Tesouro Direto, por exemplo, também bateu recorde de inscritos, mas, por outro lado, não conseguiu oferecer rentabilidade maior do que a Bolsa de Valores.

Você tem uma chance única de ficar sabendo tudo sobre esses mercados! E ter uma visão ampla de como escolher a melhor opção para o momento. É através do workshop gratuito RISCO ZERO de investimento. Faça seu cadastro GRATUITO e entre de cabeça no mercado de investimentos.

Com informações da Exame

ANÚNCIO