Guia Rápido para Juntar Dinheiro e Comprar um Carro

No Brasil, ter um carro próprio é praticamente sinônimo da liberdade – seja a da fase adulta ou do dinheiro. Mesmo com os vários cálculos feitos, que mostram que nem sempre isso é vantajoso, as pessoas ainda se sentem mais “felizes”. Para essas pessoas que sentem a necessidade de comprar um veículo, produzimos esse guia.

Economizar Dinheiro

Nunca é cedo demais para começar a guardar dinheiro para algum objetivo.

Se você pensar em ter o seu próprio bem automotivo, comece a guardar dinheiro desde já, separando uma parte da renda mensal. Quanto antes isso acontecer, mais rápido você atingirá o seu objetivo final.

Considere por exemplo a idade com a qual vai tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou, se já tiver, daqui a quanto tempo você gostaria de comprar seu carro sem ter que entrar em dívidas financeiras.

Definida o seu Objetivo Financeiro

O seu objetivo financeiro não está definido apenas no tempo em que vai querer comprar o carro, que pode ser daqui 2, 5 ou 10 anos. Mas, tem a ver também com o valor que você precisará ter.

Escolha uma quantia que seja superior ao valor do carro. Isso porque você vai ter outros gastos, como taxas, impostos e afins. Pense de forma realista nisso.

Você pode pensar em juntar 40 mil reais para comprar um carro novo, porém, se você der a si mesmo apenas um ano para juntar dinheiro suficiente, provavelmente não vai conseguir – a não ser que tenha uma boa renda mensal.

E quanto às taxas, o ideal é ter uma soma sempre em 20% superior ao valor total do veículo.

Se você planejar um empréstimo ou algo parecido, leve em conta ter, no mínimo, 50% do valor total para dar de entrada e diminuir os juros do financiamento.

Considere outras Despesas

Se você tem contas como atividades de lazer, roupas, produtos eletrônicos e qualquer outro, é hora de começar a rever isso. Considere que você precisará poupar um pouco de dinheiro a cada mês.

Faça um plano de economia e subtraia o total do que você realmente consiga juntar.

Leve em conta o Preço do Carro

Quando começar a juntar dinheiro para comprar um carro, tenha em mente pensar, inicialmente, sobre o valor dele.

Se quer um modelo novo, esportivo ou elegante, vai ter que pagar mais caro. Se optar por um econômico e popular, o dinheiro não precisará ser tão alto no seu montante.

Sempre vale a pena pensar nos usados e seminovos que costumam ter valores muito melhores e mais acessíveis.

Note que o preço de um carro não é apenas o que é pago no veículo em si, mas existem outros fatores, como seguro, confiabilidade, combustível… Tudo que envolvem o que é chamado de gasto com manutenção.

Guia Rápido para Juntar Dinheiro e Comprar um Carro

Reprodução: Google

E a Inflação do País, influência?

Quando você começa a estabelecer os objetivos de economia, lembre-se que você irá comprar o carro em 2 ou 3 anos, portanto, nunca imediatamente.

Pense nas variações de preço causadas pela inflação – some o valor total, sempre.

Faça um Cronograma de Economia

Calcule quanto de dinheiro você vai precisar juntar para guardar a quantia total por um tempo considerado razoável.

Se você prevê um carro de 20 mil reais em 20 meses, precisará poupar em torno de 1 mil reais todos os meses, obviamente. Faça tudo para cumprir seu cronograma e leve em conta as outras despesas, como já falamos.

Aumente a Renda Mensal

Como falamos no exemplo acima, talvez guardar 1 mil reais mensalmente seja um pouco mais difícil, portanto, a melhor saída é conseguir aumentar a renda mensal.

Procure oportunidades de conseguir um dinheiro extra, com trabalhos freelancers.

Pense em algo que você saiba fazer e consiga produzir em casa, nas horas vagas, como produtos artesanais ou comidas gostosas.

Venda seus Pertences Velhos

Isso pode te ajudar a juntar uma quantia maior de dinheiro. Recolha os livros, roupas e objetos que não usa mais e faça uma “feirinha livre” – que pode ser física ou online.

Tenha um Cofre

Ter um cofre em casa pode ser muito útil porque te faz juntar dinheiro mais rapidamente. Aqueles centavos que sobraram da padaria ou do motoboy podem ser somados ao final dos anos e representar um bom valor, que pode ser abatido no valor do carro, principalmente nas taxas.

Busque informações de Instituições Financeiras

É importante porque as melhores condições nem sempre vão estar nos grandes bancos. Ao contrário, os pequenos podem dar melhores condições se considerarmos as taxas e os juros.

Se estiver pensando em financiamento, vale a pena considerar também os empréstimos pessoais, que podem gerar melhores oportunidades. Há de se considerar também as cooperativas de crédito.

Faça Cotações em Vários Lugares

Antes de escolher o lugar de compra do seu carro, visite outros locais e veja se há comparações que possam ser equivalentes.

Não mencione, inicialmente, sobre trocas ou cotação… Deixe o vendedor colocar o preço, mas não saia sem dizer que tem um preço melhor na concorrência.

Evite a compra por impulso

O ideal é ir até o local da compra entusiasmado, mas nunca a ponto de deixar as emoções se aflorarem mais do que a razão.

Alimente-se bem e vá com tempo para conversar com os vendedores. A compra de um veículo é um verdadeiro desafio já que envolve muitos fatores, inclusive, os emocionais.

Evite mostrar que realmente está precisando de um, com urgência.

Use o preço colocado no vidro para saber, mas nunca fique a mercê dele. Os fabricantes e revendedores estipulam preços, já pensando no lucro, mas sempre consegue baixar o valor ainda que consiga continuar tendo lucro.

Tenha Postura Firme

Se o vendedor diz que tem a melhor oferta, mas ela não serviu para você, vá embora sem ousar. Não queira agradar o vendedor ou exceder o que você realmente pode pagar. Uma oferta final, nem sempre será uma oferta final, vias de fato. Seja insistente.

Note, além de tudo, que apesar de o negócio não ter se concretizado agora, você poderá voltar até a loja e renegociar em outra oportunidade.

Sempre conheça o Carro

Peça para fazer um teste drive, reconheça os itens e adicionais do carro. Teste tudo que puder.

Prepare-se para um encontro deixando prontas as informações e as perguntas, como:

  • Se há modificações no carro,
  • Veja se há histórico mecânico,
  • Quilometragem e Itens de Segurança são básicos e fundamentais,
  • Reparos, sinais de acidentes, e outros.

Use o número do chassi ou do Renavan para fazer uma busca detalhada do histórico do veículo. O site Checkauto pode fazer isso com facilidade para saber se o carro se envolveu em algum acidente, por exemplo.

Mude os Hábitos dos Gastos

A partir de agora, você tem que rever todo seu estilo de vida.

Portanto, evite ceder a pressão dos seus amigos para comprar itens da moeda ou aparelhos novos e de última geração. Pense que a gratificação desse tipo é totalmente instantânea e não trarão benefícios no decorrer do tempo.

Repense, de forma gera, o seu relacionamento com bens materiais.

Compre Usados

E não estamos falando dos carros, mas de itens básicos, como roupas, por exemplo.

Deixe de fazer compras grandes e parceladas no seu cartão de crédito. A partir do momento em que tem um objetivo definido, precisará evitar as compras e fazer conscientemente.

Com informações do WikiHow