Gasolina aumentou? 15 dicas eficazes para economizar no combustível

ANÚNCIO

A Petrobras elevou os preços da gasolina em 0,4% e agora o litro está acima dos 4 reais, conforme a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Os reajustes fazem parte da nova sistemática de formação de preços da companhia, que está em vigor desde julho e prevê alterações praticamente diárias nas cotações dos combustíveis.

ANÚNCIO

Conforme a inflação oficial do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em novembro o preço da gasolina já tinha tido alta de 8%.

Isso quer dizer que desde julho, a acumulação de altas já chegou aos 25% do total… Ou seja, ¼ do valor inicial.

Outro resultado desse aumento é fato de que o preço médio da gasolina é o mais alto no país da história! Já nos Estados Unidos, a gasolina nunca esteve tão barata.

ANÚNCIO

Fernanda Delgado é pesquisadora do Centro de Estudos de Energia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Energia) e diz que “a política de presar o preço do combustível acabou com o caixa da Petrobras, que pagou a diferença do preço. Agora, quem paga é o consumidor”.

Para o coordenador do curso de economia do Ibmec-MG, Márcio Salvato, a gasolina sempre foi cara no Brasil por causa da carga tributária. Atualmente, 45% do preço total é formado do tributos.

Fernanda concorda e diz que a desoneração seria uma boa alternativa para diminuir o peso dos constantes aumentos do combustível.

Dessa forma, ao consumidor não resta alternativa a não ser encontrar formas de economizar dinheiro com o combustível. Separamos algumas dicas, confira!

1 – Acelere menos

Andar acima de 90 km/h aumenta o gasto com o combustível. Isso se acentua ainda mais com a velocidade acima de 110 km/h.

2 – Desligue o ar-condicionado

O ar-condicionado é outro grande consumidor de combustível, portanto, desligue-o.

3 – Evite peso no carro

O peso excessivo no veículo força o motor a consumir mais energia. Por isso, mantenha o veículo mais leve que for possível. Se for viajar, equilibre a bagagem interna.

4 – Evite esticar marchas

Esticar as marchas sem necessidade força o motor e, consequentemente, gasta mais. O veículo com 6 marchas, por exemplo, tem que estar em uso (a 6ª marcha) na estrada.

5 – Selo A

Algumas montadoras produzem veículos com motores que recebem Selo A de baixo consumo do Inmetro. Isso pode ser uma forma inteligente de economizar combustível.

6 – Postos de Combustíveis

Apesar do alto preço da gasolina, a recomendação é optar por postos confiáveis. Nem sempre ir pelo preço mais baixo é vantajoso porque há o risco dele ser adulterado e danificar os componentes do carro.

7 – Faça Revisão

As revisões preventivas ajudam a detectar os problemas que estão no começo. Isso evita gastos desnecessários, inclusive, com o combustível.

8 – Pneus Calibrados

A calibragem correta dos pneus tem que ser feitas conforme as recomendações do manual do veículo… Isso ajuda o carro a estar equilibrado e evita que o motor seja sobrecarregado.

9 – Ponto Morto

Usar muito o ponto morto pode gastar mais combustível.

10 – Dirija com paciência

Andar com o carro em alta velocidade é perigoso porque provoca acidentes. Além disso, também te faz gastar mais com a gasolina. Isso porque as acelerações excessivas exigem mais do motor.

11 – Vela Queimada

Se as velas estão ruins, a queima do combustível fica irregular e isso reflete no aumento do combustível injetado no motor.

12 – Filtros Velhos

Filtros muito velhos precisam ser trocados nas datas previstas no manual. Em caso de entupimento, por exemplo, eles interferem diretamente na mistura de ar e combustível na câmara de combustão.

13 – Troca de Marcha

Usar o câmbio incorretamente (marcha alta em baixa velocidade) pode aumentar o consumo do combustível.

14 – Vidros Abertos

Andar com a janela aberta interfere na aerodinâmica e no consumo de combustível se você estiver em uma velocidade superior a 80 km/h.

15 – Menos pé no freio

Evite frear bruscamente. O ideal é tirar o pé do acelerador e o motor vai se encarregar de reduzir a velocidade do carro.

Leia Também…

Os 35 carros com menor custo de manutenção de 2017

Como visto, todas as pessoas que tem um carro ou queiram ter, precisam levar em conta vários fatores, inclusive, os gastos com manutenção.

Para facilitar a vida dos consumidores, o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil) fez um ranking com os custos de manutenção mecânica dos carros mais vendidos no Brasil, conforme informações da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Para criar esse ranking, nasceu o Índice de Manutenção Veicular (IMV), que tem o objetivo de servir como base para consumidores e seguradoras.

Foram considerados os seguintes itens:

  • Componentes de Rodagem(embreagem, correias, cabos, velas, óleos, filtros, ar-condicionado),
  • Componentes de Segurança(pneus, suspensão, freios e limpadores de para-brisa).

A partir disso, foi considerado os preços de todas as peças, custo da mão-de-obra marca e chegou-se ao custo de manutenção de cada modelo para o período.

Como Economizar Dinheiro na Hora de Financiar um Carro? 4 Dicas Rápidas

Os modelos foram classificados em uma escala de pontuação que varia de 10 a 60 pontos, sendo que quanto menor o IMV, menor é o custo de manutenção mecânica do veículo.

A lista abaixo considerou que os primeiros colocados ficaram com IMV em 20 enquanto os últimos tiveram pontuação de 24.

  1. Celta 1.0 – Chevrolet
  2. Novo Uno 1.0 e 1.4 – Fiat
  3. Fiorino 1.4 – Fiat
  4. Etios Hatch 1.5 – Toyota
  5. Etios Sedan 1.5 – Toyota
  6. Gol 1.0 e 1.6 – Volkswagem
  7. Voyage 1.0 e 1.6 – Volkswagem
  8. Classic 1.0 – Chevrolet
  9. Novo Palio 1.0 e 1.4 e 1.6 – Fiat
  10. Grand Siena 1.4 – Fiat
  11. Strada 1.4 – Fiat
  12. Novo Versa 1.6 – Nissan
  13. Versa 1.6 – Nissan
  14. Grand Siena 1.6 – Fiat
  15. Punto Attractive 1.4 – Fiat
  16. Ka 1.0 e 1.5 – Ford
  17. HB20 1.6 – Hyundai
  18. HB20S 1.0 – Hyundai
  19. Corolla 2.0 – Toyota
  20. Novo Fox G7 1.6 – Volkswagem
  21. Onix 1.0 e 1.4 – Chevrolet
  22. Prisma 1.0 e 1.4 – Chevrolet
  23. Onix – Chevrolet
  24. Punto 1.6 e 1.8 – Fiat
  25. HB20 1.6 – Hyundai
  26. HB20S 1.6 – Hyundai
  27. March 1.0 e 1.6 – Nissan
  28. Logan 1.0 e 1.6 – Renault
  29. Duster 1.6 – Renault
  30. Novo Fox G7 1.0 – Volkswagem
  31. Cobalt 1.4 e 1.8 – Chevrolet
  32. Punto T-JET 1.4 – Fiat
  33. Ecosport 2.0 – Ford
  34. New Fiesta 1.5 e 1.6 – Ford
  35. UP! – Volkswagem
Gasolina aumentou? 15 dicas eficazes para economizar no combustível
Reprodução: Google

O Horário que Você Abastece o Carro pode te fazer Economizar Dinheiro – Acredita?

O Posto de Combustível tem sido o lugar que o brasileiro mais tem temido, afinal, com impostos e todo tipo de tributação possível, o país é um dos que tem o preço da gasolina e do álcool mais caros do mundo.

E, em tempos de crise, economizar dinheiro com esse gasto do carro pode ser fundamental para manter o orçamento financeiro regulado.

Ao que tudo indica, ninguém sabe, mas estudiosos da UFSCar (Universidade de São Carlos), conseguiram provar que até mesmo o horário que você abastece pode resultar em economia de dinheiro. Sabia disso? É, provavelmente não…

Então, leia este artigo na íntegra e descubra qual o melhor horário para abastecer o seu veículo.

No Final do Artigo, também teremos um tópico específico para falar como você pode economizar dinheiro com o combustível, usando, inclusive, os melhores aplicativos para celulares. Não deixe de Ler!

Também até o final deste artigo também vamos falar sobre o fato de pagar com dinheiroou com cartão, alguns hábitos saudáveis para o seu bolso e a escolha de produtos que ajudam na economia financeira. Leia!

Qual o Melhor Horário para Abastecer o Carro

Na verdade, você não precisa fazer muita conta, basta analisar a meteorologia ou se atentar para a posição do sol.

Conforme os pesquisadores, como qualquer outro líquido ou sólido, a gasolina e o etanol sofrem alterações de volume com o efeito da mudança de temperatura.

Na teoria, isso se chama Expansão ou Contração Térmica.

“Em particular, a gasolina tem uma expansão térmica relativamente alta comparada com outros fluídos”, garante Adilson de Oliveira, físico da UFSCar.

“Ao abastecermos o carro em um horário de alta temperatura no dia, compramos menos líquidos do que quando a temperatura ambiente está baixa”.

Na prática, funciona assim: quando a temperatura aumenta, o combustível se expande e a mesma massa ocupa um volume maior. Já quando esfria, as moléculas ficam mais concentradas, ocupando menor espaço.

O que muda, portanto, é o volume e não a massa, que se mantém a mesma.

Só que pagamos, no posto de combustível, pelo volume. Já para o carro funcionar, é preciso a massa. Entende essa diferença? Assim sendo, quanto mais massa tivermos no tanque, mais quilômetros vamos conseguir rodar com o carro.

Assim sendo, pela manhã, mais massa entra no tanque pelo mesmo preço que seria pago se o carro fosse abastecido com o sol a pino, que costuma acontecer entre as 10 e 14 horas do dia.

Se os combustíveis fossem vendidos por peso, o efeito da temperatura apareceria na balança e não haveria diferença alguma em escolher o horário para abastecer.

A localização dos tanques de combustíveis no subterrâneo dos postos ameniza um pouco o efeito da variação de temperatura do dia.

Obviamente, o calor provoca expansão do combustível líquido e faz ele evaporar, portanto, abastecer em um posto de combustível no deserto seria uma péssima ideia, se você quiser economizar dinheiro.

O Melhor Comportamento para quando o Tanque Estiver Quente

Um cálculo matemático feito pelos pesquisadores foi feito para descobrir quanto conseguimos economizar ao abastecer o carro nas primeiras horas do dia.

Porém, falar em números exatos é bastante complexo porque isso dependeria não apenas da temperatura, mas também do poder e do motor do carro.

O que dá para saber é que dependendo do período do dia, só o fato de abrir o tanque para abastecer pode fazer seu dinheiro… Diríamos… Virar vapor.

Isso porque os tanques dos carros mais novos são pressurizados e quando estão fechados, a pressão interna é mais alta do que a ambiente.

Isso faz com que o combustível, mesmo em temperatura mais alta, mantenha-se líquido.

“Ao abrirmos o tanque, a pressão diminui e parte do líquido evapora”.

Aquele famoso cheirinho de gasolina no ar depois que entregamos a chave para o frentista é, literalmente, o mesmo cheiro do seu dinheiro no estado gasoso. Os veículos novos injetam vapor de gasolina no motor junto do combustível líquido para ganhar eficiência.

“Ao abrirmos o tanque em horários em que o carro está em temperatura mais alta, é perdido esse vapor do combustível para o ambiente”, diz o físico.

E o pagamento, é no Dinheiro ou no Cartão?

Dan Ariely é reconhecido por seu trabalho na área da psicologia e economia comportamental e falou publicamente sobre a tomada de decisão de forma irracional.

Mas, aliás, não é só ele, quase todos os economistas e analistas financeiros dizem que “se você quer começar a economizar dinheiro, comece a fazer o pagamento em espécie” – e não cartão.

Para a psicologia, o volume de nota saindo da carteira vai “doer mais” do que simplesmente passar o cartão – de débito ou de crédito.

Obviamente, em termos de números, isso não faria diferença, mas emocionalmente falando, faz. E muita. Esse fenômeno, por sinal, não é isolado, mas comum.

“Acontece porque a tomada de decisão humana é irracional por mais que nós gostemos de acreditar no contrário”.

Para Dan, é possível traçar um paralelo entre ilusões visuais e a tomada de decisão. “Mesmo sabendo que é um truque, se você já pensa daquela forma, vai ser difícil mudar”, explica. As decisões, sendo assim, estão ligadas às nossas emoções e pressões externas.

Ainda sobre Economizar Dinheiro, o especialista fala em comportamentos que também tem a ver com a questão emocional.

“Hoje, as pessoas reciclam porque existe uma pressão social. Economizar energia elétrica também é bom para o meio ambiente, mas é algo muito mais privado, ninguém está vendo [então as pessoas não economizam]”.

Aí, entra a questão primordial dos estudos de Ariely: “Como Mudar os Comportamentos”?

Para ele, primeiro é preciso identificar o obstáculo para aquela tomada de decisão e, depois, descobrir como resolver isso. No caso do dinheiro, a dica é tornar visível o que parece ser invisível – pagar com dinheiro em vez do cartão.

“Nos últimos anos, poupar ficou menos visível e o gastar é mais invisível”.

Um estudo mostrou que vizinhos ganhadores da loteria gastavam mais, influenciados pelo vizinho que estavam gastando. Na conclusão dele, as pessoas querem competir, disputar e ver quem está comprando mais.

“Nós consumimos mais e poupamos menos. Poupar para a aposentadoria, por exemplo, é uma das coisas mais difíceis de fazer porque é algo abstrato, está no futuro”, conclui.

Bônus – Aplicativos para Calcular Gastos com o Combustível

Como visto nessa parte inicial do texto, o combustível é um dos itens que tem pesado bastante no bolso de todo brasileiro.

Se não de forma direta, com o abastecimento de seus veículos, de forma indireta, com certeza, já que o transporte coletivo, por exemplo, aumentará seu valor pago por passageiros.

Logo, não resta dúvidas que com o aumento dos combustíveis nos postos nacionais, o brasileiro será mais uma vez prejudicado.

Para tentar minimizar ou driblar esse problemão, encontramos alguns aplicativos que podem ser usados para calcular o consumo de combustível. Essas ferramentas tecnológicas podem ser usadas para mostrar suas necessidades e ajudar no gerenciamento de gastos.

CARANGO

É um dos aplicativos mais completos dessa área porque ajuda a controlar as despesas variadas, como manutenção, óleo e acompanha também a evolução dos seus gastos com combustível através de gráficos.

Se você tem um veículo ou mais, poderá cadastrar todos, o que torna uma boa solução para controlar todos os gastos no fim do mês ou de qualquer período.

Inclusive, tem sido usado até mesmo por empresários que tem frotas de veículos – para os profissionais, existe a versão paga (Carango Pro), que custa pouco mais de 5 reais.

ÁLCOOL OU GASOLINA, CHEFIA?

É um aplicativo dos mais simples possíveis. Porém, muito útil. Ele simplesmente vai te dizer qual combustível sai mais em conta – álcool ou gasolina.

Funciona assim: você insere o preço no aplicativo e ele faz as contas dizendo qual vale a pena.

CARRORAMA

Também calcula o consumo do combustível e é muito completo, além de ser gratuito. Nele, você consegue controlar até mesmo as despesas como taxas, pedágios, estacionamento e impostos.

Os dados podem ser exportados para planilhas do excel.

Outra função é poder criar lembretes para manutenções programadas ou sobre a calibragem do pneu. E isso é importante levando em conta que as pessoas costumam esquecer de tais compromissos.

BRASIL FLEX 2.0

É considerado confiável e existe desde 2009.

Nele é possível controlar custos gerais e fazer quadros comparativos onde são medidos os consumos, a quilometragem e soma total dos gastos.

FUELIO

É prático e indicado principalmente para quem quer apenas controlar os gastos de combustíveis e nada mais. Tem a função de gráficos e planilhas.

GASOLETA

Também faz o cálculo sobre a vantagem do etanol e da gasolina.

AUTO CARE

Faz o gerenciamento de gastos com frotas inteiras, permitindo o cadastro de mais de um veículo.

A interface é muito simples e possibilita o consumo de cada carro cadastrado, onde é possível programar manutenções periódicas e a troca de peças, via quilometragem.

CONSUMO

Segue a linha dos outros apps aqui citados para calcular o consumo de combustível.

MAPEIA

É um serviço completo para quem quer pegar a estrada de carro. Você preenche os campos de origem e destino, consumo, preço do combustível e o site te informa quantos quilômetros serão percorridos, além do tempo de viagem e o gasto com combustível.

CALKOO

Também é um site que ajuda a calcular gastos com combustíveis de forma simples. Você acessa o site e calcula a distância percorrida, o consumo do combustível e a distância.

CÁLCULO EXATO

É um site também onde torna possível calcular quantos quilômetros você poderá percorrer dada a quantidade de combustível e o consumo do seu carro. Para tal, basta marcar o tipo de combustível.

NEXER

É um aplicativo que gerencia as principais necessidades do carro, como manutenção, combustível e eficiência ao dirigir. Ele ajuda a detectar falhas e pode te ajudar a economizar até 20% de combustível por meio de um game interativo.

ECONOFLEX

Ele foi desenvolvido para te ajudar na hora de abastecer e tirar a dúvida sobre qual combustível você deve usar – álcool ou gasolina. O rendimento da gasolina, conforme o app, é de 30% superior ao do álcool e a partir disso as contas são feitas.

WAZE

Esse aplicativo que calcula rotas ao vivo baseadas em informações das vias e do trânsito também pode te auxiliar na hora de economizar dinheiro com o carro.

GAZO

É um aplicativo desenvolvido para auxiliar o consumidor a encontrar o melhor preço de combustível nos postos da sua região. Ele usa uma base de postos do Brasil e fornece o preço de cada um, incluindo a localização e a rota mais fácil até o local.

FUELLY.COM

O site é uma boa alternativa que permite controlar despesas com o combustível. Você pode importar planilhas ou exportá-las sempre que quiser. Pode até mesmo compartilhá-las nas redes sociais ou com outros usuários do site.

DRIVVO

É uma alternativa direta ao Fuelio – considerada tão bonita quanto ela. O foco é o abastecimento e ele fornece uma calculadora para escolher o melhor combustível para carros flex.

ACAR

É dos aplicativos mais populares nos celulares do mundo todo.

Ele é um gerenciador de despesas para usos do carro, com registro de abastecimento, manutenção, consumo e tem recursos exclusivos, como o caso da localização GPS, que registra os locais onde você abasteceu.

ROAD TRIP

Também tem o suporte GPS, como o Acar, mas é pago – e não gratuito. O Road Trip é usado também por pessoas que tem carros elétricos ou barcos, por isso, é considerado ainda mais completo. Entre as funções, estão o modo de viagem e os gráficos.

Com informações do globo

ANÚNCIO