10 dicas para conseguir um trabalho temporário e ganhar um dinheiro extra

ANÚNCIO

A época de fim de ano parece ser muito propícia a quem quer ganhar um dinheiro extra. Afinal, as oportunidades aparecem no comércio e também cria-se a oportunidade de vender “presentes” para outras pessoas.

O foco deste artigo é justamente esse: de mostrar como é possível ganhar dinheiro extra nesse período do ano – será que é tão difícil assim ou qualquer pessoa pode conseguir se for bem organizada financeira? Acompanhe e tenha a resposta!

ANÚNCIO

Rony Meisler é um homem que entende de negócios – CEO e cofundador da Reserva, uma marca de roupas, ele está entre os principais investidores da Joá Investimentos (do apresentador de televisão Luciano Huck). Além de fazer parte da Dynamo também.

“Nós somos um bom exemplo que dá para ganhar dinheiro no Brasil. Uma das coisas que mais me orgulho na Reserva é que nunca demos prejuízo”, garante.

“As pessoas passam muito tempo pensando sobre que negócios deveriam abrir. Mas, na realidade, elas deveriam gastar seu tempo pensando sobre quais são seus hobbies. Gosta de futebol? Faz algo relacionado a isso. Gosta de beleza? Faz um negócio de beleza”, ele diz.

ANÚNCIO

“A estrada no Brasil tem tanto buraco, ela é tão difícil, que é igual casamento. O que faz perdurar é o amor pelo que você faz. Então, se conseguir transformar o seu hobby em negócio, você vai ser muito mais resiliente”, afirma o CEO.

10 dicas para conseguir um trabalho temporário e ganhar um dinheiro extra
Reprodução: Google

Sobre o Desemprego no Brasil

Atualmente, há 14,2 milhões de desempregados no Brasil, sendo que 2,9 milhões buscam trabalho há mais de 24 meses e outros 5,4 milhões há mais de 12 meses, conforme informações da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), do IBGE com dados do primeiro trimestre de 2017.

“O momento é crítico, é preciso cortar gastos e readequar o padrão de vida para esta nova realidade. É importante buscar fontes de renda, mesmo que não sejam em sua área de atuação, para garantir o consumo de produtos e serviços básicos”, garante Reinaldo Domingos, que é da DSOP Educação Financeira.

“É preciso cuidar da saúde mental e não desistir, pois são nos momentos de crise que crescemos e aprendemos a nos reinventar”.

Sobre como procurar vagas e oportunidades, Domingos dá algumas dicas:

– “É preciso explorar os conhecimentos que tem para ganhar uma renda extra”.

– “Quem tem habilidade para cozinhar, tirar fotografias ou fazer trabalhos manuais pode oferecer seus produtos ou serviços”.

– “É válido procurar trabalhos temporários em shoppings e comércios em geral, além da possiblidade de ser motorista de aplicativos de transporte”.

– “Um serviço que está em alta é levar cachorros da vizinhança para passear em dias e horários combinados”.

– “Faça um bom currículo e acompanhe também o período de contratação das empresas”.

10 dicas para conseguir um trabalho temporário no fim de ano

Para este ano, a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) espera que haja cerca de 375 mil pessoas sendo contratadas na área da indústria, comércio e serviço. Isso porque há 2 anos estamos em queda neste número…

Para quem está buscando a oportunidade da sua vida, essa é a melhor época para distribuir currículos.

“Os processos seletivos para vagas temporárias costumam correr de forma antecipada. É preciso agir rápido”, diz a consultora de desenvolvimento humano Adriana Schneider.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar na hora de conseguir o trabalho temporário, confira!

1 – Uma vaga com o seu perfil

O ideal é encontrar uma vaga que tenha a ver com o seu perfil profissional.

“Assim como quem busca um trabalho regular, tem que seguir 3 etapas fundamentais: definir o foco, ter um currículo adequado e planejar o que irá fazer”, diz Adriana.

“Como no trecho do filme Alice no País das Maravilhas ‘Quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve’, portanto antes de sair e procurar o seu novo trabalho, defina o que busca para a sua carreira”, pontua a psicóloga Renata Cox.

2 – A melhor vaga para você

O mais recomendado é não sair atirando para todos os lados. Se você tem conhecimento e sabedoria em uma área, aposte nela.

“A melhor vaga é aquela que está alinhada ao seu perfil comportamental e com o seus conhecimentos, habilidades e atitudes. Colocar a pessoa certa no lugar certo requer um olhar analítico e detalhado”, diz Renata.

3 – Capriche no Currículo

Erros de português são inadmissíveis. Assim como informações falsas, formatação e muitas páginas.

“O currículo é a sua porta de entrada e não apenas um documento. É importante que seja construído com atenção e cuidado, refletindo quem é o candidato e  que ele quer transmitir”, afirma Adriana.

Jamais se esqueça dos dados pessoais. “Ao deixar seu e-mail, lembre-se de olhar diariamente a caixa de entrada, pois este é o canal mais usado pelas organizações que querem se comunicar com seus candidatos”.

4 – Cuidados durante o trabalho

Ainda que seja um trabalho temporário, é preciso seguir algumas regras.

“Concilie o perfil profissional e comportamental aos seus resultados técnicos. Cumpra as regras, busque os resultados esperados e seja gentil com os colegas, clientes e parceiros”, diz Adriana.

“O comprometimento do colaborador que tem um trabalho temporário não deve ser diferente dos demais. O fato de estar há pouco tempo na organização não significa que não deva cumprir as regras, pelo contrário, quanto mais comprometido, mais será reconhecido”.

25 Aplicativos para Ganhar Dinheiro Extra Rapidamente

5 – Invista na sua carreira

Procurar um emprego não é fácil, por isso, investir na carreira profissional é uma das alternativas mais viáveis.

“Invista tempo em cursos. Há diversos cursos, inclusive gratuitos, que ajudam a complementar a formação no currículo, desenvolver novas habilidades e se manter atualizado”, conclui Adriana.

6 – Capacidade

“Na ânsia de ampliar o campo de trabalho, muita gente se propõe a fazer um grande número de tarefas – o famoso faz-tudo. Independente da capacidade de desempenhar essas funções, a impressão é de que quem tudo faz, não faz nada muito bem. Nesse caso, o ideal é se limitar à 3 tipos de serviços”, diz o CEO.

7 – Apresentação

Vender-se como uma marca é uma estratégia que precisa ser bem usada para atrair o maior número possível de clientes, independente do serviço, do local.

Assim, é preciso partir de fotos bem enquadradas e que tenham boa resolução, além da descrição do trabalho e de manter dados sempre atualizados.

8 – Burocracias

Como em tudo, a organização é essencial. Isso vale também para os orçamentos, que tem custos que precisam ser detalhados, como custos de mão de obra e material, por exemplo.

Depois, precisam ser enviados a tempo aos clientes interessados. A ideia é fazer a formalização no MEI – Microempreendedor Individual ou emitir RPA – Recibo de Pagamento Autônomo.

9 – Atendimento

Na hora de atender o cliente, seja apresentável, bem-humorado e trate-o com respeito – tanto nas falas quanto na aparência. “Para um homem que atenda uma mulher sozinha, essa dica vale em dobro: não faça nada que a coloque em uma situação desconfortável”.

10 – Feedbacks

Se você precisar conseguir mais trabalho, precisa oferecer o melhor de si. O importante é observar quais são seus pontos fortes e os fracos e corrigir o que for necessário para a próxima vez.

“Sempre chamamos a atenção dos usuários da plataforma para a importância de avaliar os profissionais contratados. Isso ajuda na reputação”.

O trabalho freelancer levado à sério!

Parece que nunca na história brasileira tivemos tantas oportunidades de empreender e ganhar dinheiro extra. Se analisarmos friamente, estamos em uma transição de uma era para outra: a digital.

Para isso, não precisamos falar, necessariamente, de carros voadores ou autônomos, mas tem assuntos que estão sim em alta, como a internet das coisas, a realidade virtual e a energia sustentável, entre tantas outras.

Para se ter uma ideia, as Tecnologias Mencionadas (IoT) vão gerar mais de 14 trilhões de dólares em 5 anos, o que equivale ao PIB – Produto Interno Bruto – dos Estados Unidos.

Se você acha isso tudo muito distante, saiba que uma startup brasileira está criando um aplicativo que te ajuda a desligar e ligar as luzes e todos os equipamentos eletrônicos da sua casa usando a tela do celular.

Sim, você clica e a luz se acende ou se apaga. Você também pode aumentar a temperatura do ar-condicionado por exemplo.

Mas falamos das startups apenas para mostrar que a inovação está acontecendo e surgiu em um momento de crise. Portanto, se você está passando por dificuldades financeiras, pode encontrar, também, uma forma de organizar as suas finanças.

Seja para complementar a renda ou combater à fase de desempregos, a consistência dessa renda é importante e exige planejamento.

“O bico não é um passatempo ou uma brincadeira, alguns cuidados são essenciais para que seja possível expandir a base de clientes e ter faturamento recorrente com o trabalho”, afirma Kleber Costa, que é CEO do Bicos.com.br, uma plataforma que conecta profissionais autônomos e pessoas que buscam tais serviços.

App para contratar profissionais ou ter renda extra

“A ideia surgiu em 2014 após uma necessidade de reforma do meu apartamento, onde eu não consegui encontrar nenhuma indicação de profissionais para trabalhar na reforma”, diz Ronaldo Barros, fundador da plataforma.

O aplicativo está disponível na Apple Store e Play Store e chama-se iPrestador.

“A plataforma permite fazer um perfil personalizado para os profissionais e prestadores de serviços, incluindo fotos dos trabalhos realizados e divulgação nas principais redes sociais. Do lado de quem contrata, é possível analisar os orçamentos e conseguir economia”, diz Ronaldo Barros.

10 dicas para conseguir um trabalho temporário e ganhar um dinheiro extra
Reprodução: Google

Opções de trabalho temporário que dão certo!

A época do natal é ótima para quem vende panetones e chocotones. Se você está do lado das pessoas que manjam muito de culinária, então, essa é uma boa oportunidade para você – que tal fazer panetones customizados?

É fácil de fazer e tem uma boa margem de lucro.

Aliás, mesmo que você não saiba muito, alguns instituições (como o Sebrae) tem dado cursos para ensinar os truques gastronômicos para você fazer o panetone vulcão, entre outros produtos.

Por sinal, a movimentação neste fim de ano deve ser grande. Conforme a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas devem movimentar mais de 34,5 bilhões de reais – aumento de quase 5% com o ano passado.

“A ideia é a de que as pessoas saiam dos cursos aptos para atuarem como microempreendedores individuais. O mercado de trabalho está exigente e os alunos saem preparados para qualquer estratégia”, disse Márcio Silva, de um curso alimentício.

E não é só na cozinha que você pode ganhar dinheiro extra… Se você tem uma barba branca, é velhinho e carismático pode também ter um bom salário (de 5 mil reais) para se tornar o papai noel de algum comércio.

Os papais nóeis costumam ser aposentados que buscam uma forma de ter uma renda extra.

30 Maneiras Simples de Ganhar Dinheiro Extra no Fim de Ano

Limachem Cherem é fundador da Escola Papai Noel do Brasil e diz que é possível ganhar mais de 8 mil reais em shoppings, conforme as horas de trabalho. “Eles não deixam de contratar porque é um atrativo para os clientes”, afirma.

“O perfil para ser papai noel é ter mais de 50 anos, de preferência com barba e cabelos grisalhos de verdade”, diz.

Exemplos deram certo em Teresina

“Eu fiquei desempregado e resolvi apostar na venda de espetinho. Vem dando certo e a gente vai pensando como pode expandir o negócio”, diz Alexandre de Moraes, que viu a venda de porções se transformar na principal fonte de renda família.

E olha que ele nem precisou de muito: algumas mesas espalhadas na calçada de casa e um carrinho para assar os alimentos são tudo que a família tem de estrutura profissional.

Para o pequeno empreendedor, tudo é uma questão de unir a necessidade com a oportunidade.

“Estava precisando de uma ocupação e a gente viu que as pessoas começaram a circular muito mais por aqui após a criação do shopping. Com isso, a gente consegue atrair muito cliente que sai do trabalho e passa por aqui”, ele mostra a sua visão de negócio.

Na média, o empreendimento chega a vender uma centena de espetinhos por dia.

Outro caso, também em Teresina, é da Dalva Oliveira, que trabalhou por muito tempo como supervisora de uma clínica hospitalar, mas viu a necessidade de conter os gastos quando perdeu o emprego.

A saída foi se manter em uma atividade que ela sempre se deu bem: lidar com o público.

“A crise afetou todo mundo, não teve jeito. E, hoje, para a gente poder ganhar o pão de cada dia tem que lutar, eu busquei atividades que eu poderia me dar bem, por isso, resolvi apostar nas vendas”.

Vendas de cachorro-quente e cosmético – com revenda nacional.

Com a estrutura montada na porta de casa, ela vende 50 cachorros quentes por dia.

“Começo no final da tarde e fico até a noite, sempre tem um movimento bom e é daqui que eu tiro minha renda principal”.

Da redação com informações da Istoé, segs, oglobo, uol

ANÚNCIO