Descubra 5 trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa em 2020

ANÚNCIO

Você já deve ter ouvido de algumas pessoas que elas ganham dinheiro da internet, certo? E pode ser que você não tenha acredito nessa história. Só que a gente vai contar para você hoje que existem sim trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa.

Assim, se você está curioso para saber quais são esses trabalhos e como eles são feitos, continue lendo. A gente vai explicar uma grande variação deles. Inclusive, você pode até considerar eles como forma de ganhar uma grana extra nesse ano.

ANÚNCIO

Além do mais, existem inúmeras formas de tirar uma graninha apenas com serviços virtuais. Desde algumas mais simples até algumas que requerem conhecimentos mais específicos em certas áreas e com conhecimento especializado.

Entretanto, o fato é que qualquer um que tenha acesso a internet e boa vontade pode conseguir um trabalho virtual. Por isso, vamos listar alguns para que você tome consciência disso.

1 – A loja digital da Magazine Luiza

A Magazine Luiza criou uma loja digital designada para vendas no ano de 2011. O objetivo era criar empreendedores digitais. Dessa forma, a ideia nada mais era do que oferecer uma oportunidade para você ter o seu negócio digital.

ANÚNCIO

Nesta plataforma, você gerencia produtos da loja e ganhará comissões pelas vendas. Para participar, tem as instruções no site da empresa. Por lá, você pode preencher um cadastro e começar a participar.

Com a conta criada, você irá dar um nome para a sua loja, que será sua identidade na internet. Depois, dá para personalizar com a sua cara. Em seguida, é só vender os produtos da varejista através da sua loja e receber comissão por isso.

É importante frisar que não há custos para abrir a loja, nem para fazer estoque ou venda. A varejista faz tudo por você. Com isso, temos aqui a primeira fonte verdadeira e oficial de trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa. Vamos para a próxima?

Mito ou verdade que app te ajuda a ganhar dinheiro – até R$ 4 mil no mês?

2 – Os aplicativos de venda

Outra opção para vendas online são alguns aplicativos. Um dos mais conhecidos é o Enjoei, que tem como objetivo te ajudar desapegar de objetos seus que já estão antigos.

Assim como a Magazine Luiza, este aplicativo oferece uma espécie de lojinha virtual onde você coloca seus produtos para serem comercializados. A diferença é que você vai vender produtos seus. E mesmo que você não fabrique nada, você pode vender algo que não usa mais, como sapatos, CDs, etc.

No entanto, isso tem um custo: uma parcela do que vende será destinado para o site. Para ter mais informações sobre como funcionam suas taxas, você pode entrar no site e ir na Política Comercial, que fica disponível online.

Ainda no mundo do comércio pela rede mundial de computadores, o aplicativo Skina também se destaca na venda de produtos usados. Porém, diferente do Enjoei, ele é 100% gratuito. Dessa forma, não é preciso pagar nada ao aplicativo quando fizer suas vendas.

Além do mais, as negociações são feitas diretamente pelos próprios interessados. Por isso, o aplicativo mostra quais são vendedores e compradores mais próximos.

3- A venda de fotos

Um ramo que vem fazendo sucesso na internet é o banco de imagens. Para poder entrar nesse negócio, você precisa saber como tirar boas fotografias e ter criatividade.

As possibilidades são infinitas. São aceitas fotos de tudo quanto é tipo. Podem ser de objetos inanimados, flores, paisagens e até do seu cachorrinho que você acha tão bonito.

Se você já tiver um arquivo bom de fotografias seu serviço será bem menor, pois desta forma, você precisará somente buscar uma plataforma de imagens na internet que lhe agrade. Uma opção que lhe sugerimos é o Shutterstock.

Nele, você pode cadastrar as suas fotos. Depois, elas serão avaliadas pela plataforma e, enfim, colocadas à venda em caso de aprovação. E caso você não tenha muitas fotos, dar uma voltinha pela sua cidade para fazer uns cliques não seria assim tão ruim, né?

Descubra 5 trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa em 2020

4 – Os robôs de investimento

O robô de investimento também está na lista de opções de trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa. Para quem não sabe, é uma tecnologia que se baseia no agrupamento de procedimentos automatizados no mercado financeiro.

Ele utiliza características individualizadas de cada investidor para definir os ativos. Inclusive, faz isso sempre se precavendo aos riscos de cada perfil.

Esta tecnologia é muito indicada para quem não tenha um conhecimento amplo do mercado financeiro. Aliás, alguns investidores mais veteranos também fazem uso deles quando querem economizar esforços na hora de investir dinheiro.

Existem muitos destes robôs gratuitos. Mas, também têm alguns que exigem pagamento de mensalidade para serem mantidos. Entretanto, são de fácil acesso. Para usá-los, basta ser correntista de alguma corretora, ter computador ou notebook e internet.

A plataforma de negociação mais conhecida no país é o Meta Trader 5.

5 – O aplicativo de opinião

Uma opção diferenciada para tirar uma graninha extra sem precisar sair de casa é o PiniOn. Ele é um aplicativo que lhe oferece missões e conforme você vai respondendo elas, recebe valores estipulados.

Em média, você poderá receber R$ 0,25 ao concluir cada uma das missões que lhe são impostas pelo aplicativo. Você precisará responder perguntas sobre marcas, produtos e serviços, através do seu celular ou computador.

No entanto, também dá para ganhar dinheiro com ele saindo de casa. Por exemplo, caso queria fazer algumas missões com valores maiores terá que se deslocar a certos lugares e fazer avaliações. Isso vale para lugares como restaurantes e lojas.

Você só conseguirá fazer saques no PiniOn através de transferência bancária só depois que acumular R$ 30. Caso tiver conta na Paypal, o valor mínimo é R$ 20. E essas são as dicas de trabalhos virtuais para ganhar dinheiro sem sair de casa. E você já conhecia todas? Comente.

ANÚNCIO