Ganhar Dinheiro com Pirâmide Financeira? Guia Completo Para Não Cair Nessa

ANÚNCIO

A Pirâmide Financeira é um modelo comercial NÃO sustentável, que é considerado como uma Fraude e na maior parte das vezes fica mascarado sob o sistema reconhecido de Marketing Multínivel. Essa Forma Injusta de Ganhar Dinheiro vem com promessas de baixo investimento e retorno alto, o que atrai muitas pessoas.

Para participar do projeto, as pessoas não precisam vender produtos, já que o lucro vem da indicação de outros participantes, logo, quanto mais “convidados” você e seu grupo traz, maior serão os lucros e mais rapidamente você vai poder ficar rico, como anunciam os divulgadores.

ANÚNCIO

O esquema, assim sendo, envolve a troca de dinheiro pelo recrutamento de outras pessoas.

“A ideia básica por trás do golpe é que o indivíduo faz um único pagamento, mas recebe a promessa de que, de alguma forma, irá receber benefícios exponenciais de outras pessoas como recompensa”, conforme Wikipedia.

Para a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), que é do Ministério da Justiça, os ganhos elevados em curto prazo e que dificilmente vem de investimentos financeiros tradicionais, são sinais de que existe um crime contra a economia popular, o que gera perdas financeiras aos envolvidos.

ANÚNCIO

“O dinheiro simplesmente percorre a cadeira e somente o idealizador do golpe (ou algumas pessoas a mais) ganham trapaceando os seus seguidores”.

O caso mais recente registrado na mídia foi da empresa de anúncios e tecnologia VOIP (Telefonia via Internet) chamada TelexFree, que depois de atuar por 10 anos foi acusada pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda.

Mas, no mercado há muitos nomes envolvidos em tais formas de ganhar dinheiro. Selecionamos os mais comentados de 2017:

Mynets Club, Go-Liberty, D9 Clube, Aliança On-Line, Fuel Age, Wolkebclub, 7BeeGoo, Prime Systens, Cooper Prime, Discovery Mundi, K1 Viva o Extraordinário, Mandala, TelexBit, Divvee Social, Phoner, IntinityBTC, I7 Group, TipsClub, FoxBit, MinerWorld, On Life, Prosperity Clube, Argent Global Network, Banners Viewer, BBom, Geteasy, iFreex, Newhopex e muitas outras.

Se você já passou por isso ou tem amigos que entraram nessa furada, literalmente, repasse a informação, invista na educação financeira, deixe o nosso mercado financeiro um pouco mais limpo e mais justo.

Abaixo, listamos todos os tópicos necessários para você entender, de fato, como Funciona uma Pirâmide Financeira e Por Que, definitivamente, ela é um Sistema Fraudulento de Ganhar Dinheiro.

Mas antes vamos falar de casos que aconteceram aqui no Brasil, na cidade de Leme, no Interior de São Paulo.

Mais de 100 pessoas Alegam ter Caído em Pirâmide Financeira em Leme, SP

O fato é recente, aconteceu em julho deste ano.

Inconformados com a situação, o grupo juntou provas e entrou com um processo no Ministério Público. A polícia da cidade também abriu inquérito para apurar o caso.

A balconista Aline Roberta Correia afirma que perdeu mais de 16 mil reais na pirâmide depois que o dinheiro foi entregue à uma pessoa que dizia ser investidor da Bolsa de Valores e, obviamente, prometia lucros.

“A gente dava o dinheiro e depois de dois meses pegava o dobro com ele. Na primeira vez coloquei 1 mil reais e depois no outro mês 15 mil reais e não recebi nada de volta. Esse dinheiro faz muita falta”, disse.

Ao todo, 130 pessoas caíram no gole, como a Aline.

Juntos, eles entregaram mais de 3 milhões de reais ao falso investidor.

A maioria não tem contrato assinado com o suposto estelionatário, sendo que a única prova que eles têm de que entregaram o dinheiro são os comprovantes de depósitos bancários.

Algumas das vítimas dizem que até venderam automóveis pensando que iriam ganhar mais dinheiro. O pintor Israel Pereira de Oliveira é um deles, que acreditou na proposta e vendeu a casa para juntar dinheiro a fim de receber um rendimento melhor.

“Estava desempregado na época que apareceu esse investimento. Com quadro parcelas de um terreno atrasado resolvi vender ac asa para abrir um negócio e gerar dinheiro. Porém, até hoje não recebi um centavo e agora moro de favor”.

“Fiquei sabendo que alguns familiares estavam fazendo e pegando dinheiro de volta no início. Por isso resolvi fazer também. Poderia ser pior, quase vendi o carro e minha esposa a moto dela”, disse o entalhador Marcelo Pereira da Silva, que perdeu 6 mil reais.

“Investi 5 mil reais com ele, na época dobrou. Então falei que queria deixar os 10 mil reais para dobrar novamente. Eu vendi até minha moto que tinha acabado de quitar. Já tentei entrar em contato, reclamar, mas ele não atende, nem responde mensagens”, contou a maquiadora Débora Aparecida Araújo.

MP denuncia 23 Pessoas em 9 Cidades

Essa notícia é ainda mais recente, do começo do mês.

O Ministério Público do Rio Grande do Sul está investigando 23 pessoas acusadas de Pirâmide Financeira, que envolve organização criminosa, crime contra a economia popular, lavagem de dinheiro e estelionato.

Para o MP, a organização funcionava sobre o disfarce de uma empresa de marketing multinível chamada D9 Clube de Empreendedores, cujas atividades foram iniciadas na Bahia.

Nesse caso, as vítimas pagavam quantias elevadas para a aquisição de planos de ingresso sob a promessa não realizada de rendimentos financeiros irreais, que chegariam a 300% do valor investido no prazo de 12 meses, diz o MP.

As pessoas, assim sendo, eram convidadas a entrar em um site mascarado de jogo de apostas de campeonatos de futebol. O cadastramento era pago e a promessa era de rendimento de 30% do valor.

Por isso é que a disseminação dessas informações, que serão tratadas aqui neste texto, são tão importantes – para que novos casos deixem de existir. A informação, há muito tempo, é a melhor forma de não cair em ciladas como essas fraudes da pirâmide financeira.

O Termo “Pirâmide Financeira”

O termo vem da estrutura como a venda é feita e organizada: a pessoa do topo é a primeira a vender o bem ou o serviço para outras, que também tem a obrigação de continuar as vendas, formando o que é chamado de níveis, sempre criando um novo degrau.

Assim, os pagamentos dos investidores vêm das aplicações feitas pelos novos membros.

Em algum momento, a cadeira é rompida a ponto de que os valores recebidos dos novos recrutados não sejam suficientes para pagar os membros mais antigos. Acontecem, então, os prejuízos financeiros.

Existem casos onde há venda de produtos, a fim de que os sistemas sejam mais mascarados. Porém, nem sempre há a necessidade de produtos comercializados, sendo que o incentivo à adesão é suficiente para a fonte de rende dos participantes.

Existem sistemas ainda mais complexos que tentam confundir a pirâmide financeira com a prática do Marketing Multinível, que é legal e prevê a remuneração do participante pela venda real dos produtos, sem que ninguém precise fazer a adesão.

Nesse Marketing, os participantes recebem comissões pelas vendas efetuadas, mas não ganham nada pelo recrutamento de novos participantes.

História: Como a Pirâmide Financeira Começou?

Esses esquemas de ganhar dinheiro fácil ocorrem desde há muito e sempre teve muitas variações. Os primeiros relatos envolviam o que ficou conhecido como “Corrente Postal”.

Essas correntes eram distribuídas em uma lista de 10 pessoas, com nomes e respectivos endereços. Ao destinatário, era dito que enviasse uma pequena quantia (1 a 5 dólares) para a primeira pessoa da lista.

O destinatário poderia remover essa pessoa da lista e moveria todos os nomes para uma posição a cima, acrescentando o seu próprio nome na base da lista.

Então, ele enviaria uma cópia da carta com a nova lista de nomes para os indivíduos listados. Esperava-se que este procedimento fosse repetido e repassado e então, o destinatário original seria movido para o topo da lista e passaria a receber o dinheiro de outros destinatários da corrente.

Como se sabe, o processo teve sucesso e empreendimento começou a se basear única e exclusivamente no crescimento exponencial de novos membros.

Daí surgiu o nome Pirâmide, indicando a população crescente em cada camada sucessiva.

Os primeiros esquemas de pirâmides em larga escala foram iniciados na antiga União Soviética, onde as pessoas tinham pouca familiaridade com o mercado de ações e eram induzidas a acreditar que rendimentos de mais de 1.000% eram possíveis.

Ganhar Dinheiro com Pirâmide Financeira? Guia Completo Para Não Cair Nessa
reprodução: Google

Como Desconfiar de uma Pirâmide Financeira?

Conforme a Senacon, os pontos mais importantes para identificar as empresas fraudulentas das pirâmides financeiras são:

  • As vendas efetuadas de modo desproporcional,
  • A pouca informação sobre a empresa e
  • As chances de ganhos exagerados.

Marco Antonio Araujo Junior é advogado e presidente da Comissão de Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo. Ele afirma que já recebeu várias propostas de investimentos muito melhores do que as tradicionais, por isso, é sempre preciso ligar os sinais de alerta.

“A história do dinheiro fácil em curto espaço de tempo não existe, é o ‘negócio da China’, que não é real. Toda vez que aparece uma proposta de enriquecimento muito rápido é preciso desconfiar. Eventualmente, haverá uma ruptura desse processo e o prejuízo vai existir”.

Conforme está no Wikipédia: “Não importa o quão grande o modelo se torne antes do colapso, aproximadamente 88% de todas as pessoas irão perder dinheiro”.

Se o participante achar que está participando de uma pirâmide financeira, o melhor é fazer um boletim de ocorrência no qual constará o ocorrido e será passível de investigação pela polícia.

O próximo passo é procurar a Justiça. “Se o investidor teve algum prejuízo deve procurar um advogado o quanto antes para ver se é possível reverter essa perda”.

Até o final do artigo vamos listar todas as Leis e Normais que estão regulamentadas na Legislação Brasileira e que podem resultar em Crises com Penas Rígidas.

Para este momento, confira como Evitar Cair no Esquema das Pirâmides Financeiras.

Investigue a Empresa

O advogado conta que antes de entrar no investimento, é preciso investigar cautelosamente a empresa pelo Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), tanto em órgãos de Defesa do Consumidor, como Procon, quanto em sites de reclamações de consumidores, como o Reclame Aqui e o Denuncio.

As informações da empresa também tem que ser verificadas na Junta Comercial do Estado ou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Desconfie de Promessas de Retornos Elevados e Riscos Baixos

“Rentabilidade e risco costumam andar de mãos dadas. Se é bom demais para ser verdade, provavelmente não o é. […] Decida com calma. Desconfie de oportunidades apresentadas como imperdíveis que exigem, por qualquer motivo, uma decisão imediata. O objetivo pode ser o de evitar que você reflita um pouco mais e desista”, diz o documento da CVM.

Tenha Certeza que você entendeu as Características do Investimento

Conforme a CVM, o investidor não deve ter receio de fazer perguntas já que os golpistas costumam omitir informações sobre as propostas de investimento.

“Se você não consegue explicar a alguém pelo menos as principais características do investimento escolhido é porque não o entendeu completamente. Com formação continuada, você em breve poderá ter mais elementos para decidir adequadamente”, diz a CVM.

Guarde a Documentação e Acompanhe as Operações

O advogado diz que todo investidor tem que guardar os materiais de divulgação da proposta, assim como os contratos assinados, que podem ser utilizados como meio de prova posteriormente na Justiça ou nos órgãos de defesa do consumidor.

A CVM sugere que o investidor nunca entregue sua senha a terceiros e também verifique se pessoas contratadas para gerir seus investimentos tenham registro nos órgãos responsáveis.

Quais são os Modelos de Pirâmides Financeiras?

As pessoas no nível inferior da pirâmide, não importa o quão longe o esquema vá, sempre perdem o dinheiro investido. É fácil constatar que o número no nível básico sempre excede o total daqueles nos níveis acima.

Se cada nível recrutar 6 mais abaixo dele, a proporção dos que perdem para os que ganham está próxima de 5 para 1, onde 84% de todos os investidores irão perder o dinheiro investido. Mesmo que alguns membros consigam completar sua quota de recrutas.

Como já mencionamos, muitas pirâmides são sofisticadas e fogem do modelo tradicional. Elas conseguem entender que recrutar muitas pessoas é tarefa difícil e conseguem simplificar tal processo, onde cada membro recruta apenas 2 novos participantes.

Assim, nesse caso, a Pirâmide Financeira recebe o apelido de “Golpe do Avião”, onde os quatro níveis são rotulados como: Comandante, Co-Piloto, Tripulação e Passageiro.

Também há outros apelidos, como “Jantar Original”, onde os níveis são: Sobremesa, Prato Principal, Salada e Entrada. Tem também o “Negociantes do Tesouro”, onde nomeia-se Polidores, Lapiladores ou nomes de pedras, como Rubis, Safiras e por aí vai.

No início de 2006, conforme informações do Wikipedia, a Irlanda sofreu muito com essa onda de esquemas, com nomes de Cork e Galway. Aos participantes era solicitada uma contribuição individual de 20 mil euros para o esquema “Liberty”.

Depois, surgiram os derivados “SpeedBall” e “People in Profit” que desencadearam incidentes violentos com apelos políticos para que a legislação existente fosse endurecida.

Por Que a Pirâmide Financeira é uma Fraude?

Conforme o Ministério da Fazenda, a Pirâmide Financeira é um crime contra a Economia Popular, afinal, tem a oferta de ganhos altos e rápidos, com o pagamento de comissões excessivas, acima das receitas que vem de vendas de bens reais e a não sustentabilidade do modelo de negócio desenvolvido.

“O motivo de tanto esquema de pirâmide financeira é a falta de fiscalização, da qual muitos aproveitam para tentar angariar dinheiro fácil”, diz Reinado Domingos, que é do Instituto Dsop.

Álvaro Modernel, que é sócio da Mais Ativos diz que essas práticas são alimentadas pela ganância e a ambição dos seres humanos.

Conforme a Legislação, separamos algumas leis que atestam o crime, confira.

Crime Contra o Sistema Financeiro Nacional – Lei 7.492/1986

Conforme a lei citada acima, fazer operar, sem a devida autorização, ou com autorização obtida mediante declaração falsa, instituição financeira, inclusive de distribuição de valores mobiliários ou de câmbio.

A pena é de Reclusão de 1 a 4 anos, além de multa.

Crimes contra a Economia Popular – Lei 1.521/1951

Conforme o artigo 2º dessa lei, são crimes dessa natureza: IX – obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número determinado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (bola de neve, cadeiras, pichardismo ou equivalentes).

Crimes contra o Mercado de Capitais – Lei 6.385/1976

Artigo 27-E diz que atuar, ainda que a título gratuito, no Mercado de Valores Mobiliários, como instituição integrante do sistema de distribuição, administrador de carteira coletiva ou individual, agente autônomo de investimento, auditor independente, analista de valores mobiliários, agente fiduciário ou exercer qualquer cargo, profissão, atividade ou função, sem estar, para esse fim, autorizado ou registrado junto à autoridade administrativa competente, quando exigido por lei ou regulamentado.

A pena é de detenção de 6 meses a 2 dois, além da multa.

Crimes contra a Ordem Econômica – Lei 8.137/1990

O artigo 7º constitui crime contra as relações de consumo: VII – induzir o consumidor ou usuário a erro, por via de indicação ou afirmação falsa ou enganosa sobre a natureza, qualidade do bem ou serviços, utilizando-se de qualquer meio, inclusive a veiculação ou divulgação publicitária.

A pena é uma detenção de 2 a 5 anos ou a Multa.

Código Penal – Estelionato

Conforme artigo 171, obter para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento resulta em pena de reclusão de 1 a 5 anos e multa.

As práticas constituem também ilícitos civis contra o Consumidor e a Ordem Econômica, podendo ensejar a reparação dos danos causados individual e coletivamente. Ademais, os fraudadores podem responder aos órgãos encarregados de fiscalização, sujeitando-se a multas e outras penalidades administrativas.

Quem é o Culpado por a Pirâmide Financeira ainda Continuar Funcionando?

Para Reinaldo, se a prática é considerada ilegal deveria ser fiscalizada pelos órgãos responsáveis e assim não teriam tantas empresas cometendo o crime. “Falta também uma ação preventiva. Não podem ficar permitindo a abertura de empresas deficitárias”.

Para Álvaro, o problema está em outra esfera.

“Se não tivessem interessados, não teriam empresas fazendo. As pessoas com ânsia de ganhar dinheiro fácil e rápido são atraídas pela promessa tentadora de mentirosa da praticamente da pirâmide financeira. A empresa sempre deixa as primeiras pessoas ganharem alguma coisa, mas as outras com certeza irão perder”.

“Um em cada 10 ganha dinheiro em um esquema como esse e esse que ganhou é o que vai ter problemas com a polícia. Em mercado nenhum no mundo uma pessoa ganha dinheiro fácil sem outra perde. E quem perder é normalmente o mais ingênuo ou que está desesperado”, diz o Sócio da Mais Ativos.

E continua: “A pessoa se empolga, vende seus bens e acaba perdendo tudo, além de contrair dívidas”.

“Antes de começar a participar de um marketing multinível, é importante correr atrás da missão e dos objetivos da organização, ver se ela oferece um produto que seja efetivamente necessária ou que agregue valor, porque se não você pode cair em um esquema de pirâmide”, orienta Reinaldo.

Qual a Diferença entre a Pirâmide Financeira e o Marketing Multinível?

Reinaldo diz que as pessoas não devem confundir os termos.

Quando a empresa faz o marketing de rede, mas contém um patrimônio líquido de garantia real que sustenta a operação, ao invés de utilizar os clientes novos para pagar os antigos, a ação não é configurada como pirâmide financeira, pois não há riscos.

Para ele, um exemplo disso é a Herbalife, que realiza o Marketing Multinível, mas oferece produtos físicos em troca, além de ter a filosofia da qualidade de vida.

“O problema é quando o retorno não é um produto e sim o serviço. Fica mais complicado e difícil de apalpar. É um processo de altíssimo risco. Se tivesse um órgão regulador que obrigasse a companhia que quer realizar o marketing multinível a ter dinheiro suficiente na reserva tudo seria melhor”, disse.

Ficar Rico Da Forma Certa – Como?

No Mercado Financeiro, vence que tem adjetivos como Paciência, Sabedoria, Estratégia e outros. Logo, a maior parte das pessoas sabe o que fazer, tem as ferramentas na mão, mas não conseguem por “ouvir demais outras pessoas” – que não entendem nada desse mercado.

Todo mundo sabe qual é a Melhor Forma de Ganhar Dinheiro: Investir Dinheiro. Esqueça essa ideia de Alugar Imóveis ou de Guardar o Dinheiro na Poupança. Para Ganhar Dinheiro, o melhor é Investir Dinheiro no Mercado Financeiro.

Aí, para Ficar Rico, você precisará encontrar o Melhor Investimento, aquele que rende mais ou, no mínimo, que renda o que será suficiente para te fazer Chegar à Independência Financeira.

A Regra é Simples: Escolher o Melhor Investimento Financeiro e Investir Dinheiro.

Só isso.

Bom, se você sabe o que precisa fazer por que será que não enriquece logo?

Pelo mesmo motivo que uma pessoa não consegue emagrecer: por ficar procrastinando, por não conseguir mudar os pensamentos, por não conseguir dizer não para algumas coisas, por não conseguir cortar os gastos supérfluos, por não conseguir fazer um monte de coisa que deveria.

Se você tem o seu próprio salário, a sua renda mensal, você não precisa de mais ninguém para Ficar Rico. Ouça o seu Eu Interior. Estudo, busque conhecimento, tenha sabedoria e invista uma parte da sua renda mensal. Fazendo isso você vai enriquecer, não tenha dúvidas.

O problema é que quando dependemos de outras pessoas, ficamos inibidos de termos nossos próprios investimentos. Ficamos com medo de errar. Mas, se você tem conhecimento, você não erra. Se você conhece o mínimo do mercado, você não perde dinheiro.

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

Portanto, a partir desta leitura, não fique reclamando por não ser rico e por não ganhar dinheiro. Entenda, de uma vez por todas, que isso depende principalmente de você. Se você acha que essa independência financeira está demorando demais, leve em conta mudar os seus hábitos e pare de julgar o que os outros fazem.

Você tem que ser a mudança que quer ver em você.

Você pode ouvir conselhos, mas saiba de quem. Opte pelas pessoas motivadoras. Opte por quem já chegou nesse objetivo. Existe uma série de bons exemplos no Mercado Financeiro. Basta ter interesse.

Reprodução: Google

Conhecendo um Pouco Mais sobre as Rendas Fixas

A Renda Fixa é o 1º Passo para Quem Vai Começar no Mercado Financeiro. Os títulos desses investimentos são seguros – porque normalmente são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) ou pelo Governo Federal e as rentabilidades são melhores do que da poupança.

Selecionamos alguns – só alguns mesmos desses títulos para você ter uma ideia geral. Confira abaixo, mas nunca deixe de procurar todas as opções do mercado. Sempre vai haver uma aplicação que melhore se adéqua ao seu perfil investidor.

Em junho deste ano, foi divulgada a seguinte informação: no Brasil há 500 mil investidores cadastrados. No Tesouro Direito, 1,2 milhão.

E os números crescem a cada dia, porém ainda são baixos se comparados com outros países – a Colômbia tem mais de 3 milhões de investidores na Bolsa Financeira de lá, para se ter uma ideia.

Claro que não se pode entrar no Mercado Financeiro sem antes conhece-lo.

Se você é novo no assunto do dinheiro, comece por pesquisar assuntos mais didáticos e mais compreensíveis. Nunca vá para a Renda Variável, por exemplo, sem antes conhecer a Renda Fixa.

Temos uma seleção de alguns produtos para você entender um pouco sobre Investir Dinheiro. Confira…

Mudanças de Hábitos para Ficar Rico

Juntos, eles fizeram uma seleção de mudanças simples que devem acontecer no cotidiano de todas as pessoas que querem ficar ricas, independente do quanto ganham.

Mas atenção essas dicas ainda não são as etapas que vamos mostrar para você investir o dinheiro do jeito certo. Aqui são apenas mudanças de hábitos, que devem acontecer o mais rápido possível para que qualquer pessoa esteja propicia a iniciar um investimento financeiro.

A Força do Pensamento

O governo abocanha parte da renda mensal. Depois, tem as contas a serem pagas. No fim, quase não sobra nada para investir. Sendo assim, poupar dinheiro para algum objetivo financeiro – como a aposentadoria – é praticamente impossível.

Para os especialistas essa visão é totalmente errada e tem que ser invertida. Ao invés de gastar o resto do seu salário líquido, reserve uma parte para esse fim. Use uma porcentagem da sua renda para investir, como se fosse uma conta a ser paga.

Pare imediatamente com a ideia de “investir o que sobrar”.

“Você deve economizar em prol dos seus objetivos financeiros em primeiro lugar, pagar suas contas e considerar o que gastar o que sobrou”, diz Nancy.

O Objetivo Definido

Não são só os especialistas que afirmam, mas vários estudos: fixar metas melhoram a motivação. Logo, é preciso definir qualquer objetivo antes de começar a cultivá-lo. Os fins do seu dinheiro precisam ter planos.

Para conseguir economizar dinheiro pensando no futuro, o ideal é ter um plano financeiro de vários prazos, sendo de curto, médio e longo.

“Tendo um objetivo específico em mente nos ajuda a economizar”, diz Blaylock. “Seja uma poupança de emergência, para viagem, para pagar universidade, comprar uma casa ou um carro”.

Regras Financeiras

Tenha suas próprias regras financeiras: saiba como economizar, quando economizar, em que economizar. Tenha limites de valores gastos, de preços pagos e de compras feitas. Leia tudo que puder sobre o mercado financeiro, adquira conhecimento e caminhe para a prosperidade.

Tente observar, inclusive, que as pessoas mais ricas do mundo não ficam ostentando carros luxuosos e mansões, nem roupas de marcas. Eles preferem investir dinheiro em ativos, que rendam juros, e não em passivos, que se desvalorizam.

Pensar na Aposentadoria

Ninguém vai te dizer para deixar de viver a vida, porém, pensar na aposentadoria e no futuro é algo grandiosamente inteligente.

“Infelizmente, quanto mais tarde você começar, mais você vai ter de poupar no final da vida. Mas quanto mais cedo você inicia sua poupança, poderá manter a aplicação ou até diminuí-la ao longo dos anos”.

Tenha um Planejamento Financeiro

O Planejamento Financeiro é muito mais simples do que se pode imaginar – basta saber e anotar tudo que ganha, que é a renda mensal, e tudo que sai, que são os gastos, mesmo os menores ou supérfluos. Você nunca vai conseguir poupar dinheiro ou saber quanto poupará se não saber quanto ganha e quanto gasta.

“É realmente chocante que os clientes com quem trabalho nem sempre reveem seu holerite. Seu eu não sei o quanto você gasta quando come fora, como eu posso esperar que você mude isso”?, argumenta o planejador financeiro.

planejamento financeiro também tem a ver com a quitação de dívidas ou, simplesmente, o sair do débito. Uma dívida pode ter benefícios, como os empréstimos estudantis, por exemplo. Porém, toda dívida impulsiona o pagamento de juros, que  é péssimo, já que não te encaminha para o caminho da riqueza.

Aumentar a Renda e a Entrada de Dinheiro

Existe uma única maneira de aumentar o patrimônio: ganhar mais dinheiro.

“Gastar menos é apenas uma parte dela – você tem que poupar e investir adequadamente”, diz outra planejadora do LearnVest, Natalie Taylor. “Apenas ganhar mais não aumentará a renda porque o estilo de vida e as despesas também crescem com ele”.

Quando você aumenta a renda, tem que saber o que fazer com esse dinheiro extra. O dinheiro tem sempre que ser bem aproveitado.

Dentro disso, a melhor opção é diversificar o fluxo de renda através de outro trabalho, mesmo que seja parcial ou temporário, além claro dos investimentos financeiros.

“Eu acho que a poupança para a aposentadoria deve vir de várias fontes, tais como o salário, a renda de trabalhos parciais e investimentos”, garante Blaylock.

Com informações do Infomoney, Terra, G1, Wikipédia

ANÚNCIO