Ganhar dinheiro na loteria não vai resolver a sua vida!?

Hoje, criamos esse conteúdo para falar sobre um tema muitíssimo interessante para todo mundo, tanto para os bem educados como para os que ainda não possuem educação financeira.

Você já deve ter ouvido alguém falar que ganhar dinheiro na loteria não vai resolver a sua vida, né? Aí, a pessoa cita uma série de exemplos de pessoas que ganharam muito dinheiro e perderam tudo.

Mas, o que achar disso tudo? Será que não resolveria mesmo? Vamos analisar os fatos!

A tomada de decisão

O que acontece é que a gente sempre precisa tomar decisões durante a vida. E isso, na maior parte das vezes, é amparado pelo dinheiro.

Por exemplo, você quer mandar o seu patrão para o inferno, mas não pode porque precisa do emprego e do salário.

Por exemplo, apareceu a chance de você abrir um food truck na avenida movimentada do seu bairro. Mas, você não pode porque não tem reserva financeira.

Por exemplo, o seu filho ficou doente e o único dinheiro que você tinha guardado era para a aposentadoria, mas em se tratando da saúde do filho você vai ter que usar.

Por exemplo, você quer casar em um salão muito lindo, mas que custa caro.

Praticamente tudo na vida envolve dinheiro. Certo?

E as nossas tomadas de decisões são influenciadas pelo dinheiro também.

Você define o trabalho por quanto trabalho vai pagar, você define onde você vai almoçar por quanto você tem para gastar, você define onde você vai tirar suas férias por quanto você tem na conta, etc.

Então, a importância do dinheiro na sua vida existe, mesmo que você não acredite nisso.

E é aqui que entra a questão da educação financeira.

A educação financeira

Ter educação financeira é assumir o controle da sua vida.

E o motivo é um só: não ficar a mercê do dinheiro. Você tem que tomar decisões com base naquilo que acredita, que gosta, que te satisfaz e não pelo quanto dinheiro tem guardado.

Reduzir ou eliminar completamente suas dívidas é o começo para se educar financeiramente.

Deixar de fazer parcelamento em longo prazo também.

Mais tarde, sair de uma condição inicial de educação financeira para uma condição posterior de investidor que você começa a dar dinheiro para receber juros é o ideal.

Mas, o que acontece?

Ninguém está tão preocupado com a educação financeira como deveria estar.

A gente quer sempre comprar mais e gastar mais com medo de que o mundo acabe amanhã. Só que esse é um grande erro.

Por que investir na educação financeira?

Ganhar dinheiro na loteria não vai resolver a sua vida!?

Para que você chegue ao ponto onde o dinheiro vai se tornando irrelevante na sua vida, pois as suas decisões estarão muito mais centrados naquilo que é aquilo que você deseja fazer.

Da forma como você gosta e não naquilo que você pode fazer em função da influência do dinheiro que chegará indefinido para você.

Então, o papel da educação financeira é justamente esse: tornar o dinheiro a tornar a necessidade do dinheiro supérflua na nossa vida.

É tornar o dinheiro supérfluo, então, por que ele passa a não controlar a sua vida e aí tem uma uma reflexão interessante.

Porque a gente fala de finanças ou fala de investimentos e aí o que vem a questão todo esse aprendizado serve, justamente, para você não ficar dependendo do dinheiro ou pra você tornar o dinheiro relevante para você ou para você ser o senhor da sua situação financeira.

Enquanto você não souber lidar com as questões financeiras, você não tem controle sobre o dinheiro e o dinheiro tem controle sobre você.

Então, isso elimina sua liberdade também.

Uma questão de liberdade de escolha!

A questão do dinheiro afeta a sua autonomia e acaba com a possibilidade de você conseguir executar as coisas, que você quer da maneira como você quer na sua vida.

É por isso que muita gente fala que ganhar na loteria não vai resolver o seu problema porque você vai ter dinheiro, mas não vai saber controlar ele.

Então, é fundamental que você se eduque financeiramente e resolva as questões pessoais com base em outros itens e não apenas no dinheiro.

O objetivo de educação financeira é você usufruir da vida, da forma como você puder da melhor maneira.

O seu objetivo de vida não deve ser, simplesmente, você juntar dinheiro e ter um montante de dinheiro guardado… Sem poder fazer o bom uso dele.

Porque mesmo com muito dinheiro na conta, quando se ganha na loteria ou em uma herança, ainda assim você vai ficar escravo do dinheiro e não vai exercer a liberdade plena!