Saiba como Ganhar Dinheiro com o Celular Usado – na venda e na compra

Os novos celulares e smartphones que surgem no mercado a cada ano, traz um dos maiores sentimentos do consumo humano. A vontade de ter o aparelho eletrônico do momento parece trazer infinitos benefícios, como praticidade e segurança.

Mas, e os usados, o que fazer com eles? Ganhar Dinheiro é possível, saiba como!

Se você também está interessado na compra de um celular novo, de última geração, não deixe de ler este artigo até o final porque vamos dar as melhores dicas para você fazer isso.

Voltando ao assunto dos celulares antigos, sabemos que todo produto novo sofre depreciação. Para você saber o que é isso, leve em conta que em 2016 um celular novinho em folha custava 3,8 mil reais na loja, mas um ano depois a queda foi acentuada e ele, ainda que novo, valia não mais do que 1,4 mil reais.

Essa é uma depreciação um pouco mais longa, pois saiba que um celular quando sai da loja já não vale o mesmo preço simplesmente por ser considerado “seminovo” ou o que os especialistas chama de mercado de buycack – que é o mesmo produto, só que com alguns arranhões ou machucados.

Além disso, se antes essa revenda era totalmente informa e feita de “boca em boca” no comércio de rua, agora a tecnologia proporcionou que empresas possam guinar esse processo.

Na internet, por exemplo, é possível encontrar lojas especializadas que oferecem modelos com preços bastante acessíveis e abaixo daqueles pedidos feitos pelos fabricantes.

A buyback Brighstar é uma dessas empresas e através do seu gerente geral, José Froes, afirma que o consumidor tem a garantia de três meses, nota fiscal e testes extensivos – que fazem parte do pacote.

5 Formas de Obter Renda Extra em 2017

Na opinião dele, isso torna possível ganhar dinheiro tanto com a venda de um celular seminovo quanto com a compra do mesmo.

Outro site que faz isso, mas apenas como intermediador de vendas e sem aparatos técnicos, é a OLX. Conforme pesquisas, no primeiro semestre do ano, a venda de aparelhos celulares usados cresceu em mais de 41% em todo país.

Ao todo, foram mais de 933 milhões de reais movimentados entre compra e venda desses eletrônicos.

Comprar um Celular Seminovo

Você precisa ter alguns cuidados, inclusive com a garantia. O procedimento nessas empresas é padrão – escolha do modelo com base no seu armazenamento, ou seja a memória interna.

Além disso, você pode selecionar o estudo do produto – entre o bom até o excelente. A categoria com sinais de usos – como riscos ou arranhões – também conta. Além disso, a marca é foco da procura em grande parte das vezes.

O preço, obviamente, vai variar conforme toda essa busca e até mesmo o estado de uso. Um iPhone 6 (de 2014), por exemplo, pode custar pouco mais de 1,4 mil reais e chegar á 1,7 mil reais, dependendo do cuidado que o antigo consumidor teve.

Quanto aos testes aqui citados, a Brightstar afirma que faz vários para colocar o produto a venda. Entre eles, a checagem da tela e da bateria, que são itens que mais causam dor de cabeça nos compradores aficionados por celulares.

As marcas de maior sucesso são Apple e Samsung.

Para o executivo Froes, o que precisa ser levado em conta é a ficha técnica do aparelho já que um telefone de 2014, por exemplo, pode ser considerado intermediário em um ano de 2017, o que o torna, para muita gente, obsoleto.

Ficar Milionário em 20 anos deixando de Jogar na Loteria: 3 Passos Simples

Mas ainda assim, ele garante que é um mercado que movimenta os telefones porque tem a ver com o sonho de consumo das pessoas, “são produtos que geram desejo”.

O aparelho iPhone 6, inclusive, foi considerado o mais usado pelos brasileiros, conforme dados de uma pesquisa feita pela Newzoo. A safra representa 30% das unidades em uso no mundo. Logo, a mesma pesquisa mostra que a Apple é a marca que mais tem participação nesse mercado.

Se pensarmos em regiões, a China é o país que mais concentra o uso de iPhones, sendo 228 milhões. O Japão é o que mais vende.

E na Hora de Vender um Celular Usado

Bom, a história é muito parecida quando você decide vender o seu telefone celular.

Mas, muitas vezes, a dúvida que parece é sobre ter uma resposta justa.

Se você não teve consumidor interesse no seu produto, vale a pena pensar nas lojas operadoras de telefonia que costumam oferecer a compra do seu aparelho usado no momento da aquisição de um mais novo.

Para Froes, o vendedor quase sempre pergunta se o cliente gostaria de usar o modelo anterior como pagamento. Se ele topar, o telefone passará por uma avaliação imediata e o dono ficará sabendo qual o seu poder de troca.

Na maior parte dos casos, esse valor é usado para o abatimento de um produto mais recente.

Se for um Smartphone considerado atual, a Brightstar costuma pagar até 25% do valor original dele. Logo, se custou 4 mil reais, o consumidor terá 1 mil reais de bônus. Funciona como a compra de um carro novo, diz Froes.

“Eu compro um carro novo e depois de um tempo quero outro. Aquele primeiro é parte do pagamento do novo”.

Para Froes, o negócio é bom porque “a pessoa tem um ativo que não tem como monetizar. Então, a gente monetiza”. Depois de adquirir o produto usado, a empresa dele faz testes e recondiciona o aparelho para o mercado consumidor.

O segredo é se atentar à tela, diz o executivo, já que com avarias nessa região, o aparelho pode perder poder de compra em até 80%. “Se eu te pagar 100 reais em um aparelho com tela boa, ele vai valer apenas 25 se estiver com a tela ruim”, explica.

Os aparelhos que são mais antigos, de 2 ou 3 anos atrás também costumam ter valores mais baixos, proporcionalmente, ainda que continuem circulando.

iPhone 8

Um dos modelos mais vendidos quando o assunto é celular são os iPhones. O modelo já está na sua 8ª geração e ganhou novos ingredientes com a descoberta de prováveis capinhas. Os modelos terão abertura para câmeras duplas, na qual sensores ocuparam a posição vertical.

A autenticação biométrica por meio das digitais funcionará com o toque na própria tela, mas não se sabe ao certo se será possível designar apenas uma área do display ou se a tela frontal inteira terá essa capacidade.

A Apple deve arriscar também investir na tecnologia de realidade virtual que é uma novidade nos smartphones concorrentes. Assim as câmeras poderão contribuir para simulações de realidade aumentada, com capacidade do aparelho para capturar ambientes.

Como Economizar Dinheiro na Compra de um Smartphone

Comprar um celular novo não é das tarefas mais fáceis do mundo. A escolha depende de inúmeros fatores, inclusive, do seu poder de compra. Se você está com um orçamento apertado, vale a pena pensar nos seminovos, como falamos acima ou em modelos mais antigos – o importante é não se endividar.

A necessidade de cada pessoa é diferente, também. Logo, há de se analisar as funcionalidades do aparelho, o espaço disponível e o dinheiro no bolso.

Se você está vivendo uma fase não muito confortável, mas precisa adquirir um celular novo para prospectar clientes ou uso pessoal, mas tem pouco dinheiro para tal, saiba que existem algumas dicas para essa situação.

Celulares de Lançamentos

São os mais caros, tenha certeza disso. Eles sempre estão atrelados ao conceito de exclusividade. Logo, você nem sempre pagará pelas funcionalidades do dispositivo, mas sim pelo direito de ter o produto antes do que outras pessoas.

Lembre-se, além do mais, que esses aparelhos também sofrem obsolescência programada. O termo quer dizer a substituição do novo pelo velho. Então, mesmo que pague pela exclusividade, daqui há algumas semanas você pode ter o que é considerado um aparelho velho.

Smartphones são lançados anualmente e se você ceder aos impulsos consumistas, pode perder dinheiro. Para economizar dinheiro na aquisição de um celular novo, o 1º passo é esperar um pouco para fazer a compra de uma “exclusividade”.

Comparar Preços

Ainda que nos últimos anos as lojas têm optado por manter valores praticamente iguais de aparelhos icônicos, vale a pena pesquisar e encontrar promoções ou descontos expressivos.

Para isso, você precisa ter em mente o modelo desejado, inclusive com detalhes como a memória, o design, a configuração, marca. Depois disso, você começa a buscar promoções e lojas que oferecem tal produto.

Quando você pesquisa, dificilmente você age por impulso já que tem nas mãos informações necessária para avaliar de forma racional a sua compra. Talvez você tenha notado que hoje todas as lojas estão vendendo o seu celular por 2 mil reais, mas daqui há 15 dias, com o lançamento de um modelo novo, com certeza, o seu produto cairá de preço e consideravelmente.

Vale a pena esperar, não vale?

A internet tem despontado com uma das melhores plataformas para fazer comparações de preços. Use e abuse de lojas online e sites que fazem tal procedimento, o que é importante para escolher o melhor aparelho para você.

O e-commerce também possui boas condições de vendas já que as empresas não têm custos altos como os de uma loja física.

É possível ganhar dinheiro com o e-commerce? 6 motivos para provar que SIM

Pagamento à Vista

Já mostramos aqui – um milhão de vezes – que o pagamento a vista pode te fazer economizar um bom dinheiro. Portanto, tudo que é planejado sai mais barato.

Se você tem a ideia de trocar o seu celular em breve, comece por poupar dinheiro a partir de hoje. No decorrer de 6 meses, talvez você já tenha o suficiente para comprar um produto a vista ou no boleto.

Os cartões – tanto de crédito quanto de débito – são práticos e oferecem uma grande liberdade ao consumidor, porém, com taxas ficam mais caros.

Dependendo do produto e da loja escolhida, seu desconto pode ser de até 15% do valor original.

Qual o Melhor Plano de Celular: Pré-Pago, Controle ou Pós-Pago?

Em primeira instância, vamos explicar sobre o plano individual e o familiar. Como o nome diz, você já deve imaginar que a escolha é simples.

O lance é que se você gostaria de combinar um número de telefones e linhas em um grupo para minimizar os custos, pode fazer isso com um plano familiar, que oferecem pacotes de minutos e dados para utilização entre os membros.

Então, para isso e para seguir adiante nesse texto, você precisa definir suas prioridades: o número e a duração das chamadas, o pacote de internet, entre outros. Até o tetheringtem que ser analisado, ou seja, a capacidade que você tem que conectar o seu telefone ao computador e acessar o plano de dados dele.

Agora, veja como funciona cada plano!

Pré-pagos (Celular de Cartão)

São indicados para usuários que usam pouco o aparelho e quando se comunicam o fazem com pessoas que tem a mesma operadora. Também usam poucas mensagens, pouca internet e ainda tem uma segunda operadora. No entanto, não é nada recomendado para quem tem aparelhos smartphones.

Normalmente, são planos mais simples, mas que oferecem alguns benefícios por ser considerada a porta de entrada nas operadoras. Os benefícios podem ser mensagens gratuitas diárias, ligações gratuitas para celulares da mesma operadora ou o acesso à internet.

No entanto, os minutos usados nas ligações são bem mais caros e frequentemente será preciso recarregar o celular.

Planos Controle

São para usuários que tem mais consciência da quantidade de minutos que usam, mas não fogem do padrão de minutos mensais e querem ter mais controle dos gastos. É também um plano barato e mais em conta para quem tem smartphone.

Pode ser que os minutos acabem porque são poucos minutos disponibilizados, isso é uma desvantagem para quem se comunica com muita gente e de outras operadoras, apesar de a maioria das pessoas terem mais de um celular e de operadoras distintas.

É muito semelhante ao pré-pago, mas você paga uma conta e paga a mais, posteriormente, se precisar de minutos extras. Lógicos que os minutos extras são mais caros.

Planos Pós-Pagos

São para usuários que usam o celular de forma mais frequente e querem agregar outros serviços ao plano, tais como o roaming de dados. O plano pode sair em conta para quem usa muito e para todos os fins.

Como juntar dinheiro rápido? 10 aplicativos de celular para fazer isso agora mesmo!

Bom, sem mais enrolações, vamos começar falando um pouco de cada um deles! Porque se você quer juntar dinheiro rápido precisa conhecê-los!

1 – Mobdiq: é uma plataforma que tem empresas anunciantes em vários segmentos e que ofertam cursos, viagens, seguros, etc. Para juntar dinheiro rápido com o Mobdiq, você precisa se cadastrar e indicar amigos. Se a venda for concluída, você recebe uma recompensa em dinheiro.

2 – DogHero: é como um Airbnb para pets, principalmente cachorros. A plataforma permite que o dono encontre uma hospedagem com segurança e conforto para seus pets enquanto viaja. Na verdade, esse aplicativo serve para juntar dinheiro rápido se você tem o dom de cuidar dos animais e espaço para tal.

3 – Airbnb: é um aplicativo que oferece opções de estadia para todos os tipos de turistas em todos os lugares do mundo. Assim, o turista viajante pode encontrar lugares mais baratos e que fazem jus à sua necessidade momentânea.

10 PASSOS CERTOS PARA GANHAR DINHEIRO NO AIRBNB!

4 – Pinion: é um aplicativo onde o usuário deve realizar “missões” diárias que consistem em pesquisar, fotografar e opinar sobre produtos, marcas e serviços. Após a missão e avaliação do app, o usuário pode receber créditos, que podem chegar à 50 reais.

5 – Piggy Peg: é um aplicativo onde o usuário entra em uma loja parceria da marca (Piggy Peg) e registra a presença por meio de QR Code, assim, recebendo créditos para efetuar compras em qualquer estabelecimento parceiro.

6 – Uber: você já deve conhecer, mas nunca é demais lembrar. É um aplicativo que oferece “corridas” de carros remuneradas. Apesar de ainda ser um tema polêmico, o Uber tem se popularizado e oferecido bons retornos aos profissionais.

7 – Lavô: tem um objetivo parecido com o Uber, só que no caso os profissionais fazem lavagens ecológicas de veículos. Ao se cadastrar, o profissional pode ser acionado na casa do cliente para realizar uma das lavagens.

8 – MaxMilhas: o usuário cria um cadastro no site e informa a quantidade de milhas que tem e o valor que quer receber por elas. Quando houver um interessado, a MaxMilhas envia informações para que você realiza a emissão da passagem no nome do viajante.

9 – Meliuz: o Meliuz é um site que dá descontos e ofertas com o sistema cashback. Assim, ao usar o aplicativo para compra, você pega parte do valor da compra.

10 – Beblue: é um aplicativo que devolve ao consumidor parte do dinheiro gasto em certos estabelecimentos. Esse dinheiro fica em forma de bônus e pode ser usado para compras futuras.

Dicas para Diminuir os Gastos com a Internet 3G do Celular

Quem nunca ficou sem conexão com a internet que atire a primeira pedra! O consumo de dados usados ao navegar na internet costuma ser muito grande e o pacote escolhido, por mais eu tenha sido pensado, nem sempre consegue atender à demanda do consumidor, o que gera um serviço extra para continuar sendo usado. Por isso, fizemos uma pequena lista com dicas de como economizar essa internet e terminar o mês sem precisar de serviços extras.

Desligue o 3G quando não estiver usando: Óbvio! Se você tem o hábito de deixar ele ligado, saiba que mesmo que não esteja em uso, o 3G é acionado por alguns aplicativos do celular e podem inclusive fazer atualizações automáticas, além de consumir mais energia.

Preferência ao Wi-Fi: Sempre deixe habilitado o rastreador de internet sem fio, que verifica onde há redes disponíveis. Além disso, os estabelecimentos comerciais tem adotado ao Wi Fi gratuito, o que não custa nada ao cliente.

Atualizações no 3G: É um erro quase que grotesco atualizar aplicativos usando o 3G porque elas necessitam de uma quantidade muito alta de transferência de dados, o que acaba por comer o seu pacote de dados.

Escolha do Navegador: Faz toda a diferença. Pesquisa por aqueles mais leves e que consomem menos dados. Alguns browsers exigem mais da conexão do que outros.

Vídeos e Músicas: Devem ser vistos e baixados apenas no Wi-Fi, inclusive, o Spotify. Ouvir músicas via streaming também consome muitos dados. A dica aqui é baixar as músicas para poder ouvi-las sem precisar usar a internet para isso.

Desabilite o download automático do WhatsApp: Essa opção baixa, automaticamente, as fotos e os vídeos compartilhados no aplicativo, assim, eles gastam boa parte do seu pacote de dados, além de usar boa parte do seu espaço de armazenamento do seu telefone.

Evite mostrar a localização: Essa funcionalidade também consome boa parte do seu pacote de internet, então, o ideal é evitar se a conexão for 3G.

Com informações do techtudo e capitalnews