7 Motivos Verdadeiros para Ganhar Dinheiro fora do Banco

ANÚNCIO

O Brasil é um país conservador quando o assunto é Mercado Financeiro. Prova disso é a Poupança, que tem um dos menores rendimentos entre todas as opções de aplicações financeiras, porém, mesmo assim, é a que mais recebe depósitos mensais. Muitas pessoas não sabem, mas existem um mundo muito mais rentável fora dos bancos.

E isso é possível graças à ação das Corretoras de Valores. Elas são agentes independentes que ajudam o investidor a escolher o melhor investimento financeiro para o perfil dele.

ANÚNCIO

Na real, essas instituições não tem o foco de vender um produto, como fazem os bancos. Elas ganham quando o investidor ganha, logo, o trabalho é feito em conjunto.

Ambos são jogadores do mesmo time.

A dificuldade, porém, é entender como essas agentes de investimentos podem ser seguras ou, pelo menos, tão seguras quanto um banco. É simples: a aplicação financeira fará aportes parecidos com os que são feitos nos bancos. Note: os títulos serão do Tesouro Direto, que é garantido pelo Governo Federal ou dos bancos, que tem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

ANÚNCIO

A segurança é a mesma.

A diferença é que você precisa saber escolher uma corretora de valores para que os investimentos realmente sejam mais vantajosos. A corretora pode te ajudar a comprar títulos públicos, CDBs, LCIs ou mesmo ações da Bolsa de Valores.

Nós encontramos um informe publicitário divulgado pela XP Investimentos, que é uma dessas Corretoras de Valores e, talvez, a mais conhecida no Brasil. Os 7 motivos foram listados por ela conforme a política de investimentos do grupo, porém, a maior parte dos conselhos serve para o investidor consegue optar pela melhor corretora de valores.

Muitas vezes, o benefício que uma dá é mais interessante do que o benefício da outra. Tudo vai depender do perfil do investidor. Portanto, não há uma única corretora que é boa ou a melhor corretora do mundo, o que existe é a melhor corretora para você, conforme suas necessidades e objetivos.

Na hora de escolher, tudo vai influenciar: taxas, rendimentos, atendimento ao cliente, suporte técnico, informativos e mais uma série de itens.

Por sinal, as informações são de julho deste ano, período em que o Grupo XP tinha 450 mil clientes e mais de 90 bilhões de reais sob custódia. No final deste artigo, deixe-nos um comentário dizendo “qual a melhor corretora de investimento para você”, assim é possível indicar a outros leitores outras instituições que também possam ser confiáveis.

7 Motivos Verdadeiros para Ganhar Dinheiro fora do Banco

Como dissemos, os motivos foram descritos pela XP, portanto, toda informação descrita deve respeito a ele. Você pode ler, entender e notar que os itens citados aqui serão determinados para escolher a sua corretora, que pode ser ou não a XP Investimentos.

1 – Renda Fixa

O Brasil é um país que tem uma das maiores taxas de juros do mundo. Para quem paga essas taxas, essa notícia é horrível. Já para quem investe, é ótima porque torna a nossa Renda Fixa um dos investimentos financeiros mais aconselháveis em todo período.

Aí é que começam as diferenças: grandes bancos, por terem mais clientes, costumam pagar entre 80 e 90% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário – que é uma taxa muito próxima da SELIC). Por outro lado, médios e pequenos bancos pagam valores que podem chegar a 120% do CDI.

Por que optar pelos bancos menores é mais vantajoso? Porque a rentabilidade será maior e a segurança é a mesma, já que ambos são garantidos pelo FGC – Fundo Garantidor de Crédito.

Talvez você ache que essa diferença de quase 40% seja pouco representativa, mas imagine isso no longo prazo. Ela será exorbitante.

Quanto aos títulos, as opções mais óbvias são aquelas já conhecidas, como CDBs (Certificado de Depósito Bancário), que são títulos dos bancos. Aí tem as Letras de Crédito, que são isentas do Imposto de Renda, as Letras de Câmbio, Letras Financeiras, Tesouro Direto, etc.

Qual a Melhor Corretora para Investir Dinheiro no Tesouro Direto? É sério, quase ninguém sabe isso!

2 – Taxa Zero

O custo operacional pode diminuir a rentabilidade de uma aplicação financeira, por isso, ela é importante e considerável. Os bancos como têm muitos gastos, cobram um valor muito alto dessas taxas, o mesmo não acontece nas corretoras de valores.

A XP, por exemplo, eliminou todas as suas taxas de custódia para a renda variável, renda fixa e Tesouro Direto. O que, obviamente, é um ótimo retorno para o investidor.

Na prática isso quer dizer que ela não cobra nada para manter sua empresa, nem sua conta, nem nada disso. A conta mesmo, por exemplo, pode ser aberta sem nenhum custo, de forma segura, rápida e online.

3 – Assessoria Especializada

Esse é outro diferencial das corretoras de valores porque no banco os gerentes acabam administrando muitas questões. Já na corretora, o foco é o investimento financeiro. É muito comum o seu gerente não saber qual a diferença entre um fundo de investimento, um CDB, um Tesouro Direto… Simplesmente porque ele não entende.

O assessor de investimentos sabe, com certeza. Ele divide a atenção especificamente nisso. Conhece tudo que envolve aplicação financeira, até mesmo sobre previdências privadas, consórcios e créditos, que já não são tão indicados. Além disso, ele não precisa vender produtos para bater metas.

4 – Interesse do Investidor

A XP sempre afirma que foca no interesse do investidor e isso acontecem em várias outras corretoras, mas não nos bancos. A dor de cabeça que temos com os bancos é imensurável, sempre há uma taxa a mais ou incorreta, por exemplo.

As corretoras trabalham com ativos financeiros e para isso existem taxas, mas é só. Nada de taxas a mais, que você nem sabe o que significa. Por exemplo, sobre o título de capitalização, você acha que ele é recomendável? Não. Mesmo que seu gerente te “obrigue” a adquirir um, saiba que ele não é rentável, nada rentável.

Viu? Os bancos, por melhores que os gerentes sejam, não trabalham em benefício do consumidor. Eles querem bater metas, lucrar, ganhar dinheiro e os clientes que se f… que paguem as taxas!

5 – Variação de Tipos de Investimentos

Bom, esse tópico é prático: quando você vai no banco em busca de um investimento, o gerente vai te oferecer todos os produtos daquele banco. Obviamente que na Caixa Econômica Federal você não conseguirá compra um CDB do Itaú Unibanco.

Mas e se um produto for mais rentável do que o outro?

Na corretora não acontece isso porque ela pode comprar o título de QUALQUER banco já que não está atrelada à nenhum deles. Por isso, a gama de opções é muito maior. A dificuldade é apenas escolher o melhor título, nada mais.

6 – Relatórios Diários ou Periódicos

Quem tem investimentos financeiros nos bancos sabe que ficará um tempo todo sem saber o que está acontecendo com o dinheiro – não sabe se valorizou, perdeu, lucrou. Nada. Isso porque o banco, mesmo que cobre altas taxas de administração, não se preocupada em informar o seu cliente sobre o andamento dos produtos.

Na corretora, isso é bem diferente. Os relatórios costumam ser diários, com informações importantes sobre o mercado, que podem influenciar diretamente nos investimentos. A XP, por exemplo, publica o Top Picks, que são estratégias comentadas pelos assessores quanto ao mercado acionário.

7 – Carteira Recomendada

Esse tópico é especialmente para quem investe em ações. Quase todas as corretoras tem o que é chamado de Carteira Recomendada, que é uma seleção de ações e empresas na qual a corretora acredita que vá valorizar em um período próximo.

No caso da XP, a instituição começou a fazer essa carteira em 2009 e de lá para cá, ela tem alta de 220%, enquanto que o Ibovespa, que é outro índice, teve 190 pontos percentuais no mesmo período.

“A XP monta todos os meses outra carteira com foco em empresas boas pagadoras de dividendos. Essa seleção de ativos está ainda melhor, com ganhos aproximados dos 30)% desde o lançamento, em 2009”.

E você o que achou dessas indicações? São Motivos Verdadeiros para Você sair logo dos eu banco, não é?

Se você ainda tem dúvidas sobre como escolher uma corretora de valores, separamos alguns tópicos abaixo. Leia, é breve!

As Maiores Corretoras de Valores do Brasil

Com os juros em queda e a perda de fôlego da inflação, a Renda Fixa continua sendo uma boa opção de investimento financeiro para todos os investidores que querem aumentar o patrimônio. No entanto, encontrar os melhores títulos não é tarefa fácil. Assim, as Corretoras de Valores podem nos ajudar com essa missão.

“O investidor consegue comparar rentabilidades sem ir ao banco e pode escolher de maneira mais fácil uma aplicação de acordo com o seu perfil”, garante o professor de Finanças da Fecap –Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, Joelson Sampaio.

Para ele, nem sempre é possível encontrar os produtos que são mostrados em aplicativos.

“Algumas aplicações estão acessíveis somente para determinados investidores. As taxas também podem variar”, ele lembra.

Mas, afinal, como Escolher a Melhora Corretora de Valores?

Para escrever este artigo, selecionamos uma plataforma que nos ajudar a dar essa resposta – a Banco Data, que permite analisar o que tem de disponível na prateleira de bancos e corretoras de valores do mercado atual.

Ela replica informações entregues pelas instituições ao Banco Central. Foi lançada em 2016 e permite visualizar, inclusive, balanços para que possamos comprar os números entre eles. Além do varejo, é possível buscar informações também sobre as instituições menores.

Com base no Banco Data, selecionamos as 10 Maiores Corretoras de Valores do País. Confira! Os dados são trimestrais e referem-se à dezembro do ano passado, conforme informado no site.

XP Investimentos (1997)

A XP Investimentos tem um total de 4,7 bilhões de reais em ativos. O último balanço divulgado foi em março deste ano e mostrou um lucro líquido de 42,9 milhões de reais, sendo que patrimônio líquido somou 785,3 milhões de reais.

Renascença (1990)

A Renascença tem um total de ativos de 380,7 milhões de reais. Conforme publicação de março deste ano, o lucro líquido foi de 3,3 milhões de reais e o patrimônio líquido somou 60,7 milhões de reais.

Rico (2011)

A Rico Corretora tem um total de ativos de 357,2 milhões de reais. O último balanço também é de março e representa um lucro líquido de 11,1 milhões de reais, além do patrimônio líquido de 44,9 milhões de reais.

ICAP do Brasil (2007)

A ICAP do Brasil tem 321,8 milhões de reais em ativos totais. O lucro líquido foi negativo, conforme publicação de março, e ficou em 753 mil reais no vermelho. Já o patrimônio líquido foi de 49,8 milhões de reais.

Mirae Asset (o site não mostra a data de abertura)

A Mirae tem 275,9 milhões de reais em ativos. O lucro líquido foi de 12,6 milhões de reais, conforme publicação de março deste ano. E o patrimônio líquido foi de 227,9 milhões de reais.

7 Motivos Verdadeiros para Ganhar Dinheiro fora do Banco
Reprodução: Google

 

Melhores Corretoras de Investimento para investir online, conforme a Proteste

No início deste mês, a associação de consumidores Proteste divulgou um estudo que mostrou quais as corretoras que tem o melhor custo-benefício para investir online. Para adiantar, saiba que para investir pela internet, por meio de um sistema home broker, a pesquisa indicou que as melhores são as Corretoras Clear e Mirae. Já para os títulos públicos, o estudo sugeriu a Easyinvest e a XP Investimentos, que não cobram taxa de corretagem.

Bem, para conseguir chegar à essas indicações, a pesquisa avaliou a qualidade dos serviços prestados pelas corretoras que tiveram maior movimentação em 2016, conforme informações da B3 (Antiga BM&FBovespa). Já as corretoras Bradesco e Itautrade foram incluídas porque foram eleitas as melhores para investir em ações no mesmo ano, pela Proteste.

Ao todo foram 9 corretoras analisadas, que foram observadas pelos seus custos, critérios qualitativos (transparência das operações) e as informações fornecidas para ajudar o investidor na plataforma online e quanto á segurança do site.

“Todas as corretoras ficaram com notas altas na análise qualitativa. No fim, o que definiu a escolha foi o preço cobrado”, contou Veronica Dutt-Ross, responsável pelo estudo.

Na tabela abaixo, listamos os custos cobrados por cada corretora para investir em ações, por meio do home broker para 3 tipos de perfis investidores. Repare que a mesma corretora cobra valores diferentes, conforme a frequência da operação.

A lista está formada pela seguinte ordem: 1ª Coluna: As Corretoras / 2ª Coluna: O custo para que sejam feitas 2 operações mensais de 1 mil reais cada uma / 3ª Coluna: Custo para fazer 6 operações mensais de 2 mil reais cada uma / 4ª Coluna: Custo para fazer 10 operações mensais de 3 mil reais cada uma!

  • Banco do Brasil – R$ 54,30 – R$ 134,30 – R$ 214,30
  • Bradesco – R$ 20 – R$ 60 – R$ 100
  • Clear – R$ 15 – R$ 45 – R$ 75
  • EasyInvest – R$ 30 – R$ 60 – R$ 100
  • Itautrade – R$ 41,80 – R$ 93,80 – R$ 145,80
  • Mirae – R$ 15,80 – R$ 27,40 – R$ 39
  • Mycap – R$ 40 – R$ 120 – R$ 200
  • Rico – R$ 32,10 – R$ 71,30 – R$ 110,50
  • XP Investimentos – R$ 29,80 – R$ 89,40 – R$ 149

Já focado nos títulos públicos, as corretoras cobram a taxa de custódia, que é de 0,30% ao ano e a taxa de corretagem, que é a manutenção da conta. Algumas não cobram essa taxa e usam como chamativo para atrair investidores, como já falamos neste artigo. Então, veja quais os custos anuais para investir no Tesouro Direto, para um investimento de 25 mil reais.

  • Banco do Brasil – R$ 125
  • Bradesco – R$ 125
  • Clear – ZERO
  • EasyInvest – ZERO
  • Itautrade – R$ 135
  • Mirae – R$ 50
  • Mycap – R$ 50
  • Rico – R$ 25
  • XP Investimentos – ZERO

Para finalizar o assunto dessa pesquisa, entenda que é somente uma pesquisa e com algumas empresas selecionadas. No fim das contas, é você, investidor, quem vai precisar fazer a própria escolha, levando em consideração todos os itens que acabemos de dizer neste artigo.

Com informações do Infomoney

ANÚNCIO