Veja onde investir R$ 1 mil com segurança nesses 5 fundos de renda fixa da Vitreo

ANÚNCIO

Você está procurando por alguns fundos de renda fixa da Vitreo para ter uma carteira protegida? A gente tem aqui uma lista de 5 deles que existem aplicações iniciais a partir de R$ 1 mil. Eles são de risco baixo ou de médio-baixo, o que garante a segurança do ativo.

Ficou curioso para saber mais? Confira cada um dos ativos que listamos. E saiba que a Vitreo, após a parceria com a Empiricus, tem crescido muito no mercado de investimentos. Por isso, tem oferecido, também, fundos bastante atrativos para todos os perfis de investidores.

ANÚNCIO

1 – Bonds BRL Light

O primeiro dos fundos de renda fixa da Vitreo que temos aqui é o Bonds BRL Light. Considere que tem o fundo Bonds BRL também. Mas, essa versão light tem algumas diferenças, como o fato de permitir investimentos iniciais mais populares, a partir de R$ 1 mil.

Assim, a ideia é aplicar 20% no fundo Vitreo Bonds BRL FIM IE crédito privado e a outra parte (80%) vai para um fundo de caixa com zero de taxas. Além do investimento inicial, dá para aportar R$ 100. A taxa administrativa é de 0,216% ao ano. E não tem performance.

O prazo de resgate é de 5 dias corridos e mais 2 para o pagamento. O risco é baixo, o fundo é de maio de 2020 e entra em multimercado estratégia livre. Usa o benchmark do CDI. Em resumo, ele investe em bonds de empresas brasileiras no exterior e títulos soberanos do governo.

ANÚNCIO

2 – Vitreo Inflação Longa

Se o nome que vem no título tem a ver com a inflação, já deu para ver que é um ativo para proteger a carteira, né? Esse é um dos investimentos mais usados pelos investidores de alto patrimônio. Assim, foca nas antigas NTN-Bs, que teve risco x retorno positivo nos últimos anos.

A aplicação inicial é de R$ 1 mil, como sabemos. Além do mais, a taxa de administração é muito baixa, de 0,05% ao ano e sem a performance. Os resgates devem ser solicitados até as 16 horas para serem pagos no próximo dia útil. A carteira é 100% em renda fixa.

O fundo é de março de 2020 e tem um risco médio-baixo. Ele está classificado em renda fixa alta duração de crédito livre. O benchmark usado também é o CDI, como é comum na renda fixa.

3 – Capitânia Premium

O próximo dos fundos de renda fixa da Vitreo é um Capitânia. Como assim? Ele é um portfólio de títulos privados que é feito por uma gestão continua. Logo, tem estrutura robusta de controle de riscos e é focada no longo prazo.

A alocação média é de 40% de todo patrimônio em títulos públicos federais (os Tesouros), além dos CDBs e das Letras Financeiras dos maiores bancos do país. Já a outra parte, que é maior, de 60%, fica para as debêntures, CRIs, cotas de FIDCs e FIIs, que rendem mais.

Então, temos uma taxa de 0,55% de administração, com 15% sobre o que exceder 100% do CDI (essa taxa está sendo cortada durante um período de promoção). O resgate é de 44 dias corridos até a cotização e mais um dia útil para o pagamento. Dá para aplicar R$ 1 mil no começo e a movimentação é só de R$ 1 mil também.

É um fundo de risco baixo, que existe desde 2014 e também entra em renda fixa de alta duração de crédito livre.

4 – Ibiuna Credit

A outra opção é o Ibiuna Credit, que é uma estratégia diversificada com visão macroeconômica sobre o mercado de crédito privado. Ela tem algumas vantagens, como ter uma taxa de administração abaixo de 1% (ou seja, é de 0,8%) ao ano.

Tem a performance de 20% sobre o 100% do CDI. Mas, como entrou no programa de cashback, ela cai para 17,32%. Além disso, dá para movimentar com R$ 100, além da aplicação mínima inicial de R$ 1 mil.

O resgate acontece em 30 dias até a cotização e mais 1 dia útil para o pagamento. É de risco médio-baixo e é o fundo mais novo citado aqui. Ele entra na categoria de multimercado estratégia de juros e moedas. E tem o CDI como índice.

5 – SPX Seahawk

A última opção de fundos de renda fixa da Vitreo que permitem aplicações iniciais a partir de R$ 1 mil é o SPX. Se você não sabe o que é essa sigla saiba que é uma casa de investimentos. Portanto, estamos falando de um crédito privado com rigorosa avaliação de riscos.

Assim, o fundo aplica em títulos de dívidas locais e de empresas de capital aberto. A taxa de administração é de 0,6% ao ano e tem uma performance de 20% sobre o que exceder 100% do CDI, que é o benchmark usado no fundo.

Quanto ao resgate, considere que ele leva 45 dias corridos até a cotização e mais 1 dia útil para efetuar o pagamento ao investidor. Além dos R$ 1 mil para aplicar no começo, também dá para movimentar R$ 500 em aportes.

É um fundo de risco baixo, criado no final de 2019 da renda fixa simples.

Encontre o seu fundo de investimento ideal

fundos de renda fixa da Vitreo

Se você quer saber mais sobre algum desses fundos ou quer conhecer as outras opções da Vitreo, saiba que no site deles tem tudo. Lá dá para buscar por categoria. Nesse caso, a gente buscou por “renda fixa”.

Além disso, a gente tem uma matéria que explica e conta se a Vitreo é confiável. É importante ler para conhecer mais da história dessa gestora, que é hoje é corretora de investimentos.

ANÚNCIO