Alto Potencial de Valorização – Veja essa seleção de 5 fundos de investimentos da renda variável do Itaú

O banco Itaú tem diversos fundos de investimentos focados na renda variável. Hoje, nós selecionamos aqueles que são pensados no alto potencial de valorização. Conheça mais desses fundos de investimentos da renda variável do Itaú e saiba os diferenciais dele.

E vale considerar, antes de tudo, que um fundo de renda variável nada mais é do que um fundo, com várias cotas e ativos, que visam retornos através da compra de ações da bolsa de valores. Para isso, a gestão opta por empresas com boas perspectivas de crescimento.

Tem, por exemplo, o índice ativo, que é focado na seleção de ações que acompanham índices, como o Ibovespa, o IBRX e outros. Nele não se permite a alavancagem. Tem ainda o Família Smart, que quer superar os principais índices do mercado, também.

E tem esse que vamos citar abaixo, chamado de Retorno Absoluto. Aliás, veja o que o banco fala sobre ele: “a estratégia de retorno consiste na seleção de ativos de alto potencial de valorização a médio ou longo prazo, sem o compromisso de índices de ações específicos”.

Os 5 fundos com alto potencial de valorização

Os fundos do Itaú que são focados no alto potencial de valorização são chamados de “retorno absoluto”. Eles visam uma estratégia que consiste em escolher ativos para o médio e longo prazo. A partir de análises fundamentalistas. A gestão é flexível e segue índices, veja mais.

1 – Itaú Ações Dunamis

A gente vai começar a falar de um fundo que nos dias de hoje está fechado. Mas, a gente vai citar para você entender como o Itaú consegue diversificar o seu portfólio de opções. A estratégia da Dunamis é focada na renda variável. Saiba mais sobre o Dunamis:

  • O fundo – é visado no mercado internacional sobre a bolsa brasileira
  • A diversificação – tem uma baixa correlação dos papéis
  • O retorno absoluto – tem uma avaliação de risco retorno com alocação tática
  • A aplicação mínima – é de a partir de R$ 100

Assim sendo, o processo de investimento é feito por análise fundamentalista, usando o método DVS e pensando na qualidade dos fundamentos, dos preços e do mercado.

2 – Itaú Ações Phoenix

Essa próxima opção é para quem quer explorar novas oportunidades no mercado de ações. A gestão também se mantém na análise fundamentalista de ativos e é focada no potencial de valorização ao longo prazo. Então, veja mais:

  • O histórico – do fundo é consistente há 10 anos
  • A agilidade – conta com uma gestão dinâmica
  • A expertise – tem uma equipe com mais de 10 anos de experiência
  • A flexibilidade – desse fundo está em capturar oportunidades

Porém, infelizmente, assim como o fundo acima, esse aqui também está “fechado para investimentos” no momento. Mas, como está listado no site do banco, acredita-se que no curto prazo deve retornar ao mercado.

3 – Itaú Ações Phoenix IQ

O próximo dos fundos de investimentos da renda variável do Itaúe esse sim ativo até agora é o Phoenix IQ. Ele é muito parecido com o que citamos acima. Só que com a diferença de que busca oportunidades com retornos em mercados fora do país.

  • O histórico – do fundo tem uma estratégia de 10 anos
  • A Agilidade – também é dinâmica e ágil
  • A expertise – conta com a mesma equipe de experiência
  • A flexibilidade – se dá pela gestão fundamentalista

Vale lembrar que é uma opção apenas para quem está pensando no médio-longo prazo. Mas, os analistas também recomendam que seja complementar a horizontes mais curtos.

4 – Itaú Ações Momento 30

Essa opção é focada em empresas de qualidade e visa buscar as melhores oportunidades. O fundo é orientado pelo risco x retorno relativo. Desse modo, há até um vídeo explicando a escolha das ações do fundo, confira abaixo.

Lembrando que ele é focado em qualidade para o longo prazo, com uma análise investigativa e a expertise do time de gestão.

5 – Itaú Ações Asgard

Por último, temos um fundo que é liderado por uma equipe que foi premiada internacionalmente. O entrosamento e a experiência são alguns dos diferenciais da gestão do fundo que tem uma estratégia focada em ativos internacionais, também.

  • O fundo – busca uma sofisticação do mercado internacional
  • A expertise – vem do time de gestores
  • O acesso – se dá pela busca de investimentos de alta convicção
  • A popularização do fundo – tem a ver com a aplicação inicial de R$ 100

Portanto, o objetivo desse, que é outro dos fundos de investimentos da renda variável do Itaú, é estar sempre acima do índice Ibovespa, através da escolha de ativos de empresas nacionais e da América Latina.

Como receber as notícias de investimentos do Itaú

O Itaú Asset Management é a empresa do banco Itaú que fica responsável por boa parte das informações sobre os investimentos financeiros. Sendo assim, considere que você pode ficar por dentro das notícias após preencher um formulário.

Nele, o banco faz partes que podem dizer sobre o seu perfil de investidor. Em seguida, você entra para a lista de cadastrados do banco e recebe os “insights” da equipe de gestão e os relatórios dos fundos e ETFs por e-mail.

fundos de investimentos da renda variável do Itaú

Interessou? Acesse a página de cadastros do Itaú Asset e responda a perguntas como que tipo de investidor você é, o nome completo e o endereço de e-mail.