Conheça o fundo de hotéis FII Hotel Maxinvest (HTMX11) e saiba vale a pena

ANÚNCIO

Quando a gente começa a pensar em fundos de investimentos imobiliários, os chamados FIIs, a gente logo pensa em uma grande rede de hotéis, não é verdade? Então, hoje vamos falar de um fundo de hotéis, que é o FII Hotel Maxinvest.

No entanto, já vamos dar um pequeno spoiler aqui: apesar de ser uma ótima ideia e aser pensada, saiba que ele é um dos poucos FIIs que não fez o pagamento do dividend yield, como vamos mencionar mais abaixo. Por isso, atente-se antes de investir nesse FII.

ANÚNCIO

Curiosamente, saiba que esse é o primeiro FII de hotel que citamos aqui no blog. Além do HTMX11, saiba que também existe o XPHT11 e o MGHT11, que vamos mencionar em futuros artigos. Por isso, continue acompanhando o blog.

O FII Hotel Maxinvest

Esse é um fundo de hotéis do tipo de tijolo, que investe em imóveis físicos. A ideia é gerar renda mensal a partir da aplicação na construção ou na venda de imóveis com alto potencial de valorização. E também focando nos reajustes dos alugueis.

O fundo existe desde 2007 é um dos mais antigos do país. Ele foi criado, inicialmente, para aproveitar a rede hoteleira de São Paulo. A administração é do BTG Pactual. Assim, entre os principais imóveis, temos os comerciais.

ANÚNCIO

Sendo assim, agora que você já conhece o básico desse fundo, vamos apresentar alguns subtópicos que também são importantes no nosso estudo. Por exemplo, as cotações, as taxas, os rendimentos e até mesmo os dados atuais.

As cotações

Atualmente (09 de setembro de 2020), a cotação é de R$ 123,03. Mas, precisamos considerar que os FIIs são da renda variável, negociados na bolsa de valores. O que quer dizer, logo, que as oscilações são diárias. Por isso, é bacana estudarmos o histórico dos preços do FII.

Os preços

Desde o início do fundo, a gente tem um gráfico que mostra algumas altas e baixas. Por exemplo, o valor máximo do FII ficou em R$ 395,50 no dia 11 de setembro de 2012. E o mínimo foi de R$ 78 em 16 de fevereiro de 2016. O que é uma grande oscilação.

Os dividendos

O fato dele não ter feito o pagamento do dividend yield da última vez não quer dizer que ele não tenha feito isso antes. Por exemplo, desde o IPO o valor total por cota ficou em R$ 219, o que dá 178% do valor da cota atual. E há casos onde o valor passou dos R$ 7 por cota.

Os ativos

Sobre os ativos desse fundo de hotéis, saiba que são 23 no total. É um bom número se a gente analisar todos os FIIs que temos disponível no mercado. Porém, todos estão no mesmo estado, que é São Paulo. O lado bom é que todos são bem localizados, especialmente na capital paulista.

A vacância

A vacância acontece quando o imóvel não está alugado. Obviamente, isso não gera lucro para o dono do imóvel e nem mesmo para os cotistas. E, de fato, houve uma vacância física considerável nesse fundo desde o começo do ano, chegando a 90% nos últimos 90 dias.

As taxas

As taxas também têm um peso importante nesse fundo de hotéis. Por exemplo, a de administração fica em 0,50% ao ano sobre o patrimônio. E isso é comum em FIIs. O problema é que também tem a de gerenciamento, que fica em 0,30% sobre o valor dos imóveis. A consultoria é de 0,20%, o mesmo valor da taxa de performance.

Os dados atuais 

Como comentados acima, existem vantagens e desvantagens desse FII frente as outras opções do mercado de investimentos em imóveis. A desvantagem é que não teve o pagamento dos dividendos, assim o dividend yield ficou em R$ 0,00 na última cotação.

No entanto, o fundo é importante e tem valores que impressionam. Por exemplo, o patrimônio líquido é de R$ 180 milhões. Porém, se analisarmos os dados históricos do mês, saiba que a rentabilidade foi negativa em 28,14%.

Isso pode significar que é um bom momento para investir nesse fundo, dependendo da sua estratégia de investidor. O que você vai precisar se atentar além disso é com as taxas, que são cobradas em quase todos os FIIs do mercado.

Bônus – conheça também outros FIIs

Como mencionamos no início do artigo, a gente vem criando uma série de materiais para explicar mais e mencionar os FIIs que existem no mercado, já que eles são recomendados para quem pretende começar na renda variável, por exemplo. Veja algumas matérias que já fizemos:

Como você pode ver nessas matérias escolhidas a dedo para citar aqui (no blog temos muito mais), há vários mercados para se pensar em um FII. Afinal, são investimentos imobiliários que podem ser de shoppings, logística e até mesmo pontos comerciais.

fundo de hotéis

Assim, para quem está começando, uma boa dica é conhecer vários dos fundos e saber qual tem mais a ver com você e a sua realidade financeira. Por exemplo, esse HTMX11 costuma ser indicado, porém, não teve bons resultados devido à pandemia do coronavírus.

ANÚNCIO