Forex: veja como lucrar mais de RS 2 milhões em 10 anos com apenas R$ 800 iniciais

Se você ficou interessado neste artigo é porque tem a intenção de ficar rico rapidamente ou em conhecer um pouco sobre o Forex. Para a sua felicidade, temos ambas as explicações. O Forex é muito popular no exterior, mas não no Brasil, onde a negociação de moeda ainda é uma modalidade de investimento em começo de expansão.

Para sanar suas expectativas quanto ao assunto, dividimos esse texto em vários tópicos, o que vai facilitar a compreensão. Acompanhe cada um desses tópicos com bastante detalhe e veja como é possível ficar rico rapidamente investindo em Forex!

O que é Forex?

Forex, FX ou Foreign Exchange Market é a tradução para moeda estrangeira. Esse mercado foi criado em 1971 e atualmente movimenta grandes volumes de dinheiro todos os dias, sendo um mercado que funciona 24 horas por dia entre as 22 horas do domingo e as 22 horas da sexta-feira.

No entanto, investir em Forex não é o mesmo que investir na bolsa de valores, como muitas pessoas pensam. (Faça GRATUITAMENTE esse Workshop e aprenda a investir na bolsa de valores sem riscos -> Workshop Gratuito Risco Zero).

Quais as Ações mais Lucrativas para Investir na Bolsa de Valores em 2017?

Como Investir em Forex?

As operações envolvem a compra de uma moeda estrangeira com a venda de outra. Ficou confuso? Bom, você pode negociar moedas em pares, ao passo que você especula o valor de uma das moedas dizendo se ela vai subir ou cair em relação à segunda moeda escolhida.

Vamos usar o exemplo do Real e do Dólar.

O Real é a moeda base e o Dólar a moeda cotada. Assim, podemos imaginar que você queira comprar dólares usando o Real. Sabe-se também que a cotação do par BRL/USD está 0,29 e você decida comprar esse par. Portanto, você acredita na valorização do Real frente ao Dólar.

Assim, se o Dólar subir, você poderá realizar a compra de reais utilizando dólares, o que vai gerar ganhos.

O valor que está no contrato será o valor do câmbio atual e o lucro ou o prejuízo será o valor oscilado desse câmbio contratado.

Na prática:

  1. Você compra a paridade BRL/USD,
  2. Espera o cenário se concretizar e vende essa paridade BRL/USD.

Outro ponto é que o valor inicial, na maioria dos casos, é de 250 dólares e a abertura de conta não envolve custo, além de ter facilidade em depósitos via débito e boas plataformas de investimento.

Quem pode Investir em Forex

Qualquer pessoa pode investir em Forex e esse investidor recebe o nome de investidor engenhoso, já que deve possuir estratégias especulativas para aproveitar os melhores momentos do mercado.

Atualmente, existem também os Forex Tranding, que são negociadores do mercado financeiro de ativos, tais como câmbio, ações e outros. E o Forex é muito usado em momentos de instabilidade nacional, já que ele é resistente as crises externas e oferece menos perda financeira.

Ao final deste artigo, vamos contar como escolher a corretora certa e em quais agentes não se deve confiar na hora de investir em Forex! Você tem que ler até o final se quiser ficar rico com o Forex.

Exemplo de Investimento em Forex

Vamos imaginar que o dólar esteja valendo 3,45 reais. Logo, o Real Brasileiro é igual à 0,29 dólares americanos e o câmbio BRL/USD ficará em 0,29.

Aí, você deseja investir seu dinheiro, que é de 1 mil reais. Portanto, você terá comprado 290 dólares.

Então, vamos supor que o dólar subiu e está valendo 3,60 reais. E este é o câmbio USD/BRL. Concluímos que você encerra a operação nesse exato momento e tenha lucros.

Por fim, seus 1 mil reais agora valem 1 mil e 44 reais, ou seja, um ganho de 44 reais nessa única operação.

Nomenclaturas do Forex

As moedas estrangeiras recebem nomenclaturas que seguem padrões. Primeiro, veja que as principais moedas do mundo são: Dólar Americano, Euro, Libra Esterlina, Franco Suíço, Iene, Dólar Canadense, Dólar Australiano. Essas são as mais negociadas e, por isso, recebem o nome de Majors.

Para definir a nomenclatura a regra é: as 2 primeiras letras referem-se ao nome do país. Assim:

  • US – United States
  • GB – Great Britain
  • CH – Switzerland
  • AU – Australia

Daí, a terceira letra faz referência ao nome da moeda. Dessa forma:

  • USD – Dólar dos EUA
  • GBP – Pound (Libra Esterlina)
  • JPY – Yen (Iene)
  • AUD – Dólar Australiano

Ah, por sinal, quando o dólar americano não está presente no par de moedas, chamamos de Cross Currency. E essa disposição aumenta as possibilidades de investimento, porém, a liquidez dos pares são menores.

O Mercado Forex

Atualmente, o mercado movimenta mais de 4 trilhões de dólares todos os dias. Isso traz liquidez, o que torna possível comprar e vendar a moeda que quiser em qualquer momento, desde que o mercado esteja aberto.

Forex: veja como lucrar mais de RS 2 milhões em 10 anos com apenas R$ 800 iniciais
Reprodução: Google

Esse valor é 9 vezes a soma diária de todas as negociações feitas em todas as bolsas de valores do mundo. No entanto, é um mercado descentralizado, como já falamos. No mundo, os bancos que oferecem moedas para negociação são vários, entre eles, o Deutsche Bank, Citibank, JP Morgan, etc.

Vale prestar a atenção em detalhes como a política e a economia, que são fatores que afetam as taxas cambiais no mercado global e podem causar instabilidades. No entanto, veja que as transações são imediatas e que é a especulação que afeta as alterações de preço no mercado financeiro.

Logicamente, quanto mais pessoas acreditarem que certa tendência vai acontecer, maior será o efeito sobre os preços de mercado.

Operações em Forex

Atualmente, existem 3 maneiras de operar em Forex: Spot, Forward e Futuro.

O mercado Spot é mais conhecido e tem mais negociações entre os investidores. É um mercado onde as moedas são negociadas conforme o preço do momento, reflexo do equilíbrio entre as forças de oferta e demanda.

Já os de Forward e Futuro são utilizados por empresas que querem realizar hedges cambiais em relação à uma data vindoura. Portanto, não se usa valores atuais, mas específicos e por unidades de moedas, que são relativos à uma data do futuro.

10 Hábitos para Ficar Milionário

Quais os Riscos do Mercado Forex?

“Só existem 2 tipos de pessoas que nunca perdem no mercado financeiro: os que não operam e os mentirosos”, diz Antonio Montiel, da área de gerenciamento de risco da MSCI e da Escola de Operadores.

Os riscos de perda existem sim. Como visto, tudo vai depender da variação das moedas estrangeiras, o que torna o mercado volátil.

Outro ponto que precisa ser visto é que o mercado é considerado informal e sem regulamentação, sendo totalmente virtual e com transações entre diferentes instituições, sem que haja uma rede centralizadora.

No mercado de ações, por exemplo, a Bovespa centraliza tudo, o que deixa o mercado, ainda que volátil, mais seguro.

As corretoras dos países que fazem essas operações são registradas na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e no Brasil nenhuma corretora está registrada e autorizada a fazer esse tipo de operação.

Portanto, se você pensa em investir dinheiro em Forex, precisa abrir uma conta em um país estrangeiro e enviar seu dinheiro para lá, ficando sujeito, obviamente, à regulamentação de lá.

Os 5 Cuidados Essenciais na Hora de Investir em Forex

1 – Como não há registro na CVM, não há garantia de que a empresa ou corretora realmente exista, por isso, o investidor pode se tornar uma vítima de fraude ou golpe, (Leia Isso Agora: Tem gente que perde milhões de reais com Fraudes… #7 Passos para não cair nesses golpes)!

2 – Como os dados são enviados por internet, é preciso muito cuidado para que ele não seja usado de forma indevida, ilegal ou ilícita,

3 – O investidor pode não ter acesso à todas as informações que deseja, por isso, não há como tomar uma decisão consciente do investimento, o que pode se tornar altamente perigoso,

4 – Cada corretora tem suas próprias regras para o saque do dinheiro, o que pode viabilizar valores mínimos e máximos, de acordo com a operação. Logo, o investidor pode ficar com seu dinheiro preso, sem que consiga fazer o saque,

5 – Como é um ambiente totalmente virtual, o investidor fica sujeito à manipulações de preços e de atividades de hackers, o que pode dificultar a localização do infrator, assim como a punição dele.

Como é a Alavancagem no Forex

A negociação Forex permite a alavancagem, ou seja, é quando os clientes apostam mais dinheiro do que eles realmente têm em uma conta. Portanto, a alavancagem permite ao mercado uma soma de até 1 mil vezes o valor que o cliente possui, porém com risco elevado.

Isso pode ter vários efeitos, mas que, normalmente, é de 1:100 e 1:400.

É comum também que a alavancagem aconteça porque as variações do curso de pares de moedas são baixos e difíceis de realizarem o lucro sem esse efeito.

Assim, na prática, isso quer dizer que: se o seu corretor permitir uma alavancagem de 100, então, isso quer dizer que para cada 100 dólares investidos na sua conta, você poderá aplicar até 10 mil dólares (100 x 100).

É dessa forma que o investimento em Forex pode fazer você ficar rico rapidamente. No entanto, pode também acelerar as perdas.

A Melhor Saída para Investir da Forma Correta no Forex é…

Como para qualquer investimento, o conhecimento é a chave de tudo. Se você quer investir dinheiro no Forex, pode encontrar nele boas chances de ganhar dinheiro. No entanto, pode perder também. Por isso, não há dúvidas que precisa de conhecimento para fazer a coisa certa.

O Forex é um mercado descentralizado e que depende de corretoras. Então, não há dúvidas: O 1º passo é saber escolher a melhor corretora possível, que seja sólida e esteja em um país com bom controle sobre os investimentos financeiros.

Alguns especialistas dizem que o ideal é abrir uma conta no Reino Unido, Inglaterra. Isso porque Londres é o maior mercado financeiro de Forex, além de ser uma nação que tem uma regulamentação financeira muito sólida com as corretoras de valores, que é feita, inclusive, pela FCA (Financial Conduct Authority).

“Você deve realizar a transferência de dinheiro para um corretora no exterior, de preferência em países que tenham uma regulamentação sólida a respeito, como nos EUA ou Reino Unido”, diz Montiel.

Forex: veja como lucrar mais de RS 2 milhões em 10 anos com apenas R$ 800 iniciais
Reprodução: Google

Além de pensar na segurança, é preciso também avaliar as plataformas de cada corretora e nisso, a Meta Trader 4 tem algumas vantagens, já que oferece gráficos de análises técnicas, uso de indicadores, cotação em tempo real, conta demonstrativa e outros.

“Neste ramo, é fundamental saber operar da maneira mais profissional possível, sempre calculando o risco e o retorno de cada operação e sempre operando com stop loss e limite, afinal a volatilidade é muito alta e você nunca sabe quando algum desastre pode acontecer”, diz o executivo da MSCI.

Como Ganhar mais de 2 Milhões de Reais em 10 anos

Falamos sobre quase tudo do Forex para chegar até aqui. Essa, provavelmente, é a parte mais esperado, afinal que nunca desejou ganhar tanto dinheiro e tão pouco tempo? São 2 milhões de reais em 10 anos. Uma proporção muito boa não acha?

Bem, antes de falar como isso é possível, cabe fazer um brevíssimo resumo do que aprendemos neste artigo, ao menos, até aqui. Investir Dinheiro, em qualquer lugar que seja, vai exigir do investidor muito interesse e conhecimento. Portanto, se você não quer aprender sobre finanças, saiba que não vai conseguir faturar esses 2 milhões de reais.

Outro ponto é que: sim, é possível ganhar muito dinheiro no mercado de Forex, mas também é possível perder muito dinheiro. O Mercado de Forex não é igual ao de ações. Então, se você sabe muito sobre um não quer dizer que saberá tudo sobre o outro.

Por fim, vale dizer que o mercado não é regulamentado e nem proibido no Brasil, porém, o mais aconselhável é investir em corretoras do exterior.

Simulação Real para Ganhar mais de 2 milhões de reais no Forex

Imagina que você vá investir 250 dólares iniciais para começar no Forex. Esse valor foi escolhido porque é o valor mínimo para iniciar os investimentos nessa opção financeira. Bom, como o dólar oscila muito, vamos sugerir que esses 250 dólares valem 800 reais, ok?

Isso é só uma simulação, por isso vamos permitir arredondar os números! Então, você vai investir cerca de 800 reais, inicialmente.

Agora, vamos pensar em aportes mensais! Claro, você não vai fazer uma aplicação inicial e ficar esperando que tudo aconteça em um passe de mágica. Resultado, o trader vai fazer aportes mensais do mesmo valor!

Assim, vamos usar o lucro médio dessas aplicações, que é de 4% ao mês.

Observações: Os números são atualizados conforme o início desse ano, 2017 e os cálculos foram feitos pelo investidordesucesso.

Agora, a mágica final

Veja o que acontece em 10 anos!

Acumulado no período: R$ 2.281.781,26*

* Sem descontar impostos e inflação.

Compare com outros investimentos:

  • Ações – Rentabilidade de 2% ao mês e valor final de R$ 399.218,65
  • FIIs – Rentabilidade de 1,10% ao mês e valor final de R$ 200.539,69
  • Renda Fixa – Rentabilidade de 0,90% e valor final de R$ 173.943,32

Impressionante, não é? Isso quer dizer várias coisas, entre elas, que você não precisa de um valor super alto para conseguir chegar aos 2 milhões de reais e nem precisa esperar a vida toda para conseguir isso, basta 10 anos. Outro ponto: os aportes mensais são importantes!

Como Investir Dinheiro para Ficar Rico ganhando apenas um Salário Mínimo em #3 Passos

Escolhemos esse período de 10 anos porque é considerado um tempo curto para o investimento. Afinal, como falamos acima, quem não quer lucrar 2 milhões de reais em 1 década? Mas, temos também outras simulações. Confira!

Veja o que acontece em 5 anos!

Acumulado no período: R$ 198.808,25*

* Sem descontar impostos e inflação.

Compare com outros investimentos:

  • Ações – Rentabilidade de 2% ao mês e valor final de R$ 93.866,06
  • FIIs – Rentabilidade de 1,10% ao mês e valor final de R$ 69.021,01
  • Renda Fixa – Rentabilidade de 0,90% e valor final de R$ 64.646,54

Veja o que acontece em 15 anos!

Acumulado no período: R$ 24.193.881,28*

* Sem descontar impostos e inflação.

Compare com outros investimentos:

  • Ações – Rentabilidade de 2% ao mês e valor final de R$ 1.401.089,92
  • FIIs – Rentabilidade de 1,10% ao mês e valor final de R$ 454.085,70
  • Renda Fixa – Rentabilidade de 0,90% e valor final de R$ 361.044,86

Você também vai gostar de saber isso: Como Conseguir Acumular 270 mil reais no Tesouro Direto para a aposentadoria?

Para Investir no Tesouro Direto não é preciso muito e se você já tiver conta em alguma corretora de investimentos, o processo pode ser todo auxiliado. O importante é entender que o prazo do título esteja relacionado com o seu objetivo para a aplicação. Se você quer juntar dinheiro para comprar um carro, o melhor investimento será um, enquanto que, se for para se aposentar, a melhor aplicação financeira será outra.

Todos dentro do Tesouro Direto, claro. A dica fundamental, para todas as aplicações, é nunca tirar o dinheiro antes do vencimento porque, nesses casos, a sua rentabilidade pode ser diminuída ou perdida. No Tesouro Direto, essa é a única forma de você amargar perdas.

Aí, se você manja muito de investimento, então, pode ficar acompanhando o desempenho do seu título. E, se quiser vender o título antes do vencimento, poderá conseguir uma rentabilidade maior. Só que isso não é para os iniciantes. Os bons momentos para a saída precisa ser analisados e estudados com muita técnica.

Como Conseguir Acumular 270 mil reais no Tesouro Direto para a aposentadoria?

Onde não Investir em Forex

Também já falamos aqui que no Brasil não há ninguém e nenhuma corretora que é regulamentada a investir no Forex, por isso, o ideal é apostar em corretoras de valores do exterior.

Bom, mesmo assim, se você acha isso muito complexo, então, vamos listar alguns tópicos que mostram onde, de jeito nenhum, você apostar se quiser ficar rico no Forex. Confira agora!

1 – Traders Independentes: Não temos nada contra, não mesmo. Mas, por não ser regulamentados, então, esses operadores profissionais podem oferecer algum risco ao seu dinheiro. A questão é que você nunca vai saber como esses traders vão operar o seu dinheiro.

Isto porque eles operam das próprias contas, então você terá que adicionar o seu dinheiro na conta de operação dele, no nome dele. Isso, sinceramente, não é legalizado e nem recomendado.

No exterior, por exemplo, você abrirá uma conta de operação em seu próprio nome e vai APENAS autorizar o trader a operar a sua conta. Mas tudo estará no seu nome. E todas as corretoras sérias preveem essa opção usando documentos que funcionem como uma procuração particular.

Para Saber Mais: Quanto ganha um Trader? Essa é a melhor maneira de Ficar Milionário?

Como visto, a profissão é muito variante, logo, não há um salário fixo e nem uma média salarial. Tudo vai depender do volume que o trader opera e do perfil investidor dele, que vai desde o moderado até o agressivo.

Entre os moderados, uma média poderia ser de 2% ao mês, mas para os arrojados, os ganhos costumam ser de, pelo menos, 10% ao mês.

Conclusão da história: como em toda profissão, há aqueles que desempenham bons papéis e aqueles que não fazem o mesmo, logo, há aqueles que podem ficar milionário e aqueles que vão ganhar bem pouco, podendo ter, até mesmo, algumas perdas.

Leia a Notícia na íntegra:

Quanto ganha um Trader? Essa é a melhor maneira de Ficar Milionário?

2 – Fundos de Investimento em Forex: Por que não é indicado? Porque no Brasil não há fundos de investimentos legalizados para investir em Forex e, logo, seu dinheiro não terá nenhuma proteção.

No exterior, a forma certa de investir em forex é através do fundo offshore.

3 – Corretoras Sem Registro no Órgão Competente: Você não estará fazendo nada errado se resolver investir em Forex, desde que seu dinheiro seja enviado para o exterior e para uma corretora confiável que tenha registro nos órgãos competentes.

Por exemplo, no Brasil mesmo que não tenha corretoras legalizadas, se elas existissem para essa operação, teriam que estar listadas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Nos Estados Unidos é a SEC (Security and Exchange Comission) e na Inglaterra é a FSC (Financial Services Authority).

O conselho é certificar-se sobre isso e pesquisar a respeito da corretora antes de fazer o acordo.

Qual a Melhor Corretora para Investir Dinheiro no Tesouro Direto? É sério, quase ninguém sabe isso!

Essa questão é bastante pessoal, já vamos dizendo. É como perguntarmos, qual o melhor banco para movimentar o seu dinheiro? Muitas pessoas vão dizer que é um, enquanto outras vão dizer que é outro.

O fato é que todos têm os seus benefícios e as suas desvantagens, então, caberá ao investidor escolher aquele que melhor lhe representa! Então, como saber qual é a Melhor Corretora de Investimentos para mim?

Bom, além do mais, focamos no Tesouro Direto porque, como você já sabe, se quiser comprar ou vender títulos públicos como o Tesouro Prefixado (LTN), o Tesouro Selic(LFT) ou o Tesouro IPCA+ (NTN-B), assim como qualquer outro, vai precisar abrir conta em uma Corretora, afinal, ela será a intermediária, chamada também de agente de custódia.

Se você ainda não notou, essas Corretoras de Investimentos são as mesmas que os investidores usam para investir na Bolsa de Valores!

Leia o texto até o final, vamos falar também sobre quais as melhores corretoras de investimentos conforme um relatório feito pela Proteste, a associação dos consumidores, que mostrou as que têm o melhor custo-benefício para investir online.

Descubra, abaixo:

Qual a Melhor Corretora para Investir Dinheiro no Tesouro Direto? É sério, quase ninguém sabe isso!

4 – Corretoras Sediadas Em Paraísos Fiscais: A corretora pode estar nesses locais e nisso não há nada de errado, porém você deve se questionar do por que dela estar ali. É apenas à fatores ligados à impostos? Na real, você nunca vai saber a verdade, esse é o problema.

O que acontece é que nesses locais, a legislação é mais frouxa.

5 – Corretoras Fraudulentas: Na maior parte das vezes, essas corretoras agem de formas mais sofisticadas, manipulando o mercado e as operações para que você tenha a impressão de que pode lucrar por muito tempo. Elas não cobram o spread, por exemplo.

Além disso, se elas oferecerem lucros absurdos, então, desconfie. O ideal é nunca investir em qualquer lugar ou com qualquer pessoa que prometa algo que não se pode cumprir. Você já notou que o mercado é volátil, então, há muita oscilação em jogo.

Nenhum programa vai te tornar rico e nenhum trader é infalível. Saiba disso!

O Tipo de Estratégia para usar no Forex

Claro que, como você entendeu, ganhar dinheiro no Forex é possível desde que você saiba em qual moeda investir. Para isso, é preciso uma análise técnica e gráfica, que mostrem os preços e os padrões que se repetem. Além disso, é possível usar táticas que já funcionaram alguma vez.

O jeito é saber escolher a corretora certa e saber equilibrar o risco por operação. Isso significa configurar uma perda máxima em percentual sobre o que você deseja investir. Veja algumas estratégias que podem ser usadas:

Conservadoras

  • De 1 a 2 ordens por vez,
  • Baixo Risco por trade (de 0,25% à 1% no máximo por operação),
  • Excelente Risco/Retorno,
  • Rápida recuperação de queda,
  • Sempre limita a perda.

Moderadas

  • Até 10 ordens por vez,
  • Risco moderado por trade (até 5% por operação),
  • Bom Risco/Retorno,
  • Boa Recuperação de Queda,
  • Sempre limita a perda.

Agressivas

  • Mais de 10 Ordens por vez,
  • Alto risco por trade (ou série de trades),
  • Baixo Risco/Retorno,
  • Difícil recuperação de queda,
  • Nem sempre limita a perda.

O aconselhável? Respeite seu limite e seu perfil de como trader.

Atualmente, existe uma facilidade imensa de acesso à informações acerca do mercado financeiro e com ferramentas para investimentos por meio da internet que dão ao investir todo aparato para os melhores investimentos.

Isso vale muito para os pequenos investidores, também.

5 Fatores Econômicos que afetam o Mercado Forex

Volátil e de acordo com as economias globais. É assim que o mercado forex atua. Há discordâncias, mas a opinião geral é a de que esse é o investimento financeiro mais global que existe nos dias atuais, fato que torna a negociação do Forex dependente de eventos macroeconômicos e com tendências à eventos regionais.

Separamos os 5 principais fatores que tem que ser observados, caso você esteja investindo no mercado Forex.

Indicadores Econômicos: O que são e como são usados nos Investimentos Financeiros?

Mercado Macroeconômico: Impulsiona principalmente sobre as decisões dos comerciantes, que em última instância determina o valor da moeda em um dado momento. Essa “saúde” global é formada por um grande número de eventos que tem bases diárias e pode contribuir para a natureza da moeda, como esses citados abaixo.

Mercado de Capitais: É o indicador mais óbvio, que compõe o mercado de dívida e de capital e é onde estão os mercados mais importantes do mundo. Logo, as informações sobre as operações das empresas, instituições e órgãos do governo respondem à informação recebida, que fazem parte da perspectiva futura da economia.

Comércio Internacional: A balança comercial e sua variação também é importante já mostra os níveis de comércio entre os países, o que pode indicar a demanda por produtos nesta economia. Logo, os países que tem alta demanda internacional pelos serviços, tende a ter uma moeda mais reforçada.

Condições Políticas: A situação política do país desempenha papel de liderança na perspectiva econômica e, portanto, o valor pode ser percebido na sua moeda. Os operadores de câmbio monitoram constantemente as novidades e os eventos políticos.

Relatórios Econômicos: Esses relatórios são a base da negociação e ajuda no planejamento dos comerciantes do mercado forex, já que acompanha o calendário econômico com o fluxo do mercado. O Produto Interno Bruto é um dos relatórios mais óbvios porque defende as diretrizes básicas da operação econômica do país.

5 Dicas de Ouro para Ficar Rico em qualquer investimento financeiro

Djalma Barbieri é investidor e contou um pouco da sua história ao investidordesucesso. Nós separamos algumas partes dessa entrevista e separamos as 5 dicas de ouro para ficar rico em investimentos financeiros, conforme Djalma. Confira.

“Invisto há 10 meses e a minha rentabilidade média mensal está acima de 12%. No total, para o período, fiquei além dos 200% de lucratividade. Porém, eu opero de moderado para agressivo”.

1 – Estude: Todo conhecimento traz vantagens financeiras para os investimentos. Isso é importante. Faça cursos e esteja preparado.

Workshop Gratuito Risco Zero nos Investimentos

2 – Mercado: Foque em um mercado e aprenda tudo que puder sobre ele. Foque em um único investimento no começo. E, somente quando já estiver estabilizado, diversifique os mercados que irá estudar.

3 – Persista: Não se abale por um resultado ruim e se compare à outros investidores para ver se não está fazendo algo da forma errada.

4 – Método: Tenha uma metodologia, pois somente com o método podemos alcançar bons resultados. A proposta tem que ser entrar de cabeça no mercado.

5 – Risco: O manejo de risco é o ponto crucial que vai trazer equilíbrio. Saber fazer o manejo de risco lhe trará sucesso financeiro.

Você Também Pode Gostar de: Peer-to-Peer Lending? Conheça as 5 Principais Vantagens desse Novo Investimento Financeiro

Ele surgiu em 2005 através de uma plataforma inglesa chamada Zopa, que permitiu, pela 1ª vez, que as pessoas emprestassem dinheiro diretamente para outras pessoas ou empresas, via internet. Assim, o peer-to-peer lending é uma forma de as pessoas ou empresas conseguirem empréstimos por meio de outras pessoas, sem a intermediação de um banco.

Sim, é uma iniciativa inovadora e ainda pouco conhecida, mas que traz vantagem para quem pega o empréstimo com baixas taxas de juros, que são bem menores do que ela conseguiria nos bancos, por exemplo.

Já para o financiador, a principal vantagem é que mesmo com juros baixos, a taxa de retorno é maior do que alguns produtos bancários, como o CDB (Certificado de Depósito Bancário) e até mesmo do que o Tesouro Direto, do Governo Federal.

Conheça mais sobre essas duas formas de investir dinheiro:

  1. Tudo o que você precisa saber para Investir em CDB (Certificado de Depósito Bancário)
  2. Como Conseguir Acumular 270 mil reais no Tesouro Direto para a aposentadoria?

Entenda agora como essa forma de investir dinheiro surgiu e por que tem bons ares para dar certo no Brasil, que considerado um país onde poucos bancos controlam tudo, inclusive, as taxas.

O Histórico dos Bancos no Brasil

Desde sempre, as instituições financeiras no Brasil operam da mesma maneira: você poupa o seu dinheiro e aplica no banco, sendo remunerado por isso. Depois, o mesmo banco cede um empréstimo à outra pessoa, com o seu dinheiro, e com um valor bem superior ao que você recebe. Então, essa ação recebe o nome de spread bancário.

Assim, em países com poucos bancos, principalmente no Brasil, a maior parte da clientela fica nesses bancos, em instituições que ditam os termos da relação, tanto com o investidor quanto com o tomador do empréstimo.

Logo, não é a toa que, segundo o Banco Mundial, o Brasil é o 3º maior spread bancário do mundo! Ficando atrás apenas de países como Madagascar e Malawi.

Aí que na última década tem havido uma reviravolta no setor financeiro do país. Com a população cada vez mais conectada e com a internet revolucionando a indústria, nasce as chamadas Fintechs (das quais já falamos aqui no blog), que são empresas que trazem abordagens tecnológicas para c.

Para início de conversa, saiba que as Fintechs tem tudo a ver com o “fenômeno” peer-to-peer. Então, se você anda por fora do que são as Fintechs, leia este artigo agora e descubra tudo.

Peer-to-Peer Lending? Conheça as 5 Principais Vantagens desse Novo Investimento Financeiro

Adeus Bancos? Descubra por que as Fintechs estão revolucionando o setor financeiro global

Serviços Bancários são essenciais, bancos não são”, Bill Gates, em 1994, já havia alertado o mundo sobre esse movimento que hoje, em pleno ano de 2017, ganha força de forma muito veloz!

Novas Regras do Novo Mercado entram em vigor em 2018 na BM&FBovespa

Um segmento especial de governança corporativa da BM&FBovespa, chamado Nível 2, e o Novo Mercado vão ter novas mudanças, que devem entrar em vigor a partir de 2018 com um prazo de 2 anos para que as adaptações das companhias sejam feitas. Antes, foi feita uma consulta pública acerca da modernização dos regulamentos e agora, no meio de março, a audiência passou a ser restrita.

Depois desse período, as 131 companhias listadas no Novo Mercado da Bolsa de Valores e as 19 do Nível 2 vão explanar sobre as mudanças, e 2/3 das companhias precisam aprovar tais alterações, para que elas, de fato, ocorram. A votação das companhias acontece entre os dias 1 e 23 de junho e, posterior à isso, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) deve aprovar o texto final.

A diretora de regulação de emissores da BM&FBovespa, Flavia Mouta, diz que alguns itens apresentados na 2ª fase estão mantidos, outros sofrerão ajustes. Um exemplo disso é a regra sobre ações em circulação que apontava uma necessidade de 25% de free float e com o ajuste, a flexibilização ficará em até 15%, dependendo de caso.

Flavia comenta que o objetivo é deixar as regras mais claras. E, agora, com o novo texto, uma das regras é que cada companhia tenha, no mínimo, 20% de conselheiros independentes ou 2 membros, sempre arredondando para cima. “As companhias vão passar por um processo de aprendizado e em alguma será algo mais mecanizado, mas com o tempo algo mais dinâmico”, diz. Leia Mais!

Com informações do ToroRadar, jornaldodinheiro e investidordesucesso