Sobre Ficar Rico: 15 Filmes sobre o Mercado Financeiro no Netflix

ANÚNCIO

No Mercado Financeiro tudo funciona de forma sistemática. Ainda que seja uma matéria exata, de números, o mercado influencia tanto que pode te fazer perder dinheiro da noite para o dia. O contrário também é válido e você pode Ficar Rico Rapidamente.

A grande sacada é quando você descobre como se proteger das oscilações e consegue fazer seus investimentos renderem bons lucros mesmo na crise.

ANÚNCIO

Se você tem o interesse de estar sempre buscando aprender um pouco mais sobre o Mercado Financeiro, saiba que preparamos este artigo especialmente para você. A ideia é trazer filmes gratuitos – ou melhor, que estão no Netflix e que podem nos ensinar sobre essa área tão importante da nossa vida.

O que podemos aprender com o filme 

Ao longo dos anos, separamos alguns filmes que, mesmo não sendo indicados diretamente para quem quer aprender mais sobre o mercado financeiro, nós traz uma visão sobre o dinheiro. Alguns, de produção nacional, podem ser vistos por toda a família.

Listamos essas matérias, veja:

ANÚNCIO

15 Filmes sobre o Mercado Financeiro no Netflix

Use parte do seu tempo para conseguir aprender mais. A busca pelo conhecimento deve ser constante e para tal, nem sempre será preciso investir também dinheiro – como nos filmes que seguem. Se você tem o Netflix, procure por esses títulos e divirta-se, além de todo conhecimento que vai adquirir.

1 – Steve Jobs (2016)

Três momentos importantes da vida do inventor, empresário e magnata Steve Jobs: os bastidores do lançamento do computador Macintosh, em 1984; da empresa NeXT, doze anos depois e do iPod, no ano de 2001.

2 – A Grande Aposta (2015)

Michael Burry (Christian Bale) é o dono de uma empresa de médio porte, que decide investir muito dinheiro do fundo que coordena ao apostar que o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá quebrar em breve.

Tal decisão gera complicações junto aos investidores, já que nunca antes alguém havia apostado contra o sistema e levado vantagem. Ao saber destes investimentos, o corretor Jared Vennett (Ryan Gosling) percebe a oportunidade e passa a oferecê-la a seus clientes.

Um deles é Mark Baum (Steve Carell), o dono de uma corretora de investimentos que enfrenta problemas pessoais desde que seu irmão se suicidou.

Paralelamente, dois iniciantes na Bolsa de Valores percebem que podem ganhar muito dinheiro ao apostar na crise imobiliária e, para tanto, pedem ajuda a um guru de Wall Street, Ben Rickert (Brad Pitt), que vive recluso.

3 – Um Homem Contra Wall Street (2014)

O pacato Jim Baxford (Dominic Purcell) tem uma adorável família e um bom emprego em Nova York. É feliz. Mas vem a grande crise econômica e ele perde tudo. Irado e cheio de rancor, ele decide se vingar dos culpados com as próprias mãos.

4 – O Lobo de Wall Street (2013)

Durante seis meses, Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) trabalhou duro em uma corretora de Wall Street, seguindo os ensinamentos de seu mentor Mark Hanna (Matthew McConaughey).

Quando finalmente consegue ser contratado como corretor da firma, acontece o Black Monday, que faz com que as bolsas de vários países caiam repentinamente.

Sem emprego e bastante ambicioso, ele acaba trabalhando para uma empresa de fundo de quintal que lida com papéis de baixo valor, que não estão na bolsa de valores.

É lá que Belfort tem a ideia de montar uma empresa focada neste tipo de negócio, cujas vendas são de valores mais baixos mas, em compensação, o retorno para o corretor é bem mais vantajoso.

Ao lado de Donnie (Jonah Hill) e outros amigos dos velhos tempos, ele cria a Stratton Oakmont, uma empresa que faz com que todos enriqueçam rapidamente e, também, levem uma vida dedicada ao prazer.

No último tópico deste artigo teremos uma observação sobre o filme aqui citado. O Lobo de Wall Street, apesar de ser indicado, tem algumas mentiras que precisam ser desmitificadas. Leia até o Fim!

5 – Até que a Sorte nos Separe (2012)

Tino (Leandro Hassum) é um pai de família comum que vê sua vida virar de ponta a cabeça após ganhar na loteria. Levando uma vida de ostentação ao lado da mulher, Jane (Danielle Winits), ele gasta todo o dinheiro em 15 anos.

Ao se ver quebrado, Tino aceita a ajuda do vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), um consultor de finanças super burocrático e que por sinal vive seu próprio drama ao enfrentar uma crise no casamento com Laura (Rita Elmôr).

Tentando evitar que Jane descubra a nova situação financeira, afinal ela está grávida do terceiro filho não pode passar por fortes emoções, Tino se envolve em várias confusões para fingir que tudo continua bem.

Para isso, conta com ajuda do melhor amigo, Adelson (Aílton Graça), e dos filhos.

O que podemos aprender com o filme “Até que a Sorte nos Separe”

6 – A Negociação (2012)

Às vésperas de vender sua empresa milionária, Robert Miller (Richard Gere), um magnata da bolsa de valores, envolve-se em um acidente automobilístico causando a morte de uma pessoa.

Para preservar sua imagem, ele esconde sua responsabilidade no caso. Mas um investigador (Tim Roth) está disposto a descobrir o verdadeiro culpado, sabotando todos os planos de Robert.

7 – O Homem que Mudou o Jogo (2012)

Billy Beane (Brad Pitt) é o gerente do time de baseball Oakland Athletics.

Com pouco dinheiro em caixa e a ajuda de Peter Brand (Jonah Hill), ele desenvolveu um sofisticado programa de estatísticas para o clube, que fez com que ficasse entre as principais equipes do esporte nos anos 80.

8 – Margin Call: O Dia Antes do Fim (2011)

Peter Sullivan (Zachary Quinto), Seth Bregman (Penn Badgley) e Will Emerson (Paul Bettany) trabalham no setor de riscos em uma corretora, que está realizando uma série de demissões.

Cerca de 80% do setor em que trabalham foi demitido, entre eles o chefe do trio, Eric Dale (Stanley Tucci).

Ao pegar o elevador Eric entrega a Peter um pen drive, que contém algo em que estava trabalhando no momento. O alerta para que tomasse cuidado com o conteúdo chama a atenção de Peter, que fica após o horário de trabalho para dar uma olhada no arquivo.

Logo ele descobre que trata-se de uma análise da volatilidade da empresa, que indica que há duas semanas ela ultrapassou e muito o limite de risco o qual pode correr.

Desta forma a empresa está prestes a falir, o que provoca uma reunião de emergência com diversos setores da empresa, entre eles seu dono, o acionista John Tuld (Jeremy Irons).

9 – Trabalho Interno (2010)

Em 2008, uma crise econômica de proporções globais fez com que milhões de pessoas perdessem suas casas e empregos.

Ao todo, foram gastos mais de US$ 20 trilhões para combater a situação.

Através de uma extensa pesquisa e entrevistas com pessoas ligadas ao mundo financeiro, políticos e jornalistas, é desvendado o relacionamento corrosivo que envolveu representantes da política, da justiça e do mundo acadêmico.

10 – Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme (2010)

Após cumprir pena por fraudes financeiras, Gordon Gekko (Michael Douglas) deixa a prisão.

Impossibilitado de operar no mercado financeiro, ele dedica seu tempo a realizar palestras e a escrever um livro, onde critica o comportamento de risco dos mercados.

Um dia, após uma das palestras, ele é abordado por Jacob Moore (Shia LaBeouf), um operador idealista do mercado de Wall Street. Ele vive com Winnie (Carey Mulligan), filha de Gekko que não fala mais com ele, e usa esta proximidade para conseguir sua atenção.

Jacob quer conselhos sobre como agir com Bretton James (James Brolin), um grande investidor que fez com que seu mentor, Lewis Zabel (Frank Langella), tivesse que vender sua tradicional empresa por uma ninharia. Gekko decide ajudá-lo, pedindo em troca que Jacob o ajude a se reaproximar de Winnie.

11 – A Procura da Felicidade (2006)

Chris Gardner (Will Smith) é um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar de todas as tentativas em manter a família unida, Linda (Thandie Newton), sua esposa, decide partir.

Chris agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher (Jaden Smith), seu filho de apenas 5 anos. Ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor, que lhe dê um salário mais digno.

Chris consegue uma vaga de estagiário numa importante corretora de ações, mas não recebe salário pelos serviços prestados.

Sua esperança é que, ao fim do programa de estágio, ele seja contratado e assim tenha um futuro promissor na empresa. Porém seus problemas financeiros não podem esperar que isto aconteça, o que faz com que sejam despejados.

Chris e Christopher passam a dormir em abrigos, estações de trem, banheiros e onde quer que consigam um refúgio à noite, mantendo a esperança de que dias melhores virão.

12 – As Loucuras de Dick & Jane (2005)

Dick (Jim Carrey) e Jane (Téa Leoni) formam um casal que vive confortavelmente, até ele ser demitido.

As dívidas se acumulam cada vez, deixando-os em estado caótico. Para manter o padrão de vida que levavam eles decidem realizar pequenos roubos.

Após um início cheio de problemas, eles se vêem diante do golpe que pode deixá-los milionários.

13 – O Primeiro Milhão (2000)

Seth Davis (Giovanni Ribisi) um jovem trambiqueiro que montou um pequeno cassino em seu apartamento e possui dois sonhos na vida: ganhar seu primeiro milhão de dólares e conquistar o respeito do pai, um importante juiz federal.

Para isso, ele tenta deixar de lado sua vida ilegal e sai em busca de um emprego de verdade.

Consegue uma vaga numa empresa que promete transformar seus empregados em milionários. Mas a felicidade dura pouco, pois logo Seth descobre que existe algo de na empresa.

14 – Wall Street: Poder e Cobiça (1987)

Nova York, 1985. Bud Fox (Charlie Sheen) é um jovem e ambicioso corretor que trabalha no mercado de ações. Após várias tentativas ele consegue falar com Gordon Gekko (Michael Douglas), um inescrupuloso bilionário.

Durante a conversa Bud sente que precisa dar alguma dica muito quente para ter a atenção de Gekko e então lhe fala o que seu pai, Carl Fox (Martin Sheen), um líder sindical, tinha lhe dito, que a Bluestar, a companhia aérea para a qual trabalha, ganhou um importante processo.

Esta informação não foi ainda divulgada oficialmente, mas quando isto acontecer as ações terão uma significativa alta.

Gekko o adota como discípulo e logo Bud trabalha secretamente para Gekko, abandonando qualquer escrúpulo, ética e meios lícitos, pois só quer enriquecer.

Bud obtém sucesso, o que faz seu padrão de vida mudar. Além disto se envolve Darien Taylor (Daryl Hannah), uma decoradora em ascensão, mas se os ganhos são bem maiores, os riscos também são.

15 – Trocando as Bolas (1983)

Louis Winthorpe III (Dan Aykroyd) é um executivo de sucesso que, assim como o negro marginalizado Billy Ray Valentine (Eddie Murphy), que vive de pequenos golpes, tem sua vida muito mudada quando dois riquíssimos corretores, Randolph Duke (Ralph Bellamy) e Mortimer Duke (Don Ameche), apostam sobre qual o fator preponderante que determina o sucesso de uma pessoa.

Mortimer crê que é o genético, enquanto Randolph acredita que seja o meio social. Assim fazem acontecer desgraças com Louis, enquanto Billy Ray tem uma mudança tão brusca de status que inicialmente se desconcerta, sem imaginar que agora tem a casa, o carro e o emprego de Louis.

Sobre Ficar Rico: 15 Filmes sobre o Mercado Financeiro no Netflix
Reprodução: Google

Bônus: Billions (2016)

Além dos filmes citados, não podemos deixar de falar também da série que tem dado o que falar: Billions. Ao todo são 24 episódios, divididos em 3 temporadas.

No mundo das altas finanças de Nova York, o Procurador de Justiça Chuck Rhodes (Paul Giamatti) bate de frente com o brilhante e ambicioso Bobby “Axe” Axelrod (Damian Lewis).

Bônus 2: Enron – Os Mais Espertos da Sala (2005)

É um documentário que também tem a ver com o Mercado Financeiro.

Um estudo sobre um dos maiores escândalos corporativos da história dos Estados Unidos, em que executivos da Enron, a 7ª maior companhia do país, fugiram com bilhões de dólares e deixaram acionistas e investidores sem um único tostão.

Através de depoimentos e gravações é mostrada como funcionava a hierarquia interna na Enron.

Benefícios do Netflix

Bom, em 1º lugar se você ainda não sabe os motivos pelo qual assinar Netflix é vantajoso, então selecionamos alguns dos principais benefícios. São aqueles mais óbvios e também os mais reais. Tudo está explicadinho em tópicos e de forma bem sintetizada. Dê uma olhada aí para descobrir, depois, como ganhar dinheiro com o Netflix:

1 – Comodidade: Você pode assistir onde estiver, a hora que quiser e no dispositivo que quiser. Ou seja, pode ser na televisão, no notebook, tablet, celular, vídeo game. E não é como alguns canais de televisão que “alugam” os filmes que tem que ser vistos até certa data.

Ele é liberado até que o filme seja, de fato, excluído da biblioteca, se é que isso vá acontecer.

2 – Qualidade: Você paga por um preço único e tem qualidade em todos os filmes. Se você estava acostumado a ver filmes online, saiba que não existe essa de ter aquelas gravações feitas de dentro do próprio cinema. Todos são de qualidade, como se tivesse ido buscar na locadora.

3 – Perfil: Você pode escolher perfis diferentes. Tem a assinatura básica e aquelas mais caras. As diferenças não são muitas, mas claro que você tem todo direito de escolher aquela que melhor te satisfaz.

Se você ainda não sabe, fizemos uma breve tabela para que você veja quais são os 3 perfis existentes!

Considere que o Ingresso do Cinema no Brasil é um dos mais caros do Mundo

Essa informação foi considerada por uma pesquisa feita pelo professor Samy Dana, da Escola de Economia de São Paulo, que apurou os preços das entradas de cinema em 15 cidades do país. Assim, o preço médio do cinema no Brasil foi comparado com outros 18 países dos 5 continentes.

Os resultados: o bilhete mais em conta fica na Singapura e o mais caro, na Nigéria. “Não por coincidência, a Nigéria possui uma política de meia-entrada bastante semelhante à do Brasil”, diz o professor, lembrando que outros países oferecem descontos de 30% para idades especificas, como crianças, jovens e idosos.

Por fim, o professor diz que os ingressos dos países que formam os BRICS (BrasilRússiaÍndiaChina e África do Sul), no qual está o Brasil, estão entre os mais caros do planeta.

Outra pesquisa foi feita pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e mostrou que enquanto o ingresso no Brasil custa em torno de 20 reais, em Nova York, ele sai por pouco mais de 16 reais.

Se os valores do ingresso fossem comparados ao salário mínimo, então, o ingresso brasileiro é mais caro do que de Paris, Tóquio e Londres.

“Se consideramos que 40% da população brasileira recebe o salário mínimo, vamos ver que o acesso à esse bem cultural é dificultado. O consumo está crescendo entre as classes C e D, mas seria interessante que pudesse aumentar também o consumo de cultura”, diz o coordenador da pesquisa, Guilherme Varella.

O Lobo de Wall Street – saiba como analisar os filmes que falam de dinheiro…

Se você gosta de cinema, provavelmente já viu um filme chamado “O lobo de Wall Street”, estrelado por Leonardo Di Caprio.

E, depois de assistir, você deve ter pensado: “Investimento não é pra mim”.

Mas, pode ficar tranquilo, que nós vamos desmistificar algumas informações, ok?

Mentira 1: Vivemos em iates e em festas todos os dias.

Isso não faz o menor sentido.

Primeiro você precisa entender que as pessoas que investem dificilmente tem o hábito de ostentar. Porque pra elas, ostentar é sinônimo de viver em função do que os outros pensam. E ter essa vida em prol dos outros faz com que os seus gastos aumentem e você gaste mais do que ganha, caminhando para a mentalidade da pobreza.

De fato, quem vai querer ostentar com iates e festas são os filhos e sobrinhos dos investidores. E também os netos dele.

Eu estou nesse mercado há 13 anos e isso nunca me aconteceu. O que a gente faz é estar sempre com a família e com os amigos.

De segunda a sexta a gente trabalha, para chegar ao final de semana e dar aquela relaxada com a família. Mas, sem ostentar.

Conheço muita gente desse mercado que é, aliás, totalmente contra esse mau comportamento.

Que fique claro: iates e festas só acontecem em Hollywood.

Mentira 2: Só investe quem tem muita grana.

No mesmo filme que citei logo no começo do vídeo, o personagem principal – vivido por Leonardo Di Caprio – está montado no dinheiro. A impressão que fica é que aquela realidade está muito distante da nossa realidade.

Mas, você sabe quanto precisa ter para começar a investir?  

Você precisa ter o que sobra no final do mês. É a subtração do quanto você ganhar menos o quanto você gasta, seja, 100, 50 ou 70 reais.

Você investe e começa a receber juros. Assim, aos poucos, seu investimento vai ficando cada vez mais denso.

A gente vai ter um vídeo falando sobre isso, mais pra frente.

Então, essa história que tem que ter muita grana e que tem que ser um milionário para poder começar a investir é mentira e só acontece em filmes!

Mentira 3: Seu local de trabalho parece um harém.

Rodeado de mulheres lindas, poderosas, com champanhe, um telão de led…

É mentira!

Só para você ter uma ideia, a maioria das pessoas que eu conheço e que investem no mercado financeiro, trabalham em casa.

Você precisa de muito pouco para começar a investir: um computador, uma internet e um local tranquilo.

Com isso, por mais simples que possa parecer, você está apto a ser um grande investidor.

Em resumo, fica a dica: da próxima vez que vocês assistiram algum filme de Hollywood, que vai dar ênfase ao mercado financeiro e aos investimentos, prestem bastante atenção, combinado?

Com informações do AdoroCinema

ANÚNCIO