Quer ficar rico em 2019? Não faça esse tipo de coisa!

Você sabia que pequenos hábitos podem comprometer as suas finanças? Sim, é verdade. Tem coisas que fazemos, mesmo sem perceber, que prejudicam demais nossa saúde financeira.

É como deixar de caminhar toda manhã ou comer aquele lanche gorduroso na hora de jantar… Faz mal para a saúde. Do mesmo modo, algumas coisas fazem mal para o bolso também.

Esses são chamados hábitos que empobrecem e esse é o assunto que vamos trazer à tona hoje!

Portanto, fique ligado porque tem algumas dicas interessantes para você e que vai fazer você pensar assim: “nossa, como eu não havia percebido isso antes”.

Talvez você não saiba que controlar o dinheiro é algo que realmente vai fazer sentido para você porque vai te trazer segurança, conforto e até mesmo vai te ajudar a controlar o estresse.

Logo, o simples fato de ter dinheiro não importa, mas saber lidar com ele sim. E esse é um ótimo começo para quem quer evitar doenças e ficar rico, tudo ao mesmo tempo. Leia e entenda!

Quer ficar rico em 2019? Não faça esse tipo de coisa!

Comer fora de casa!

Comer fora de casa não é pecado.

Mas, comer fora de casa todo dia está perto de ser!

Olha: os hábitos são pequenos, mas eles podem sim fazer muita diferença na sua vida.

Você já parou para pensar o quanto você está gastando só para passar ali naquela padaria de manhã para comer aquele pãozinho de queijo com aquele cafezinho açucarado?

Você sabe que se você comer em casa você vai economizar muito dinheiro né?

Além da padaria, considere o gasto que você tem no restaurante também.

Esses pequenos hábitos de comer fora de casa um pouquinho aqui e um pouquinho ali no final do mês são gastos bem altos. Portanto, eles fazem muita diferença.

Não saber quanto gasta!

Inclusive, as pequenas despesass podem comprometer a vida de uma família inteira.

E se você não sabe, o problema com dinheiro é a 2ª maior causa de divórcios no Brasil.

É comum ver casais que precisam de ajuda para as finanças, sendo que a resolução é muito simples: anotar o que e quanto se gasta.

Sim, é um exercício simples que quase ninguém faz. Só que o resultado da falta desse hábito é desastroso!

Em primeiro lugar, sem anotar, vocês estarão gastando as grandes e as pequenas coisas do seu salário. Só que não vai notar isso.

Então, o melhor jeito é anotar tudo, até mesmo as pequenas coisas: estacionamento do carro, o pedágio, aquele lanchinho fora de casa…

O resultado vai ser um só:  depois de certo tempo você vai chegar à conclusão que gasta quase um salário mínimo com pequenas coisas. E um salário mínimo é muito dinheiro, viu.

Esquecer os pequenos gastos!

Esses pequenos gastos são aqueles que passavam despercebidos, portanto, aquele cafezinho e aquele pãozinho na padaria podem estar fazendo a diferença nas suas finanças!

E por falar em comer fora de casa, você já viu alguém dizer assim:

“Eu trabalhei para caramba essa semana. Por isso, eu mereço sair para comer fora”.

Você sabia que este “eu mereço comer fora de casa” também é traduzido, outras vezes, como “comprar uma roupa nova”, por exemplo?

Se toda vez que você trabalhar muito você fazer tudo que gosta e gastar o dinheiro, o seu trabalho só vai pagar esse bem estar e mais nada.

E sim, esse “merecimento” também faz parte dos pequenos gastos.

Deixar a reserva de lado!

Por último, uma coisa que você faz e te empobrece a cada dia é deixar a reserva financeira de lado.

O quê? Você não sabe o que é isso?

Vixe!

Sabe aquele dinheiro que você sempre gasta fazendo alguma coisa que você gosta? Então, se isso sempre acontece você fica sem para montar a sua reserva.

E a sua reserva é um dinheiro que você tem que ter, bem guardadinho, para usar para imprevistos.

O que é isso?

A gente usa o nome de reserva de emergência porque as pessoas fazem dele como um colchão financeiro.

Isto é, aquele dinheiro que deve ficar guardado para algum fim proposital.

Então, ao invés de usar no colchão, considere que ele deve estar investido em boa liquidez, num produto que tenha boa rentabilidade, mas que esteja á sua disposição a qualquer momento também.

E já que o assunto é esse, saiba que recentemente fizemos um artigo falando exatamente como montar e quando usar a sua reserva de emergência!

Esse é um pensamento inteligente e que muitos ricos têm… Se você nunca pensou nisso está mais do que na hora de mudar a chavinha da sua vida.

Descubra como ver a reserva de emergência de uma forma mais rica:

Reserva de Emergência – quando, onde e por quê?