O Felipe Miranda é um picareta? Surpreenda-se com a carteira do fundador da Empiricus

Você pode achar que esse texto é tendencioso ou opinativo demais. Mas, não é. A ideia não é exatamente responder à pergunta que citamos acima (o Felipe Miranda é um picareta?). No entanto, o objetivo está justamente em falar um pouco mais desse profissional.

A qualidade pejorativa de “picareta” que muita gente usa é pelo fato de que o Felipe é um dos digitais influencers com menos papa na língua que a gente tem no Brasil. Inclusive, isso tem os seus motivos para ter acontecido. Vamos citar dois exemplos breves para você contextualizar.

No ano de 2014, a Empiricus, que é a empresa do Felipe, lançou uma tese, “O Fim do Brasil”. No caso, o PT (Partido dos Trabalhadores) entrou com uma ação na justiça. Em 2019, a Bettina, de 22 anos, disse que transformou R$ 1.500 em R$ 1 milhão em 3 anos.

Independente do fim da história, saiba que isso colocou a Empiricus entre as empresas mais faladas do país. Logo, muita gente começou a falar que o Felipe Miranda é um picareta. Só que independente disso, o que dá para ter certeza é que ele é um bom investidor.

E para fechar o tópico, antes de falarmos da carteira dele, saiba que a Empiricus tem mais de 290 mil assinantes. Assim, é responsável por citar e ditar o mercado, com recomendações de compra e de venda.

A carteira de investimentos do Felipe Miranda

Como falamos acima, a ideia não é responder à pergunta para saber se o Felipe Miranda é um picareta. Mas, sim falar dele como investidor. Por curiosidade, saiba que ele é formado em Economia pela USP (Universidade de São Paulo) e é mestre em finanças pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Já sobre o investimento dele, aqui temos uma grande surpresa: ele diz que tem uma carteira conservadora e bastante simples. Logo, o resultado é: 65% de ativos no Tesouro Direto e 35% em fundos de ações. Logo, não investe em títulos privados.

E como a gente sabe disso? Foi o que ele falou em uma entrevista que está no Youtube, a qual vamos mencionar no final do artigo. Por aqui, fique sabendo que ele vê o Tesouro como o investimento mais seguro do país. Por isso, se permite focar na renda variável, também.

Assim, acaba usando a ideia do Nassim Taleb, que é um influenciador de finanças e diz que é preciso separar o risco do não risco. Aliás, antes disso, vamos detalhar um pouco mais dos investimentos do Felipe.

Os ativos que o Felipe tem na carteira

Daqueles 65% dos investimentos feitos no Tesouro Direto, saiba que o Felipe deixa 10% deles para a reserva de emergência. Enquanto que dos 35% da renda variável, tudo fica em fundos de ações, ou seja, em FIAs.

Agora, parece estranho que uma pessoa que indica a compra de ações não faça investimentos diretos em ações, concorda? Felipe tem uma explicação para isso. Inclusive, ele falou disso abertamente ao citar a instrução 483 da Comissão de Valores Imobiliários.

Mas, o que isso quer dizer? Que por ser analista e ter ativos financeiros sobre recomendações, o que ele procura é evitar o conflito de interesse entre analistas e clientes. Uma curiosidade: os 35% da renda variável é muito agressivo para a maioria dos investidores, ele diz.

A proteção através do Tail Hedging

Agora temos um ponto bem bacana do texto que pode fazer você saber se o Felipe Miranda é um picareta. Estamos falando de uma estratégia de investimento que ele usa e que faz todo sentido para o investidor que quer ter uma carteira protegida.

A ideia é proteger os cisnes negros do mercado. Ou seja, os eventos inesperados que podem causar grandes impactos na economia. Por exemplo, o atentado terrorista de 11 de setembro de 2001, o Joesley Day de 2017 e até mesmo a greve dos caminheiros em 2018.

Logo, a estratégia é como um seguro de carro. Assim, você paga um valor mensal para ter a proteção. Obviamente, é um dinheiro que você perde, mas que dá essa segurança. No caso das ações, isso é feito através das opções de vendas, ou simplesmente PUTs.

Mas, o Felipe pode ser um picareta também

Se por um lado a gente mostrou que o Felipe não é um picareta porque usa uma boa ideia de estratégia de investimentos, saiba que por outro ele pode ser, se você o ver assim. Logo, se você é alguém que pensa na bolsa de valores no longo prazo, as PUTs não fazem sentido.

Felipe Miranda é um picareta

Obviamente, você não tem que acertar o timing do mercado financeiro. Logo, mesmo com as baixas do mercado, ou com os cisnes negros, se você faz escolhas inteligentes, com a análise fundamentalista, o seguro pode não fazer sentido para você.

Portanto, dá para ver que a opção de ser um assinante da Empiricus é escolha de cada investidor. E como em todo mercado de renda variável não há certo ou errado. Mas, tudo vai depender do perfil, da análise e da escolha de cada investidor.

O mesmo vale para responder à pergunta inicial do artigo: Felipe Miranda é um picareta?

O vídeo na íntegra do Felipe Miranda

Para terminar o texto, como prometemos lá em cima, saiba que há um vídeo, que foi produzido pelo canal do Primo Rico, que mostra a maioria das informações que citamos acima. Especialmente, sobre onde o Felipe Miranda investe.

O vídeo tem pouco mais de 22 minutos e tem mais de 338 mil visualizações. A publicação é de 2017 e gerou milhares de comentários. Você pode assistir na íntegra acima.