Saiba como falar de finanças de forma natural com os seus filhos

ANÚNCIO

A gente tem que combinar que falar de finanças de forma natural aqui no Brasil não é nada comum. A gente vive em um país que, infelizmente, não se dedica a ensinar ou falar sobre o assunto. E o resultado também é bem ruim: mais de 60 milhões de endividados.

Agora, você sabia que dá para reverter essa situação? Como? São vários os jeitos. E um deles é ir mudando esse cenário ao inserir o assunto na vida dos seus filhos, desde cedo. Quanto mais relacionados e compreendidos os temas forem na vida deles, mais preparados eles estarão.

ANÚNCIO

Saiba como falar de finanças de forma natural com os seus filhos

Por isso, saiba que existem situações simples e que podem ser consideradas no dia a dia da sua família. Especialmente se você tem filhos pequenos, adolescentes, jovens ou até mesmo adultos. E você tem a missão de fazer com que o assunto não se chato, viu!

Abaixo, a gente separou algumas situações que são corriqueiras na vida de muitas famílias brasileiras e que se transformam em verdadeiras oportunidades de falar sobre o dinheiro. Essa pode ser a sua chance de deixar esse tabu de lado e fazer do seu filho alguém mais educado financeiramente. Confira!

ANÚNCIO

1 – PRESENTES

Os presentes que são dados e ganhados em todas as datas especiais são as principais formas que se tem para falar sobre dinheiro com os seus filhos. Isso porque sempre vai existir aquela situação mais constrangedora ou mais inconveniente.

O seu filho pode querer o brinquedo igual do amigo, pode querer um brinquedo mais caro, pode querer dois brinquedos ao invés de um, pode querer um brinquedo ao invés de uma roupa, pode querer várias coisas… E aí é o momento de você abrir o jogo.

Não existe um certo ou um errado sobre o que se deve falar, mas o fato é que você tem que ter consciência financeira de ver que ele ainda não entende sobre o tema e por isso não vê o que significa o preço de cada produto.

Isso quer dizer que você não deveria dar qualquer presente a ele e deveria, sim, evitar dar os mais caros, inclusive, explicando os motivos disso. Existem muitas formas de presentear hoje em dia, sendo que uma boa parte delas não tem a ver com presentes caros.

Confira 5 dicas financeiras para organizar o nascimento de um filho

2 – MERCADO

Em determinadas fases da vida é muito complicado levar os filhos ao mercado na hora de fazer compras. E nisso a gente concorda. No entanto, evitar leva-lo durante a infância toda não é uma boa ideia porque você afasta ele desse hábito que toda família tem.

Por isso, aqui temos mais uma das formas de falar de finanças de forma natural. Afinal, você pode leva-lo e mostrar como é importante pesquisar preços, verificar a validade dos produtos, testar novas marcas, fazer uma lista de compras, etc.

Considere que a ida ao mercado vai dizer muito sobre quem ele será no futuro. Por isso, talvez para você que é pai ou mãe, esse é o momento no qual você deveria dedicar mais tempo à fazer compras e falar sobre isso com o seu filho.

Evite afastá-lo demais de temas importantes do dia a dia, como é o de comprar alimentos no mercado. Essa é uma atitude que ele vai ter que tomar quando for independente e só você pode ensiná-lo a tomar os melhores caminhos. Porque a escola não vai fazer isso, tá!

3 – VIAGENS

Um próximo tópico a ser considerado é o de viagens. Esse assunto, inclusive, costuma ser muito legal para muitas famílias porque, geralmente, representam momentos de lazer e descontração. Assim sendo, considere usar como gatilho para inserir as finanças como tema a ser estudado.

A dica é que quando você for planejar uma viagem, você convide o seu filho a pensar junto contigo. É muito importante que ele entenda que viajar já é legal por si só, mas, além disso, ele deve considerar também os preços, os valores, os custos.

E mais do que isso, tem que considerar que será preciso fazer uma boa economia mensal para que a viagem aconteça no fim do ano, por exemplo. Aliás, você vai se surpreender com os resultados porque eles podem ser muito mais colaborativos do que você pensa, viu.

E as viagens, na verdade, são temas corriqueiros em muitas famílias que pode ensinar muito. Como falamos, o planejamento vai desde a escolha do destino da viagem até mesmo a criação de um orçamento específico e a realização do sonho. É um verdadeiro processo de aprendizagem, que vai ensinar a ele muito mais do que você mesmo imaginaria.

Bônus – EXEMPLOS!

Saiba como falar de finanças de forma natural com os seus filhos

Para terminar este conteúdo, saiba que os filhos aprendem com exemplos e isso está provado em vários estudos e pesquisas. Por isso, mais do que falar e mais do que mandar ou explicar você vai precisar fazer aquilo que está propondo.

Não adianta dizer para o filho pesquisar o preço dos produtos no mercado se você não faz isso. Assim como não adianta dizer que um brinquedo está muito caro se você der a ele esse mesmo produto na data de aniversário. É preciso ir além do falar.

E sim, saiba que dar os melhores exemplos é o melhor jeito de falar de finanças de forma natural. Mas, também existem outros, como aqueles que citamos acima. O conjunto de tudo é que vai fazer a diferença na vida futura dos seus filhos. Pense nisso!

Deixe de ser o papai ou a mamãe que pensa do tipo “faça o que eu falo” para ser aquele do tipo “faça o que eu faço”. Isso costuma funcionar muito melhor, em todas as situações.

ANÚNCIO