Por que Praticar Exercícios Físicos pode te fazer Economizar Muito Dinheiro?

Você já pensou em economizar tempo, economizar dinheiro, diminuir o estresse, produzir mais, melhorar o humor e ainda colaborar com o meio ambiente?

Se você não pensou, deveria. Como visto, os benefícios são muitos. E para isso, não precisa muito, se não fazer uma breve mudança: trocar o carro pela bicicleta. Ah, para difícil, mas não é, não. Você não precisa vender o carro, mas já pode começar comprando uma bicicleta!

Não vamos falar item por item, mas vamos usar um bem especial para simplificar os pontos positivos que essa mudança de hábito pode trazer: a economia de dinheiro, que é feita com combustível, estacionamento, seguro, IPVA, troca de óleo, pintura, mecânica, balanceamento…

7 Maneiras de Economizar Dinheiro com o Carro, um dos grandes vilões do orçamento doméstico!

Na bicicleta até tem alguns gastos, mas beeeem menores!

Isso sem contar que o custo para adquirir o “bem”, você gastará bem menos.

Bom, mas esse foi só um exemplo para falarmos de como economizar dinheiro na prática de exercícios físicos.

Leia outras notícias sobre o dinheiro e o carro:

Economizar Dinheiro na Academia

O motivo não importa: pode ter um corpo estrutural, se tornar um vencedor em fisiculturismo, ganhar resistência física ou simplesmente conseguir chegar ao peso ideal. O fato é que a academia é uma das melhores opções para quem gosta (ou precisa) cuidar da saúde.

No entanto, como quase tudo na vida, frequentar a academia envolve dinheiro. E, normalmente, não é pouco: personal trainer, vitaminas, suplementos, alimentação diferenciada, estacionamento e locomoção, e, por fim, a mensalidade, além das taxas de matrículas… São alguns dos gastos.

E, na verdade, analisando friamente, não há muitas alternativas para economizar dinheiro na academia. O que o “atleta” poderia fazer é ir de pé até a academia, comprar suplementos mais baratos, consumir as vitaminas das frutas e conseguir algum desconto na matrícula. Nada muito além disso.

A alternativa é conseguir manter os objetivos fora da academia.

Como Praticar Exercícios Físicos Sem Ir à Academia?

Atualmente, existem algumas alternativas que pode te ajudar e muito a economizar dinheiro, mesmo que você tenha o objetivo de cuidar da saúde. O que é importante, de fato.

Então, os exercícios ao ar livro são as melhores opções.

Como? Em praças, parques, praias, ruas… Onde você quiser, praticamente.

Ah, então, você pode estar pensando: “Mas nesses lugares públicos não tem os aparelhos de musculação, não tem os pesos, as pranchas, as esteiras”.

É verdade, não tem mesmo. Todo conforto, tem custos.

Se você não tem muito dinheiro para “investir” na sua saúde, precisa procurar alternativa.

Por que Praticar Exercícios Físicos pode te fazer Economizar Muito Dinheiro?

Reprodução: Google

E sim, nesses espaços públicos você pode obter bons resultados das seguintes formas:

  • Alongamentos: pode fazer em casa, inclusive,
  • Abdominais: é fácil de fazer e nem precisa de aparelhos. Uma forma excelente de fazer abdominais é pulando corda, sabia?
  • Bicicleta: pedalar é uma boa forma de praticar exercícios físicos,
  • Esportes no Geral: Vôlei, Futebol, Skate, Patins…

Vamos falar sobre como “montar” uma academia em casa, no final do artigo!

O mais importante de tudo é notar que o exercício físico é importante para a nossa vida e quando associado à uma dieta saudável gera excelentes retornos, não apenas físicos, mas mentais, também.

A prática de exercícios físicos reduz doenças, inclusive, aquelas causadas pelo estresse do trabalho, pelo atrofiamento de músculos, pela postura ruim diante de uma cadeira em um escritório e melhora a capacidade cardiorrespiratória, ventilando os pulmões.

Um dado importante é que, conforme o IBGE, mais de 80% da população brasileira é sedentária, assim não praticam nenhuma atividade física.

1º Passo: A Caminhada

A caminhada é uma das melhores opções para fazer exercícios físicos sem gastar dinheiro. Isso porque ela é possível de ser praticada por quase toda a população mundial e em qualquer lugar, até dentro do próprio condomínio é possível.

E, para isso não é preciso muito: basta um tênis confortável, um ambiente propício e muita disposição. Roupas leves também são aconselháveis e a hidratação é fundamental.

Aí, o ideal é levar a caminhada a sério e isso só é possível quando a pessoa cria uma rotina, diária, em horários específicos. Assim, com o tempo, o corpo vai sentindo os benefícios da atividade física, sendo que até mesmo o ritmo muda, aumentando e tornando-se mais saudável.

Ganhar Dinheiro nunca foi tão fácil… Mas, Como ter Sucesso Financeiro?

É muito difícil contar o número de passos, mas apenas como forma de informação, os especialistas dizem que o ideal é 10 mil passos por dia.

Mas, entenda que vale muito a pena começar. Só o fato de sair do sedentarismo, já é um começo muito importante. Para tal, comece de forma leve e com o tempo vá aumentando o ritmo e o tempo.

O que queremos que você entenda é que a falta de dinheiro não pode ser uma desculpa para que você faça parte dessa grande porcentagem da população.

No decorrer desse texto, vamos explicar como praticar exercícios pode te fazer economizar um bom dinheiro no final do mês ou do ano.

Remédios ficam 12,5% mais caros

Ah, nem precisa falar muito, não é? Os remédios aumentam periodicamente e, em boas vezes, ficam acima da inflação. Logo, você paga cada vez mais caro por esses “ingênuos” comprimidos.

Claro que vai depender do seu problema de saúde, mas na maior parte das vezes, você consegue deixar de comprar remédio quando começa a praticar exercícios físicos. Lógico, esses exercícios melhoram muitos “problemas” que você tem, seja a dor de cabeça, dor nas pernas, o cansaço, a insônia, entre outros.

Por que Praticar Exercícios Físicos pode te fazer Economizar Muito Dinheiro?

Reprodução: Google

Bom, e se você está pensando “mas eu pego remédio no postinho”, saiba que, conforme algumas pesquisas, quem toma muito remédio tende a ter mais efeitos colaterais. Portanto, quando você tem efeitos colaterais, o que faz para sanar isso? Toma mais remédio!

No fim, vira um ciclo vicioso.

A melhor alternativa para o tratamento de doenças sempre vai ser as formas naturais, como a prática de exercícios físicos. Claro que temos exceções, com doenças mais graves e consideradas, ainda sem cura, mas esses casos são minoria.

Leia Também: 10 Cuidados na hora de economizar dinheiro com a compra de remédios

Você já parou para pensar quanto do seu dinheiro vai para a compra de medicamentos? Tenha um plano de saúde ou não, possivelmente, você tem alguns comprimidos analgésicos ou anti-inflamatórios na gaveta do seu armário, não é? Os remédios aumentam de preço a cada ano e mesmo com o “auxílio” do governo, as chances são de que esses custos aumentem ainda mais.

10 Cuidados na hora de economizar dinheiro com a compra de remédios

Neste artigo, fizemos uma grande busca para selecionar as melhores formas de você conseguir economizar dinheiro com a compra desses medicamentos, mas, obviamente, sem prejudicar a sua saúde. Afinal, quando o assunto é saúde, o barato pode sair caro. Leia!

Plano de Saúde representa um dos maiores gastos familiar

Se você tem filhos pequenos ou tem mais de 40 anos, sabe que um plano médico tem um custo, relativamente, alto. Isso afeta, de alguma forma, o orçamento financeiro da sua família.

Para este caso, não vamos aconselhar você ficar sem plano de saúde porque essa é uma escolha que você tem que fazer, baseado em problemas de saúde, necessidade, e outros fatores.

Mas, mesmo para quem tem o plano de saúde, o ideal é não usar.

E, se você não usa o plano de saúde, então, ainda terá a opção de optar por planos mais baratos, que fazem coberturas parciais sendo que o paciente precisará pagar apenas uma porcentagem cada vez que usar o convênio.

Também não estamos dizendo que você tenha que fazer isso, porém, se você tem uma boa saúde, terá mais opções de escolhas, isso é claro!

Vale a pena gastar dinheiro com um Plano de Saúde?

Nos últimos 12 meses o número de pagadores de plano de saúde caiu em mais de 3 milhões. O motivo? A crise! Agora, os postos do SUS (Sistema Único de Saúde) ficaram ainda mais lotados. Porém, mesmo com o orçamento financeiro bem apertado, têm aquelas pessoas que não abrem mão do plano de saúde particular.

  • E você, o que pensa disso?
  • O quão necessário é um plano de saúde?

Vale a pena gastar dinheiro com um Plano de Saúde?

Responder essa pergunta é muito difícil, mas neste artigo vamos tentar trazer uma luz para a sua reflexão. Leia com bastante atenção e carinho e, ao final do texto, volte a se fazer a mesma pergunta:

O quão necessário considera um plano de saúde particular?

Os boletos bancários ou os débitos automáticos são persistentes e cobrados mensalmente. Essa é a rotina de milhões de brasileiros. E, nessas contas a pagar estão algumas da área da saúde, entre elas, o plano de saúde médico hospitalar. A questão é que, pode ser, que você nem se lembre da última vez que foi ao médico, não é?

Aí, se você somar o pagamento anual que foi feito…

  • Quanto poderia ter rendido esse dinheiro se fosse aplicado no Tesouro Direto?
  • Bastante coisa, não?

COMO CONSEGUIR ACUMULAR 270 MIL REAIS NO TESOURO DIRETO PARA A APOSENTADORIA?

Os economistas dizem que é preciso fazer esforços para poupar dinheiro e garantir um futuro mais digno. Os especialistas da saúde afirmam que isso tem que ser feito, mas não na área da saúde. Então, como avaliar, com cuidado, se é possível abrir desse gasto mensal?

Saiba a Resposta!

Academia em casa… É possível?

Antes de respondermos à essa pergunta, vamos aos benefícios: economia de tempo, privacidade, economia de dinheiro e autonomia. Parece ótimo, não?

Mas, como ter uma academia em casa?

Calma! Porque, na verdade, você não precisa ter aquele monte de aparelhos. O importante é adaptar a atividade com uma organização da rotina de exercícios.

Tudo vai depender da sua criatividade e do seu objetivo. Pensamos em um treino que tenha como foco uma prática que busca fortalecer alguns músculos e ter melhor resistência física. Então, chegamos à seguinte conclusão:

  • Agachamento – Feito para enrijecer o bumbum e a perna.

Como fazer: posicione-se em pé com as pernas afastadas uma da outra, coluna ereta e cabeça alinhada, sempre olhando para frente. Una as mãos e agache como se fosse sentar-se, jogando o quadril para trás. Flexione os joelhos até as coxas ficarem paralelas ao chão. Volte a posição inicial. Faça isso em 3 séries de 12 vezes.

  • Para os Braços

Como Fazer: Fique em pé, de costas para um sofá e com os joelhos flexionados. Apoie a palma das mãos no assento. Transfira o peso do corpo para os braços, flexionando os cotovelos até formar um ângulo de 90º. Faça 2 séries de 5 repetições.

  • Para as Pernas

Como Fazer: Posicione-se com as mãos e as pontas dos pés no chão, deixando o joelho esquerdo na altura do peito e a perna direita esticada. Troque rapidamente a posição das pernas, invertendo-as de lugar. Repita esse movimento alternando por 20 vezes para deixar os músculos da coxa bem definidos.

  • Para os Braços e o Peito – Flexões

Como Fazer: Deite-se de barriga, estique as mãos na altura dos ombros e suspenda o seu corpo com a ponta dos pés. Vá levantando e abaixando o corpo, mas nunca apoiando-o no chão, apenas com o movimento dos braços.

Com informações da abril, planodesaude e infoescola