Veja esses 3 exemplos de gastos desnecessários que a maioria dos adultos têm

ANÚNCIO

Todas as vezes que o assunto for a economia financeira, a faxina financeira ou a redução de custos, considere que temos que pensar nos melhores exemplos de gastos desnecessários. Hoje, nós trouxemos 3 deles que a maioria dos adultos possuem e não assumem.

Sim, o que é pior: eles fingem que não notam tais gastos, mesmo que representem uma boa fatia do orçamento da família. Assim, com essa matéria a gente não quer causar intrigas entre pais e filhos, maridos e esposas. Na verdade, só queremos informar sobre os gastos.

ANÚNCIO

E, após a leitura, pode ser que você comece a pensar mais seriamente na redução desses custos que, na verdade, estão bem longe de serem importantes. É o famoso “dinheiro que vai para o ralo”. Mas, deixando o preconceito de lado, vamos direto ao ponto.

Os 3 exemplos de gastos desnecessários

Aliás, aqui vale lembrar você de que quando se tem esses gastos, possivelmente, outras áreas mais importantes do orçamento acabam sendo prejudicadas. Por isso, temos que saber que o nosso poder de compra atualmente não é tão vantajoso, o que exige esse cuidado.

ANÚNCIO

1 – Agradar o outro

Na verdade, a gente usou o termo “agradar o outro” para que você entenda desde o começo sobre o que estamos falando. Isso porque a gente também poderia usar a expressão mais conhecida, que quer dizer: “ostentação”.

Assim, essa ideia de ter as coisas para se comparar com o vizinho ou com o colega de trabalho não é nada saudável. E se você não sabe sobre o que estamos falando, a dica é assistir a série de filmes nacionais que se chama “Até que a sorte nos separe”. Os filmes falam disso.

Resumidamente, o que precisamos saber é que ter um padrão de vida alto, independente do motivo, não vai ser bom para você. Se for para “se aparecer” em público ou para os amigos, pior ainda. Logo, isso não agrega em nada na sua vida.

É um ciclo sem fim. E um ciclo negativo, diga-se de passagem. Portanto, deixe essa bobagem de querer agradar o outro para lá. Esse é o primeiro dos exemplos de gastos desnecessários que muita gente tem e poucas assume. Vamos ao próximo!

2 – A realização de muitas festas

É claro que toda conquista tem que ser comemorada e ponto final. Isso é indiscutível. Mas, fazer aquelas festas super luxuosas todos os meses não é algo legal para o seu bolso. Uma coisa é estar perto de amigos e parentes, outra bem diferente é fazer tantas festas.

E não estamos aqui para julgar a área de eventos e lazer, ok? Mas, temos que fazer as contas para ver que a festa do mesversário do bebê, da promoção no trabalho, do fim de ano, da conquista do fim do mês e das metas, além das bodas de casamento, do aniversário do cachorro e da comemoração do título do time é exagero.

Tente criar as prioridades. Como falamos: fazer festa e comemorar é legal. Exagerar não é. A gente não precisa ir muito longe para ver que há inúmeros casos de pessoas que acabaram entrando em falência simplesmente por fazer festas demais. Inclusive, as de casamento, viu.

3 – Ficar comprando o que não é necessário

E para terminar esse texto sobre os 3 principais exemplos de gastos desnecessários, agora temos a questão dos gastos com compras. Ao falar em compras, você pensou em shopping? Então, saiba que é um forte concorrente a cometer esse erro tão comum.

O shopping é um lugar bacana para passear. Tem ar-condicionado, tem muita comida diferente, tem lojas, tem pessoas bonitas, etc. Para o seu bolso: não é legal porque isso tudo vai te levar a gastar um dinheiro que não teria necessidade de ser gasto.

Se você não acredita, então, faça as contas. A pipoca do cara que fica lá no centro de alimentação é R$ 10. O picolé na paleta é mais R$ 12. Tem ainda aquele tênis da promoção, que está em R$ 199. O cinema fica por R$ 50 para o casal. Depois vem o estacionamento. Tem também o valor do refrigerante e do chocolate, né. Soma tudo isso aí.

10 armadilhas financeiras e como evitá-las rapidamente

Isso porque só citamos o shopping. O fato é que tem muita gente gastando dinheiro para comprar coisas que nem vai usar. Simplesmente porque está na promoção, porque está barato, porque está compensando. Isso é luxo, mais do que necessidade. Então, cuidado.

Por que evitar os gastos desnecessários?

Pode ser que você tenha entendido tudo ou quase tudo até aqui. Mas, ficou com uma dúvida: afinal, para que evitar essas compras e gastos se a sensação é tão boa? Por muitos motivos. Mas, o primeiro deles é para evitar o endividamento, que dá muita dor de cabeça.

exemplos de gastos desnecessários

O segundo ponto importante é porque você pode considerar um uso melhor para o seu dinheiro. Por exemplo, para comprar ativos financeiros. Como ações na bolsa de valores ou CDBs dos bancos. Isso vai te fazer ganhar dinheiro ao longo do tempo.

Já quando se compra um tênis ou qualquer produto que é passivo, você perde dinheiro. Só que isso não quer dizer que você só tenha que andar de chinelo, ok? A verdade é que estamos falando em ter equilíbrio e saber como usar o dinheiro de forma inteligente.

Antes de sair da matéria, faça uma reflexão final: o Neymar tem carros de luxo e mansões. A pergunta é: para quê? Já o Warren Buffett tem o mesmo carro e a mesma casa há anos. Então, quem você acha que é mais rico, no fim das contas? Logo, trata-se de sabe gastar.

ANÚNCIO