Veja como evitar que o dinheiro “corra” de você

PROPAGANDA

Não é raro ouvir que o dinheiro “está correndo”, certo? Isso porque as pessoas recebem o salário ou a renda mensal e em pouco tempo o dinheiro já acabou. É como se ele tivesse sumido ou correndo de você mesmo.

Aliás, você já sentiu isso também? Se isso aconteceu ou ainda acontece está mais do que na hora de você começar a falar e entender mais sobre o dinheiro.

PROPAGANDA

E é justamente isso o que vamos falar aqui, agora. Portanto, não vamos passar a mão na sua cabeça e dizer que você vai ter uma sorte tremenda de ganhar na próxima Mega Sena. Esquece isso.

Se você quer esse tipo de conselho, aqui não é o seu lugar. O que vamos dizer pode ser até que te magoe. Mas, é preciso. É preciso entender melhor o dinheiro para não ter mais essa sensação de achar que o dinheiro “está correndo” de você.

Se você quer encarar essa com a gente, continue lendo.

PROPAGANDA

O que o dinheiro representa para você?

Será que é algo bom ou ruim?

Na maioria dos casos, as pessoas têm sérios problemas com o dinheiro. De fato, elas não lidam bem com o dinheiro. Mal sabem como ele funciona, para que serve, quanto ganham, quanto gastam.

Olha só que paradoxo. A pessoa não entende sobre dinheiro e aí, o dinheiro corre dela. É algo meio que normal, não acha? Estranho seria se essa pessoa soubesse tudo sobre dinheiro e, ainda assim, o dinheiro fugisse ela.

Talvez não seja o seu caso, mas é muito comum aqui no Brasil as pessoas quererem ficar ricas, mas sem gostar ou entender o dinheiro. Algo bem “estranho”.

Entendendo o nosso cérebro…

Bom, vamos estudar um pouco. Parece doideira, mas isso faz todo o sentido.

O fato é que o nosso cérebro trabalha de duas maneiras: para obter prazer ou para evitar dor. É sempre assim! É uma regra e está comprovado. Ou ele tem prazer ou evita a dor.

Bom, partindo desse pressuposto, saiba que ele está o tempo todo nos protegendo. E se algo nos causa dor, ele tenta te afastar o mais rápido possível. E, obviamente, se algo te traz prazer, ele tenta te aproximar.

Se uma pessoa diz que não consegue juntar dinheiro de jeito nenhum, essa pessoa pode até tentar juntar algo, mas logo ataca a poupança que criou na primeira oportunidade que surge para gastar. Por que? Oras porque ela não gosta do dinheiro ali guardado.

Além do mais, geralmente, quem não consegue juntar dinheiro associa gastar o dinheiro ao prazer momentâneo que ele terá ao comprar aquele objeto. Será que esse é o seu caso, amigo?

Assim, juntar dinheiro para essa pessoa traz dor e é uma tortura porque não quer abrir mão de consumir hoje para consumir algo maior no futuro.

E o cérebro entende exatamente isso!

Por outro lado…

Por outro lado, quem poupa e investe todos os meses muda essa associação. Aliás, a pessoa consegue inverter essa sensação que a gente tem. E aí, abre caminho para o sucesso.

Para essa pessoa, que pode ser você a partir de agora, o prazer está em ver seu dinheiro crescer com juros compostos sem ela mover nenhum dedo.

Leve em conta que dizer “que o dinheiro corre de mim” é algo que apenas pessoas que não lidam bem com o dinheiro afirmam.

A maioria das pessoas que dizem isso têm um sério problema com o dinheiro.

Para muitos brasileiros, o dinheiro é suado e para ter tem que se matar de trabalhar ou é somente para pagar boletos e assim vai. Têm vários pensamentos.

Na prática!

Veja como evitar que o dinheiro “corra” de você

Isso que estamos falando é um grande indicativo da sua situação financeira hoje.

Vamos imaginar que a pessoa que diz que o dinheiro é para pagar boletos. Você também pensa assim, não pensa? Então, o que será que acontece quando pensamos ou achamos isso, que o dinheiro é para pagar boletos?

Pagar boletos é uma coisa boa ou ruim? Não é boa. Aí que está a grande questão. Se você associa o dinheiro a pagar boletos, que não é algo bom, você acha que seu cérebro vai trazer mais dinheiro para você? Lógico que não. Ele vai te afastar do dinheiro porque é algo que não faz bem.

Entendeu o raciocínio? É simples!

Se você não associar o dinheiro a algo bom e positivo dificilmente você terá mais dinheiro. O segredo está no que você pensa e como você lida com o dinheiro.

O pensamento positivo

Se para você, o dinheiro significa um meio que tem para realizar seus sonhos e quanto mais dinheiro tiver, mais poderá viajar, ajudar outras pessoas e assim vai pode crer que você vai começar a lidar melhor com as suas finanças.

Quanto mais a gente vê, mais a gente cria, mais a gente é, mais a gente faz e mais a gente tem.

E volta para o início do ciclo: quanto mais a gente vê, mais a gente cria, mas não saímos nunca desse ciclo.

Então, você precisa entender quais são seus pensamentos sobre o dinheiro.

Aqui, voltamos à pergunta inicial do artigo: como você vê o dinheiro?

Por que se você quer ser rico é preciso ressignificar o que pensa a respeito dele e que ele seja uma coisa boa para você. e não o inverso.

Aliás, não trata-se apenas de pensamento positivo ou de força do cosmo, tá? A ideia de pensar sobre o dinheiro de forma diferente e prazerosa é para você entender que guardar dinheiro e investir dinheiro é o que vai te fazer ser feliz, mesmo que isso tenha algum prazo.

Porque pagar boletos por pagar boletos vai sempre te deixar na mão desses “o dinheiro está correndo”. Pense nisso.

PROPAGANDA