O que significa o número de estrelas Morningstar nos fundos de investimentos?

ANÚNCIO

Ao estudar os fundos de investimentos disponíveis na sua corretora pode ser que você tenha notado que alguns deles possuem as estrelas Morningstar. Mas, na prática, o que é isso que significa? E os fundos que não tem a pontuação? Saiba tudo sobre isso.

Afina de contas, esse pode ser um fator decisivo para você escolher entre um fundo ou outro fundo de investimento. Para sermos práticos, saiba que o máximo que um fundo pode ter chega à 5 estrelas. Logo, o fundo que tem esse total é um fundo aconselhável.

ANÚNCIO

O rating Morningstar, em alguns lugares chamados de ranking das estrelas, é uma ferramenta que faz análises de fundos de investimentos. A própria empresa já falou sobre isso em algumas entrevistas, afirmando que:

“É uma classificação exclusivamente quantitativa. Logo, se baseia em cálculos de rentabilidade e riscos passados. Por isso, não existe intervenção qualitativa na avaliação do fundo”. Em suma, é a análise chamada de “Analyst Rating”.

Antes de tudo…

E antes de continuarmos, é importante dizer que as estrelas Morningstar não vão garantir que aquele fundo tenha um bom comportamento no futuro. Obviamente, por isso, não se trata de uma indicação de ativo para você comprar – ainda que seja uma forma de estudar cada fundo.

ANÚNCIO

Em resumo, a gente tem que considerar que essa classificação é uma forma única e importante de comparar os investimentos, estudando os dados passados, mas sem garantir os valores do futuro, está bem?

O cálculo do Morningstar

Uma dúvida que muita gente tem é sobre o cálculo que é feito para se chegar ao número de estrelas de cada fundo. Fernando Luque é um dos representantes da agência e comentou sobre isso recentemente.

Ele garante que o cálculo do rating é baseado na rentabilidade ajustada ao risco. Sendo assim, ele inclui ainda termos um tanto quanto técnicos nessa explicação, passando por “sharpe ratio”, “binômios” e “rentabilidade-risco”.

Mas, para não complicarmos a sua compressão, vamos usar uma frase dele que conclui bem como são feitas as contas. “Embora o cálculo matemático desse rating não seja simples, o conceito é o da teoria da utilidade”.

E ele completa, afirmando que “onde se assume que os investidores estão mais preocupados com a possibilidade de um resultado negativo do que propriamente com um resultado positivo inesperado”.

A maioria dos fundos…

Também trouxemos aqui como curiosidade o fato de que a Morningstar diz que a maioria dos fundos analisados recebem 3 estrelas. Ou seja, eles ficam bem na média, que vai entre 1 e 5 estrelas possíveis. Sendo assim, temos as porcentagens:

  • 10% recebem 5 estrelas e são os melhores fundos,
  • 22,5% recebem 4 estrelas,
  • 35% recebem 3 estrelas,
  • 22,5% recebem 2 estrelas,
  • 10% são os piores fundos, com 1 única estrela.

E vale lembrar ainda que nem todos os fundos que existem recebem as estrelas Morningstar. Isso porque a agência diz que há situações em que é impossível estabelecer um rating, uma pontuação para tais ativos.

“Por exemplo, quando a vida de um fundo é menor do que 3 anos ou quando não temos informações suficientes ou ainda quando ele sofre mudanças importantes na estratégia de investimento ou na rentabilidade histórica”.

Sobre a empresa

A Morningstar existe desde 1984 e é considerada uma agência de análise de investimentos que fica sediada nos Estados Unidos, sendo que tem presença global, como na Europa e no Brasil.

Uma das especialidades é analisar os fundos de investimentos, algo que é bastante interessante para os investidores brasileiros.

Um ano após a sua fundação, em 1985, a empresa lançou a Classificação Morningstar, focada em fundos, que passou a ser usada por aqui em 2013. Atualmente, como sabemos, a classificação para alguns fundos varia de 1 a 5 estrelas.

Curiosamente, saiba que no início do ano foi lançada uma lista com vários fundos multimercados com nota máxima dada pela Morningstar, atuantes no Brasil. Entre eles temos da XP, da Votorantim, do Itau, da Vinci e outros.

A pesquisa dos melhores fundos

As estrelas Morningstar se tornaram tão importantes que hoje em dia todo aplicativo de corretora permite que o investidor faça uma busca focando nessa pontuação. Um bom exemplo é a XP, que é uma das principais corretoras do país.

estrelas Morningstar

Por lá dá para buscar aqueles com melhores pontos e ainda dá para saber o valor mínimo da aplicação, a taxa e tudo mais. Um dos mais acessíveis é o fundo Icatu Vanguarda Pré-Fixado FIRF LP. Ele exige investimento inicial de R$ 500, tem taxa de 0,30% e 5 estrelas.

O que são os fundos trend? Descubra e conheça as opções

Outra opção bem menos acessível é o SPX Patriot FIC FIA, que exige capital inicial de R$ 50 mil e a taxa é de 0,70%, também com 5 estrelas. E se é para falar dos acessíveis, temos o Selection Multimercado FIC FIM, que permite aplicações a partir de R$ 100 e tem taxa de 0,75%, com 2 estrelas Morningstar.

Ficou curioso? Entre na sua corretora e pesquise sobre os fundos com essas estrelas.

ANÚNCIO