Está por fora dos acontecimentos da Bolsa de Valores? Fique por dentro com essas 13 notícias

ANÚNCIO

Separamos as 13 notícias mais comentadas e que causaram mais impacto nessa semana na Bolsa de Valores do Brasil e do Mundo. Tem Small Caps com bons resultados, Setor de construção em alta, Ofertas Públicas Iniciais (IPOs), Banco do Espírito Santo e tem também notícias do exterior, como do Netflix e SnapChat. E as ações da Petrobras, como estão? Quer saber… Continue lendo!

Aproveite e leia também: BM&Bovespa é a maior acionista da Bolsa de Valores de Lima e mais 5 notícias do mercado acionário!

ANÚNCIO

1 – Small Caps ficam acima do Ibovespa em Janeiro

Se os ganhos do Ibovespa, que foram de 7% em janeiro, foram considerados bons… imagine os das Small Caps, que no mesmo período teve valor de mercado valorizado em 11%. Ao todo, 33 Small Caps tiverem números melhores do que o Ibovespa, inclusive, a PDG (da construção civil), que teve alta de mais de 200%. (Vamos falar mais da Construção Civil em outro tópico).

Quer aprender a investir em Risco? Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos!

O Banco Banrisul também teve boa valorização, de 50%, devido ao fato de que a instituição está na lista de ativos do governo do Estado do Rio Grande do Sul para vender e melhorar a situação financeira. A Revista Exame listou as empresas que tiveram ganhos do Ibovespa, veja:

Empresa              Ativo                     Valor Ação (R$)         Ganhos acumulados Janeiro (%)

ANÚNCIO
  • PDG                 PDGR3                   3,58                                     200,84
  • Banrisul            BRSR6                   15,75                                    52,62
  • Bradespar         BRAP4                   20,80                                    40,07
  • Gol                   GOLL4                   6,26                                      35,50
  • Gafisa               SAPR4                   14,10                                    35,02
  • Sanepar            GFSA3                   2,46                                      32,26
  • Cesp                 DIRR3                    5,91                                      29,61
  • Tecnisa              TCSA4                   2,79                                      29,17
  • Direcional          CESP6                   17,40                                    28,98
  • Cyrela                CYRE3                  12,95                                    26,10
  • ABC Brasil          ABCB4                  16,55                                    23,59
  • BR Malls             BRML3                  14,67                                    22,76
  • Even                  EVEN3                   4,49                                      21,35
  • Mag. Luiza         MGLU3                  127,99                                  20,55
  • Copasa              CSMG3                  43,16                                    18,25
  • Cosan Log          RLOG3                  5,89                                      18,04
  • B2W Digital        BTOW3                 12,00                                    17,65
  • Copel                  CPLE6                  32,15                                    17,51
  • Gerdau               GOAU4                 5,62                                      17,08
  • Ezetec                EZTC3                  18,26                                    16,68
  • MRV                   MRVE3                  12,76                                    16,64
  • Smiles                SMLE3                  52,00                                    16,33
  • Arezzo                ARZZ3                  29,10                                    16,12
  • SLC Agrícola       SLCE3                   16,42                                    13,48
  • Randon               RAPT4                  3,91                                      13,33
  • Light                   LIGT3                  19,67                                    13,31
  • Iguatemi             IGTA3                  29,80                                    11,74
  • Lochp                  MYPK3                 12,99                                    11,41
  • Duratex               DTEX3                 7,54                                      10,88
  • CVC                     CVCB3                 26,00                                    9,70
  • Totvs                   TOTS3                 26,09                                    8,53

2 – Construção Civil

A valorização dos papéis das empresas de Construção está ligada, intimamente, às perspectivas do mercado e à redução da taxa de juros. Isso somado ainda às mudanças no Minha Casa, Minha Vida, que deve favorecer as empresas.

3 – Telefonia

Nos últimos dias, a TIM divulgou seus resultados referentes ao final do ano passado. Ela foi a primeira companhia do setor a fazer isso e, mesmo com a queda de mais de 21% no lucro líquido do 4º trimestre de 2016, os papéis valorizaram 5% na Bolsa de Valores. O desempenho positivo está relacionado ao Ebitda do período, que foi de 5,8% ou 1,56 bilhões de reais.

Está por fora dos acontecimentos da Bolsa de Valores? Fique por dentro com essas 13 notícias
Reprodução: Pixabay

Mesmo sem resultados oficiais, a Economatica fez um levantamento das outras empresas do setor. A Telebras, por exemplo, teve o melhor resultado, com ações que valorizaram mais de 245% no ano, enquanto o aumento de capital foi de 854,4 milhões de reais. Já a Telefônica ficou na 2ª posição, com ganhos de pouco menos do que 30%. Veja a lista das ações das empresas do setor de Telefonia.

Empresa              Ativo                     Desempenho 2016 (%)

  • Telebras              TELB4                      246,15
  • Telefônica            VIVT4                      29,05
  • TIM                     TIMP3                     17,19%
  • Oi                       OIBR4                     15,38%
  • Telefônica            VIVT3                     12,34%

4 – Petrobras, Cielo e BRF são as empresas que mais perderam valor me janeiro de 2017

Janeiro terminou e a Petrobras ficou valendo 4,74 bilhões de reais A MENOS. Agora, o valor de mercado da companhia é de 204,63 bilhões de reais. Pelo menos, é isso que indicada um estudo da Economatica. Já a Cielo teve perda de 3,16 bilhões de reais e ficou com valor de mercado de 59,86 bilhões de reais no final de janeiro. Por fim, a BRF baixou o valor para 35,52 bilhões de reais.

Veja as 15 companhias que mais perderam valor de mercado em janeiro de 2017.

Empresas            Valor Jan 2017 (Bilhões de Reais)             Quanto perdeu no Mês (Reais)

  • Petrobras                    204,63                                                4,74 bilhões
  • Cielo                           59,86                                                  3,16 bilhões
  • BRF                             35,52                                                  3,02 bilhões
  • Eletrobras                    29,20                                                  2,46 bilhões
  • Klabin                          16,83                                                   2,04 bilhões
  • Fibria                           16,24                                                  1,39 bilhão
  • Ultrapar                        35,94                                                 1,24 bilhão
  • Suzano                         14,60                                                 872,15 milhões
  • CCR                              27,38                                                 794,51 milhões
  • BB Seguridade               55,72                                                778,67 milhões
  • Odontoprev                    5,95                                                 737,82 milhões
  • Celpa                             4,41                                                  661,41 milhões
  • Via Varejo                      4,02                                                  591,53 milhões
  • Energisa                         2,18                                                 579,06 milhões

5 – Movida é a 1ª empresa a fazer IPO na Bolsa de Valores em 2017

Porém, logo no 1º pregão, a locadora de veículos viu as ações caírem 2,67% ou seja, se antes os papéis foram cotados à 7,5 reais, no fim das negociações eles valiam 7,3 reais. Para Rafael Ohmachi, da Guide Investimentos, o valor do IPO foi considerado elevado, o que justifica a queda.

Já os papéis da concorrente Localiza valorizaram 4% com o aumento nas vendas de veículo seminovos.

6 – Azul pede registro para fazer IPO

A companhia aérea iniciou o seu projeto para entrar na BM&FBovespa apostando na recuperação do mercado acionário brasileiro. Ela é a 3ª maior companhia aérea do país e retoma, pela 4ª vez, o plano de ser listada na bolsa.

Um prospecto preliminar da operação mostra que o Itaú BBA será o coordenador líder, com apoio da Citi, Deutsche Bank, BB Banco de Investimentos, Bradesco BBI, Santander Brasil e JPMorgan.

Segundo a companhia, os recursos serão de oferta primária para pagar dívidas e elevar o capital de giro. E, conforme a Securities and Exchange Comission, nos Estados Unidos, o IPO foi de até 100 milhões de dólares.

7 – NotreDame Intermédica também fará IPO

A operadora de planos de saúde contratou bancos para coordenador a oferta inicial de ações, que deve começar com prévias reuniões com investidores. Segundo algumas fontes, o Morgan Stanley será o coordenador junto com Credit Suisse, JPMorgan, UBS, Bradesco e Itaú Unibanco.

XPi, BTG e outras 17 corretoras renovam Carteira de Investimentos para Fevereiro, confira as ações mais indicadas

A seguradora de baixo custo está conseguindo superar a maior recessão do país desde a década de 1930, já que os clientes estão sofrendo com a queda dos salários.

8 – Itaú muda a política de pagamento de dividendos e juros

O valor passará de 35% para 45% do lucro líquido consolidado nos próximos meses. Com isso, o Juros Sobre Capital Próprio de 2016 será de 0,77540 reais por ação, o que equivale à 4,3 bilhões de reais. O pagamento será feito no dia 3 de março com base na posição acionárioa de 20 de fevereiro de 2017 e a retenção do Imposto de Renda, o que deve resultar em 0,655909 reais por ação.

Somando os montantes (que será distribuído em março com o já distribuído em 2016), os acionistas do banco vão receber 1,5789 reais por ação, ou seja, um aumento de 36,9% comparado á 2015.

9 – Bombril aprova debêntures de até 25 milhões de reais

O Conselho de Administração da companhia aprovou a segunda emissão, não conversíveis em ações, no valor de 25 milhões de reais. Ao todo serão 25 debentures com valor unitário de 1 milhão de reais, em até 5 séries, com vencimentos de 6 meses. A remuneração será de juros de 2% ao mês e os recursos serão utilizados para reforço do capital de giro.

10 – Netflix disparar 70% em 12 meses

O valor de mercado da empresa aumentou em 25 bilhões de dólares no último ano. E, segundo a Economatica, o valor da companhia passou de 35,44 bilhões de dólares para 60,67 bilhões de dólares. No período, as ações tiveram ganhos de 70% na Nasdaq e somente em janeiro desse ao, foram ganhos de 14%. Hoje, os papéis são comercializados por 145 dólares.

Em 2016, o lucro líquido da Netflix foi de 186,6 milhões de dólares, um aumento de mais de 50% na comparação com 2015. A companhia atua em 100 países e encerrou o ano com mais de 93,5 milhões de usuários. A expectativa é que o número aumente ainda mais em 5 milhões de novos usuários nesse começo de ano.

11 – Lojas Americanas contrata Credit Suisse

A companhia confirmou a contratação do Credit Suisse para analisar as operações à estrutura de capital, que podem, inclusive, incluir o aumento de capital. No entanto, a companhia disse que “é prematura qualquer consideração sobre estrutura, volume ou prazo de qualquer operação no mercado de valores imobiliários, bem como sobre a finalidade a ser dada a eventuais recursos ingressados na companhia”.

Economia: 3 notícias do Brasil que são importantes para o seu bolso

12 – Snap deve levantar até US$ 3 milhões em IPO

A companhia teve receita de 404,5 milhões de dólares em 2016 e prejuízo líquido de 514,6 milhões de dólares no mesmo período. A Snap espera realizar o IPO em março, operação que deve valer entre 20 e 25 bilhões de dólares.

13 – Banco do Espírito Santo dispara 20% na Bolsa

O Banestes (BEES3) disparou na bolsa e chegou a subir mais de 20% na última quarta-feira (8). “Podemos fazer um paralelo com o que aconteceu com o Banrisul, e que pode acontecer com outras empresas . Como alguns estados estão passando por situação financeira delicada, a venda ou privatização pode ser a solução de curto prazo”, afirmo Marco Saravalle, da XP Investimentos.

Leia Também: Janeiro foi ótimo para o Setor de Construção e péssimo para as Exportadoras! Confira os números. 

Na ponta negativa, ficaram as empresas que foram impactadas pela queda do dólar, tais como a Klabin (KLBN11), com queda de 8,35%; a Fibria (FIBR3), comqueda de 7,85% e a Suzano (SUZB5), com queda de 5,63%.

2 empresas citadas nessa introdução merecem destaque maior, além da Arezzo (ARZZ3). Vamos falar um pouco sobre cada uma delas. Acompanhe! Leia na Íntegra!

Com informações da Exame e do Infomoney

ANÚNCIO