Esqueça a poupança e aprenda a investir seu dinheiro no Tesouro Selic

ANÚNCIO

Você é daquelas pessoas que insistentemente tem aplicado o dinheiro na poupança? Em caso positivo, aposto que você, muito provavelmente, já notou que não está fazendo um bom negócio, não é? Pois é, de fato, está acontecendo o que você já imaginava: você está perdendo dinheiro.

Essa descapitalização acontece porque a rentabilidade da poupança é tão baixa, mas tão baixa, que perde para a inflação. Ah, e tem outro motivo que talvez você não saiba, mas que fará você desistir da poupança: ela tem a mesma garantia da Renda Fixa. Sim, sim, sim! Se você acha a poupança segura, então as Rendas Fixas também são. Quer saber por quê?

ANÚNCIO

Leia: 3 motivos para não investir na poupança!

Aos fatos: em 2015, a poupança remunerou o investidor em pouco mais de 8%, enquanto o IPCA, que é o índice oficial da inflação, foi de 10,67%. Isso quer dizer que, você não ganhou 8%, e sim perdeu 2,67. Entendeu a matemática? A inflação está maior que a poupança, assim, seu dinheiro não está sendo “poupado” como deveria. Claro, essa não é uma perda nominal, pois o dinheiro não encolhe. E justamente por isso que ninguém percebe o que está acontecendo.

Em um artigo publicado em junho desse ano, mostramos que quase 70% das pessoas guardam dinheiro na poupança. Ou seja, em cada 10 brasileiros, 9 ainda acreditam nessa forma de investimento, o que torna a poupança a modalidade mais popular do Brasil. Relembre a notícia: Quantos Brasileiros Tem dinheiro Parado na Poupança?

É fato que pouca gente percebe a relação da inflação com a piora da vida financeira, através da perda de poder aquisitivo. É mais ou menos como se você tivesse guardado dinheiro o ano todo para comprar um carro zero, mas ao fim, só deu para comprar um usado.

ANÚNCIO

3 Motivos para cair fora do financiamento de carro.

À exemplo fica assim: no dia em que começou poupar, o carro custava 30 mil. No dia que pretendia comprá-lo, o preço saltou para R$ 33.201,00. Já, o dinheiro aplicado na poupança, alcançou R$ 32.448,00. Na prática, você perdeu R$ 753,00 em seu poder aquisitivo.

Se o mesmo dinheiro do exemplo acima tivesse sido aplicado no Tesouro Selic, mesmo aplicando a alíquota máxima do IR – que não seria o caso – você teria R$ 33.313,00. Ou seja, compraria o carro e ainda sobraria um “troquinho” para colocar combustível na saída da concessionária.

Saiba tudo sobre o segundo corte consecutivo da taxa Selic.

O Tesouro Selic é um excelente substituto para a poupança. A liquidez é diária e a rentabilidade também – diferente da poupança que é mensal. Assim, se você precisar sacar o dinheiro antes de 30 dias, ele já terá sido remunerado.

E se o problema for o fato de você ser “muito conservador”, acredite, isso não será um problema. A Renda Fixa da Selic é o investimento mais conservador que existe. Bancos, empresas, fundos e todos os “peixes grandes” colocam grandes quantias de dinheiro nesse tipo de título.

Se você tem medo perder tudo, coloque as coisas sob o seguinte prisma: se o governo não honrar esses títulos, menos ainda acontecerá com a sua poupança, que já teria virado pó bem antes.

E não há FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que dê jeito em um cenário desses. Então, abra sua conta na corretora, transfira seu dinheiro e pare de empobrecer! Fique atento apenas com as particularidades de resgate para que não seja pego de surpresa em uma emergência.

Reprodução: Google
Reprodução: Google

Para enriquecer, obrigatoriamente, precisa haver mudança de comportamento e, por consequência, sair da zona de conforto. No começo dá frio na barriga, afinal, tudo é “muito novo”. A melhor hora para começar, é agora. Quanto mais espera, mais dinheiro você perde. E quanto mais dinheiro perdido, mais longe da riqueza você vai ficar.

Saiba também sobre o Tesouro Selic

Ou a nova poupança, como também é conhecido, é um investimento conservador e que, ahá, ganha da poupança. Você também pode investir com apenas 30 reais. Não é a toa que o último dado mostra que mais de 66 mil brasileiros já são cadastrados. Leia os 5 Melhores Motivos para Aplicar no Investimento mais democrático do Brasil.

Da Redação

ANÚNCIO