Para os Endividados: 5 Formas Infalíveis e Necessárias Para Escapar do Cheque Especial

ANÚNCIO

Vamos falar do 2º maior vilão financeiro dos brasileiros. É como aquele filme de heróis, sabe? Só que ao invés dele ser o poderoso chefão, que está sempre protegendo o castelo na fase final, ele pode ser considerado como os “guardas” desse castelo. Eis que falamos do Cheque Especial. O que é o Cheque Especial? Juros do Cheque Especial? Não Usar o Cheque Especial?

E ele só é o 2º maior vilão porque o Cartão de Crédito consegue superá-lo. Ah, aqui estamos falando de juros… De algo em torno de 200% ao ano. Um exagero! (Entenda como Funcionam os Juros Compostos e saiba como Usá-lo à seu favor, agora!! Clique aqui e leia)

ANÚNCIO

Bom, mas antes de falar propriamente do Cheque Especial e do que podemos fazer para não cairmos nos “golpes sujos” dele, vamos tentar entender um pouco do nosso próprio comportamento. A começar pela “ilusão da conta positiva”.

O que é a Ilusão da Conta Positiva?

É um comportamento muito comum de algumas pessoas que acham que conseguiram economizar um bom dinheiro quando, ao final do mês, consegue ver a conta positiva pelo aplicativo do banco. O que elas não conseguem notar é que, nem sempre, a conta positiva significa uma economia de dinheiro.

Para exemplificar essa questão vamos usar um exemplo citado no site da organizze, que fala do Tiago. O Tiago chegou ao final do mês de dezembro com 200 reais e ficou crendo que tudo estava bem, afinal, ele gastou menos do que ganhou. Aí, no final de janeiro, ele continuou feliz porque ainda tinha 150 reais lá no banco. Ué, sendo assim, ele também conseguiu gastar menos do que ele ganhou. Será? É óbvio que não!

ANÚNCIO
Para os Endividados: 5 Formas Infalíveis e Necessárias Para Escapar do Cheque Especial
Reprodução: Google

Vamos à prova real:

O salário do Tiago é de 3 mil reais e durante o mês de janeiro ele gastou 700 com aluguel, 600 com alimentação, 200 com a internet (televisão e celular), 500 com o carro, 300 com o condomínio, 200 com plano de saúde, 100 na academia, 125 em livros e 25 no cinema. Soma tudo isso e vê quanto dá… Dá um saldo negativo de 50 reais. Ou seja, mesmo com a conta no Azul, o Tiago gastou mais do que ganhou, obviamente.

Perceba que a conta só ficou positiva porque o Tiago já tinha um saldo positivo de 200 reais na conta. Esse tipo de situação acontece muito com pessoas que trabalham informalmente ou em casos do recebimento das férias e do 13º salário, para os trabalhadores com Carteira Assinada.

Então, definitivamente, o Tiago não está sendo um bom poupador de dinheiro. O que os especialistas indicam, então? Que você faça 2 coisas:

1 – Sempre tenha um dinheiro que será usado para fins emergenciais, porém, esse dinheiro nunca deve estar na sua conta corriqueira mensal. Você deve abrir a conta em uma corretora financeira e deixar o dinheiro lá. Nesse caso, como o uso será emergencial e você não tem data definida para a retirada, escolha uma opção que tenha liquidez diária.

2 – Você sempre tem que tirar 10% do seu salário, no mínimo, para investimentos. Aí, pode escolher um investimento que não tenha, necessariamente, liquidez diária.

https://youtu.be/tXfddhCV5mA

Psicologicamente falando, se você tiver com um saldo positivo na sua conta, vai achar que tem dinheiro sobrando ou que está economizando como deveria. Então, o ideal é fazer essas 2 coisas citadas acima. Aí, vamos supor que você já tem lá seu dinheiro emergencial guardado, vamos supor uns, 20 mil reais. E vamos imaginar também que você já está investindo até 20% do seu salário há um bom tempo. Então, se sua conta, ainda assim, estiver no azul, você tem liberdade para gastar, para torrar tudo.

Mas só quando os 2 itens acima estiverem sendo feitos com sucesso, combinado?

Ah, claro, não podemos esquecer ele: O Cheque (nada) Especial. É que assim: se você retirar todo o dinheiro que tem na conta, vai puxar também uma parte do cheque especial e isso é horrível né. Porque os juros deles são muito alto e para que você saiba, ele não é uma extensão do seu salário, ele é um empréstimo que o banco te faz.

“Bonzinho esse banco, né?”. #SQN

7 Mentiras que os Bancos Contam e Como não Cair nessas Conversas Fiadas

5 Formas Infalíveis e Necessárias Para Escapar do Cheque Especial

Então, você já sabe o que cheque especial, não sabe? É aquele abono que o banco te dá. Mas, assim, não é um abono de verdade, é um empréstimo financeiro bancário. É como todo empréstimo, ele cobra juros por isso. A questão é que, nos últimos tempos, a facilidade em pegar esse empréstimo é tão grande que o banco já deixa ele contabilizado na sua conta.

Por exemplo, se você tem um cheque especial de 1 mil reais… Ao olha na sua conta e verificar que lá está com um saldo positivo de 3 mil reais, então, saiba que o seu dinheiro é apenas 2 mil reais. O outro 1 mil reais é de Cheque Especial, é do banco, é aquele que você NÃO deve utilizar Esse dinheiro não é seu mesmo e o banco não é bonzinho por te emprestar, acredite!

Na teoria, o Cheque Especial é o nome dado ao crédito automático que o banco possibilita ao cliente caso ele necessite efetuar pagamentos, mesmo quando não há saldos positivos. Entendeu? Se você não tem saldo, você não tem como pagar. Aí o banco vem e te empresta. Mas, cara… É sério, isso é “Cilada, Bino”.

Bom, dá uma olhada aí em como não cair nessa armadilha:

  1. Fale com o seu Gerente: E peça para ele diminuir o seu limite de Cheque Especial na Conta. Explica que você não quer pagar juros e, se ele realmente for seu amigo, ele pode até mesmo zerar esse limite. Por que isso é bom? Porque quando sua conta for ficar próxima do zero, e você sabendo que não haverá limite a mais para usar, haverá um bloqueio automático da conta. Assim, obviamente, você vai ser obrigado a economizar dinheiro. De verdade, agora!
  2. Dinheiro: Nesse caso, é muito melhor do que o Cartão de Débito ou o Cheque porque você o sente na mão. Sabe quanto terá para gastar. O Cartão, ele não deixa claro quanto você pode usar, é como se ele não tivesse limite, no sentido amplo da palavra. Você, quando o usa, nunca sabe, ao certo, quanto de dinheiro ainda tem na conta. Perder o controle financeiro usando cartão é mais fácil do que usar apenas dinheiro.
  3. Atrasar Conta: Nunca é indicado, porém, para você ter uma ideia do poder dos juros do Cheque Especial, se você estiver chegando nele, muitas vezes, é indicado você deixar atrasar alguma conta do que pagar os juros dele. Sabia disso? É verdade. Então, fica essa dica não tão aconselhável, mas muito útil: quando for pagar as contas, veja se compensa usar o cheque especial ou pagar a multa dela. Fica a Dica, irmão.

    Para os Endividados: 5 Formas Infalíveis e Necessárias Para Escapar do Cheque Especial
    Reprodução: Google
  4. Débito Automático: A facilidade não compensa o crime, meus caros. O débito automático facilita a sua vida só de um lado. Isso porque é muito fácil perder o controle das finanças e cair no Cheque Especial. Afinal, você pode “esquecer” daquela conta que vai cair em qualquer momento. Ah, e se você não tiver dinheiro em conta, o Super Herói (SQN) Cheque Especial entra em ação, automaticamente.
  5. Bancos Diferentes: Dependendo da sua empresa, ela vai exigir um banco diferente do seu para efetuar o pagamento. A 1ª coisa é que essa prática é contestável e, para além disso, caso seja realmente necessária, o recomendável é criar uma conta sem custos e fazer a portabilidade, que é obrigação dos bancos. Por fim, se nada disso for convincente para você, o ideal é que encerre sua conta antiga e fique só em um banco.

Você também vai gostar de ler:

Cheque Especial, que de especial não tem nada, é a 2ª linha de crédito mais cara do Brasil

E se eu não ganho um Salário Fixo…

Essa tem sido a desculpa de muitas pessoas. Mas, vamos combinar, uma coisa não justifica a outra. Assim, o fato de você não ter uma renda mensal fixa não quer dizer que você tenha que usar o Cheque Especial. Como visto, ele não é, de forma alguma, uma extensão do seu salário. E não deve, nunca, ser usado como tal. Sem um salário fixo, quando o orçamento aperta, o que você faz? Responda aí… E acompanhe nosso pensamento a seguir!

A 1ª coisa que vai acontecer é que você vai começar a se culpar por não ter guardado mais dinheiro quando podia, aliás, quanto tinha uma renda um pouco melhor. No entanto, saibam que isso não resolverá seu problema. Se culpar, então, não é a sua melhor alternativa para esse momento. Calma, respira e se prepare…

Descubra Como Sair das Dívidas Usando o Cartão de Crédito – Universidade do Investidor ► AULA #01

Para ver uma oportunidade escondida na falta do dinheiro e se preparar para uma nova fase. A vida também é feita de ciclos e nunca é tarde demais para mudar os hábitos financeiros. Comece, então, se planejamento novamente. Aliás, fazendo um novo (e mais sincero) planejamento financeiro. Defina uma média de quanto você ganha por mês.

Sobre os hábitos financeiros, descubra os que os ricos fazem!

Mas essa média, não é uma média comum. Pegue o valor mínimo, que você ganha no seu pior mês, em termos de rendimento e use-o como base para todos os outros. Assim, sempre que entrar um dinheiro a mais, você poderá usá-lo para investimentos.

3 Maneiras de Ganhar Dinheiro Extra:

  1. Conheça 7 Maneiras Surpreendentes de Ganhar Dinheiro Fácil na Páscoa 2017
  2. Veja uma Maneira Simples de Ganhar Dinheiro Extra Sem Sair de Casa
  3. Apertado? Aprenda a Ganhar Dinheiro Extra na Internet e com Investimentos

Veja o que é realmente importante para a sua (sobre) vivência, existem muitos (mas muitos mesmo) gastos que são desnecessários. Uma boa dica é evitar as compras parceladas, na qual, geralmente, você se preocupa apenas com o valor da parcela mensal e não com o valor total.

Cartão de Crédito já tem juros altos e agora ainda terá o preço diferenciado… Entenda essa história!

Sempre note que você terá que abrir de uma coisa para conseguir outra. É lei. Mais do que nunca, esse é o momento ideal para você SEMPRE pesquisar os preços e encontrar aqueles de menor custo.

Nesse caso, não há segredos: gastar demais sem priorizar as necessidades é um tiro no pé. Mas um tiro mesmo, tiro de 12, sabe? Então, se você acha que o dinheiro não vai sobrar, adapte-se, faça com que isso aconteça, de uma forma ou de outra. Arranje um jeito de gastar menos e ganhar mais. Faça serviços extras, trabalhe mais, reinvente-se.

Por sinal, não seja um dependente da tecnologia. Acredite: se você precisar cortar a TV a Cabo, a internet ou a conta do celular, você não vai morrer! Optar por caminhar na praça ao invés de ir para a academia também não é um fator determinante para a sua saúde, se você manter uma alimentação saudável e a prática de exercício diária. Acredite, de uma vez por todas, é possível encontrar alternativas mais baratas em tudo, na vida.

20 Passos para Economizar Dinheiro, Ficar Rico e chegar a Independência Financeira em 2017

Sobre investimentos, realize-os de curto prazo e com liquidez diária porque, como você sabe, não é sempre que vai conseguir bancar todas suas despesas. Porém, entenda que isso nunca deve impedir você de investir.

Talvez seja um bom momento para você diversificar suas atividades e otimizar o seu tempo. Aprofunde nos estudos, torne-se um especialista e faça cursos de atualização. Sempre há tempo para aprender algo novo. Para tal, assim como para encontrar novas oportunidades, use a internet, o que pode fazer sua demanda profissional aumentar.

Não continue o texto sem antes ler7 Passos Fundamentais para Manter o Controle Financeiro Pessoal mesmo Desempregado

Ah, e nunca esqueça de sempre notificar as taxas e anuidades do seu cartão. Os bancos são grandes assaltantes (será que podemos falar isso ou vamos ser processados?), porque, no fim das contas, sempre pagamos por serviços e opções que não nos são uteis ou que não tem a qualidade anunciada. Então, pesquisa sobre corretoras, pesquise sobre o Nubank, sobre opções que custam menos e dão mais.

Com informações do Organizze

ANÚNCIO