Conheça o índice ICB e saiba quais são as empresas de commodities na Bolsa

ANÚNCIO

O ICB é o Índice de Commodities Brasil. E pode ficar bem tranquilo porque é muito fácil explicar e entender esse índice, está bem? Assim, também vamos poder falar sobre algumas das empresas de commodities na Bolsa de Valores do Brasil, a B3.

O assunto é legal e interessante porque esse tipo de empresa está sendo cada vez mais visada no mercado de ações. Elas já são populares na carteira de ativos de muitos investidores – tanto os mais experientes como os novatos.

ANÚNCIO

A primeira curiosidade que podemos destacar aqui é o fato de que foi a própria B3 que criou essa ferramenta, chamada de ICB. Logo, é sobre ela que vamos falar a partir daqui. Bora lá entender um pouco mais desse índice da bolsa.

O Índice de Commodities Brasil

No site da B3, a gente vai encontrar todas as informações sobre o índice. Por exemplo, temos a apresentação dele: “o ICB é o resultado de uma carteira teórica de ativos, que foi feita a partir de alguns critérios”.

Assim, temos também o objetivo: a ideia é que o ICB seja uma referência ou benchmark para que os fundos de investimentos e administradores possam avaliar o desempenho dos negócios em commodities. Isso permite a comparação com outros ativos e aplicações.

ANÚNCIO

E a Bolsa explica ainda que “vários estudos mostram os benefícios de diversificar os ativos da carteira de investimentos para reduzir os riscos sem afetar o retorno”.

Ainda nessa apresentação inicial da B3, a gente pode ver que vários podem ser os ativos elegíveis para a composição do índice. “Qualquer commodity”. Assim, consideramos os produtos agrícolas, pecuários, florestais, metais, de energia, etc.

Mas, para estarem no índice é preciso “ter um contrato futuro na B3, onde são negociadas as mercadorias de álcool anidro, açúcar, boi gordo, café arábica, etanol hidratado, milho, ouro e soja”.

A cotação do ICB

Na mesma página que indicamos acima, a gente também poderá ver que tem a cotação diária do índice. E isso é legal de vermos antes mesmo da listagem das empresas de commodities na Bolsa. Por exemplo, a última atualização que vimos foi de 5 de outubro de 2020.

Assim, o índice teve uma oscilação de 0,80% positivo, sendo que chegou até os 36.181 pontos. Em 2004, para se ter uma ideia, a média era de 10.000 pontos. Do total de pontos somados agora, a gente tem a seguinte variável:

  • Boi Gordo – 18.259 pontos
  • Milho – 11.911 pontos
  • Café Arábica – 4.311 pontos
  • Etanol Hidratado – 1.699 pontos

Sendo assim, note que não temos como dizer quais as ações das empresas de commodities que compõe o índice porque estamos falando de contrato futuro, está bem? Por outro lado, fomos atrás das ações que são de empresas commodities que estão listadas na bolsa.

As empresas de commodities na Bolsa

Agora sim vamos ao que interessa. Deixando um pouco de lado o índice citado acima, vamos mencionar aqui algumas ações das empresas desse setor, que é commodities, ou seja, bastante focado em exportações.

Antes disso, porém, apenas para que você não tenha dúvidas, vamos resumir um ponto importante. Uma commodity é uma empresa que tem matéria-prima da baixa industrialização e que são negociadas como contratos futuros.

Geralmente, se enquadram em itens essenciais, de alta durabilidade ou alto nível de negociação. Assim, a gente acaba definindo os grupos como: agrícola, ambiental, financeira, mineral, química, recursos energéticos.

Sendo assim, temos aqui algumas empresas da bolsa (e não todas) que tem relação com as commodities. Bora conhecer algumas delas?

Camil (CAML3)

É uma companhia do setor de alimentos, que vende alimentos como açúcar, feijão e arroz. A empresa existe desde 1963 e hoje é uma das maiores do setor de alimentos no país.

Gerdau (GOAU4)

É uma produtora de aço, que também produz minério de ferro. Esse é uma commodity. A empresa é de 1901 e em 1940 se transformou em uma companhia do setor da siderurgia. Saiba mais sobre a Gerdau.

PetroRio (PRIO3)

É do setor do petróleo, gás e combustíveis. É uma das maiores da sua área de atuação. Mas, é uma das mais novas também, de 2008.

Sanepar (SAPR3)

É a companhia de saneamento do Paraná. Ela existe desde 1960 e atende mais de 340 cidades do estado. Também faz a distribuição de água.

Suzano (SUZB3)

A última empresa que vamos citar aqui é a Suzano, que é da área de papel e celulose. É uma das maiores do mundo. Ela foi fundada em 1924 em São Paulo. Outra empresa que poderia ser citada aqui também, do mesmo segmento, é a Klabin (KBLN11), que também produz celulose.

As grandes empresas de commodities do Brasil

empresas de commodities na Bolsa

E seria um grande erro a gente ficar sem falar das empresas de commodities na Bolsa de Valores atualmente, como é o caso da Petrobras e da Vale. Elas nunca deixam de ser lembradas na vida dos analistas e investidores.

A Petrobras (PETR3 e PETR4) por exemplo é a maior empresa brasileira. Ela produz petróleo, que é considerada a mais importante commodity do mundo. Atualmente, a empresa tem valor de mercado acima dos R$ 200 bilhões.

Já a Vale (VALE3 ou VALE4) é outra grande do país, sendo a maior produtora de minério de ferro do mundo. O valor de mercado passa dos R$ 220 bilhões. E ainda temos a JBS (JBSS3), que é uma das maiores produtoras de proteína animal do mundo, com valor de mercado de R$ 56 bilhões.

ANÚNCIO