Considere 4 impactos na economia brasileira com a eleição de Joe Biden

ANÚNCIO

Com a eleição de Joe Biden nos Estados Unidos, muita coisa pode mudar e todo mundo sabe disso. Primeiro porque ele é de uma ideologia diferente do seu antecessor, Donald Trump. Mas, o que será que muda para nós, brasileiros? Nós também fizemos essa pergunta.

E ao estudar o assunto, conseguir chegar em 4 respostas simples. Inclusive, todas possuem relação direta com a economia daqui. Até mesmo porque os Estados Unidos representam hoje a maior potência mundial em termos de economia. Logo, isso influência o mundo todo.

ANÚNCIO

Para quem quer entender melhor os impactos da vitória de Joe Biden na economia do Brasil, vamos considerar um começo partindo desses 4 pontos.

Os 4 impactos na economia brasileira

Na internet, a gente encontra diversas informações tentando explicar os motivos que levaram Biden a ser o vencedor da disputa. Outras vezes, a gente encontra dados sobre a possibilidade de fraudes nas votações.

Mas, o que queremos dizer aqui é que o foco está em pensar na economia brasileira. Independentemente do resultado ou do que você acha que pode ter acontecido, a gente só quer falar sobre os impactos da vitória de Biden, tudo bem?

ANÚNCIO

Agora, se você está interessado em saber mais sobre esses motivos que levaram Biden à vitória, saiba que a UOL tem uma matéria bem legal que fala disso e você poderá ler mais tarde.

1 – A questão diplomática

Nesse ponto, a melhor resposta encontrada foi “conflito”. O motivo é que Biden tem uma postura muito clara sobre questões ambientais. Logo, ele já deu indícios que não vê com bons olhos a situação atual da Amazônia Brasileira e nem mesmo do Pantanal Brasileiro.

Para se ter ideia disso, em seu primeiro discurso, Biden citou a união com outros países para levantar fundos para a preservação dessas duas áreas. Mas, por que isso pode gerar conflitos por aqui? O motivo é que o governo atual brasileiro anda “despreocupado” com a questão.

Se isso continuar acontecendo, o Brasil terá muita dificuldade para estreitar laços com o novo presidente americano, eleito há alguns dias. Outra coisa importante é que Jair Bolsonaro é de uma linha ideológica bem diferente de Biden. Um é de esquerda e o outro de direita.

2 – A oportunidade da exportação

O próximo ponto que deve influenciar o nosso país com a eleição de Joe Biden tem a ver com as exportações. E isso se explica pelo fato de que durante a campanha eleitoral que fez por lá, o então presidente Donald Trump, falou sobre a proteção da economia americana.

O que isso queria dizer, como sabemos, é que haveria um aumento das tarifas dos produtos importados. Logo, o foco seria privilegiar a produção interna. A política de Trump afetaria muito o Brasil porque reduziria a entrada de produtos nossos e isso mudaria o nosso cenário econômico, também.

Por outro lado, com a vitória de Biden, esse fato deve tomar novo rumo. Afinal, o próprio candidato defendeu todas as relações internacionais. Com isso, há grandes chances de investir em novas políticas para melhorar o relacionamento dos Estados Unidos com outros países.

3 – O crescimento tecnológico

Nesse caso, a gente tem um ponto que pode não ser assim tão positivo. Afinal, tanto Biden como Trump já disseram que vão interferir na participação da China. No caso de Biden, que venceu as eleições, a promessa teve a ver com o leilão do 5G no Brasil.

Assim, Biden deixou claro que poderia limitar o crescimento tecnológico chinês. Porém, haveria uma interferência muito grande no Brasil devido ao fato de que a China é uma referência nessa área. Assim, poderia auxiliar o Brasil na criação de redes inteligentes e eficientes.

De modo simples, isso também afeta outras áreas, como a econômica.

4 – A valorização do real

E a última coisa importante que vamos trazer aqui e tem tudo a ver com a eleição de Joe Biden tem a ver com a valorização da moeda brasileira. Mas, calma que é preciso considerar um ponto também importante nisso tudo: o apoio a Biden.

Assim sendo, se os democratas conseguirem apoio da maioria na Câmara e no Senado americano, então, pode haver uma queda, significativa, do dólar. Isso é o que prevê especialistas brasileiros da economia.

Logo, o novo governo gastaria mais aumentando os impostos e o partido de Biden tem mesmo um histórico de gastar mais. O resultado disso é que a moeda norte-americana, considerada a mais forte do mundo, deve recuar substancialmente. E isso já aconteceu nos primeiros dias após a eleição americana terminar.

Relembre a última notícia que fizemos sobre as eleições americanas

Antes de Biden vencer as eleições dos Estados Unidos, nós falamos aqui sobre algumas expectativas que foram criadas sobre esse tema. Primeiro, apresentados os candidatos à presidência, sendo Trump e Biden.

Depois, a gente ainda falou sobre os discursos que eles apresentaram durante as suas campanhas eleitorais dos últimos meses. Assim, tivemos algo como “Estados Unidos em primeiro lugar” e “Um Estados Unidos aberto a negociações”.

Considere 4 impactos na economia brasileira com a eleição de Joe Biden

Por fim, ainda demos algumas dicas para os investidores que optaram por se proteger durante o período de eleições. A boa notícia é que essas mesmas dicas valem a pena agora. Até mesmo porque independente do vencedor ambos candidatos trazem riscos e oportunidades para quem investe dinheiro.

Se você quer saber mais sobre isso, então, pode ler a nossa matéria que foi publicada antes das eleições terminarem.

ANÚNCIO