Efeito Trump faz o Ibovespa registrar o pior novembro do século: veja as 10 ações que mais caíram

ANÚNCIO

O Índice Bovespa encerrou o mês com queda de 4,65%, resultante direta da eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, que pegou o mercado – e o mundo – de surpresa. Essa é a primeira queda desde maio, que chegou ao patamar de 58 mil pontos, frente à máxima de 65 mil pontos.

Com as perdas, o novembro marcou o pior mês desde 2000.

ANÚNCIO

Donald Trump Presidente: Bom ou Ruim para os Investidores Brasileiros?

Situação que não é compartilhada no país americano, onde os índices encerraram novembro com máximas histórias, sendo que o S&P subiu aproximadamente 3,7% e o Dow Jones avançou 5,7%.

“A melhor parte da carta não é que ele fala sobre o Trump, mas sim sobre a incapacidade de conseguirmos prever qualquer coisa. Ninguém sabia que ele ia ganhar, e mesmo se o leitor tivesse uma bola de cristal indicando que Trump venceria, quem afirmaria que uma semana depois o S&P estivesse no maior nível de sua história”.

ANÚNCIO

A frase é de Howard Marks, gestor da Oaktree Capital e foi divulgada pela equipe da XP Gestão. Um resumo do que foi novembro para o mercado financeiro americano.

Governo Obama valoriza Nasdaq em mais de 270% 

Infomoney faz mudanças extraordinárias na Carteira de Novembro

Também como consequência à eleição de Trump, o Infomoney mudou a sua carteira de novembro. “Os investidores fizeram uma mudança brusca em suas carteiras de ações após a vitória de Trump nas eleições norte-americanas. Com isso, fizemos alterações”, comunicou.

15 Papéis Recomendados para essa semana

Enquanto a Localiza (RENT3) e a Cemig (CMIG4) caíram fora; a Embraer (EMBR3), JBS (JBSS3) e a Ultrapar (UGPA3) entraram. Aliás, a Ultrapar já estava na carteira e ganhou um aumento de exposição.

Para explicar as mudanças, o Infomoney listou 5 itens:

Reprodução: Google
Reprodução: Google

1 – Contexto

A vitória do republicano traz grande chance de uma administração capaz de realizar o tipo de estímulo fiscal que vários economistas têm cobrado.

2 – Impacto

Com mais estímulo fiscal, menos estímulo monetário, ou seja, os juros devem subir nos Estados Unidos mais rápido do que o mercado esperava.

Aprenda a comprar ações na Bolsa de Valores em 3 passos

3 – Efeito

Com juros altos, o dinheiro pode começar a voltar para os EUA, estimulando uma fuga de capital de economias que pagam juros mais altos mas que são mais arriscados, como o Brasil.

4 – Prática

A saída de capital do Brasil deve provocar forte valorização do dólar frente ao real. Com o dólar tendo efeito na inflação, o Banco Central pode ficar ainda mais cauteloso em cortar a Selic.

5 – Direto ao Ponto

Os contratos de juros futuros e de dólar estão disparando desde quarta-feira (9), provocando derretimento em ações que se beneficiariam com uma Selic menor e uma disparada de empresas que ganham com dólar mais forte e com o rali das commodities.

10 ações que mais caíram e 10 que mais subiram em novembro

Dos 58 papéis do índice, 46 fecharam novembro em queda. Veja, abaixo, a listagem, que está na ordem: Empresa, Ativo e Variação do mês (todas negativas).

  1. Lojas Americanas – LAME4 – 20,87%
  2. Copel – CPLE6 – 20,79%
  3. Cemig – CMIG4 – 18,97%
  4. Smile – SMLE3 – 17,87%
  5. Lojas Renner – LREN3 – 16,74%
  6. BR Malls – BRML3 – 15,49%
  7. EcoRodovias – ECOR3 – 14,69%
  8. Natura – NATU3 – 14,55%
  9. Cyrela – CYRE3 – 13,21%
  10. CCR – CCRO3 – 12,82%

Com aquisições de 2 shoppings, Multiplan é recomendada pela Santander Corretora

Agora, 10 empresas que fecharam novembro no azul. Aqui, também listadas na ordem: Empresa, Ativo e Variação do mês (todas positivas).

  1. Vale – VALE3 – 27,08%
  2. Vale – VALE5 – 23,85%
  3. Gerdau – GGBR4 – 23,14%
  4. Gerdau – GOAU4 – 22,95%
  5. Fibria – FIBR3 – 21,42%
  6. CSN – CSNA3 – 15,74%
  7. Bradespar – BRAP4 – 15,18%
  8. Marfrig – MRFG3 – 14,41%
  9. Suzano – SUZB5 – 14,12%
  10. Santander – SANTB11 – 7,07%

Suzano dispara 8%, Itaú pagará dividendo de R$ 0,015 por ação e Dow Jones supera 19 mil unidades na abertura

BTG Pactual recomenda B2W e Magazine Luiza

Em relatório, o BTG Pactual recomentou o setor de e-commerce no Brasil e elevou a recomendação para os papéis da B2W (BTOW3) para o patamar de compra e o Magazine Luiza (MGLU3).

O preço-alvo é de 17 reais para a B2W, que totaliza um potencial de valorização de 71,54%.

Saiba qual é a companhia que subiu 350% em 3 anos na Bolsa de Valores

Segundo os analistas, eles enxergam pilares sólidos para o crescimento de vendas na internet nos próximos anos, mesmo com o enfraquecimento esperado para 2016 por conta do atual cenário.

Lopes Filho recomenda a Vale

A corretora Lopes Filho recomendou a compra de papéis da Vale (VALE5) em relatório, com preço-alvo de 30 reais, o que totaliza um potencial de valorização de 16,01%.

Vale anuncia dividendos de 857 milhões de reais

“Elevada qualidade de produto, eficiente logísticas e respeitável competitividade são diferenciais da Vale, cujos minérios são aplicados em uma vasta gama de produtos da vida modernas, além da infraestrutura, construção civil leve e pesada e indústria automobilísticas”, afirmaram os analistas.

Da Redação

ANÚNCIO