Uma dica simples para economizar R$ 600 com a alimentação!

Já ouviu falar em dieta financeira? Você já fez contas de quanto você gasta com a sua alimentação? O assunto de hoje é sobre isso. E fique tranquilo porque dieta financeira não é sair por aí comendo o dinheiro, tá bom!

Não tenha dúvida que você precisa de verdade fazer as contas porque este item (o da alimentação) é um dos mais representativos no seu orçamento financeiro. Assim como na vida de todo brasileiro.

A ideia deste conteúdo não é para você deixar de comer ou passar fome. Jamais teríamos o pensamento de te sugerir isso. Mas, sim, queremos te ajudar a buscar a sua alimentação de forma consciente!

Com isso, você vai economizar dinheiro, além de tudo. E, além disso, ter uma vida mais saudável também.

  • Agora, será mesmo que você se alimenta bem?
  • Qual foi a última vez que você foi a uma consulta de um nutricionista?

Bora aprender essa dica de ouro?

A alimentação – e quanto isso custa!

Se você ainda não foi, a recomendação é ir o quanto antes.

Isso porque um dos primeiros passos que você possa fazer uma dieta financeira de forma sustentável é fazendo um diagnóstico financeiro em toda a sua alimentação.

É importante fazer uma análise das sua últimas 24 horas: como você se comportou junto a sua alimentação?

É muito comum a gente não se lembrar daquilo que a gente comeu e, principalmente, quanto custou.

Você já deve ter ouvido aquele ditado: “só nas pequenas pedras que você realmente tropeça e não nas grandes”. Não ouviu? Acontece a mesma coisa com relação ao que a gente gasta com alimentação.

A verdade é que são os pequenos gastos (como cafezinho, salgadinho, refrigerante, enfim) que vai fazer com que você fique gastando sem perceber!

E, lógico que gastando sem perceber, você não vai saber o tamanho do rombo que isso causa.

Imagine durante o dia você gastando nos seguintes itens:

  • R$ 5 na coxinha,
  • R$ 5 no suco,
  • R$ 5 no chocolate,
  • R$ 5 no café expresso.
  • Só aí são R$ 20 no dia!

E se você multiplicar por 30 dias, isso vai dar R$ 600 em pequenos gastos que você não vê. Mas, existe.

O investimento – e quanto lucro gera!

Se eu aplicar esses R$ 600 a juros de 0,8% por 10 anos eu terei mais de R$ 120 mil.

Isso sem contar a inflação.

Tá, mais deixando de lado um pouco os números, vamos te chamar a atenção com relação as refeições fora de casa também.

Aquele almoço ou jantar, que quase sempre acaba em pizza ou feijoada, sabe?

Você não acha que poderia mudar alguma coisa nesse comportamento? De vez em quando alguma mudança e optar por fazer a comida em casa, por exemplo? Isso lhe custaria bem menos.

E nessa atitude talvez você acabe até levando a sua marmita de casa nos próximos meses.

Se na sua empresa tem lá um local que pode esquentar uma marmita, imagina a economia que  você terá ao longo de um mês ou ao longo de um ano. Imagine isso em 10 anos!

E também outra opção é buscar por um restaurante mais em conta, mais barato.

Diagnóstico financeiro das contas com alimentos!

Com isso tudo, com toda essa reflexão e pensamento, você está fazendo um diagnóstico do quanto você gasta e do quanto poderia economizar com a compra de alimentos – e sem passar fome!

Comee a pesquisar! Você tem que pesquisar a sua alimentação e aprimorado com essa economia você poderá realizar outros desejos, outros sonhos – como a viagem para a Europa, por exemplo.

É assim que você consegue fazer uma boa dieta financeira!

E para que essa dieta fique ainda melhor é necessário pensar no desperdício. Desperdício de alimentação que a gente tem e muito! Seja na nossa casa ou também naqueles restaurantes por quilo ou quando compramos uma porção a mais daquilo que não vamos consumir.

Percebe que o dinheiro vai e não volta?

E quando você se alimenta bem, com consciência, com sabedoria, o que acontece? Esse dinheiro fica nas sua mãos e você também se alimenta bem porque se torna mais seletivo.

Com isso, você traz um grande benefício para saúde alimentar e a saúde do seu bolso.

Uma dica simples para economizar R$ 600 com a alimentação!

Bônus: Economizar dinheiro com a alimentação – 4 regras para fazer dieta sem gastar muito

Recentemente, publicamos um conteúdo sobre como economizar dinheiro e fazer dieta ao mesmo tempo. Porque hoje em dia muita gente diz que é caro emagrecer, né. Mas, não é bem assim… Sempre tem alternativas viáveis e econômicas.

Veja uma das dicas:

Aproveite as Promoções

Saiba aproveitar promoções e preços baixos tanto na feira quanto no mercado.

Está ficando bem mais comum no Brasil ter a sessão de produtos vencendo no mercado.

O que não tinha antigamente. Estou gostando muito de achar isso.

Na feira isso acontece sempre.

Então, se você tiver disponibilidade, vá à feira na hora do almoço para pagar barato.

Bem mais interessante.

E tem supermercado que faz o dia da carne, dia dos legumes.

Tem algumas promoções que temos que ficar de olho.

Se você pode ir ao mercado toda semana, que é o que fazemos, isso ajuda muito.

Porque você compra menos e aproveita esses dias específicos de promoções e vai abastecendo a geladeira e dispensa.

Você se limita nas compras mensais.

Não tem tempo e compra logo tudo para não voltar no mercado e compra coisas caras.

Se você puder ter uma frequência maior no mercado, isso vai te ajudar a economizar.

Quer ver as outras? Leia a matéria completa aqui.