Veja como economizar mais de R$ 2 mil no ano com 2 mudanças inteligentes

ANÚNCIO

Diferente do que estamos habituados a fazer (economizar), trouxemos aqui uma história que foi contada na internet nos últimos dias. Independente se é verdade ou não (acreditamos que é verdade), saiba que o que foi contado dá para ser usado na nossa forma de pensar.

O legal é que isso tem a ver com todo mundo. O que quer dizer que todo mundo pode economizar um bom dinheiro se quiser, todos os meses, todos os anos. E ai, bom, cada um sabe o que é melhor fazer com esse dinheiro economizado, né.

ANÚNCIO

Mas, para não demorar muito, vamos começar com a história.

economizar
Foto: (reprodução/internet)

A mudança do plano do celular

Para começar essa história portanto vamos levar em conta a introdução do narrador. Ele conta que fez uma mudança muito importante na sua vida financeira: mudou de operadora e de plano de celular.

Essa simples mudança já o fez ganhar alguns reais.

ANÚNCIO

Considere que, como ele narra então o plano da Vivo custava R$ 250 mensalmente. E, quase sempre, ele precisava pagar alguns dados extras para continuar tendo acesso à internet.

Aí que então na Black Friday que aconteceu pela última vez, ele resolveu mudar. Foi para a Oi e passou a pagar R$ 99,90 para ter 50 GB de internet. Era o que ele estava precisando naquele momento.

Mas, a história não para por aí, não.

O plano de celular da esposa

Vamos falar agora como ele fez para economizar com a conta do celular da esposa também.

Primeiro, ele mudou o próprio plano de internet do celular. De Vivo foi para Oi. Só que quando era Vivo, a esposa dele também tinha o seu próprio plano e também pagava caro, cerca de R$ 150 todos os meses.

Agora contudo a história é bem diferente. Você sabe que ele está pagando apenas R$ 99,90, né. Aí que se ele quiser dividir a internet que tem (que atualmente é de 50 GB), ele pode fazer isso com a sua esposa e pagar apenas R$ 29 a mais no plano que já tem.

Logo, é só fazer as contas para ver a economia.

Se antes era R$ 250 + R$ 150, o que dava R$ 400; agora, o casal tem um plano que custa R$ 99,90 e mais R$ 29,00, o que dá uma média de R$ 130 no mês.

É uma economia e tanto, né, de mais de R$ 250 apenas com a mudança na operadora e no plano do celular.

Só que a história não para por aí.

A mudança no combo de internet e TV

O narrador conta que “tem coisas que aceitamos que não devíamos”. E é sobre isso que vem a ser o próximo tópico, que é esse aqui, do combo da internet e da TV.

O casal assinava um um combo de internet e TV. “Mas, a gente nem usava mais a TV porque a gente só assistia a Netflix”. Obviamente, o combo pago era em vão porque só se usava um serviço, que era o da internet.

Aí, o que o casal fez? Cancelou a TV. E o que aconteceu nesse momento? “Eles [a empresa] não quiseram cancelar a TV. O personagem conta, na sua história, que eles “disseram que tinha que pagar multa”.

E a multa era de R$ 500. Tudo isso para forçar o consumidor a ficar com o produto, obviamente.

Só que ninguém é obrigado a aceitar isso. Sabe por quê? Porque estamos falando de uma venda casada, o que é proibido no Brasil. Venda casada é quando uma empresa vende um produto agregado à outro.

E quanto é que custava esse combo? R$ 154.

Como reclamar

E aqui o passo demorou um pouco mais porque eles tiveram que criar uma reclamação na Anatel, que é a agência que regula todo mercado de telecomunicações no Brasil.

Portanto, se estão tentando te vender um combo ou você já aceitou e quer cancelar porque não usa a TV saiba que você pode reclamar na Anatel. E isso vai surtir um bom efeito para você.

Veja como o narrador descreve essa situação:

“Você reclamou que dia? Numa sexta-feira. E quando a NET bateu na porta de casa? Segunda-feira. Para fazer o que? Desconectar a TV e cancelar a assinatura da TV. E quanto passou a pagar por mês? De R$ 154 para R$ 99 no mês”.

Só aí deu R$ 54 por mês de desconto, de economia, né!

Os cortes inteligentes

Se no plano de celular foi uma economia de mais de R$ 130 e agora, no combo da TV, foi uma economia de mais de R$ 50, tivemos um total economizado de R$ 180.

E como falamos não importa se a história é verdadeira entretanto o fato é que isso é realmente possível de ser feito. E você só precisa revisar os seus gastos, os seus serviços e saber dos seus direitos.

R$ 180 por mês pode te parecer pouco, mas no ano dá mais de R$ 2 mil, o que é muito.

Além de tudo, essa é uma forma de economizar que não dói porque a gente só tira aquilo que não tá usando e que não está fazendo falta.

Essa história foi narrada na internet, mas poderia ser a sua história também, não é? Tem muita gente que lida com isso e não sabe como e o quanto poderiam economizar. Aqui está um exemplo portanto economia anual de mais de R$ 2 mil.

Esses cortes é o que os especialistas e educadores financeiros chamam de cortes inteligentes. São cortes que não doem portanto que não fazem falta e que são ótimos para o controle das finanças.

ANÚNCIO