10 formas de economizar dinheiro e contribuir com o meio ambiente!

Em uma de nossas reuniões de grupo aqui na redação, a gente acabou vendo um material muito legal que foi distribuído por uma empresa e resolvemos compartilhar com vocês, leitores.

A ideia é a de unir a economia de dinheiro com a sustentabilidade. Você acha que isso pode dar certo? Por incrível que pareça sim. E mais incrivelmente ainda é ver que isso é mais simples do que muita gente pensa.

O conteúdo está dividido em 10 tópicos. Cada um deles fala de uma forma que a gente tem na vida para ajudar o meio ambiente e que, ao mesmo tempo, também retorna para gente em forma de economia de dinheiro.

Achou incrível? Nós também. Então, acompanhe essas ideias e comece a usá-las agora mesmo!

10 formas de economizar dinheiro e contribuir com o meio ambiente!

1 – Reduzir

Reduzir gastos em casa!

Sim, claro que estamos falando disso.

Sabe os gastos em excesso? Pois é. Várias pesquisas já comprovaram que eles representam nas nossas casas uma média de 30% a mais no orçamento.

E aqui vale o excesso em tudo: alimentação, vestuário, lazer, etc.

São muitos os desperdícios, por isso, reduzir é necessário para que você possa guardar dinheiro para outras finalidades.

Olha, com uma economia de 30% dá para fazer muita coisa, ainda mais se considerarmos isso em um prazo maior, de mais de 2 anos. Dá para viajar o mundo, se quiser!

2 – Reutilizar

Reutilizar a água, por exemplo.

Que é realmente importante para nosso planeta e você sabe disso, né. A água vai acabar rápido se continuarmos a usar desenfreadamente, como fazemos.

E vale falar em reutilizar outras coisas também, como as roupas, que muitas vezes as pessoas só usa apenas uma vez.

Então, é preciso fazer com que todos  aprendem a reutilizar todos os materiais e produtos e alimentos e etc! Tudo pode ser reaproveitado hoje em dia.

Você sabia que você pode fazer um suco de abacaxi com a casca da fruta? Utilizando a polpa para o consumo e a casca para fazer o suco. Olha que ideia simples e excelente!

3 – Reciclar

Esse é o tema muito utilizado no planeta. Reciclar tudo aquilo que é possível: reciclar o lixo de casa deveria ser lei aqui no Brasil, que é um dos países que menos reciclam, né.

E também posso fazer reciclagem de várias coisas. Já viu aquelas cadeiras feitas com pneus usados?

Com isso, estamos economizando dinheiro e também cuidando do planeta.

4 – Recusar

Também é uma forma de você economizar e você vai descobrir por que!

Por exemplo: aquela pessoa que vai ao supermercado e tem que usar aquelas sacolinhas plásticas. Essa é uma atitude correta? Não, né. Claro que não. Você pode usar sim uma sacola que você leva da sua casa – o meio ambiente agradece.

5 – Repensar

Rever tudo que você está fazendo na sua casa, no seu habitat natural, no seu cotidiano é interessantíssimo e há quem diga que é um exercício que deve ser feito periodicamente.

Os hábitos, que são atividades que fazemos no piloto automático, podem estar nos levando para o caminho das trevas. Comece a notar com mais foco os seus hábitos a partir de agora.

Isso pode te fazer usar o chuveiro e o ferro de passar mais rápido, por exemplo.

E dá para você repensar na hora de comprar mais uma calça, mais uma camisa, mais um tenis, mais um sapato.

Isso tudo leva você ao desequilíbrio financeiro e lógico vai gastar mais dinheiro ao fazer isso. Então, mudança de hábitos, ok?

6 – Reparar

Eletrônicos, roupas, móveis.

Enfim, uma série de itens e produtos podem ser reparados, isto é, consertados.

É necessário que a gente busque pela reforma de tudo aquilo que a gente tem. Essa reparação, quase sempre, é mais barata. Além do fato de que deixamos de jogar no lixo produtos que demoram a ser “consumidos” pela natureza.

7 – Reintegrar

Você vai fazer aquele omelete, certo? E o que acontece em seguida: a casca do ovo geralmente vai para o lixo.

Agora, você sabia que dá para reintegrar essa casca? Como fazer isso? Muito simples: você pode colocar nos vasos para melhorar as plantas da sua própria casa porque a casca serve como uma espécie de nutriente para elas – o adubo natural.

8 – Respeitar

Respeitar o outro, o limite, a natureza.

Como, por exemplo, não jogar o lixo no chão ou na rua ou na calçada ou na praia ou na praça ou no parque. Lixo é no lixo, né gente.

Agora, é importante também que você jogue o lixo plástico no lugar que é para ser lixo plástico, o papel no lixo de papel, o alumínio no de alumínio. Isso é reciclagem, isso é vida, é sustentabilidade.

Você está contribuindo, dessa forma, para as coletas seletivas.

9 – Repassar

Repassar o seu conhecimento, inclusive, sobre esses ensinamentos para economizar dinheiro e investir na sustentabilidade também é um ato sublime!

E a partir disso, dá para falarmos em ações como doar e trocar também.

Tudo isso leva a gente a se tornar pessoa mais generosa e com essa generosidade a gente consegue também fazer pessoas mais felizes.

10 – Responsabilizar-se

Por tudo aquilo que você tem e prática no seu dia a dia.

É um tema muito relevante dentro do universo da sustentabilidade porque a responsabilidade que você tem junto em tudo que você faz,é o que leva a você a ser um humano melhor!

E a consequência disso, claro, é uma sociedade mais justa e sustentável.