5 maneiras de economizar dinheiro em casa – e ser uma pessoa sustentável

ANÚNCIO

Você sabia que dá para ser alguém sustentável e economizar dinheiro com isso? Ao mesmo tempo em que você dorme com a cabeça tranquila, você ainda ajuda o seu orçamento do mês. incrível, não?

Abaixo, listamos 5 maneiras práticas, reais e baratas de ser sustentável. Você só precisa ter a boa vontade – e nada mais. Confira aí as alternativas e mude os seus hábitos de vida a partir de agora e seja mais sustentável.

ANÚNCIO

1 – O reaproveitamento da água

Uma das maneiras mais inteligentes que a gente tem hoje em dia de economizar dinheiro e ser sustentável, é reaproveitando a água.

Você já parou para pensar que até as novas máquinas de lavar possuem a opção de “reutilizar a água”? isso é bastante inteligente porque você pode usar a água da lavagem de roupas para lavar peças mais sujas, como tapetes, por exemplo.

E claro que se você economiza na água, você economiza também no dinheiro. Porque aqui no Brasil a gente tem um custo para usar a água, como você bem sabe, né.

ANÚNCIO

Então, não restam dúvidas de que reaproveitar a água é algo muito inteligente de se fazer, tanto do ponto de vista ambiental como do ponto de vista financeiro.

E não é só na máquina de lavar que dá para reusar a água. Você tem que começar a estudar as variadas formas de fazer isso que existem. Por exemplo, também dá para reusar a água do cozimento de alimentos para outros fins alimentícios, como o preparo do arroz.

Ah, e o fato de economizar água, isto é, usar menos a água também é uma boa ideia. Então, comece a prestar mais a atenção quando for tomar banho, lavar o quintal, lavar a louça, escovar os dentes, dar descargas, etc.

2 – A separação do lixo doméstico

5 maneiras de economizar dinheiro em casa – e ser uma pessoa sustentável

Separar o lixo doméstico também é algo inteligente de se fazer hoje em dia. Inteligente porque você ajuda demais o nosso futuro e também porque isso pode te ajudar a ganhar uma grana extra.

Bom, antes vamos explicar como se faz isso: em casa mesmo você vai ter 2 lixos, sendo um para orgânicos (como restos de comidas) e outro para recicláveis (que vão incluir materiais como alumínio, papel, plástico e vidros).

Aí, quando você for levar o lixo até a rua, você indica quais são os recicláveis ou você comunica cooperativas e pessoas que fazem a seleção desses materiais. Essas cooperativas acabam usando os materiais para reciclagem, o que é ótimo para o meio ambiente.

Já o lixo orgânico vai para os lixões, já que não pode ser aproveitado como material, apenas como adubo. Mas, o caminho dele é o lixão mesmo.

Agora, como ganhar dinheiro com isso? Se você estiver precisando de uma grana extra, saiba que pode considerar vender tais materiais recicláveis. Em toda cidade tem um estabelecimento que compra esses materiais.

Então, você pode vender as latinhas de refrigerante ou cerveja, vender as garrafas PET, vender as caixas de papelão de sapato e por aí vai. Claro que isso não vai te dar uma grana muito alta, mas cada centavo ajuda, não é mesmo?

3 – A separação do óleo de cozinha

E já que estamos falando de separação de lixo, vamos falar do óleo de cozinha agora. Você sabia que dá para usar o óleo de cozinha para fazer outro produto, que também é usado na cozinha? Sim, o sabão em pedra sustentável.

O processo de fabricação é fácil. Mas, se você não sabe fazer ou não quer aprender, considere que tem pessoas que juntam o óleo para fabricação. Isso é totalmente correto, do ponto de vista ecológico, porque a gente evitar jogar o óleo no ralo da pia, né.

Do ponto de vista financeira, você tem várias opções para ganhar dinheiro com essa atitude correta. Uma delas é você trocar com as pessoas. Atualmente, tem que troca 2 litros de óleo usado por 1 sabão em pedra que ela fez, por exemplo.

Já a outra opção é você mesmo produzir os sabões e começar a vender. Aí vai depender da sua disponibilidade de tempo e aprendizado.

Agora, por outro lado, tem que doa esse óleo, o que também é bem inteligente de se fazer. Afinal, o meio ambiente agradece e o futuro também.

4 – A reutilização de roupas

Você tem aquela peça de roupa que não usa mais, não tem? Todo mundo tem. Seja uma calça, um short ou uma camisa, aliás, pode ser até mesmo um vestido.

Agora, o que você faz com ela? Uma forma inteligente de economizar dinheiro é restaurar a peça e criar uma nova. Assim, você evita ter que ir na loja comprar uma roupa nova, já que tem uma peça nova.

Por outro lado, tem outra opção que está em alta nos dias atuais: trocar peças de roupas. Isso funciona através dos brechós e há, inclusive, brechós online. Portanto, dá para você trocar a peça e pegar uma nova, sem precisar comprar.

Para o meio ambiente, isso é ótimo porque você não está jogando fora um tecido que demora para se decompor. Para o seu bolso, isso vai te fazer economizar dinheiro em uma nova roupa que seria comprada, não é mesmo?

5 – A reutilização de alimentos

sustentável
Foto: (reprodução/internet)

Por último, considere que a reutilização de alimentos também é saudável (para o bolso e para o meio ambiente). Você tem o hábito de jogar alimentos no lixo? Saiba que isso é péssimo.

O que se deve fazer é reusar os alimentos. E sempre dá para fazer isso, tá bom? Se você tem muitas frutas em casa, congele algumas que podem virar sucos depois. Se você tem restos de vegetais, está aí a chance de uma sopa ou caldo.

Cascas de frutas e sementes podem virar bolos ou massas. E por aí vai. O seu bolso agradece, o meio ambiente respira melhor e você fica com a consciência mais limpa também.

ANÚNCIO