Economizar Dinheiro: Aprenda a controlar as emoções e não cair nas armadilhas do Comércio

ANÚNCIO

Claudia Hammond é psicóloga, mas entende tudo sobre o dinheiro. Recentemente, lançou o livro Mind Over Money e, paralelo à isso, apresenta também o programa The Psychology of Money ou A Psicologia do Dinheiro, na rádio BBC Radio 4. A seguir, separamos algumas dicas da especialista sobre o que fazer para não gastar demais!

1 – Cartão de Crédito: Com as taxas altas, a dica é esquecer o Cartão de Crédito em casa ao sair para ir à algum comércio.

ANÚNCIO

Leia 3 notícias ULTRA importantes sobre o uso indiscriminado do Cartão de Crédito:

  1. Vilão Financeiro: Novas Regras passam a valer para o Cartão de Crédito, entenda como elas funcionam!
  2. Juros médios do Cartão de Crédito Brasileiro são de 436% ao ano, 10 vezes maior que o segundo colocado da pesquisa
  3. Cartão de Crédito – Ter ou não ter

2 – Personalidade: O comportamento com o Dinheiro não é consequência apenas da sua criação dos seus próprios pais, mesmo porque seus irmãos podem gastar dinheiro diferente de você. Já notou?

3 – Regra dos Três: Quando fazemos compras, somos mais sensíveis à eventuais prejuízos e geralmente evitamos a opção mais barata por temer que o produto não seja bom ou de boa qualidade.

ANÚNCIO

4 – A Sedução dos Nove: As pessoas costumam achar que esses preços são bons porque o número nove frequentemente é usado em descontos, mas é efeito psicológico. “Ao verem algo de R$ 39 ao lado de outra coisa que custa R$ 35, as pessoas acabam comprando o mais caro por acreditarem se tratar de um preço com desconto”.

5 – Preço Justo: Se o custo de algum produto subiu apenas porque a procura aumentou, então, ele não está com um preço justo. Isso vale para as frutas, verduras e legumes principalmente, cujas safras são dependentes das estações ou do clima.

Gustavo Chierighini também é especialista e comenta que o Stress, o Desgaste Emocional e Eventuais Desequilíbrios Biológicos, são importantes no controle do consumo pessoal. Ser temperamental não é um bom negócio para fazer bons negócios. Confira algumas dicas do especialista.

Problemas com Dinheiro é a principal causa dos divórcios: 3 passos para ter um Bom Planejamento Financeiro Familiar em 2017

Para ele, o mesmo problema que foi apresentado em um dia e que resultou em fúria, pode ser tratado com naturalidade uma semana depois. Para isso, é importante focar em boas conduções e bons relacionamentos, evitando atritos e brigas.

“O importante é compreender que no êxito destes relacionamentos que tem tudo para ser conturbados, existe algum “pulo do gato”, na qual a sociedade pode ser salva. Trata-se de um cuidado dirigido para lidar com características comuns em profissionais que estão fora da curva”.

Economia Doméstica: Veja Como Economizar Dinheiro com a Decoração, Ar-Condicionado e com a Luz

Com essas teorias dos especialistas, selecionamos 3 dicas importantes para economizar dinheiro mesmo que sua renda não seja tão alta. Afinal de contas, será que é possível, mesmo ganhando pouco, ter uma vida melhor? Confira!

3 Dicas para Economizar Dinheiro

  • Controle da Conta – Esse é o primeiro passo e, provavelmente, o mais importante. Mas aqui, falamos em controlar de verdade, com receitas e despesas. Com a anotação do café da manhã, da bala ou do bingo da igreja. É preciso analisar também um verdadeiro planejamento, que deve contar com multas, juros e os gastos desnecessários.
  • Gastos – Verificar os gastos é fundamental, e como já dissemos nesse artigo, o cartão de crédito pode ser um grande vilão devido aos juros altos. Levar o dinheiro contado é uma boa alternativa para não gastar nada além do necessário. Os supermercados oferecem praças de alimentação e outras lojas adjacentes, que são um prato cheio para suas despesas aumentarem exponencialmente.
  • Economizar, de fato – É claro que ninguém está dizendo para você deixar de fazer o que gosta ou esquecer os lazeres da vida. Mas, economizar até as moedinhas de 5 centavos já é um ótimo começo, aliás, o controle financeiro passa por aí.
Economizar Dinheiro: Aprenda a controlar as emoções e não cair nas armadilhas do Comércio
Reprodução: Google

Reserva Financeira: por que é tão importante?

Os novos hábitos são importantes para fazer uma reserva financeira, que, por sinal, é importante para manter uma vida financeira mais positiva. Acredite que ninguém vai precisar desse dinheiro a não ser você mesmo. A reserva funciona como um cheque especial, sabe aquele que você adora usar? Pois é, só que esse cheque não precisa pagar juros e vai ser, de verdade, seu amigo nas horas difíceis.

Cheque Especial, que de especial não tem nada, é a 2ª linha de crédito mais cara do Brasil: Muito você já ouviu falar, aqui no Blog, do Cartão de Crédito e suas inúmeras desvantagens, não é? Claro que o cartão, em si, não é o culpado de tudo, mesmo porque, você que gasta mais do que ganha, tem grande parte de culpa nessa resolução. No entanto, o que você talvez (ainda) não saiba é que o Cheque Especial também tem é uma linha de crédito bem cara! Leia Mais!

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

A relação com o dinheiro é uma ótima forma de ter a cabeça tranquila todas as noites. E a reserva é importante por te dar segurança de tomar decisões na vida. Isso pode transformar sua vida, afinal, quem vive com medo por não ter “da onde” tirar dinheiro se caso der errado, pode não tomar as melhores e mais sensatas decisões. 5 Formas de Ganhar Dinheiro no Carnaval

Errar é algo que faz parte do aprendizado, por isso, comece respeitando o seu bolso.

Economia: 3 notícias do Brasil que são importantes para o seu bolso

O Banco Central divulgou o balanço das contas públicas de 2016: o rombo atingiu mais de 155,7 bilhões de reais, uma representação de 2,47% do Produto Interno Bruto (PIB), o que é considerado pelos analistas o maior rombo das contas públicas desde o início dos anos 2000. No ano anterior (2015), os gastos do Governo Federal, Estadual, Municipal e das Estatais foram de 111,2 bilhões de reais, o que é o mesmo que 1,85% do PIB. Leia Mais!

A vida que você escolher: A partir disso, os próximos passos poderão ser dados por você mesmo e, super importante, sem medo algum. Sabe aquela perguntinha, que muita gente fica fazendo: “Será que eu consigo ter 3 dias nos finais de semana”? Sim, isso é possível e só depende de você.

É possível ganhar dinheiro com o e-commerce? 6 motivos para provar que SIM

A Jornada de 44 horas semanais, como é de contrato, torna impossível conseguir uma folga a mais durante a semana. Mas, caso o trabalhador opte por trabalhar 10 horas por dia, ele conseguirá algum tempo a mais. E, por outro lado, se você é dono do próprio negócio, isso é mais provável de acontecer. Aliás, se você é investidor… O seu horário é você quem faz. Pense sobre isso. E, afinal de contas, investir pode ser muito mais fácil do que você pensa.

Com informações do MSN

ANÚNCIO