Descubra 5 dicas para enriquecer financeiramente mesmo com salário baixo

Está em busca de dicas para enriquecer financeiramente? Saiba que nós separamos 5 delas que são muito básicas. Ou seja, ninguém enriquece sem passar por ela. Nem mesmo quem já tem muito dinheiro guardado ou quem ainda não tem nada. Ou seja, são dicas primordiais.

A ideia não é detalhar cada uma das dicas, mas sim mostrar quais são elas. Por exemplo, você não vai enriquecer se tiver uma dívida muito alta. Assim como não fará isso se não investir dinheiro com base nos seus objetivos. Mas, esse é só um começo do que vem abaixo. Portanto, leia com atenção.

1 – Evite as dívidas

A primeira dica faz parte do que os especialistas chamam de planejamento financeiro. Aqui a gente pode falar sobre evitar as dívidas ou quitar elas, se você já estiver endividado. A explicação para isso é bem simples: dívidas nos faz perder dinheiro.

Isso também explica o que são ou quais são as dívidas. Por exemplo, um empréstimo é uma dívida. Assim como uma conta atrasada, um financiamento. Como saber? Tudo o que faz você pagar juros e perder dinheiro é dívida. Vamos usar um rápido exemplo disso.

Imagine só um financiamento de carro. Você faz em 5 anos. Ao comprar o carro, ele vale R$ 30 mil. No entanto, com as parcelas totais pagas você vê que acabou pagando mais de R$ 40 mil nele, devido aos juros. E daqui há 5 anos, ele desvalorizou mais R$ 2 mil.

No fim das contas, nesse exemplo, você perdeu, praticamente, R$ 12 mil em 5 anos. Por isso, o financiamento é sim uma dívida. No entanto, lembre-se que esse é só um exemplo, está bem?

2 – Comece a investir

A próxima das dicas para enriquecer financeiramente, independente do fato de você ter uma renda de R$ 10 mil ou de R$ 1 mil, é sobre os investimentos. Inclusive, isso pode dizer muito sobre o seu futuro e até mesmo sobre a sua situação atual.

Para entender a questão do investimento, você só precisa se lembrar do que falamos acima. Enquanto as dívidas nos fazem pagar juros e perder dinheiro, o investimento é exatamente o contrário. Assim, ele nos faz receber juros e ganhar dinheiro.

Aqui não vamos falar sobre um ou outro ativo. No entanto, considere que se você vai receber juros, então, pode ser um investimento. Aliás, no mercado nacional nós temos diversas opções e alternativas. Inclusive, para quem é conservador e não quer arriscar nada.

Só por curiosidade, saiba que a poupança ainda é chamada de investimento. No entanto, como quase todo mundo sabe, ela tem rendimento muito baixo, sendo que há opções melhores e tão seguras como ela.

3 – Crie as prioridades

A gente até poderia terminar a matéria apenas com esses dois tópicos acima. Afinal, a conta se tornou bem simples: pagar as dívidas e começar a investir, com certeza, vai te levar para um bom caminho, o caminho do sucesso financeiro.

Porém, há um vão entre os dois pontos. Por isso, vamos continuar com mais 3 dicas para enriquecer financeiramente. A primeira delas tem a ver com a criação das prioridades. Isso porque sem isso você não conseguirá cumprir os dois pontos acima.

Imagine que você acabou de pegar o seu salário. O que você faz? Passa no mercado, leva o filho no cinema, faz o churrasco da família, compra um tênis novo, aproveita aquela promoção de camisetas também e assim vai. Porém, as contas mais importantes ficam para trás.

Entenda que definir essas contas importantes é bacana porque é o que vai direcionar você para os tópicos acima. Em caso contrário, você sempre vai dizer que o dinheiro não sobra no fim do mês. Mas, com as prioridades definidas, ele vai sobrar.

4 – Faça a sua organização

Mais um passo importante é sobre se organizar. Portanto, considere que para criar prioridades, quitar dívidas e investir você vai ter que ter essa organização. Ou seja, o que dá para reduzir de gastos, o que tem que pagar primeiro, onde investir o dinheiro.

São perguntas simples, mas que se não forem pontuadas ou anotadas vai deixar você perdido em meio aos números. Até mesmo porque você já deve ter visto que dinheiro na mão é vendaval, certo? Por isso, nada como ter um rumo para onde ir quando receber o salário.

dicas para enriquecer financeiramente

Curiosamente, aqui temos uma dica bacana sobre organização: sempre trabalhe com porcentagens. Isso é o que importa quando se tem um salário baixo. Assim, mesmo que pareça pouco, saiba que poupar 10% é um ótimo começo para o enriquecimento.

Mas, lá naquela lista de prioridades, considere como mais importante o pagamento das dívidas. Depois, vem a reserva financeira. E só então os investimentos focados em outros objetivos, como carros, casas, viagens, aposentadoria. Combinado?

5 – Busque o conhecimento

Para fechar a matéria, agora temos a última das dicas para enriquecer financeiramente. Aqui, a ideia é que você sempre vá atrás do conhecimento. Por isso, esse texto pode ser ponto de partida para quem quer mudar, mas ainda não sabe como.

No entanto, ele é só um começo. Até mesmo porque pouco falamos sobre as opções de investimentos que existem atualmente no mercado. E isso será muito importante para quando você chegar no tópico 2, que é justamente sobre as aplicações financeiras.

Além dos textos, você também poderá ler livros, ouvir podcasts, assistir vídeos e até mesmo fazer cursos online. Atualmente, tem várias opções gratuitas e que funcionam. Aliás, existem até filmes que ensinam sobre finanças, investimentos e o mercado financeiro.