Descubra um Jeito Revolucionário para você Economizar Dinheiro Rápido

ANÚNCIO

Como Economizar Dinheiro e por que é importante poupar parte do seu salário, você já viu aqui no Blog. Porém, pode ser que, mesmo assim, você ainda não conseguiu controlar os seus instintos consumistas e continua gastando além do que deveria. E, para tal, existem algumas mudanças de hábitos que são necessárias, entre elas, tornar-se fiel à seu planejamento financeiro mensal.

Mas hoje, vamos mudar o rumo dessa conversa e vamos falar sobre uma tecnologia que promete te ajudar (e muito) a poupar dinheiro!

ANÚNCIO

Se o medo de ficar pobre e não conseguir alcançar a independência financeira e a necessidade básica de economizar não são suficientes para você deixar de gastar dinheiro com produtos supérfluos, então, saiba que, recentemente, foi lançada uma pulseira que dá choque quando você passar os limites, financeiramente falando!

O produto foi inventado por uma empresa britânica chamada Intelligent Environments, que fez uma parceria com a Pavlok para lançar o produto. A pulseira detecta, automaticamente, gastos excessivos e, em seguida, dá um choque elétrico.

Descubra um Jeito Revolucionário para você Economizar Dinheiro Rápido
Reprodução: Google

Sabe como ela faz isso? É um canal conectado à uma conta bancária pré-determinada ou à um cartão de crédito, fornecido pelo usuário. Assim, eles transmitem os gastos para o sistema da pulseira, que, então, controla seus impulsos através do choque. E, quem vai definir os gastos e os limites é o próprio usuário e, portanto, quando o saldo chegar próximo ao valor “combinado”, você recebe uma mensagem no celular.

ANÚNCIO

Caso você desrespeite o alerta, a pulseira te “nocauteia” com um choque de 225 volts no pulso. O objetivo é que, com o tempo, os choques treinem o seu cérebro para controlar os gastos. “As pessoas mais jovens, com 40 anos ou menos, se mostraram interessadas pela ideia, mas que tem mais de 50 anos não se empolgou”, afirmaram os executivos da criação.

O produto ainda não foi lançado no Brasil e, mesmo na Inglaterra, a tecnologia ainda está sendo avaliada para garantir a intervenção ou não, pensando sempre nos usuários.

Então, talvez você nem precise dessa pulseira, mas já notou que o mercado da tecnologia está “se mexendo” para te ajudar a não gastar tanto dinheiro, como é de costume. Por sinal, fizemos uma pequena lista com as 5 escolhas financeiras que mais causam arrependimento nas pessoas, inclusive, nos brasileiros. Confira:

  1. Não Investir enquanto é Jovem: O poder dos juros compostos funciona muito bem em longo prazo, então, quanto mais cedo você investir, melhor será o seu retorno financeiro.
  2. Comprar uma Casa sem ter Dinheiro: A crise financeira de 2008, em partes, pode ser explicada por isso, já que, na ocasião, as pessoas compravam casas caras com termos de empréstimos desfavoráveis e sem dinheiro para pagar depois.
  3. Acumular Dívidas no Cartão: Dívidas já são ruins naturalmente, mas no cartão de crédito, que tem juros abusivos, é pior ainda. Para evitar, o ideal é não gastar em excesso e pagar a fatura integral todos os meses.
  4. Ser fiador de algum empréstimo: O pedido para ser fiador costuma ser muito embaraçoso, porém, o ideal é negar o pedido, mesmo que o clima fique ruim.
  5. O preço da Faculdade: A educação é uma área que muitos pais prezam. Porém, por acharem que essa será a solução de todos os problemas, existe um mito de que as escolas caras são sempre as melhores. Existem faculdades públicas excelentes também, por exemplo.

Existe alguma fórmula consistente de parar de gastar dinheiro sem ser levando choque?

Existe sim e, inclusive, uma pesquisa da Data Folha que mostra que o custo médio de um almoço fora de casa saí por volta dos 30 reais. Já o SPC Brasil mostrou que um dos motivos do endividamento do homem é causado pelo Futebol, seja com assinatura de jogos exclusivos ou com o ingresso e viagens à estádios. Além desses estudos, está claro que os gastos excessivos fazem parte, infelizmente, da cultura do brasileiro.

7 lições que o futebol pode nos ensinar sobre finanças

E, independente de quais sejam os seus gastos, fizemos uma lista com as 7 Principais Maneiras de Para de Gastar Dinheiro sem Necessidade. Confira:

  1. Pacotes: Os pacotes não são tão vantajosos quanto parece. Para quê você quer ter 1 mil canais de televisão, se só assiste à 3? Sua internet de 10 Mb está carregando todos os seus vídeos, não está? Preste mais atenção e feche um serviço mais especifico para você, sem que tenha, necessariamente, que aproveitar os pacotes.
  2. Planos: Aqui estamos falando de planos como o de celular e não planos para a vida, ok? Então, a dica é: escolher um plano que fique de acordo com as suas REAIS necessidades. As “vantagens” descritas em cada plano até podem ser “surreais”, mas, será que você vai usar todas elas? Nem tudo que está muito barato será útil, essa é a real!
  3. Comer Fora de casa: Como já citamos acima, comer fora de casa custa bastante dinheiro. Suponha uma economia de 30 reais diariamente, então, salvas alguns ajustes, você poderá economizar, no ano, mais de 10 mil reais.
  4. Extrato: Acompanhe seu extrato bancária e veja para onde o seu dinheiro está indo. Certifique aonde é possível economizar e de que forma, tudo, obviamente, baseado em um planejamento financeiro. Planejamento esse que é muito bem ensinado pelo Trovó, no Curso Completo de Como Investir.

    Descubra um Jeito Revolucionário para você Economizar Dinheiro Rápido
    Reprodução: Google
  5. Vendedores: Os vendedores são como publicidades autônomas, eles anda para todos os lugares e tem sempre uma promoção muito boa na ponta da língua. A consequência é que quando você foi na loja para comprar uma cueca acabou comprando mais 2 camisetas que estavam muito baratas, mesmo que você não tinha a necessidade. Os especialistas afirmam que o melhor jeito de saber se vale a pena uma compra, é esperar por 3 dias e, só então, decidir.
  6. Preguiça: É preciso pesquisar e pechinchar para garantir o melhor preço. Se você tem preguiça, pode estar gastando o dobro pelos valores de produtos iguais que estariam bem mais baratos em outro lugar. A internet tem sido um prato cheio nesses tempos de crise, vale pesquisa, sempre.
  7. Serviços Gratuitos: Nem tudo que é grátis é ruim. Alguns medicamentos, por exemplo, são ofertados pelo poder público da sua cidade e tem a mesma qualidade de um remédio comprado na farmácia particular. Isso sem contar com eventos, praças e lazer, de forma geral.

Com informações da UOL e do Manual do Homem Moderno

ANÚNCIO