10 ideias criativas para ganhar dinheiro no carnaval

ANÚNCIO

No Brasil, esta data festiva vai acontecer no dia 13 de fevereiro e as pessoas já começaram a procurar ideias para ganhar dinheiro no carnaval 2018.

O fato é que você não precisa estar em uma grande cidade para conseguir grana extra, afinal, mesmo em praças e parques a comunidade costuma fazer a sua folia.

ANÚNCIO

1 – Fantasias

Primeiro, entenda! Fantasia é quase que sinônimo de carnaval e isso vale para o folião, para o vendedor, para senhoras e senhores, para todos.

Então, é um prato cheio para você que entende tudo sobre costura e remendos. Use a sua criatividade e ponho o seus dotes em prática.

Se o seu problema é dinheiro para investir em máquinas e tecidos sofisticados.

ANÚNCIO

Experimente começar com pequenos adereços carnavalescos, como máscaras coloridas e tiaras com plumas, além de braceletes brilhantes e chapéus.

“Eu me agarrei à costura como terapia, mas fazia peças apenas para meus filhos”. No entanto, em 2016, Jaqueline Frias foi à um evento da cultura japonesa e conheceu os cosplays.

“A partir daí percebi que eu poderia dar certo com o trabalho e podia ganhar algum dinheiro com isso”.

Atualmente, ela produz fantasias sob encomenda e é nessa época do carnaval que fatura mais. Ela viu a chance de ganhar dinheiro no carnaval!

“Nessa época, há uma grande procura por peças exclusivas, que dificilmente são encontradas em grandes lojas”. E completa:

“O trabalho de peças tão lúdicas, coloridas e cheias de história alivia e deixa o meu dia mais alegre. Além disso, saber que estou realizando o sonho de algumas pessoas não tem preço”.

As fantasias são as melhores opções para quem quer ganhar dinheiro no carnaval e o melhor é que essa área pode se germinar para outras, confira abaixo.

10 ideias criativas para ganhar dinheiro no carnaval
Reprodução: Google

2 – Roupas para PETs

Nem vamos abrir um novo tópico, mas precisamos falar disso. É crescente o mercado de pet e, mesmo com a crise, a expectativa é a de que o faturamento cresce mais 6,7% neste ano, segundo a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

E, justamente por isso, muitas costureiras tem se adaptado à esse novo mercado. Uma delas é a Arranjos Express, que faz ajustes, reparos e customização de roupas.

A empresa notou que havia donos que tinham esse interesse e passou a criar, então, peças exclusivas.

Ah, e isso pode parecer apenas uma aposta, mas é muito comum vermos os caninos e felinos desfilando nas passarelas e nas avenidas em todo carnaval com alguma roupinha exclusiva.

Mesmo porque os donos consideram os animais de estimação como parte da família e, por isso, estão dispostos a investir neles mesmo em tempos de crise, conforme conta o consultor do Sebrae, Bruno de Souza.

Por sinal, vale ainda citar mais uma história, da empresária Eleonora Erthal, que criou um kit de pijamas para pai, mãe, filhos e pets. Isso mesmo, o conjunto custa 340 reais e inclui todas essas peças.

E claro, se toda a família vai estar bem vestido nessa época do ano por que o seu pet não deve estar? Aparece aí, sem dúvidas, uma enorme oportunidade para ganhar dinheiro no carnaval.

A empresa, que está sitiada no Rio de Janeiro, vende mais de 8 mil peças por mês.

“Sobrava muito tecido quando fazíamos os moldes, e começamos a pensar no que fazer com ele. Daí tivemos a ideia de produzir peças para os animais de estimação, já que muitos os consideram integrantes da família”, conta.

3 – Acessórios Carnavalescos

Esses são os produtos da Bruna Costa que tornou-se empreendedora após uma brincadeira.

“Eu fazia acessórios para as minhas amigas pularem o carnaval. Até que algumas pessoas começaram a perguntar qual o preço das minhas criações”.

A maior parte dos adereços é feita de chapéus e outros para a cabeça, que custam em torno de 40 reais e fazem render um dinheiro extra nessa época do ano.

“Só consigo elaborar as peças quando chego do trabalho, depois das 20 horas, e nos fins de semana. Se eu tivesse mais tempo, ganharia muito mais”.

“Eu vim do Líbano, um país de guerra e insegurança social, e isso me formou como um empreendedor”.

“Eu notei quando estava crescendo que a comida sempre é necessária, tanto em dias de paz quanto em dias de guerra. E, por isso, resolvi empreender nesse ramo”. Robert Atallah, fundador da empresa de comida congelada CedarLane. Conheça essa história!

4 – Poch: uma pochete totalmente carnavalesca

Mensalmente e via Facebook, são vendidos mais de 150 produtos e em grandes eventos e lojas parceiras, o número não é divulgado.

A ideia de ganhar dinheiro no carnaval começou em 2014.

“Eu amo carnaval e sempre observei como as pessoas traduzem sua personalidade por meio das fantasias”.

“Eu via pessoas superproduzidas, maravilhosas, mas levando documentos e dinheiro em doleiras que acabavam com o visual. Fiquei pensando em uma alternativa”. No mesmo ano, as empreendedoras foram até Londres e encontraram pochetes estilosas.

No carnaval posterior, em 2015, elas lançaram os primeiros modelos inspirados em figuras como Carmen Miranda e Frida Kahlo.

O sucesso aconteceu e os pedidos continuaram chegando mesmo após a tradicional festa.

“Pegamos uma peça hostilizada, que é a pochete, e a transformamos em um objeto de desejo”, afirma Borges.

5 – Maquiagem

Esse tema é menos complexo ainda. Claro que, se o folião quiser uma “coisa” mais bem elaborada, vai precisar ir a alguma maquiadora profissional.

E essas pessoas que vão precisar ir nesses salões são aquelas que vão aparecer em capas de revistas, normalmente, que desfilam na Sapucaí.

Se não é o seu caso, então, você pode fazer uma maquiagem com pessoas que sabem um pouco dos produtos e estão afim de ganhar dinheiro no carnaval.

Já de outro lado, se você sabe um pouco de maquiagem, pode aproveitar essa festa para colocar as mãos na massa, ou nos rostos, para ser mais sincero.

Por sinal, mesmo que você exagere um pouco no blush ou no batom, não terá problemas, o Carnaval é uma festa tão grandiosa que permite isso. Cores vibrantes e coloridas é a dica de ouro.

10 ideias criativas para ganhar dinheiro no carnaval
Reprodução: Google

6 – Glitter Designer

Bom, esse tema já não é para qualquer um. Você, se quiser atuar nessa área durante o carnaval, vai precisar ter conhecimentos específicos para ganhar dinheiro.

O nome é bonito, mas a profissão já existe há muito tempo: é o serviço de maquiagem express de purpurina. Para tal, é preciso de técnicas discretas, mas também criativas.

7 – Alimentação

Deixando um pouco a beleza de lado, vamos falar da alimentação, que é, sem dúvida, uma grande oportunidade de ganhar dinheiro no carnaval a mais nesse período do ano.

Os mais “viciados” na festa precisam manter uma alimentação balanceada e de muita (muita mesmo) hidratação. Então, se você tem bons dotes culinários, aproveite.

Depois de fazer um bom planejamento, que tal você começar a comercializar cardápios vegetarianos, veganos ou sem glúten, por exemplo.

E os sucos Detox, eles também aparecem como boas opções de venda durante a festa e é super indicado para que as pessoas mantenham a hidratação sem correr o risco de ganhar peso.

Sempre que precisa, consulte especialistas em saúde, tais como nutricionistas.

Geladinho, Gelinho ou Bolão…

Não importa como você o chama, mas esse tem se tornado um produto indispensável para Maíra Senatore, que viu no calor do carnaval, uma oportunidade de ganhar dinheiro no carnaval.

“Resolvi testar minhas habilidades fabricando geladinhos para levantar uma grana, acabei me apaixonando pelo negócio e não parei mais”.

Para ela, o empreendedorismo trouxe grande crescimento pessoal também – sem contar com a benesse de ganhar dinheiro no carnaval.

“Para o negócio dar certo, você tem que acreditar mais em si mesma, então sua confiança cresce. Eu amo quando as pessoas se surpreendem com meu geladinho ou uma criança chega pertinho de mim para dizer que eles estão muito bons”.

8 – Transporte

Esse tema é mais deliciado, afinal, a briga entre Táxi e Uber já estão bastante intensa. Porém, nada impede você fazer alguma permuta com os foliões, se forem para o mesmo lugar.

Aliás, com a Lei Seca, você pode fechar algum pacote com amigos ou família e fazer várias “viagens” durante as noites festivas.

Leia Também – 25 dicas valiosas para ganhar dinheiro com o Uber.

9 – Banheiro

É um pouco engraçado isso, mas, vamos combinar, quem nunca estava curtindo o carnaval na rua e de repente ficou com vontade de ir ao banheiro? Existem cidades que fornecem os famosos banheiros químicos, porém, nem sempre eles dão conta.

Então, pensa aí, se você tem um banheiro no quinta de casa ou nos fundos de casa, que tal aluga-lo durante o Carnaval?

Se você mora em cidade turística ou pertinho de onde vão acontecer as festas, então, você está com o queijo e a faca na mão. Aproveite a sua localização privilegiada e garante um lucro nesses dias.

10 – Casa

Assim como o tópico acima, você também pode aproveitar a festa carnavalesca para alugar a sua garagem e, porque não, algum cômodo para o folião passar a noite.

Saibam que, nessa época do ano, os locais que normalmente são alugados, aumentam a diária em até 5 vezes e apresentam uma das melhores chances para quem quer ganhar dinheiro no carnaval com o aluguel de casas.

Então, se você fizer um contrato bem explicito e com um valor camarada, pode ganhar dinheiro no carnaval sem fazer muito esforço.

Nada melhor do que aumentar o faturamento mensal sem precisar investir muito dinheiro, não é?

10 ideias criativas para ganhar dinheiro no carnaval
Reprodução: Google

Curiosidade: Carnaval não é feriado

Pode parecer, mas não é. As empresas costumam conceder folgas ou férias coletivas para os funcionários nessa época do ano, mas o carnaval não faz parte do calendário de feriados nacionais.

Isso porque a terça-feira de Carnaval é considerada ponto facultativo e pode ser liberada por acordo empresarial.

Segundo a lei 9.093/95 é possível definir os feriados de acordo com a tradição local, em número não superior à quatro por ano.

Sendo assim, em alguns locais, como Rio de Janeiro, aí sim, o Carnaval é considerado como um feriado, e, caso o trabalhador atue no dia, poderá recompensar com alguma folga posterior.

“No Rio de Janeiro, por exemplo, a terça-feira de Carnaval foi declarada feriado estadual por lei. O carioca que trabalhar tem direito a receber hora extra, inclusive”, afirma o advogado Mauricio de Figueiredo Corrêa da Veiga.

Bônus – como divertir as crianças no carnaval 2018?

10 ideias criativas para ganhar dinheiro no carnaval
Reprodução: Google

Sim, é possível. Aproveite esse momento, que é único, e fique mais perto dos seus filhos e, de quebra, aguce a criatividade dele, faça trabalhar o raciocínio lógico e tudo sem gastar dinheiro no carnaval.

Jogo da Memória Caseiro

O “Caseiro” aqui é importante se a sua ideia é economizar dinheiro.

Então, faça o próprio jogo, já que ele é uma opção fácil e divertida. Para Andrea, basta 20 tampas de leite ou 20 círculos recortados de papelão e a colagem de pares de adesivos.

Você pode fazer os pares com números, letras ou, se quiser ir além, pode fazer desenhos que tenham ligação, o que vai aumentar ainda mais o raciocínio dos pequenos.

Por exemplo, você pode desenhar um violão e uma bateria, e essa será uma dupla. Ou uma banana e uma maça, que formarão outra dupla. E assim por diante.

Artes

Essa opção é muito flexível mesmo porque não tem limite de idades, afinal, toda criança pode pintar e desenhar.

“Com cartolinas no chão, eles pintam o papel, o chão e a si mesmo”, afirma a mão e jornalista Flávia Alves. Ela conta que nessas horas é preciso estar atento ao que pode acontecer e usar, por exemplo, as roupas mais velhas.

“E vale incluir a família toda na brincadeira. Nesse caso, escolha uma tela grande na qual podem participar todos de uma pintura em grupo. Criatividade em ação! Ah, quem sabe se o novo quadro não poderá virar um novo objeto na sua decoração”, ela sugere.

Desfile

As crianças podem montar o próprio look e combinar as melhores peças de roupa com muita diversão.

A brincadeira é simples, mas pode treinar a criatividade da criança, além de dar chance para a descoberta de novos estilos. Chame amigos e abre o armário. Deixe-as escolher as peças e os sapatos. Uma música sempre vai bem também”, afirma Andrea.

Filmes

Bom, se você não gostou de nenhuma das opções anteriores, ou se já fez todas elas, pode apelar para os filmes infantis, que, você há de concordar, são inúmeros.

E se você está sem ideia para escolher um que seja bom, em sentido de educação e cultura ao mesmo, então aqui vai: Divertida Mente.

O filme da Disney-Pixar conta a vida no interior da mente de uma garota de 11 anos e o programa pode ficar ainda melhor se você conseguir reunir os amigos dos seus pequenos, pipoca, suco e guloseimas!

Da redação com informações da montarumnegocio

ANÚNCIO