Aprenda como declarar o imposto de renda da Nuconta

ANÚNCIO

A Nuconta é uma conta digital relativamente nova. É a conta do Nubank. E o grande diferencial dessa conta é que ela tem rendimentos diários que são maiores do que a caderneta da poupança. Por isso, muita gente tem saído da poupança e ido para a Nuconta. Só que uma dúvida que ficou é sobre como declarar o imposto de renda da Nuconta.

E a gente criou este conteúdo justamente para explicar como é o processo, que é bem simples. Considere que já estamos considerando que você tem o programa da Receita Federal no seu computador, ok? Aí, vamos explicar como proceder para inserir o investimento e os rendimentos da sua aplicação de forma correta.

ANÚNCIO

Aprenda como declarar o imposto de renda da Nuconta

Quem precisa declarar o IR

Os requisitos para ser obrigatória a declaração do imposto de renda muda a cada ano. Em 2019, as pessoas que tinham rendimentos superiores aos R$ 28,5 mil precisaram fazer isso. Assim como quem teve rendimento isento de aplicação acima dos R$ 40 mil.

Quem operou na bolsa de valores, teve lucro de vendas de bens e direitos, teve receita de atividade rural de mais de R$ 142 mil ou tem propriedades com valores acima dos R$ 300 mil também tiveram que declarar o imposto.

ANÚNCIO

Aí que muita gente ficou com dúvida sobre a Nuconta porque é uma conta digital, relativamente, nova. Mas, a gente explica o passo a passo, que é muito simples, por sinal. Mas, antes de saber como declarar o imposto de renda da Nuconta, vamos falar dessa conta.

A Nuconta

A Nuconta é uma conta digital da Nubank que permite uma espécie de investimento automático, bastando ter dinheiro na conta. Assim sendo, o seu dinheiro que fica lá diariamente rende acima do rendimento da poupança.

Só que por ter rendimento, isso significa que tem imposto cobrado em cima. E, portanto, fazer a declaração dele é o melhor caminho para você evitar problemas com a Receita Federal. No caso da Nuconta, a sua declaração será para “investimentos de renda fixa sujeitos à tributação”.

Saiba por que o Nubank é melhor que juntar dinheiro em consórcios

Lembrando que o IR já é incidente sobre o seu lucro que vem da Nuconta e isso segue uma tabela regressiva. Logo, quanto mais tempo você tem a sua aplicação, menores a taxa que vai pagar porque a alíquota é menor, também.

Só que você não tem que se preocupar com isso porque os valores são tirados quando você faz o resgate do seu dinheiro. Apenas para você entender, saiba que quem aplica por até 6 meses paga 22,5% de IR e quem aplica por mais de 2 anos paga apenas 15%.

Aprenda como simular o investimento no Nubank

Bom, mas mesmo com o imposto você já deve ter notado que a Nuconta é melhor do que outras opções do mercado, como a poupança, né. Então, para deixar tudo certinho, o ideal é fazer a declaração do IR. E abaixo vamos explicar o passo a passo, leia!

O passo a passo

Se você deixou dinheiro na sua conta do Nubank em 2018 deve ter feito a declaração neste ano, de 2019. Se tem dinheiro lá neste ano, então, vai ter que fazer isso no próximo ano. Por isso, é tão importante considerar o passo a passo da declaração do IR.

E para começar, vamos saber que para declarar o imposto de renda da Nuconta é preciso que o saldo das suas aplicações deve estar em “Bens e Direitos”, que fica disponível no programa da Receita Federal que você tem baixado no seu computador.

E o rendimento de tais aplicações devem estar em “Rendimentos de Aplicações Sujeitas à Tributação Exclusiva/Definitiva”. Isso mesmo que você não tenha feito saques, ok?

Bens e Direitos

Assim sendo, o primeiro passo é optar pelo “novo”. Depois, ir em “aplicações de renda fixa”, que são ativos como CDB, RDB e outros. Para facilitar, saiba que é o código 45. Depois, você tem que inserir o saldo das suas aplicações nas datas correspondentes.

Isso quer dizer que você tem que incluir o CNPJ da empresa também. E fique tranquilo porque o Nubank sempre manda o seu “Informe de Rendimentos” para facilitar o seu preenchimento de dados.

Confira os dados que você vai precisar preencher e que o Nubank te informa anualmente:

  • CÓDIGO – é o código 45
  • LOCALIZAÇÃO – é o seu país, com código 105, de Brasil
  • CNPJ – da empresa Nubank
  • DISCRIMINAÇÃO – que é a razão social do Nubank (Nu Pagamentos)
  • SITUAÇÃO DA CONTA – isso no dia 31 de dezembro do último ano e do ano anterior

Agora, caso seja a sua primeira declaração do imposto de renda, você não precisa preencher o campo do ano anterior. Por outro lado, se você já fez isso alguma vez, o próprio programa preencher alguns campos automaticamente.

Rendimentos de Aplicações

Já no caso dos rendimentos, o passo a passo também é simples. Em “novo”, você deve procurar o item 6, que é sobre rendimentos de aplicações financeiras. Aí, você também vai precisar acrescentar as informações do seu investimento. Entre eleas:

  • TIPO DE BENEFICIÁRIO – que pode ser titular ou dependente
  • CNPJ DA FONTE – que é o Nubank
  • NOME DA FONTE – que é Nu Pagamentos
  • VALOR DO RENDIMENTO

É dessa forma que você consegue declarar o imposto de renda da Nuconta de forma muito simples e sem muita burocracia. Só leve em conta que é preciso seguir datas estipuladas pela Receita Federal e que o Nubank envia o seu informa de maneira simples, no seu e-mail. Ou dá para puxar pelo aplicativo gratuito também.

ANÚNCIO