Veja as 5 melhores instituições que oferecem cursos gratuitos de finanças pessoais

ANÚNCIO

Uma das maiores dificuldades que os brasileiros estão enfrentando ultimamente é na hora de fazer o controle do dinheiro. Por isso mesmo, aumentou a procura pelos cursos gratuitos de finanças pessoais. E nós encontramos 5 instituições de ensino incríveis que oferecem eles.

Inclusive, para sair de uma situação complicada dessa é exigido muito trabalho e força de vontade. E os cursos podem te ajudar com isso. Inclusive, com eles será possível aprofundar no assunto, agregar muito conhecimento e se educar financeiramente.

ANÚNCIO

Se você tem interesse nessa área e pretende estudar para colocar em prática na sua empresa, negócio, finanças particulares ou até para prestar serviço de auxílio para outras pessoas, fizemos uma seleção dos melhores cursos gratuitos de finanças pessoais. Acompanhe.

1 – Instituto Politécnico

A primeira opção que lhe sugerimos é o IPED (Instituto Politécnico de Ensino a Distância) que vem conquistando grande público com sua vasta quantidade de cursos. Assim sendo, para os interessados em estudar finanças a opção que ela oferece é a Gestão Financeira.

O foco dessa formação oferecida pelo IPED é trazer a tona conhecimentos e informações técnicas para as pessoas que pretendem fazer uma gestão consciente do seu próprio dinheiro e ensinamentos valiosos para donos de empresas pequenas e médias.

ANÚNCIO

Se você se interessar pelo curso, sabia que ele tem duração de 80 horas. Desse modo, a Gestão Financeira se inicia com matérias que lhe darão um básico sobre administração de empresas até chegar alguns casos mais específicos onde você aprenderá sobre gerir desempregos.

Para mais informação sobre o curso de Gestão Financeira do IPED, acesse a página online.

2 – Senai

Uma das entidades de ensino com grande prestígio no Brasil, o Senai também oferece vagas para estudantes que pretendem no ramo das finanças é o curso Competência Transversal.

Ele tem como objetivo levar aos alunos um método para contrabalançar as contas e incentivar você a alçar altos voos.

As primeiras matérias vão lhe ensinar a entender quais são os tipos de perfis financeiros existentes. Após isso, dominando esse primeiro conteúdo, mais tarde é apresentado aquilo que você está buscando: Aprender sobre o planejamento das finanças.

Além disso, também são elucidadas outras questões importantes para quem gosta de economia. Entre elas, as temíveis dívidas, os direitos do consumidor e tipos de investimento utilizados no Brasil. Aliás, tudo isso dentro de uma grade horária de 14 horas.

Contudo, existem algumas restrições para quem pretende ingressar na escola.  O interessado precisa obrigatoriamente estar cursando a 6ª série, com a idade mínima de 14 anos. Aliás, também é preciso ter um conhecimento básico em Windows e Internet.

Caso tenha interesse em mais informações, entre no site do Senai para saber mais.

3 – Banco Central

Por falar em finanças, quem também oferece um curso exclusivo sobre o assunto é o próprio Banco Central. Por isso, o interessado pode ver aqui um dos cursos gratuitos de finanças pessoais disponíveis no nosso país.

O aprendizado é ofertado por meio do programa Cidadania Financeira. Com isso, a ideia é levar ensinamento básico para a população que não tenha acesso a esse tipo de conteúdo.

A didática é diferenciada para atingir melhor seu público. O conhecimento é passado através de um personagem que vai desenvolvendo conforme vai aprendendo novos conceitos. Como é de imaginar, são abordados temas que explicam como gastar dinheiro de forma consciente.

Além de apresentar alguns assuntos que rodeiam as finanças do seu dia a dia como orçamento, planejamento, consumo, investimento e a melhor forma de se relacionar com o dinheiro.

São 20 horas para completar o curso, separados em 30 dias. Além disso, existe um fórum online onde o aluno tem a possibilidade de esclarecer possíveis dúvidas e opinar sobre os diversos assuntos que foram trabalhados com seus colegas.

O site para ter tirar maiores dúvidas é o do Banco Central.

4 – Fundação Getúlio Vargas

Outra instituição de ensino que goza de uma boa reputação no país é a Fundação Getúlio Vargas. Ela se destaca por ser um dos locais que mais oferece diversos cursos para futuros investidores gratuitamente.

Entre esses cursos, o que mais se encaixa para as nossas dicas é o de Investimentos Financeiros. Dessa forma, ele está dividido em dois módulos com 10 horas cada.

Podemos dizer que este é mais um dos melhores cursos grátis do país e seu grande diferencial é o foco para ensinar o aluno como investir, algo que é muito pouco discutido tanto entre jovens quanto entre os adultos.

Se você optar por fazer esse curso, já estará dando um passo a frente de outras pessoas que não sabem poupar e investir.

Uma das coisas mais interessante são seus ensinamentos que ensinam sobre os riscos das aplicações. Logo, o curso é online e pode ser efetuado a qualquer momento.

Entre no site da Fundação para saber como fazer a sua inscrição online.

Leia Também – Confira 3 cursos gratuitos para economizar dinheiro para fazer em casa

cursos gratuitos de finanças pessoais

5 – Comissão de Valores Mobiliários

A última indicação é da CVM, que possui alguns cursos de finanças de graça. Um deles é para quem quer aprender a poupar e investir. O Poupança e Investimento tem apenas 15 horas de aulas e ensina um verdadeiro passo a passo para quem quer controlar as finanças e investir.

No site da instituição dá para saber tudo sobre os cursos. Inclusive, esse que foi citado já foi importante para mais de 5 mil pessoas e a inscrição é bem simples de ser feita, ainda mais que dá para fazer tudo online, em alguns cliques, na internet.

ANÚNCIO