Tome esses 5 cuidados ao investir em fundos imobiliários [ou vai perder dinheiro]

ANÚNCIO

Nem todo mundo que investe em FIIs, sabe dos cuidados ao investir em fundos imobiliários que são necessários. O resultado você pode imaginar: a perca de dinheiro. Ah, mas dá para perder dinheiro em FII? Se você não souber o que está fazendo, dá sim.

Sendo assim, a nossa ideia é que você tome alguns cuidados antes de fazer essa compra na bolsa de valores. Até mesmo porque a bolsa é renda variável e as oscilações de preços dos ativos são bem comuns. E nem sempre isso é ruim, ok?

ANÚNCIO

Pensando nisso tudo, nós separamos aquelas dicas mais simples e mais importantes que você vai ler sobre os FIIs. A ideia é que você consiga fazer escolhas mais assertivas quando for comprar a cota de um fundo de investimento imobiliário.

1 – As classes dos fundos imobiliários

Esse é um cuidado básico. Isso porque todo mundo acaba tomando, mesmo que de forma inconsciente. O problema acontece de forma mais comum na vida do novo investir de FII. O motivo é que ele quer comprar um papel sem conhecer as classes dos FIIs.

Por exemplo, a gente tem aqueles fundos de tijolos. Eles possuem patrimônios alocados em imóveis físicos. A ideia dele é gerar renda através do pagamento do aluguel, por exemplo. E tem os fundos de papel, que investem em ativos da renda fixa focados no mercado imobiliário.

ANÚNCIO

E não são somente esses. Temos ainda os FoF, que são os fundos de fundos. Nesse caso, a alocação se dá a partir do patrimônio investido em cotas de outros fundos de FIIs. E para fechar vem os fundos de desenvolvimento, que são de projetos destinado a vendas.

2 – A tributação de um fundo imobiliário

O próximo dos cuidados ao investir em fundos imobiliários que se deve ter é quanto à tributação desse tipo de ativo. Ué, mas o FII não é isento do imposto de renda? Sim, isso acontece desde 2005. Porém, há uma regra para isso acontecer.

É preciso que o fundo tenha mais do que 50 cotistas, por exemplo. Além disso, o cotista não poderá ter mais do que 10% das cotas daquele fundo.

Apesar disso, muita gente consegue a isenção do imposto no FII. O nosso único alerta vai ser para continuar acompanhando as notícias atuais. Isso porque temos a reforma tributária que devem acontecer e que pode mudar muita coisa, como essa tributação.

3 – O controle emocional na renda variável

Dica número 3. Jamais se esqueça de que os fundos imobiliários são negociados na bolsa de valores. Portanto, ele é da renda variável, o que quer dizer que os rendimentos podem variar em questão de segundos.

A dica aqui é uma só: tenha um bom controle emocional ao comprar FIIs. Isso porque mesmo sendo uma ótima opção dentro desse tipo de renda, considere que você poderá perder dinheiro também.

Assim, o ideal é sempre fazer compras inteligentes para não se arrepender depois. Vamos falar mais das escolhas nos próximos tópicos. Enquanto isso, leve em conta que não se deve assumir um risco muito alto e nem aportar tudo nesse tipo de ativo, ok?

4 – O risco dos fundos de investimentos imobiliários

Agora mais uma dica sobre os cuidados ao investir em fundos imobiliários. Nesse caso, a gente quer que você considere o risco desse tipo de investimento. Se a gente fizer um comparativo com a renda fixa, com certeza, ele é mais arriscado.

No entanto, se a gente comparar com a compra de ações, então, ele pode ser menos arriscado. Assim, muitos analistas acabam o vendo como um ativo de risco médio. Logo, eles não são tão voláteis como ações, mesmo estando na renda variável.

Outra coisa é saber que a liquidez é uma facilidade que se tem para desfazer do ativo. No entanto, talvez esse seja o maior risco de perda. Por isso, novamente lembrando: jamais se deve aportar todo patrimônio em FIIs.

E tem um último risco, que é o de vacância dos imóveis. Isso porque os fundos de tijolo, que aplicam em imóveis físicos, podem estar com seus imóveis sem inquilinos. Portanto, ele não terá bons retornos, né?

5 – A falta de conhecimento

Para fechar, a dica número 5, que tem a ver com a falta de conhecimento para comprar FIIs. É claro que eles são mais simples do que ações. No entanto, isso não quer dizer que não exigem estudo antecipado, ok?

Tem gente que só quer saber se ele paga dividendos e sai por aí comprando vários papéis. Esse é um erro grotesco. A boa notícia é que atualmente temos diversos canais de comunicação que ensinam sobre esse tipo de investimento.

Por exemplo, somente nessa matéria falamos de vários pontos que precisam ser compreendidos por inteiro antes que você compre um FII. Por exemplo: dividendos, vacância, categorias e muito mais.

Leia mais – oportunidade para investir em fundos imobiliários de shoppings

Há alguns dias, nós fizemos uma matéria falando sobre a oportunidade que se tem ao investir em fundos imobiliários de shoppings nos dias atuais. Na verdade, quem comentou sobre isso foram especialistas que estudam o mercado.

cuidados ao investir em fundos imobiliários

O relatório que mencionamos fala sobre “recuperação do mercado” e “valorização dos FIIs de shoppings”. Assim, analistas veem a opção como atrativa para quem quer investir pensando no médio-longo prazo.

No caso de FIIs de shoppings, a gente citou 3 alternativas das mais conhecidas no país, sendo: XP Malls, Hedge Brasil Shopping e HSI Malls. Quer saber mais da matéria? Leia na íntegra.

ANÚNCIO