Conselhos financeiros: o que é verdade sobre o que dizem para você?

PROPAGANDA

Todos os dias nós recebemos diversos conselhos financeiros de diversas pessoas. Mas, nem sempre temos entendimento para filtrar o que é verdade do que não dá para colocar em prática.

Neste texto, vamos fazer uma breve reflexão sobre isso – afinal, não dá para acreditar em tudo que ouvimos, né.

PROPAGANDA

É importante saber que a partir do momento que você decidi aumentar o seu patrimônio financeiro por meio das alternativas mais eficientes do mercado, surgem argumentos a serem questionados!

E, quase sempre, as pessoas próximas a você, normalmente mais velhas, contam uma série de histórias para desmotivar o seu plano.

Quem nunca ouviu dizer que “a bolsa de valores vai te fazer perder todo o dinheiro que tem”?

PROPAGANDA

Mas, será que esse é um dos bons conselhos financeiros?

Vamos entender, primeiro que existem muitos motivos para as pessoas dizerem isso.

  • Quem tem mais de 60 anos já viu a previdência privada quebrar 2 vezes no Brasil!
  • Eles também já passaram por quedas na bolsa de valores.
  • E já acompanharam o fim de instituições financeiras que pareciam intocáveis.
  • Testemunharam gente que perdeu dinheiro acreditando em promessas.
  • E viram, por fim, a previsível caderneta de poupança ser congelada!

Ah, até mesmo quem tem 20 e poucos anos já ouviu falar dessa história, né.

Foi um movimento do governo que impediu a retirada de aplicações financeiras nesse que é considerado o investimento mais seguro do país.

Mas, é importante perceber que todas essas perdas foram uma espécie de pedágio paga pelos brasileiros para o país alcançar um patamar melhor.

Nessas épocas, havia uma economia menos previsível, menos segura e com regulamentos mais rigorosos também.

Hoje, é diferente. Pelo menos se o assunto for proteger os investidores.

Exemplo

Por exemplo, se a previdência privada quebrou no passado é por que carecia das regras de solidez e de volume com aplicações que tem hoje!

Se os grandes bancos quebraram é porque não contavam com as exigências rigorosas de regulamentações impostas para garantir liquidez em suas operações.

Se a poupança foi congelada é porque havia na época um consumo desenfreado que causava uma enorme inflação e que precisava ser contínuo.

O fato é que o Brasil mudou tanto nos últimos anos que até o espaço de investimentos de risco excessivo com informações ocultas ficou limitado.

Graças a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que controla os investimentos no país.

Por isso, minha sugestão é que você ouça sim os que as pessoas que querem dizer.

Alguns conselhos financeiros podem dizer muito à respeito das suas ideias.

Só que cuidado ao observar as experiências negativas do passado.

Isso pode ser útil para você encontrar pistas sobre quais perguntas fazer a quem irá administrar o seu investimento financeiro, por exemplo.

Mas, nunca, nunca aceite as sugestões dessas pessoas sem pedir para argumentarem, que fundamentam essas sugestões.

Sempre que você se questionar sobre investimentos, ações ou qualquer outra possibilidade de impulsionar o enriquecimento, lembre se de ir a fundo à pesquisa.

Considere tudo sobre a alternativa que você escolheu para multiplicar seu dinheiro.

Enriquecimento…

Afinal, o seu projeto de enriquecimento precisa ser embasado em informações técnicas em fontes de alto nível de conhecimento.

E não em opiniões defasados de fato que ocorreram um cenário totalmente diverso do atual.

conselhos financeiros

3 atitudes para mudar sua vida financeira

Agora, para complementar o assunto, vamos indicar 3 atitudes, que são verdadeiros conselhos financeiros, para você mudar de vida.

Em meio a tantas opiniões, considere!

Essas são algumas coisas importantes para você mudar a sua vida financeira!

E quando a gente fala de mudar a vida financeira, as pessoas esperam que a gente fala de ferramentas, planilhas, metodologias e estratégias…

Coisas que são muitas vezes esquisitas à primeira vista porque são aparentemente técnicas demais.

Só que fazem a diferença na nossa vida financeira.

Na verdade, as ferramentas são essenciais, mas, antes de começar a usá-las, a gente precisa a entender como mudar o nosso comportamento.

Então, vamos às três sugestões para você mudar sua vida financeira e que vão fazer a diferença para você.

1 – A prática de exercícios físicos diariamente

A primeira sugestão é praticar exercícios físicos regularmente!

Assim, você vai fazer aquela cara de: “ué, mas praticar exercícios físicos, o que isso tem a ver com dinheiro e finanças pessoais”?

Tem tudo a ver!

A gente está falando de disciplina, também né.

E quando você consegue fazer exercícios regularmente, ter uma atividade física que é exercida por um tempo determinado, você aprende a gostar dessa relação com o exercício físico.

Você transfere essa relação com a disciplina para outras áreas da sua vida.

Inclusive, a área financeira requer bastante disciplina, atenção e, por isso, a atividade física regular pode te ajudar na hora de você cuidar do seu dinheiro.

Essa sim é uma boa indicação, que pode estar entre os melhores conselhos financeiros que você vai ouvir hoje, acredite!

Leia Também15 livros para criar hábitos financeiros de sucesso!

2 – Ler mais e constantemente

A segunda sugestão também parece um pouco estranho já que estamos falando de dinheiro.

Mas, ler mais pode mudar a sua vida financeira.

Você já deve ter ouvido essa sugestão de pessoas do seu círculo íntimo de professores, amigos, familiares, né?

Então, estamos aqui insistindo nesses pontos.

Ler mais e isso tem uma razão muito simples: quando você lê, você se envolve em histórias novas, opiniões de outras pessoas e você conhece a visão de outros participantes do mercado.

Se você gosta de estudar alguma coisa relativa investimento, se você gosta de ler histórias e você vê o ponto de vista que você não conhecia, você pode ver documentários também.

Mas, se você é mais um consumidor passivo do alguém que pode realmente transformar em fazer uma mudança  a partir do que aprendeu, então a leitura traz essa possibilidade!

Quando você leva esse aspecto financeiro, você aprende a ler e aprende a cultivar o hábito da leitura.

O que isso significa?

Que você vai procurar mais material relacionado à sua vida financeira.

Esse é ou não um dos bons conselhos financeiros? Diga a verdade. Por menos que você acredite: ler mais tem tudo a ver com aprender a investir melhor.

Você vai ler mais textos sobre educação financeira, você vai ler mais sobre investimentos, você vai ler mais material que vai ajudar na sua formação enquanto investidor.

Então, essa sugestão é importante: ler mais pode parecer um pouco estranho, mas ela faz muito sentido se você colocar em prática!

Leia Mais20 hábitos financeiros para juntar dinheiro!

3 – Tenha um mentor

A terceira sugestão é que você procure explorar o potencial de mentores.

É muito importante ter mentores.

Eles são pessoas que são melhores do que você em diversos aspectos.

E com as quais você pode aprender mais de maneiras fantásticas e muitas vezes sem ter passado por aquele problema.

É como se você aprendesse com o erro do outro, entende?

Já diz o ditado popular que “os sábios aprendem com os erros dos outros”.

É fazendo tentativa que se aprende também.

Então, é fundamental que você tenha mentores.

Daí, você pode manter contato com essas pessoas melhores que você para que você possa extrair delas lições de vida.

Geralmente, são profissionais que dão sugestões de investimentos financeiros, dicas para você começar a mudar sua vida financeira, onde investir melhor e todo esse tipo de coisa!

Vida Financeira…

Enfim, levem isso para a vida financeira pensando que o mentor pode mudar sua vida como um todo, e também pode dar dicas, sugestões, informações super preciosas!

A gente aprende a ver com elas tomam decisões, como consomem, como ela valorizam o potencial de investimento.

E aí a gente traz esse conhecimento da nossa vida e começa a aplicar para transformar aquilo que a gente gosta e buscar os nossos objetivos.

Essas foram as sugestões para que você tenha atitudes capazes de mudar sua vida financeira. São os verdadeiros conselhos financeiros.

E o mais importante é você observar como tudo está ligado numa relação muito simples de escolha, você escolhe agir de uma maneira diferente consequentemente você escolhe ser uma pessoa mais rica.

Antes de terminar, porém, temos um bônus para você.

Se você tem o interesse de mudar de vida financeira, mas ainda não tem um mentor, conheça a história e os ensinamentos de Robinson Trovó.

Leia Mais7 passos para escolher o melhor curso de finanças da atualidade!

conselhos financeiros

Bônus – Robinson Trovó: quem é?

A matéria foi divulgada no site de notícias segs, confira:

Criador da Trovó Academy, Robinson Trovó conseguiu dar a volta por cima após perder metade do que tinha.

E hoje desconstrói mitos sobre investimentos, transformando o “economês” em uma língua fácil de entender.

Investidor, educador financeiro e criador do treinamento online Trovó Academy, que tem o objetivo de mudar a educação financeira no Brasil, Trovó conquista cada vez mais seguidores.

E isso acontece devido à sua linguagem didática e sua metodologia própria.

Hoje, Trovó se destaca no mercado financeiro devido aos recordes alcançados, como ser um dos cinco brasileiros a sair do zero e conquistar R$ 1 milhão antes dos 30 anos.

“Eu não sou nenhum gênio dos números, apenas consegui as informações corretas a disciplina necessária para mudar minha realidade financeira”, explica.

Contra o endividamento…

Mais do que ensinar as pessoas a conquistarem a independência financeira, Trovó trava sua batalha contra um dos maiores vilões da economia no país: o endividamento.

“O índice de inadimplência é péssimo para o desenvolvimento do Brasil, mas pode ser combatido, desde que as pessoas tenham determinação e disciplina”, explica o investidor.

Ele, que já ensinou mais de 2,5 mil pessoas a investirem, graças à sua experiência, que inclui muitas horas de estudos, e aprendizados com os próprios erros.

Leia Também17 razões para fazer o curso da Trovó Academy!

Veja o que diz um aluno do Trovó

Ricardo é de São Paulo e diz que começou a fazer parte da Trovó Academy em Setembro de 2016.

“A minha vida financeira antes de entrar no curo não era bagunçada e eu nunca fui totalmente leigo em investimentos financeiros”

“Mas, sempre busquei aprimorar meus conhecimentos”, ele comenta no vídeo que poderá ser visto abaixo.

Ele conta também que antes do curso já havia recebido consultorias para aplicações financeiras…

“No entanto, para dizer a verdade, era sempre mais do mesmo e minha alocação era feita em investimentos sempre da mesma forma: no longo prazo”, ele lamenta.

“O retorno financeiro nunca foi o esperado”.

A se perder de vistas pelas vezes que buscou instrumentos para validar seu conhecimento e sua melhor estratégia financeira, Ricardo diz que já havia perdido as esperanças de ter lucros a curto ou médio prazo.

“Só que o curso da Trovó Academy mudou a minha vida financeira totalmente”, ele lembra, com orgulho.

“Principalmente em relação à disciplina: onde, quando ou qual local deve ficar o dinheiro”, Ricardo explica.

Lucros…

Para ele, foi a partir daí que a esperança de ter lucros a curto, médio e longo prazo voltaram…

“Estou vivenciando isso agora, em relação à todos, inclusive, familiares, que também mudaram sua educação financeira”.

Ricardo diz que a disciplina financeira é algo que diz respeito a uma Educação Financeira de forma geral porque tudo isso tem a ver com a Vida Financeira de todas as pessoas.

“E para os que têm dúvida em relação a investir no curso, vale cada centavo”, ela aconselha.

“O curso é ótimo, fantástico. A didática que o Trovó usa é ótima. Tem vídeos aulas, aulas ao vivo, ele tira dúvidas, ele tem paciência, dedicação, pega na mão mostra o caminho. Vvale cada centavo”, finaliza o vídeo Ricardo.

Veja o vídeo na íntegra:

Com informações do Youtube

PROPAGANDA