Comprar carro usado na internet – 5 dicas especiais para 2019

PROPAGANDA

Comprar um carro usado vale a pena? Hoje a gente vai ver algumas dicas para poder comprar um carro usado com segurança e, claro, economizando dinheiro.

Afinal, o carro usado pode ser muito vantajoso por questão de preço, mas se não tiver cuidado, ele pode ser uma  uma tremenda dor de cabeça também.

PROPAGANDA

Comprar Carro Online

Na internet tem vários sites e serviços online que facilitam muito a vida da gente. Portanto, quem quer negociar um carro seja usado ou seminovo ou novo pode buscar essa opção tecnológica.

Só que é preciso tomar vários cuidados para deixar a negociação mais segura.

Hoje em dia, por exemplo, a gente tem a ferramenta e do celular (smartphone) e temos também o computador com acesso à internet, que está aí pra poder ajudar a gente escolher rapidinho o automóvel que é mais viável para a gente nesse momento.

PROPAGANDA

Sentado no sofá, em casa e de boa… Assim se inicia, muitas vezes, e compra do veículo.

Apesar do conforto e da praticidade é importante a gente ficar alerta para não cair em golpes nem perder tempo com ofertas mágicas que oferecem para gente na internet o tempo todo com valores muito fora da realidade.

Então, sem mais esforços ou enrolação, vamos às dicas para poder comprar um carro usado – seja na internet (que é a forma mais usada hoje em dia) ou pessoalmente.]

1 – Comparar o Preço

O que tem sido mais atrativo na internet é encontrar veículos sendo vendidos por preços bastante acessíveis, o que dá para desconfiar (e até o santo desconfia, né).

Assim sendo, a primeira dica é a seguinte: pesquisar sempre! E, a partir disso, comparar o preço com a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Essa tabela é usada nacionalmente e traz um valor médio do preço dos carros. Nem sempre o valor vai ser o mesmo do carro, mas dá para ter uma base dele.

E isso tem que ser feito depois que você define o modelo e versão. Portanto, é importante procurar e comparar vários anúncios, procurarem o valor de mercado desse carro que você tanto sonhou para ter uma base real.

Você vai anotar os preços e vai comparar os preços que você encontrou em várias fontes diferentes, em vários lugares diferentes e, por último, comparar estes preços em que você encontrou com a tabela FIPE para poder ter uma referência de valores.

Se o preço da FIPE está R$ 50 mil e você achou o mesmo veículo por R$ 30 mil é porque algo está errado, entende? Quando há muita divergência é preciso, sim, desconfiar.

Comprar carro usado na internet – 5 dicas especiais para 2019

2 – Usar  Internet a seu Favor

A próxima dica é saber comprar um carro utilizando a internet a seu favor e não contra você.

Então, como fazer da internet um conselheiro para a sua compra? Usando-a para conferir a documentação, por exemplo. Isso é muito importante.

Então, busque observar se o documento do carro está no nome do atual vendedor, o fato de que não têm pendências de possíveis transferências anteriores e assim por diante.

É importante também lembrar que você tem que verificar se essa transferência ocorreu há muito tempo ou se foi recente. Porque assim você evita pessoas que fazem a rápida revenda de carros – o que pode indicar uma tentativa de mascarar a irregularidade do veículo.

3 – Laudo Cautelar do Veículo

A próxima dica é pedir o laudo cautelar do veículo que será comprado.

Essa dica é muito importante porque é um procedimento fundamental no momento de comprar um carro usado.

Esse procedimento indica a situação de partes estruturais do carro, da mecânica, da condição de chassis do motor e da autenticidade da documentação, além da placa como também se aconteceu ou não uma batida mais forte com o carro.

Então, é muito importante você pedir o laudo cautelar – e se você não sabe como pedir, procure um profissional é pra te auxiliar.

Muitas vezes, compensa mais você procurar um profissional de confiança e do que fazer isso por conta sem experiência – e pode acontecer a velha história de que o barato pode sair caro.

Isso porque estamos aqui falando de carros usados!

Lembrando que Carro Zero Quilômetro não tem que fazer nada disso.

4 – Fazer o Test Drive

E só para lembrar vocês, têm a questão do test drive, que por incrível que pareça muita gente olha um carro na rua com uma “X” quilometragem, depois ve as fotos, acha que está bonito e compra!

Sem praticamente fazer test drive e isso não é bom.

Porque você tem que pegar, sentar e dirigir o carro. Ou alguém tem que fazer isso por você. Especialmente, para notar o motor e o câmbio – que são itens caros e que podem ser a causa principal da venda do carro.

Então, vai lá fazer o teste drive, sentar no carro e aí sim você vai conseguir ter uma noção.

5 – Leve ao Mecânico

A melhor dica de sempre, né.

Se você puder levar o carro usado ao mecânico que trabalha para você, faça isso. Se não puder, leve em outro indicado. Mas, nunca compre sem fazer isso.

O mecânico vai ver as partes que a gente não costuma entender muito bem: dá para ver se o motor foi mexido, se as peças são genuínas, se estão novas, se precisarão ser trocadas, se estão de acordo com a quilometragem, se foi batido, etc.

O mecânico consegue ter uma visão mais teórica da compra. E, claro, se ele for de confiança pode te ajudar a comprar um carro do melhor jeito, sem ter futuras dores de cabeça.

PROPAGANDA