Todo mundo que vai comprar uma ação na bolsa tem que entender de governança corporativa!

Afinal, o que é governança corporativa e qual a importância desse assunto na hora de escolhermos uma empresa para comprarmos ações?

Sim, se você está prestes a comprar uma ação na bolsa tem que entender desse assunto se quiser ter êxito na sua compra. Mesmo sabendo que o mercado é volátil, isso pode te garantir uma tomada de decisão mais inteligente.

Além de entender o conceito de governança corporativa, também vamos falar sobre os níveis de governança que a B3 (bolsa de valores do Brasil) classifica as empresas que estão listadas lá.

Bora ler esse conteúdo incrível que pode fazer toda a diferença na sua vida de investidor profissional da bolsa de valores?

Todo mundo que vai comprar uma ação na bolsa tem que entender de governança corporativa!

O que é governança corporativa?

Governança corporativa é um sistema composto por processos, por condutas, por costumes e também por políticas a partir do qual uma instituição é administrada e monitorada.

Assim, podemos chegar ao ponto de dizer que a governança corporativa é sinônimo de transparência e quanto mais alto nível disso, mais transparente a empresa é com os seus interessados.

Se você está comprando ações de uma empresa, então, a governança corporativa é um item a ser estudado porque vai te dizer, com transparência, como a empresa é classificada.

Os princípios básicos da governança corporativa

Atualmente, nós temos 4 princípios básicos de governança que são importantes para trazer mais transparência para com as informações detalhadas sobre a companhia.

As partes precisam receber um tratamento justo e igualitário, com a prestação de contas para evitar abusos por parte de sócios e administradores, além de ter responsabilidade corporativa.

Vale lembrar que essas regras vão além das obrigações que as companhias têm na lei.

Os níveis do mercado financeiro de ações

Observação: as empresas não são obrigadas a aderir é uma escolha da própria companhia a aderir ou não à governança corporativa.

As empresas que estão classificados como nível 1 tem ações ordinárias e preferenciais conforme a legislação.

Tem também um percentual mínimo de 25% das ações em free plot de ações em circulação e têm no mínimo 3 membros no conselho de administração.

Conforme a legislação, como o mandato unificado de até 2 anos tem a reunião pública anual que é obrigatória e presencial e o tag along é de 80% para ações ordinárias.

O que significa esse tag along, afinal?

Ele é um mecanismo de proteção aos minoritários, caso haja mudança no controle da companhia.

Se uma empresa garante um tag along de 80% isso vai significar que o acionista minoritário receberá essa proporção do valor pago por ação ao controlador dessa empresa em relação ao nível 2.

Aí já começa a melhorar e em um próximo nível temos o seguinte: tem ações ordinárias e preferenciais, com direitos adicionais e tem também o free flow de 25% o conselho de administração.

Tem no mínimo 5 membros dos quais pelo menos 20%, que devem ser independentes com mandato unificado de até 2 anos e as demonstrações financeiras são traduzidas para o inglês na reunião pública anual.

Também é obrigatória e presencial a concessão do tag along de 100% para ações ordinárias e preferenciais.

Novo mercado

Em relação a um novo mercado, que é o nível mais alto nível e mais top, as empresas só têm ações ordinárias no mercado e como a tendência é que as empresas migrem os níveis para o novo mercado.

Logo teremos, cada vez mais, ações ordinárias disponíveis o free float é de 25% caso volume diário negociado seja superior a 25 milhões.

Em relação ao conselho de administração, é de no mínimo 3 membros conforme a legislação dos quais pelo menos, 2 ou 20% o que for maior, devem ser independentes.

Com o mandato unificado de até 2 anos o tag along de 100% para as ações ordinárias e é obrigatória a legislação de comitê de auditoria obrigatória.

A existência de área de auditoria interna e é obrigatória a implementação de funções de confiança ou se com pais que não bonito divulgação adicional de informações tão bem o que torna tudo mais transparente para o querido acionista.

Estude a empresa na hora de comprar uma ação!

Então, na hora de escolher as suas ações, dê uma olhadinha na governança corporativa porque faz muita diferença.

Você já olhou isso antes de escolher uma ação?

Se não olhou, deveria porque isso pode mudar muito a forma de escolher uma empresa para investir.

Lembre-se que escolher uma ação é uma das tarefas mais importantes que se deve ter. Porque apesar de tanta facilidade hoje em dia para comprar e vender ações, uma escolha errada pode significar até mesmo a perca de dinheiro no mercado acionário.

Muita gente que começa a estudar o mercado vê que tudo é mais simples do que parece e isso é verdade. Por outro lado, quanto mais se conhece do mercado e das empresas, maior a chance de uma negociação por lá dar certo.

É claro que no quesito ganhar dinheiro com ações há muitas controvérsias, mas ninguém nunca nega o fato de que estudar as empresas é um ótimo começo.

Então, se tem uma boa dica neste conteúdo é: comece bem e estude a empresa antes de tudo!