Aprenda como tirar os sonhos do papel controlando as finanças em 5 passos

Aprender como tirar os sonhos do papel não é fácil. Muitas vezes, a gente tem que errar, por várias vezes, para conseguir. De todo modo, do lado das finanças, dá para considerar alguns passos importantes para começar a mudar de vida – e a realizar sonhos.

Afinal, a vida não é só sobre pagar boletos mensalmente e você sabe disso. Inclusive, há um mundo de possibilidades fora dessas contas domésticas. A gente pode falar de viagens. Mas, também sobre aproveitar melhor a vida, os filhos e fazermos coisas que gostamos.

Então, como é que a gente começa a realizar os sonhos que temos? Com esses 5 passos.

1 – Da onde vem e para onde vai o dinheiro

O primeiro dos passos é o mais óbvio também. Assim, é tudo o que você entende por planejamento financeiro e um pouco mais. A ideia, no começo, é muito simples: pensar em fazer o controle dos gastos a partir das receitas da família.

Ou seja, a conta precisa bater: deve-se gastar menos do que se ganha. E ponto final. Inclusive, aqui não tem conversa. Então, não dá para dizer que a conta da luz aumentou por conta da tarifa vermelha ou que os materiais escolares ficaram mais caros.

Definitivamente, você tem que dar um jeito de gastar menos do que ganha. Aliás, isso vale para toda a família, já que todos precisam estar envolvidos no projeto. Ou nos projetos que vão sair do papel em alguns meses.

Aqui no blog já demos várias dicas sobre isso. No entanto, se a gente pudesse resumir, falaríamos para você sempre pensar em reduzir aqueles gastos que não são essenciais para a sobrevivência. Isso é importante para quitar as dívidas e começar a investir dinheiro.

2 – Quais são as prioridades financeiras

Um segundo passo importante para entender como tirar os sonhos do papel é justamente definir as prioridades financeiras. Mas, aqui não estamos falando dos gastos porque isso você tem que ter feito lá em cima, desde o primeiro tópico do texto.

Nesse caso, nós estamos falando justamente da questão do pagamento de dívidas, de contas atrasadas, de parcelas, do cartão de crédito ou mesmo da realização de alguns pequenos projetos, como viagens ou a troca do carro.

Comece a notar que logo aqui no começo a gente já fala em realizar sonhos, o que é ótimo. No entanto, essa resposta vai depender muito da sua atual situação financeira. Definitivamente, não podemos pular etapas. Ou seja, quem tem dívidas tem que quitá-las antes de prosseguir.

Aprenda como economizar dinheiro para realizar sonhos

E ainda que as suas prioridades vão depender de você e da família, saiba que há um consenso entre os educadores financeiros. Assim, primeiro devemos dar atenção as dívidas, como financiamentos e cartão. Depois, montamos a reserva de emergência. Por fim, os sonhos.

3 – O que você sabe sobre o dinheiro

Esse ponto até poderia ser o primeiro do texto, de tão importante que é. Considere que para começar a andar pelo caminho mais concreto da riqueza e dos sonhos, você tem que conhecer ou buscar o conhecimento sobre as finanças.

Por exemplo, falamos bastante das dívidas, certo? Mas, qual é o tamanho da sua dívida? Aliás, qual é a dívida mais cara que você tem hoje? Outra coisa bacana é entender sobre o serviço que você paga, seja no plano anual da academia, da assinatura de TV ou da conta bancária.

A gente não vai dar grandes explicações sobre isso porque isso dependeria do nível de conhecimento e interesse de cada uma. Porém, para contextualizarmos e exemplificarmos, vamos lançar aqui um exemplo muito rápido e prático.

Por exemplo, você sabe quanto paga de conta bancária (as chamadas cestas bancárias) todos os anos? Ao fazer as contas, pense também no quanto você poderia economizar com isso. Como? Atualmente, dá para ter uma conta essencial ou uma conta digital, que são grátis.

4 – Os investimentos são fundamentais para os sonhos

Mais um ponto importante sobre como tirar os sonhos do papel tem a ver com os investimentos. Afinal, talvez você nunca tenha pensado nisso antes, mas saiba que investir dinheiro é muito fácil e potencializa os seus recursos economizados.

Calma que a gente explica isso de forma simples. Imagine que você poupa R$ 5 mil por ano. Então, em 10 anos você teria R$ 50 mil poupado, certo? No entanto, se aplicasse o dinheiro em investimentos, então, com certeza, você teria mais de R$ 50 mil.

O motivo? Os juros que você recebe pelas aplicações que faz. No entanto, não vamos falar muitos dos investimentos que existem porque são muitos e a gente precisaria ocupar uma grande parte dessa matéria.

Por outro lado, a boa notícia é que há aqui no blog uma grande variação de artigos que comentam disso. A gente conta sobre o Tesouro Direto, que é o investimento mais seguro do país assim como das ações na bolsa de valores, que são mais arriscadas, também.

5 – Todo mundo vai errar um dia

Para concluir a lista de dicas, de passos ou etapas desse seu processo de realização de sonhos, vamos falar dos erros. Então, considere que todo mundo vai errar um dia. E isso vale para quase tudo na vida. Portanto, se você se endividou alguma vez, saiba que está tudo bem.

 como tirar os sonhos do papel

A grande questão é sobre o que você vai fazer com o erro. Por exemplo, será que vai cometê-lo de novo ou será que vai aprender com ele? Se a gente analisar o mercado e o mundo, a gente vê que grandes dos investidores erraram muitas vezes.

A diferença é que eles souberam tirar proveito disso para se tornarem pessoas e investidores melhores depois. O mesmo vale para você, em todas as áreas da vida, inclusive, nas finanças. Sendo assim, diga você mesmo: o que você tem feito com o seu erro?