Descubra como organizar uma ceia de Natal simples e barata nesse ano com 7 dicas

O ano de 2020 foi diferente, não foi? Acho que essa é uma opinião comum entre todo mundo. Por isso, muita gente já está pesquisando como organizar uma ceia de Natal simples e barata. E a gente também. Inclusive, encontramos 7 dicas para isso. E você acompanha agora.

Leve em conta que são opiniões que vieram de especialistas e foram recolhidas durante vários anos. Agora, ainda mais nesse ano tão diferente, elas passam a fazer muito mais sentido. Inclusive, ninguém precisa se endividar para fazer uma boa e memorável ceia natalina, né.

As dicas para uma ceia de Natal simples

No ano de 2017, a gente fez uma matéria com o seguinte título “Como economizar dinheiro com a ceia de Natal em 5 passos”. Inclusive, as dicas eram realmente boas, como: “fazer uma ceia coletiva” ou “fazer compras antecipadas”.

No entanto, esse ano de 2020 foi bastante atípico. Isso fez com que a situação de aprender como organizar uma ceia de Natal simples e que também fosse barata fosse ainda mais real. Por isso, o que fizemos foi repaginar a matéria antiga e transformar em uma nova e mais atual.

Agora, se você quiser ler a matéria antiga para fazer alguns comparativos, tudo bem. Mas, se quiser uma matéria mais atual, com mais dicas, continue lendo.

1 – Pense no cardápio com antecedência

A primeira dica é a mais óbvia, também. Inclusive, não vai ser muito inteligente da sua parte deixar para pensar no que fazer na ceia de Natal aos 45 do segundo tempo, sabe? O ideal é ter uma ideia, ao menos uma expectativa, do que será feito no dia algumas semanas antes.

Sem dúvidas, isso vai ajudar você a economizar dinheiro com os pratos e as receitas. O motivo? Você poderá ir comprando aos poucos ou até mesmo terá mais tempo de pesquisar os preços em vários lugares. Vamos falar mais disso no decorrer da matéria.

2 – Tenha um orçamento para as compras

O próximo ponto, como não poderíamos deixar de falar, tem a ver com a questão financeira. É muito interessante as famílias limitarem um valor a ser gasto com essas compras a mais, que acontece 1 vez no ano.

Obviamente, a gente sempre gasta a mais, não é? No entanto, é importante entender a realidade do casal ou da família para que o cartão de crédito não seja usado sem consciência. Afinal, janeiro vem logo em seguida e cheio de novas contas.

3 – Pesquise a compra em lugares alternativos

Qual é a ideia de comprar em lugares diferentes e alternativos? É saber que a quitanda do Zé, do lado de casa, tem um ótimo preço para o abacaxi. Porém, no supermercado a gente acha as bebidas mais baratas. Já no mercadão, a lentilha tem melhor preço. E no açougue, a carne.

Agora, claro que a gente não precisa ir em 10 lugares diferentes para comprar 10 produtos, né? A ideia é que você, ao longo do ano, vá fazendo uma pesquisa para saber onde o que pode estar mais barato. O fato é comprar tudo no mesmo lugar pode sair mais caro, também.

4 – Pense nos produtos a granel

E já que falamos da escolha dos produtos, vamos mencionar outra boa dica para entender como organizar uma ceia de Natal simples. Pense em comprar produtos a granel, também. Isso vale muito para alguns tipos de alimentos, como as frutas secas.

Geralmente, o preço do quilo é bem menor do que comprar o empacotado ou enlatado.

5 – Faça a escolha certa dos produtos usados

Sobre escolher os produtos certos, o que queremos dizer, como falamos no artigo de 2017, é que você pode pensar em substituir os produtos mais caros pelos baratos, por exemplo. Na época, nós falamos em “regra da substituição”.

Ou seja, mostramos pesquisas que mostram que a diferença no preço de um prato, com uma simples mudança de ingrediente, pode superar os 40%. Além disso, usar receitas mais baratas também é legal, como os pratos suínos (ao invés das aves) e as nozes (no lugar das castanhas).

6 – Não deixe para comprar na última hora

Essa também é uma dica clássica. Inclusive, nem vamos perder muito tempo aqui – já falamos um pouco disso no 1º tópico da matéria. Mas, de modo simples, a ideia é que você vá comprando aos poucos – até mesmo porque nessa época do ano, os preços sobem.

7 – Cogite a ideia da ceia de Natal coletiva

A questão da ceia coletiva também vem do artigo anterior e a gente achou bacana citar aqui. A ideia é simples: mesmo com a pandemia, considere a possibilidade de reunir a família (não muita gente). Além do mais, dá para estar em ambientes abertos, por exemplo.

Isso tudo tem um valor econômico importante porque significa que cada pessoa pode levar um prato. Assim, ninguém gasta muito. O mesmo vale para bebidas e sobremesas, por exemplo.

Sobre a decoração

como organizar uma ceia de Natal simples

E para concluir esse texto sobre como organizar uma ceia de Natal simples leve em conta que a decoração também pode encarecer ou baratear a festa natalina. Sendo assim, opte pelo faço DIY, que nada mais é do que “faça você mesmo”.

Logo, tente criar a decoração com o que você já tem em casa ou com algo que pode ser feito sem muito gasto. Nessa hora, usar a criatividade faz toda a diferença.