Aprenda como investir em bonds nos EUA conhecendo os riscos

ANÚNCIO

Você já ouviu falar sobre os títulos do Tesouro Americano? Sim, estamos falando dos “bonds”. Por aqui, temos algo parecido, que é o Tesouro Direto. Mas, calma. O mais importante antes de tudo é entender como investir em bonds nos EUA sem precisar correr riscos exagerados.

Ué, mas os títulos do Tesouro não são seguros? Sem dúvidas que sim. Ao menos, se a gente comparar com a bolsa de valores. Porém, como todo investimento financeiro, o primeiro passo é conhecer os riscos. Assim, a gente pode fazer uma compra mais assertiva de ativos depois.

ANÚNCIO

Sendo assim, vamos por partes. Primeiro, nós vamos explicar um pouco mais da questão dos bonds, que é um tipo de investimento no exterior. E, depois, a gente fala sobre os riscos de fazer isso estando aqui no Brasil, combinado? Então, vamos nessa!

O que são os bonds

Todo mundo que quer entender como investir em bonds nos EUA tem que entender o que isso significa na prática. Afinal, temos aqui uma alternativa para investir no exterior. Logo, é uma ideia inteligente para quem quer diversificar a carteira e mesmo proteger a carteira de ativos.

Aliás, a gente nem precisa ficar aqui falando sobre as vantagens disso, não é mesmo? O mercado externo é uma opção de hedge para muitos investidores. E os bonds são os títulos do Tesouro Americano. Logo, são opções.

ANÚNCIO

Em resumo, como são títulos do Tesouro, você já deve ter imaginado que fazem parte da renda fixa, correto? Se esse foi o seu pensamento ótimo. Então, temos uma variação de renda fixa nos Estados Unidos, o que é legal.

Os bonds são os títulos emitidos pelas instituições governamentais, como o nosso Tesouro Direto. O nome inteiro do Tesouro Americano é “Treasury Bonds”. Por isso, a gente usa o nome mais curto e abreviado de bonds.

Os bonds de empresas

Ainda não estamos falando dos riscos. Porém, temos que fazer um alerta importante aqui. No Brasil, os títulos do Tesouro são apenas do Governo. Mas, por lá, eles também podem ser de empresas privadas de capital aberto. Nesse caso, são parecidos com as nossas debêntures.

Porém, o nome completo desses papéis são “Corporate Bonds”. Logo, se você pensar apenas em bonds é preciso tomar cuidado para saber se estamos considerando apenas os Treasury (do governo) ou os Corporates (de empresas) também, sacou?

Além disso, temos que considerar os riscos, então, vamos falar disso agora.

Os T-Bonds

O T-Bonds (Treasury Bonds) são títulos que possuem prazo de vencimento longo. Além disso, são emitidos pelo Tesouro Americano. Logo, aqui há um risco: você tem um prazo longo, ok? Esse prazo, geralmente, fica acima dos 10 anos. Os pagamentos são a cada 6 meses.

Em resumo, saiba que quanto maior for o prazo, então, maior será a volatilidade também.

Além dos T-Bonds, nós temos o T-Bills e os T-Notes, que são opções mais curtas em termos de prazos. É importante saber disso para quando for pensar em fazer um investimento no Tesouro dos Estados Unidos. Afinal, como aqui, são várias alternativas.

Mas, e os riscos desse tipo de investimento?

Para entender como investir em bonds nos EUA de forma segura, considere que estamos falando da renda fixa, correto? Logo, já temos aqui uma segurança maior do que a bolsa de valores. No entanto, mencionamos acima o prazo de vencimento, que indica outro risco.

Assim, a boa notícia é que a gente ficará sabendo qual é o índice de correção. Geralmente, é uma porcentagem, um índice ou uma junção de ambos. Assim como temos aqui, no caso do Tesouro IPCA ou no Tesouro Selic.

O problema maior vai acontecer quando a gente menciona os Corporates Bonds, que são de empresas de capital aberto. Logo, temos riscos maiores, já que o recebimento dos pagamentos semestrais vai depender da inadimplência ou adimplência das empresas.

Descubra como funcionam os BDRs, ativos para investir no exterior

Então, os títulos das empresas americanas não valem a pena? Ao contrário. Por serem ativos com baixa volatilidade e previsibilidade, eles acabam sendo indicados para quem quer diversificar ac arteira de forma mais conservadora.

Então, vale a pena investir em bonds ou não?

como investir em bonds nos EUA

Para fechar a matéria, temos a nossa boa e velha reflexão. Aliás, você conhece o que são os bonds e sabe dos principais riscos que ele envolve. Logo, a pergunta final é sobre valer a pena ou não para você. De um modo geral, como sempre, isso depende do seu perfil e atualidade.

Para resumir, veja essas definições rápidas, que podem servir como um checklist para você:

  • O que são bonds – investimentos em renda fixa nos Estados Unidos
  • Quem emite os bonds – instituições governamentais ou empresas de capital aberto
  • Quais os riscos dos bonds – o risco é baixo devido à volatilidade e maior previsibilidade
  • Para quem são indicados – para investidores conservadores que querem aplicar no exterior
  • Como investir nos bonds – esse é um assunto para o próximo artigo, leia abaixo

Bem, se você leu a matéria até aqui, isso é ótimo. Afinal, o estudo e o conhecimento sempre são o primeiro passo para fazer uma aplicação consciente. Porém, pode ser que você tenha sentido falta de um tópico importante: que é sobre como comprar bonds americanos.

A boa notícia é que nós também pensamos nisso. Sendo assim, nós fizemos uma matéria que é uma continuação dessa aqui que você acabou de ler. A ideia foi a de comentar, em uma espécie de passo a passo, como dá para fazer aplicações no Tesouro Americano. Leia.

ANÚNCIO