Como investir dinheiro com segurança: o guia mais sincero do mundo

Você pode até achar que esse é mais um daqueles artigos que vai dizer sobre as possibilidades infinitas de ganhar dinheiro na bolsa de valores. Mas, não! A ideia aqui é justamente mostrar à quem tem poucos recursos como investir dinheiro com segurança.

Portanto, se o seu foco é ganhar dinheiro rápido ou se você tem mais do que alguns bons mil reais para investir em opções mais arrojadas, desculpe: este artigo não é para você!

Agora, se você está ensaiando começar a investir dinheiro há algum tempo, mas ainda não sabe sobre a segurança de fazer isso ou sobre as opções que tem, então: leia imediatamente!

E para facilitar o seu entendimento sobre como fazer isso, de forma sustentável e que não prejudique o seu orçamento financeiro, vamos listar o artigo todo em tópicos.

São tópicos curtos, mas essenciais para te ajudar a descobrir, por si só, como investir dinheiro com segurança. E lembre-se: estamos falando de investir pouco dinheiro, ok?

Não fique dependente do dinheiro que vai ser investido

Você não tem que investir dinheiro se for precisar dele no curtíssimo prazo, sabe?

É simples entender isso: existem muitas pessoas que agem por impulso.

Então, quando recebem o salário ou a renda mensal, depositam uma parte maior do que deveria em investimentos financeiros.

E daí, o que acontece?

Com o passar dos dias, o dinheiro fica em falta para comprar itens básicos, como alimentos.

Esse, definitivamente, não é o ideal.

O que estamos querendo dizer?

Que o ideal é você investir dinheiro sim, mas um valor que não vá influenciar negativamente no seu bolso e na sua vida básica.

E vida básica aqui é o mesmo que “o essencial para viver”. Estamos falando em comprar alimentos, pagar as contas de água e luz, dar educação aos filhos.

Agora, o restante (as viagens estrelares, os celulares de última geração, os carros luxuosos) pode ser revisto, diminuído ou cortado.

Saiba quanto investir da sua renda mensal total

Esse é um bom questionamento a ser feito!

Não existe um valor ou uma porcentagem exata para quem está procurando saber como investir dinheiro com segurança. Não, não existe.

Tem gente que consegue investir 50% da renda total e isso é ótimo.

Mas, acredite: os casos de sucesso vêm das pessoas que começaram poupando apenas 10 ou 15% de todo salário.

Então, dá para notar que são valores baixos, com porcentagens mínimas e você não precisa deixar de viver para guardar dinheiro, como muitas pessoas pensam.

Não! Você só tem que deixar alguns luxos de lado.

Se deixar de tomar café todas as manhãs na padaria, se optar por ver filme em casa ao invés do cinema alguma vez no mês, se deixar o vício da bebida e do cigarro de lado…

Tudo isso (e muito mais) torna possível o investimento mensal.

Se você está começando a entender o mercado financeiro, precisa considerar que pequenos cortes não são dolorosos, mas são extremamente eficientes – e isso nem vai mudar seu estilo de vida!

Não tenha dívidas para começar a investir

Um dos primeiros passos para começar a investir é quitar todas as dívidas porque vai ser bem difícil conseguir fazer os dois juntos – isso exigiria um controle financeiro muito grande.

Se você tem muitas dívidas, a dica é juntar todas em uma só. Pesquise um empréstimo com juros mais baixos. Depois, quite todas as outras. Só que tenha o valor das parcelas para não se complicar ainda mais, também.

Quando o assunto é dinheiro, temos que ter prioridades. E quitar as dívidas tem que ser uma delas (possivelmente, a primeira).

Se você quer saber como sair das dívidas, mas ainda não sabe como, veja o vídeo abaixo:

Gastar menos do que se ganha

Uma pessoa que ganha 20 mil reais não é mais rica do que uma pessoa que ganha 5 mil reais se ela gastar mais dinheiro do que ganha. Isso resultaria em um saldo negativo.

O ideal é você ter um saldo positivo se quiser ganhar dinheiro.

Algumas pessoas costumam tratar o dinheiro como algo sujo, nocivo.

Só que não: ele é algo de valor e cada centavo que você ganha tem o seu valor…

Portanto, você (e todas as pessoas do mundo) deveria dar a devida atenção ao dinheiro.

A partir do momento em que você consegue controlar a sua finança, você passa a ter mais poder para realizar os seus sonhos.

Com uma renda sob controle, você pode comprar o que quiser, inclusive, aplicar em investimentos financeiros para ganhar dinheiro.

Antes de investir no longo prazo, crie uma reserva de emergência

Esse é outro tópico importante e que tem tudo a ver com os tópicos já citados aqui.

Bom, vamos imaginar uma situação para a explicação ficar mais simples.

Você começa a investir dinheiro, um pouco, 10% todos os meses.

E até aí, tudo ótimo. Em 1 ano você faz isso sem nunca falhar.

Só que nesse meio do caminho acontece algum problema emergencial, que precisa ser resolvido imediatamente: como o conserto do carro, uma doença grave ou a perca do emprego.

O que você faz? Você é obrigado a usar aquele valor que você investiu.

Só que isso nem sempre é vantajoso, especialmente se você estiver pensando no longo prazo (onde os investimentos financeiros têm tempos de duração para resgate).

Então, o ideal é o seguinte: você, antes de começar a investir no longo prazo, tem que criar uma reserva financeira em alguma aplicação que tenha liquidez diária.

Liquidez diária é quando você pode sacar todo recurso sem se prejudicar em termos de rentabilidade.

Ah, e isso tem tudo a ver com como investir dinheiro com segurança – justamente porque você não sairá perdendo se fizer dessa forma!

Qual o valor de uma boa reserva de emergência?

Outra pergunta interessante.

Porque também não tem resposta concreta.

Vamos, novamente, à algumas situações.

Se você tem um emprego fixo, com muitos anos de casa e sem histórico de doenças…

Com certeza, sua reserva pode ser considerada pequena – algo como 4 vezes o valor da renda mensal.

Então, se você ganha 3 mil reais e está nessa situação, pode ter uma reserva de 12 mil reais para custear os possíveis problemas que possam vir a acontecer.

Agora, se você é um trabalhador autônomo e depende do período do ano para ganhar mais ou menos, então, sua reserva deve ser um pouco maior, algo como 6 vezes o salário atual.

A ideia de ter uma reserva é justamente para custear as possíveis despesas variáveis e graves que podem acontecer sem que você precisa fazer empréstimos em bancos (porque isso é realmente negativo para o seu orçamento).

Aí tem outro fator que é levado em conta também: a reserva vai depender do seu perfil.

Existem muitas pessoas que são extremamente conservadoras e preferem poupar o equivalente a 12 meses antes de descobrir como investir dinheiro com segurança.

E tudo bem, não há mal nenhum nisso.

Outras, mais agressivas, poupam apenas 3 meses. E também não é errado.

O importante é você se conhecer e saber o que vai te deixar com a cabeça tranquila para continuar trabalhando e fazendo aportes mensais nas suas aplicações financeiras.

Saber que os empréstimos e os produtos bancários não são bons

Saber como investir dinheiro com segurança é importante sim, mas, além disso, há outras verdades que precisam ser ditas – afinal, estamos falando de um guia sincero.

Então, é o seguinte: a reserva de emergência é importante para que você não faça empréstimos, para que não use o cartão de crédito em demasia, para que evite todas as formas o cheque especial.

E isso é fácil entender.

Qualquer uma dessas opções te fará perder dinheiro – e ainda que pareça pouco é dinheiro!

O uso do cheque especial tem um dos juros mais caros do mundo. Assim com o cartão de crédito. O empréstimo nem tanto, mas também te faz perder dinheiro.

Logo, se estamos falando sobre investir dinheiro, é claro que não queremos perder dinheiro.

Então, na teoria, você não tem que usar essas opções financeiras e bancárias.

Os percalços na vida sempre vão acontecer. Todo mundo, por mais feliz e alegre que seja, vai ter problema algum dia. E a forma com que ele se comporta com isso é que faz diferença.

Se ao ter um problema você optar pelos empréstimos para sanar o problema, saiba que ele só vai aumentar porque você paga o conserto do carro e fica com uma dívida enorme para quitar.

O ideal, obviamente que agora você já sabe: ter uma reserva financeira para esses momentos inoportunos. E isso te dá segurança para investir melhor posteriormente!

Tenha metas bem definidas

Uma meta bem definida é aquela que te dá todas as informações importantes para lutar por um objetivo, que tem que ser real e concreto.

Nesse tópico, podemos pensar em algo que vai muito além do dinheiro: o esporte.

No esporte, ter metas bem definidas funciona de forma igual.

Se você tem o objetivo de ser campeão da competição de arco-flecha nas olímpiadas de 2020, então, pode começar a se preparar desde hoje para isso.

Mas, se você pensa que quer ser bom em arco-flecha, o objetivo é geral demais e isso vai te prejudicar porque você nem sabe quando ou o quanto precisará treinar para alcança-lo.

Com as finanças, funciona assim também.

Você dizer que quer ser rico é algo geral demais. Todo mundo quer ser rico.

Agora, vamos pensar no seguinte: quero ter independência financeira quando me aposentar, daqui 30 anos e ter um renda mensal que fique em torno de 5 mil reais por mês.

A partir disso, é só fazer as contas: quanto você precisará ter na época, quanto precisará poupar hoje, quanto tempo tem até lá?

O seu objetivo se torna muito mais palpável e real – e isso vai ser importante na hora de entender como investir dinheiro com segurança também.

“Quanto mais certo de suas metas você estiver, mais fácil será para ignorar todas as distrações e criar um plano de investimento que realmente te ajudar a alcançá-los”, avalia Matt Becker.

Note a diferença entre investir e poupar

Investir dinheiro é o mesmo que empregar o dinheiro que já foi poupado em alguma aplicação financeira para que ela renda juros e você ganhe dinheiro.

E saber qual dos dois é mais importante não é tarefa fácil – mesmo porque não tem como.

Se você não consegue poupar, fica impossível investir. Por outro lado, poupar dinheiro e não investir é o mesmo que “chover no molhado”, sabe? Não faria algum sentido.

A criação de hábitos financeiros tem a ver com os dois comportamentos: poupar e investir.

Primeiro, você poupar (aqueles 10%, sabe), depois, você aplica o dinheiro para render.

Essa equação é bem simples, né.

Infelizmente, hoje em dia, as pessoas não costumam entender a diferença entre as duas atitudes e nem mesmo fazem questão disso.

A escassez de informações também contribui para isso, só que agora você está tendo a chance de aprender algo novo, de aprender mais.

E pode fazer a sua parte: compartilhando informações com seus amigos e colegas.

Conheça os investimentos financeiros

Agora, podemos dizer que estamos no cerne deste artigo!

Para descobrir como investir dinheiro com segurança, você tem que conhecer os tipos de investimentos financeiros e suas características.

Existem aqueles que são altamente seguros (como o tesouro direto) e aqueles que são mais arriscados (como a bolsa de valores).

Além disso, conhecer as aplicações tem a ver com saber o seu prazo de investimento: é para o curto ou para o longo prazo?

Dependendo da sua resposta, as alternativas vão mudar.

Conhecer os investimentos tem a ver também com conhecer as taxas, os impostos, as rentabilidades e tudo mais que é importante para que um ativo seja ideal para você.

Como investir dinheiro com segurança

Saiba diversificar os seus investimentos financeiros

Outro ponto importante a se notar é que você pode ter vários investimentos ao mesmo tempo, mas cada um com um objetivo e a com a finalidade de diversificar o seu portfólio.

Isso também é fácil entender e importante para quem quer saber como investir dinheiro com segurança.

É o seguinte: você está com um objetivo bem definido para a sua aposentadoria.

Então, poderia optar por algumas opções, com os títulos públicos ou uma renda fixa qualquer para o longo prazo.

E, ao mesmo tempo, está acumulando dinheiro também para a reserva financeira, então, há opções como o CDB (Certificado de Depósito Bancários), que também é seguro só que com a diferença de que tem aquilo que chamamos de liquidez diária.

Não existe investimento financeiro sem riscos

Por mais opções que tenha no mercado financeiro, toda aplicação tem a ver com riscos.

Umas mais e outra menos.

Mas, os riscos existem e são de vários tipos: de mercado, de rentabilidade, dos bancos falirem, do governo quebrar e por aí vai.

Ah, aqui temos que falar algo importante.

Todo investimento tem risco – e não apenas aqueles dos bancos e das corretoras ou do governo.

Tem muita gente que fica com medo do mercado financeiro e prefere ir para o mercado imobiliário.

Mas, esse mercado também é arriscado. E muitas vezes, mais arriscado!

O mercado de imóveis pode sofrer com a crise econômica, com a vacância, aluguéis, reformas, impostos e tudo mais que tiver a ver com esse mercado.

O mais importante aqui não é dizer que um é melhor do que o outro, mas entender que todo mercado tem seus riscos e saber desviar dele é fundamental.

Entenda porque o dinheiro é importante

Algumas pessoas evitam falar sobre dinheiro porque o julga como algo “diabólico”.

E na real, não é bem assim que tudo funciona.

Aqui na Trovó Academy concordamos em dizer que dinheiro não é tudo. Isso é fato.

Só que as pessoas deveriam dar devida atenção à ele, afinal, é a partir dele que se pode conquistar sonhos, realizar desejos, entre outras benesses.

E o que essas pessoas não sabem é que o que você pensa sobre o dinheiro pode dizer muito sobre você, também.

Se você entende o porquê do dinheiro ser importante, você consegue dar mais valor a ele. E isso é inevitável para se dar bem com os investimentos financeiros.

Qualquer aumento na rentabilidade ou diminuição das taxas pode significar um ganho para o seu bolso.

Investir na educação financeira

“Um ladrão rouba um tesouro, mas não furta a inteligência. Portanto invista nela”, Augusto Cury.

Se você é uma daquelas pessoas que não passa um dia sem reclamar da vida, é melhor começar a se perguntar sobre o que tem feito para mudar as coisas…

  • Quantos livros você leu nos últimos meses?
  • O que você aprendeu de novo nesse tempo?
  • Em quais eventos ou cursos foi neste ano que passou?
  • O que você sabe sobre o dinheiro?

Reclamar é muito fácil, mas por as mãos na massa é bem mais difícil.

E se você está pensando e já lançar aquela desculpa de que “não tem dinheiro para isso”, saiba que existem muitas alternativas gratuitas para estudar e aprender mais todos os dias.

Aqui mesmo no blog nós temos essas opções sem custos:

Pode ter certeza que ganhar dinheiro em 2018 é totalmente possível…

  • Mas, vamos lá, diga: o que você vai fazer para que isso aconteça?
  • Vai ficar sentado no sofá apostando na mega-sena da virada?

Tudo é uma questão de escolha, saiba disso!

Ter bons mentores e amigos

Você pode aprender tudo sozinho, se for autodidata.

Mas, pode contar com a ajuda de pessoas que sabem o caminho do sucesso – isso vai agilizar todo o processo porque você não precisará errar para aprender.

O segredo neste tópico é considerar quem realmente sabe sobre o assunto – porque com o advento da internet, muitos cursos e pessoas tem se apresentado como soluções, sendo que não tem experiência e nem histórico para isso.

Por outro lado, se você está bem amparado, o seu sucesso financeiro é só uma questão de tempo e ganhar dinheiro em 2018 é um sonho que vai se tornar realidade.

A nossa produção termina por aqui… Mas, se você quer ir além e saber como escolher um bom curso sobre finanças, leia a parte seguinte.

É um bônus que separamos para quem buscar os melhores resultados financeiros, sem perder tempo!

Bônus – O mais importante é investir

Nós tentamos fazer um guia bem rápido para você entender a importância de se investir dinheiro nos dias de hoje.

A ideia de criar um texto sobre “como começar a investir com pouco dinheiro” foi a de mostrar a todos as pessoas que é possível enriquecer com pequenas atitudes.

Algumas mudanças de comportamento já podem significar uma mudança na vida financeira.

E para complementar este texto, buscamos um conceito compartilhado pela Rico Corretora, que através do economista Roberto Indech, diz que um bom orçamento financeiro pode ser feito da seguinte forma:

  • 50% da renda para o pagamento de despesas fixas (moradia, transporte…),
  • 35% para as contas não fixas, mas essenciais (passeios, viagens, lazer…),
  • 15% para as prioridades financeiras (investimentos, reservas…).

Você consegue entender que não importa muito qual o valor do seu investimento, e sim a porcentagem com que você investe do seu salário?

E se você ainda não entendeu este artigo, vamos resumir em pouquíssimas palavras: como começar a investir com pouco dinheiro: invista uma pequena parte do seu salário e nada mais.

Você não tem que fazer mudanças drásticas ou mirabolantes. Não.

Invista pouco, mas invista sempre!

Esse é o segredo. E na hora de investir não se esqueça de pesquisar sobre os investimentos para iniciantes, que quase sempre vão estar na renda fixa.

Com informações do Guia Bolso, Clube de Valor, Portal do Investidor, Infomoney